fbpx
  • +55 13 99615 8477
  • vendas@euamopg.com

Arquivo da tag praia grande

Praia Grande realiza ações do Julho Amarelo para o combate e prevenção das hepatites

Programa Municipal DST/AIDS e Hepatites realiza ações
18/7/2018

Praia Grande está realizando ações voltadas a campanha Julho Amarelo. A iniciativa tem como meta a conscientização sobre a importância da prevenção, diagnóstico e tratamento das hepatites. Os trabalhos na Cidade são coordenados pela equipe do Programa Municipal DST/AIDS e Hepatites, setor da Secretaria de Saúde Pública (Sesap) praia-grandense, que oferece atendimento especializado nesta área.

Nesta quarta-feira (18) teve início a realização de testes rápidos para hepatite B e C pela equipe do Consultório na Rua para a população de rua. O serviço ocorrerá até o dia 31, exceto aos sábados e domingos. São três locais principais de atuação: Área de Transbordo, no Bairro Guaramar, espaço conhecido como Calipal, no Antártica e Praça Roberto Andraus, Ocian.

Já no dia 25, no período da manhã, testes rápidos também serão oferecidos, só que no Centro Especializado em Reabilitação Joana Imparatto (CER). A ação será voltada a pacientes da unidade, localizada na Avenida Doutor Roberto de Almeida Vinhas, esquina com Rua Osmar Antoniolli, no Bairro Mirim. 

Doença – A hepatite viral é uma doença que causa inflamação no fígado. Transmitida por vírus, muitas vezes é assintomática, como nos tipos C e D. Quando apresentam sintomas, como na versão B, podem ser desde cansaço fácil até falta de apetite, passando por icterícia (olhos e pele amarelados), urina escura e dor nas articulações. O diagnóstico é feito pelo médico por meio de exames clínicos e laboratoriais.

Existem vários tipos de hepatites virais: A, B, C, D e E. As hepatites dos tipos A e E são transmitidas via fecal-oral, por meio de contato com fezes ou ingestão de alimentos contaminados. As dos tipos B e C por relações sexuais, contato com sangue e secreções contaminadas e da mãe para o bebê no parto e amamentação (exceto a C, sem estudos conclusivos sobre o tema). A hepatite do vírus D só causa doença na presença do vírus B e as formas de contágio são as mesmas desse tipo.

Entre as medidas de prevenção estão o uso de preservativos em todas as relações sexuais, de seringas e agulhas descartáveis e acessórios pessoais individuais (evitando compartilhar itens como aparelho de barbear e escova de dentes).

Programa Municipal DST/AIDS e Hepatites – O setor desenvolve atividades contínuas de acompanhamento médico através de consultas, prevenção, orientação e informação sobre doenças sexualmente transmissíveis. As campanhas na Cidade atingem pessoas de todas as faixas etárias, desde os jovens até os integrantes da melhor idade.

A equipe do DST/Aids tem como meta utilizar cada vez mais a informação para conscientizar a população. Além de disponibilizar preservativos para munícipes e turistas, as pessoas recebem também orientações através de panfletos educativos.

O trabalho de orientação é feito também nas Unidades de Saúde da Família (Usafas) e Multiclínicas. Os agentes comunitários de saúde também fazem parte do público alvo. Os profissionais aprendem a identificar uma doença, reconhecendo sintomas durante as visitas domiciliares. Os casos suspeitos são encaminhados às Usafas e depois direcionados para tratament

Inscrições para a 1ª Maratona de Praia Grande estão abertas

Competição ocorre em 11 de novembro
18/7/2018

Está aberto o período de inscrição para os interessados em participar da 1ª Maratona de Praia Grande, nas provas de 10 quilômetros, 21,1km e 42,2km, evento voltado para atletas amadores e organizado pela empresa Angra Eventos Esportivos com apoio da Prefeitura local. A disputa está programada para o dia 11 de novembro, com largada às 7 horas, em frente a Boutique do Peixe (esquina das Avenidas Marechal Hermes e Presidente Castelo Branco, Bairro Boqueirão). A disputa ocorre na faixa de areia.

Os registros podem ser feitos até atingir o limite máximo de mil participantes ou o dia 7 de novembro, no link https://www.ativo.com/calendario/todos/america-do-sul/br/sp/praia-grande/corrida-de-rua/35597/1ª-maratona-de-praia-grande. A prova de 10 km tem valor de inscrição de R$ 59,00; a de 21,1km tem taxa de R$ 68,00 e a de 42,2km custa R$ 76,00.

Nos dias 9 e 10 de novembro, em espaço ainda não definido pela empresa organizadora do evento, será realizada a entrega dos kits (número de competição, chip, camiseta e brindes de patrocinadores) para os atletas. No local da largada, haverá guarda-volumes à disposição dos corredores e ambulância para prestar os primeiros-socorros se necessários. A competição (em todas as três provas) terá duração máxima de seis horas.

Serão premiados com medalhas e troféus os três primeiros colocados no geral no feminino e masculino de cada distância; e também por faixa etária: até 24 anos, 25 a 29, 30 a 34, 35 a 39, 40 a 44, 45 s 49, 50 a 54, 55 a 59 e mais de 60. Não há premiação em dinheiro. Todos os pedestrianistas que completarem os percursos recebem camiseta comemorativa alusiva ao evento. Outras informações podem ser obtidas no e-mail angraesporte@gmail.com e no link https://www.facebook.com/angraeventosesportivos.

Canais de vias marginais em Praia Grande passam por limpeza

Atividade realizada pela Sesurb segue por aproximadamente três semanas
18/7/2018

O bom funcionamento do sistema urbano de drenagem pluvial, que ajuda a evitar o acúmulo de água em vias de Praia Grande, está diretamente ligado à manutenção realizada todos os dias pela Secretaria de Serviços Urbanos (Sesurb). E dentre às principais ações está a desobstruções de canais. Atualmente, o setor está realizando a limpeza dos equipamentos localizados nas marginais à Via Expressa Sul (Avenidas Dr Roberto de Almeida Vinhas e Ministro Marcos Freire) e à Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (Avenida Diamantino Cruz Ferreira Mourão). A intenção da Sesurb é finalizar os trabalhos nestes locais em aproximadamente três semanas.

Os trabalhos acontecem em frentes que trabalham simultaneamente, em sentidos alternados. Enquanto uma equipe realiza a manutenção no sentido Mirim/Boqueirão, outra segue em sentido oposto. Além da limpeza do fundo e laterais, outros funcionários realizam o corte de mato do talude, inclusive em trechos urbanizados. Essa ação evita que o fluxo de água do local seja impedido de seguir pelo sistema por causa destes detritos.

A manutenção dos aproximadamente 30 canais da Cidade é um serviço constante, que segue um cronograma que beneficia todos os equipamentos a cada três meses. Ainda assim, caso a população queira relatar alguma situação específica, basta entrar em contato através da Ouvidoria Municipal, que atende pelos telefones 162 e 3495-1527 ou ouvidoria.praiagrande.sp.gov.br.

De acordo com o secretário de Serviços Urbanos, Katsu Yonamine a limpeza urbana depende muito também da colaboração dos moradores e turistas. “Ao não jogar detritos nas ruas a população está impedindo que estes materiais sejam carregados pela chuva, entupindo bocas-de-lobo e obstruindo canais, causando assim pontos de acúmulo de água e alagamentos. Contamos sempre com todos para manter a cidade limpa”.

Time sub-19 atua em casa no Paulistão de Vôlei Masculino

Confronto contra Suzano ocorre nesta quinta-feira (19), no Bairro Tupi
18/7/2018

Nesta quinta-feira (19), às 19h30, no Ginásio Rodrigão (Avenida Presidente Kennedy, 8169, Bairro Tupi), em Praia Grande, o selecionado municipal masculino sub-19 (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) enfrenta a turma do Esporte Clube Suzano, em confronto válido pela nona rodada da primeira fase do Campeonato Estadual de Vôlei, evento regido pela Federação Paulista da modalidade (FPV) com chancela da Confederação Brasileira (CBV). 

Nas partidas já realizadas, o grupo local venceu o São José Vôlei por 3 sets a 0, perdeu por 3 a 1 para o Vôlei Renata/Campinas, Mauá Voleibol, Ibirapuera, Associação Desportiva Centro Olímpico e São Bernardo do Campo Vôlei; por 3 a 0 para SESI/SP e São Caetano do Sul. Assim, o grupo local ocupa a 10ª e última colocação na classificação parcial.

Competem por Praia Grande os jogadores Henrique Willian Testi, Johnattan Ferreira, Rafael Gaudêncio, Guilherme Bonfim, Jane Almeida, Bruno Casagrande, Henrique Silveira, Marco Kiyomoto, Pedro Padovan, João Ortega, Thiago Silva, Wellington Gonçalves, João Pedro Zandomenighi, Luan Trindade, Arthur Piva, Gustavo Muniz, Wallace Pena, Gabriel Rosa e Igor Vereda. Técnico: Alex Luís Hiath Salvado. Auxiliar: Daniel Battistini. 

Sub-17 – No dia 28, às 16 horas, em Campinas, a equipe masculina sub-19 de Praia Grande joga contra o time do Vôlei Renata, em partida válida pela 11ª rodada da primeira fase do Campeonato Estadual de Vôlei da FPV. Nas partidas já realizadas, a equipe sub-17 de Praia Grande perdeu por 3 sets a 1 FUNVIC Taubaté; por 3 a 0 para os times do Ibirapuera, APROV Guarulhos, Esporte Clube Pinheiros, Associação Desportiva Centro Olímpico de São Paulo, São Caetano do Sul, Vôlei Renata de Campinas, São José Vôlei de São José dos Campos, Mauá e Serviço Social da Indústria (Sesi/São Paulo). Assim, o grupo local ocupa a 12ª e última colocação na classificação parcial.

Jogam pela Cidade os atletas Alexandre Colhado, André Victor Silva, Thiago Dóros, Lucas Ferreira, Ruan Lucas Barreto, Matheus Rodrigues, Roberto Vitor Galera, Gabriel Pereira, Eduardo Vieira, Pedro Henrique Santana, João Gabriel Tellini, Marcus Vinicius Tellini, Ray Pereira e Arthur Amaro. Técnica: Bárbara Lqmberopulos. Auxiliar: Daniel Battistini. 
Sub-21 – A equipe masculina sub-21 de Praia Grande disputou em junho, a Copa 

Bandeirantes de Vôlei (FPV). A turma da Cidade foi eliminada ainda na primeira fase da competição. Nas partidas realizadas, o grupo municipal perdeu para o Vôlei Renata de Campinas, Super Vôlei Santo André, SESI/SP por 3 a 0, e São José dos Campos por 3 sets a 1.

Representam a Cidade os atletas Bruno Gabriel Palm, Eduardo Chaves, Maurício Marisden, Anderson Menossi, Matheus Rocha Leite, Guilherme Alarcon, Lucas Carvalhal, Gabriel Rossman, Pablo Cordero, Wilton Rodrigues Júnior, Arthur Andrade, Felipe Jurado e Ítalo Santos Souza. Técnico: Rodrigo Santana, o Rodrigão. Auxiliar: Daniel Battistini.

Dados – Os grupos municipais treinam de terças a sextas-feiras, das 16h30 às 22 horas, no Ginásio Rodrigão (Avenida Presidente Kennedy, 8169, Bairro Mirim). Outras informações sobre a competição estadual podem ser obtidas no site da Federação Paulista de vôlei: 
www.fpv.com.br. A última vez que Praia Grande participou do Paulista de Vôlei foi em 2011.

Naquela oportunidade, o selecionado masculino infanto-juvenil (até 18 anos) municipal foi eliminado ainda na primeira fase, no grupo A, com 11 derrotas e uma vitória. No Paulistão de 2008 – primeira vez que a Cidade competiu no evento da FPV – a equipe sub-18 conquistou o vice-campeonato da série bronze (reuniu os times qualificados do nono ao 12º lugar, na primeira fase do certame).

Domingo tem jogos do Municipal de futebol da 2ª Divisão

Competição tem 10 partidas nos campos da Cidade
18/7/2018

Neste domingo (22), a partir das 11 horas, nos campos da Cidade, ocorre a sétima rodada do Campeonato Municipal de Futebol, série B (segunda divisão), categoria masculina adulta. A competição, que reúne 20 times da Cidade e mais de 350 jogadores, é regida pela Liga de Futebol Amador de Praia Grande (LFAPG) conta com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL).

No último domingo (15), ocorreu a sexta rodada do torneio. Confira todos os resultados da terceira rodada: na chave A, Parquestão 4 x 0 Oriental, Veneno 3 x 2 Malaga, Corinthians Vila São Jorge 2 x 1 Cruz de Malta, Nós Por Nós 2 x 1 Vila Sônia e Atlético Melvi 1 x 1 Brasa; na B, Cristal Etanol 4 x 0 Unidos, Treze de Maio 3 x 2 Vasquinho, Fúria 2 x 1 Botafogo, Caieiras 2 x 1 Bahia litoral e Palmeirinhas 2 x 1 Jardim Quietude. Na classificação parcial, com 13 pontos, a turma do Nós por Nós lidera a chave A e a do Cristal Etanol comanda a B. A pontuação completa da competição pode ser obtida no site da Liga: www.lfapg.com.br.

Dados – Na primeira fase, as equipes jogam todas contra todas dentro de cada grupo (A e B), em turno único, qualificando-se as quatro primeiras posicionadas, de cada chave, para a fase quartas de final (oito melhores). A partir daí, os confrontos ocorrem em sistema de eliminatória simples (quem perde está eliminado), no qual duelam o 1º posicionado da chave A x 4ºB, 2ºA x 3ºB, 3ºA x 2ºB, 4ºA x 1ºB. As duas últimas colocadas de cada chave, serão rebaixadas para a série C (terceira divisão).

No grupo A, duelam as equipes do Esporte Clube Oriental (Bairro Forte), Brasa Futebol Clube (Caiçara), Nós Por Nós Futebol Clube (Real), Corinthians Futebol Clube de Vila São Jorge (Ocian), Parquestão Futebol Clube (Samambaia), Esporte Clube Vila Sônia (Vila Sônia), Veneno Esporte Clube (Mirim), Málaga Futebol Clube (Mirim), Esporte Clube Cruz de Malta (Melvi) e Atlético Melvi Futebol Clube (Melvi).

No B, jogam os times do Esporte Clube Cristal Etanol (Samambaia), Grêmio Esportivo Jardim Quietude (Quietude), Unidos Futebol Clube (Tupi), Caieiras Futebol Clube (Caieiras), Fúria Futebol Clube (Canto do Forte), Botafogo Futebol Clube (Antártica), Palmeirinhas Esporte Clube (Antártica), Bahia Litoral Futebol Clube (Caieiras), Treze de Maio Futebol Clube (Sítio do Campo) e Vasquinho Futebol Clube (Mirim).

Retrospecto – Em, 2017, o selecionado do Ilha do Caieiras Futebol Clube sagrou-se campeão do Municipal de Futebol, série B. Na decisão, a turma do Bairro Caieiras venceu nos pênaltis, por 5 a 4 (após empate de 0 a 0 no tempo regulamentar), a equipe do Clube Atlético Três Cores (Mirim). Em 2016, o SESC Futebol Clube (Sítio do Campo) sagrou-se vencedor. Na final, venceu nos pênaltis, por 5 a 4 (após empate de 1 a 1), o Clube Águia de Ouro (Aviação). 

Na temporada 2014/2015, de forma invicta, a equipe dos Amigos da Vila Futebol Clube (Vila Sônia) ficou com a medalha de ouro. Na decisão, ganhou nos pênaltis, por 3 a 1 (após empate de 0 a 0), do Unidos Futebol Clube (Tupi). Em 2013, o Esporte Clube Centro Social de Ação Comunitária/CESAC sagrou-se campeão. Na decisão, ganhou, por 1 a 0, do Juventus Futebol Clube (Tupi). Em 2012, deu Vasquinho Futebol Clube. Em 2011, a equipe do Esporte Clube Oriental sagrou-se campeã. Em 2010, a turma do Vasquinho ficou com o título. Em 2009, a equipe do Veneno conquistou o ouro. Em 2008, vitória para o grupo do Palmeiras Esporte Clube. 

Programação – Confira as partidas programadas para a sétima rodada:

Campo do Melvi (Rua Milton de Oliveira, s/n, Bairro Melvi – atrás da caixa d’água da Sabesp)
11 horas – Cristal Etanol x Treze de Maio

Campo do Unidos Futebol Clube (Rua Orivaldo Augusto Oliveira, 26.466, Bairro Tupi)
11 horas – Unidos x Bahia Litoral
13 horas – Caieiras x Botafogo

Campo do Palmeirinhas Esporte Clube (Rua João Batista Siqueira, 11.380, Bairro Antártica)
13 horas – Vasquinho x Jardim Quietude

Campo do Real Esporte Clube (Rua Antônio Luís Permaia, s/nº – Bairro Jardim Real)
13 horas – Nós Por Nós x Corinthians Vila São Jorge

Campo anexo ao Ginásio Magic Paula (esquina da Avenida dos Trabalhadores com a Rua Leila Maria de Barros Monteiro, s/nº, Bairro Antártica)
13 horas – Malaga x Vila Sônia
15 horas – Parquestão x Atlético Melvi

Campo do Clube Centro Social de Ação Comunitária – CESAC (Rua Cíntia Giufrida, s/nº, Bairro Canto do Forte)
13 horas – Oriental x Veneno
15 horas – Fúria x Palmeirinhas

Campo do Solemar (Rua Adriano dos Santos, s/nº, Bairro Cidade da Criança)
15 horas – Brasa x Cruz de Malta.

Equipes de Praia Grande avançam a fase Regional dos Jogos Estadual Infantil

Times municipais lutam por vaga na etapa final
18/7/2018

As equipes de basquete e futsal masculino (M); ginástica rítmica feminina (F); atletismo, ginástica artística, handebol e vôlei M/F de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) estão qualificadas para a fase Regional da primeira edição dos Jogos Estadual Infantil, evento sub-16 regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ). Nesta nova etapa – ainda sem data definida pela Diretoria Regional de Esporte e Lazer (DREL) de Santos, enfrentam-se os times vencedores da fase sub-regional (Praia Grande), Litoral Sul e Vale do Ribeira.

Na sub-regional (envolveu apenas equipes da Baixada Santista), os times de atletismo M/F, vôlei M, ginástica artística M/F e rítmica F de Praia Grande não tiveram adversários. Já o selecionado de basquete M passou por Cubatão 63 a 18 e por São Vicente por desistência. O futsal M e o handebol M/F venceram Guarujá por desistência. O vôlei F derrotou Cubatão por 2 sets a 0 e Guarujá por desistência.

Dados – Os Jogos Estadual Infantil vêm a unificar e substituir as Copas do Estado, disputas que ocorreram até ano passado, objetivando a difusão da prática esportiva entre os mais novos, o desenvolvimento de intercâmbio social e esportivo entre os diversos municípios do Estado, e a revelação de novos talentos. Há torneios de atletismo (com divisões em categorias A – 11 a 13 anos – e B – 14 a 16), basquete, futsal, ginástica artística (A – 8 a 12 e B – 13 a 16), ginástica rítmica (A – 9 a 11 e B – 12 a 14), handebol, natação (A – 11 a 13 e B – 14 a 16) e voleibol. 

O formato da competição é o mesmo utilizado nos Jogos Abertos da Juventude, os Joguinhos. Na primeira fase (sub-regional), enfrentam-se os times das Cidades da Região Metropolitana da Baixada Santista. As equipes jogam todas contra todas, em sede única. A que obtiver mais pontos avança para a segunda fase. Esta é a etapa Regional, que reúne as equipes vencedoras da sub-regional e do Litoral Sul. Os ganhadores da Regional qualificam-se para a final estadual, que reúne as 12 cidades campeãs regionais mais a delegação do município-sede. 

A final estadual ocorre de 11 a 20 de outubro, no município de Jundiaí. Nesta fase decisiva, os atletas e times de Praia Grande que se classificarem, integram a seleção da Diretoria Regional de Esporte e Lazer (DREL) de Santos. Isto porque a SELJ realiza esta disputa entre 14 Diretorias do Estado. São elas: Santos, Araçatuba, Araraquara, Barretos, Bauru, Campinas, Franca, Grande São Paulo, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

Praia Grande – Em 2017, na Copa do Estado, os grupos masculinos de ginástica artística infantil (8 a 12 anos), com 15 medalhas (cinco ouros, cinco pratas e cinco bronzes), e adulto (13 a 16), com 10 medalhas (quatro ouros, três pratas e três bronzes), de Praia Grande sagraram-se campeões. O time feminino infantil foi vice-campeão e o adulto terminou em terceiro lugar, mas não subiram no pódio. Na ginástica rítmica F sub-14, turma da Cidade ficou com o troféu de segunda colocada, com um ouro e uma prata. Na adulta (mais de 15 anos), as meninas praia-grandenses terminaram em sétimo lugar, com dois bronzes.

O selecionado de handebol M conquistou a medalha de bronze. A turma do vôlei F terminou em quinto lugar. O grupo de handebol F encerrou na 12ª posição. Qualificado à fase final da Copa do Estado, o time masculino sub-16 de Praia Grande desistiu de participar. Tal fato ocorreu porque o grupo da Cidade participava do quadrangular final do Paulistão, na mesma época em que estava iniciando a Copa.

Visitantes no Hotel dos Alemães – decada de 1930

Seleção brasileira de basquete masculino sub-21 joga em Praia Grande 

Equipe nacional atua no Bairro Mirim
18/7/2018

Nesta sexta-feira (20), domingo (22) e no dia 26, a partir das 19 horas, no Ginásio da Colônia de Férias do Sindicato dos Empregados Vendedores e Viajantes do Comércio no Estado de São Paulo – SINDVEND (Avenida dos Sindicatos, 1.083, Bairro Mirim), em Praia Grande, a seleção brasileira masculina sub-21 de basquete realiza três jogos amistosos que fazem parte da preparação para a disputa do Campeonato Sul-Americano que ocorre de 30 de julho a 5 de agosto, na cidade de Salta, na Argentina. A ação regida pela Confederação Brasileira de Basketball (CBB) conta com apoio da Prefeitura local.

Com entrada franca para o público em geral, o grupo verde e amarelo joga contra três times paulistas. Na sexta-feira, encara a equipe de São Bernardo do Campo. No domingo, o adversário é Osasco. No dia 26, a seleção nacional enfrenta a turma do Esporte Clube Pinheiros. Em amistosos já realizados, o Brasil venceu o quinteto adulto do Londrina/Unicesumar do Paraná por 69 a 60.

Dados – O grupo verde e amarelo fica alojado no SINDVEND. O time brasileiro é comandado pelo técnico César Máximo Guidetti e reúne os armadores Yago Santos (Clube Atlético Paulistano), Felipe Ruivo (Esporte Clube Pinheiros), Caio Pacheco (Bahia Basket) e Luís Fernando Sacco (Sport Club Corinthians Paulista); os alas Danilo Araújo (Pinheiros), Marcos Louzada (SESI Franca), Guilherme Bento (Pinheiros), Felipe Machado (Fluminense Futebol Clube), Rafael Munford (Augusta University dos Estados Unidos), Guilherme Braga (SESI Franca) e José Carlos dos Santos (Mogi das Cruzes); os pivôs Victor Silva (Paulistano), João Mamedes (Macaé do Rio de Janeiro), Dikembe Silva (Paulistano), Felipe Gama (Burgos da Espanha), João Santos (Clube de Regatas Flamengo) e Michael Uchendu (Bauru).

Outras informações podem ser obtidas no Instituto 3 Points (que está cuidando da Assessoria de comunicação do evento) por meio do e-mail sergio@3points.com.br e no link https://www.facebook.com/instituto3pointsbasquete. E também no site da Confederação Brasileira de Basquete www.cbb.com.br.

Praia Grande – A Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) de Praia Grande oferta gratuitamente aos munícipes polos para iniciação e treinamento competitivo de basquete. Para participar, o interessado deve ter mais de 12 anos, comparecer ao local das aulas, com documento de identidade (de preferência com foto), autorização do responsável e comprovante de escolaridade. Se possível, também apresentar atestado médico que permita a prática de atividade física. Há ainda, ficha cadastral a ser preenchida no local de treino.

Confira os locais, dias e horários dos treinos:

Basquete masculino 
Local: Ginásio Magic Paula (Avenida do Trabalhador, 4111, Bairro Antártica)
Horário: 2ª, 4ª e 6ª feiras – das 16h30 às 20h30 / 3ª e 5ª feiras – das 16 às 21 horas 
Professor: Osvaldo José de Assis Pinheiro

Basquete feminino
Local: Ginásio Magic Paula (Avenida do Trabalhador, 4111, Bairro Antártica)
Horário: 2ª e 4ª feiras – das 18 às 21 horas / 3ª e 5ª feiras – das 16 às 21 / 6ª feiras – das 20 às 22 horas horas 
Professora: Alessandra Hourneaux de Mendonça da Costa Rodrigues.

3º Encontro Municipal do Empreendedor de PG

Caratecas são convocados para o Pan-Americano sub-21

Seis atletas de Praia Grande competem no Rio de Janeiro
17/7/2018

Seis atletas de Praia Grande foram convocados pela Confederação Brasileira de Karatê (CBK) para disputar o 29º Campeonato Pan-Americano, categorias feminina e masculina sub-14, na sub-16 (cadete), sub-18 (júnior) e sub-21, que ocorre de 20 a 26 de agosto, no Ginásio da Arena Carioca 1, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O evento é regido pela Federação Mundial (WKF – World Karatê Federation).

Os atletas da Cidade competem no kumitê (luta), no 2º Kyu e acima (faixa azul, roxa, castanho, marrom e preta). Representam a Cidade na sub-14, os caratecas Beatriz Alves da Silva (Academia Kami Dojo), peso menos de 47 quilos, e José Maurício Suzuki Portella (Gladiators), menos de 50 kg; na sub-16, Maria Eduarda Mascari (Yamato Dojo), mais de 54 kg; na sub-18, Bárbara Chacon Hor Cruz (Gladiators), menos de 53 kg; na sub-21, Jéssica Linhares de Paula (Gladiators), menos de 50 quilos, e Rafaela Beatriz Santos Silva (Yamato Dojo), menos de 68 kg.

Dados – Neste ano, em Santiago, no Chile, no Campeonato Pan-Americano da categoria sênior (mais de 18 anos), Jéssica Linhares de Paula conquistou medalha de bronze. Na cidade de Guayaquil, no Equador, no Campeonato Sul-Americano, Jéssica Linhares foi campeã na sub-21 e ainda obteve o segundo lugar na sênior. Bárbara Chacon, na júnior, menos de 53 kg, ficou com o vice-campeonato. Guilherme Gomes Silva (Gladiators), na júnior, mais de 76 kg; também faturou a prata. Giulie Anne Cirillo Soares (Gladiators), na sub-14, mais de 47 kg, ganhou o bronze. Assim como Beatriz Alves da Silva (Academia Kami Dojo), na sub-14, menos de 47 quilos.

Já os caratecas Rafaela Beatriz Santos Silva (Academia Yamato Dojo), na júnior, mais de 59 kg; e Gabriel Pereira Stankunas (formado na Yamato Dojo, mas que representa atualmente a equipe Resistência/Unisanta/HomeLife/Fupes Santos), na sênior, menos de 60 kg, participaram do Campeonato Sul-Americano, mas não subiram no pódio. 

Treinos – Os caratecas de Praia Grande treinam em cinco academias da Cidade. No Bairro Tupi, a equipe da Academia Gladiators tem comando do sensei Rodrigo Inácio. No Ocian, o grupo da Yamato Dojo é conduzido por Carolina Ramalho. No Samambaia, o time da Kami Dojo possui Ronaldo Rodrigues como mestre. No Boqueirão, o selecionado da Yoshimura Kyokai recebe orientação técnica do mestre Jorge Yoshimura. No Tupi, a turma da Seikan pertence ao técnico Márcio Papi. 

Há ainda, treinamentos públicos (gratuitos) disponibilizados pela Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) de Praia Grande. Sob comando do professor Luiz Fernando de Almeida Antunes, faixa preta 3º Dan, as aulas acontecem no Ginásio da SEEL (Avenida Minsitro Marcos Freire, 33579, Bairro Tupiry), às terças e quintas-feiras, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas; no Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180), às segundas, quartas e sextas-feiras, das 9 às 12 horas; e na Pista Municipal de Atletismo (Rua José Bonifácio, 400, Bairro Sítio do Campo), às segundas, quartas e sextas-feiras, das 14 às 17 horas.

Sob orientação do professor Jorge Yoshimura, faixa preta 8º Dan, os ensinamentos são realizados de segunda a sexta-feira, após às 18 horas, os treinos ocorrem no Ginásio Rodrigão (Av. Pres. Kennedy, 8169 – Mirim). Às segundas, quartas e sextas-feiras, das 13 às 17 horas, as atividades acontecem no Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180). Às terças e quintas-feiras, das 13 às 17 horas, as aulas desenvolvem-se no Centro de Apoio à Família do Educando (CAFE) do Bairro Vila Sônia (Rua João Andrade de Jesus, s/nº).

Tarde Nordestina diverte frequentadores do PIC Vila Alice

Evento contou com atrações musicais e pratos típicos da região
17/7/2018

Uma das culturas mais fortes do Brasil, a nordestina, foi homenageada pelos frequentadores do PIC Vila Alice, nesta terça-feira (17). A Tarde Nordestina recebeu cerca de 80 pessoas e ofereceu diversas atrações para os participantes. Músicas, danças e comidas típicas do nordeste fizeram a alegria de todos no evento.

A festa aconteceu na quadra poliesportiva da Escola Municipal Paulo Shigueo Yamauti, no Bairro Anhanguera e teve forró, música clássica, coral dançante, sempre com temática nordestina. As comidas foram confeccionadas pelos alunos e doadas para a festa. Entre os pratos, tapiocas, cuscuz, batatas doces, bolos de coco e milho, canjica e muito mais.

Uma das participantes que mais estavam empolgadas com a festa foi a aposentada Maria Lúcia Cerqueira Santos, de 64 anos. Baiana de Itabuna, deixou a cidade de origem em 1999 e mora em Praia Grande há 5 anos. “Estou amando. Quando eu era menina eu adorava dançar nas festas e aqui não foi diferente”.

De acordo com a diretora do PIC Vila Alice, Almerita Barbosa, a Tarde Nordestina é um evento especialmente preparado para os alunos adultos. “Todo mundo gosta do tema. Nós queríamos oferecer uma tarde de lazer, de integração para os adultos, para que relembrem sua cultura ou para que os que não são nordestinos possam se divertir e conhecer as maravilhas daquela região do País”.

A coordenadora das unidades, Jô Luna, prestigiou a festa e destacou a importância da integração entre os frequentadores da unidade. “É o resgate de uma cultura bonita de ver e de trazer para dentro da unidade. As pessoas estavam felizes, se divertindo muito entre elas. Isso é muito positivo”.

Serviço – As unidades do Programa de Integração e Cidadania (PIC) e do Centro de Apoio à Família do Educando (Cafe) foram criadas pela Secretaria de Assistência Social (Seas) em parceria com o Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande (FSS) e têm como principal objetivo ser um espaço aberto à convivência, ao diálogo e entrosamento familiar. Em ambos os programas é possível encontrar lazer, esporte e capacitação profissional gratuitamente. Para saber onde fica a unidade mais próxima, basta ligar para 3496-5039 ou acessar a página oficial de Praia Grande (www.praiagrande.sp.gov.br)

Fundo Social de Solidariedade recebe doações de centenas de roupas para a Campanha do Agasalho

Produtos serão destinados a famílias carente do Município
17/7/2018

O Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande recebeu na terça-feira (17), duas importantes doações que vão reforçar a arrecadação da Campanha Metropolitana do Agasalho. A Liga Praiagrandense de Beach Tennis Shark’s entregou mais de 200 peças de roupas. Já a academia Fórmula do Corpo, do Bairro Quietude, doou mais de 100 peças variadas. Entre as doações, calças, casacos, meias e muitas outras peças.

A Associação conseguiu reunir todas as peças, pois incentivou a doação dos agasalhos aos participantes de um campeonato de beach tennis que será realizado nos dias 28 e 29, na praia do Bairro Canto do Forte. O pagamento da inscrição foi feito com a entrega de uma doação.

De acordo com o vice-presidente da entidade, Roberto Laporta, a escolha do Fundo Social como destino para as doações se deu pelo fato do grupo já conhecer o trabalho da entidade. “Saber que estamos ajudando a uma ação tão nobre nos deixa muito alegres. É como se aquecesse o nosso coração”.

Já a turma da academia não precisou de um motivo especial, apenas uma caixa e a propaganda boca a boca. Em cerca de uma semana, o depósito para as roupas estava cheio e as peças foram repassadas para o Fundo Social.

De acordo com o representante da academia, Willian de Oliveira Caxambu, as pessoas ficaram muito empolgadas e ajudaram com diversas peças. “Me sinto muito honrado em representar a essa galera. A gente nunca sabe o dia de amanhã, então precisamos aprender a fazer atos de amor. Se eu não posso dar dinheiro, posso doar algo que faça a pessoa se sentir melhor. A ideia é ajudar o próximo”.

A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande, Maria Del Carmen Padin Mourão, a Maruca, recebeu os representantes dos grupos e agradeceu ao empenho de todos que se envolveram na causa. “Sozinhos não somos nada. Qualquer campanha que a gente faça, se não tiver o apoio da comunidade não terá sucesso. Só temos a agradecer pela iniciativa”.

Doações – O Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande concentra as arrecadações de donativos. Qualquer pessoa pode doar roupas, alimentos, móveis, fraldas, eletrodomésticos e outros itens, desde que em bom estado. O endereço é Rua Emancipador Paulo Fefin, nº 775, no Bairro Boqueirão. O telefone de contato é 3496-5022.

Eu amo praia grande!!! 

Praia Grande disputa competição de vela oceânica

Equipe municipal participa de evento internacional
17/7/2018

Desta sexta-feira (20) até o próximo dia 28, em Ilhabela, a equipe do núcleo de Praia Grande do Programa Navega São Paulo (Secretarias de Esportes e Lazer – SEEL– e Educação – Seduc; e Marinha do Brasil) disputa a 45ª Semana Internacional de Vela Oceânica de Ilhabela, evento, regido pelo Yacht Clube de Ilhabela com apoio da Federação de Vela do Estado de São Paulo (Fevesp).

Sob comando do professor Silvio Belo, o time da Cidade compete com o barco Cooperação, na classe RGS C (veleiros com cabine que possuem características de cruzeiro) – Ranger 22. Vale frisar que no ano passado, o grupo municipal terminou em oitavo lugar na categoria oceânica da 44ª Semana Internacional de Vela Oceânica de Ilhabela.

Monotipos – Nos dias 8 e 9 deste mês, em Ilhabela, de Praia Grande disputou a 45ª Semana Internacional de Vela Oceânica de Ilhabela, na classe dos barcos monotipos (embarcações monotipos são construídas conforme desenho único, tendo as mesmas medidas e peso: 
casco, leme, bolina ou quilha falsa, mastro e velame). Na classe open bic, a turma da Cidade conquistou medalha de prata com Giovana Vieira e bronze com Esdras Santana.

Retrospecto – Em 2017, na dingue, categorias sênior (mais de18 anos) e geral, títulos para Thiago Santana e Mariana Groba. Na máster (mais de 35 anos), o time da Cidade assegurou as três primeiras colocações com Sidney e Brian Henrique, Paulo Raíto, José e Danilton; Reynaldo Faustino e José Carlos. Na estreante, Guilherme Menezes e Yasmin Silva foram vice-campeões. Na júnior (até 17 anos), a turma municipal conquistou medalhas de prata e bronze com Dênis Fusco, João e Vitor; Isaías Menezes e Jamyli Oliviera. Na feminina aberta (idade livre), terceiro lugar para Mariângela, Sônia e Honeida Soares. Na classe open bic (barcos individuais para atletas com até 25 anos), primeira e segunda posições para Vitor Sudbrack e Ellion Santana. Na holder, Esdras Santana foi o segundo melhor e Rafael Soares, o terceiro.

Em 2016, o time de Praia Grande conquistou seis medalhas (três pratas e três bronzes). Em 2015, Praia Grande faturou 12 medalhas (seis ouros, três pratas e três bronzes) no evento internacional. Em 2014, conquistou 11 medalhas (quatro ouros, duas pratas e cinco bronzes). Em 2013, a turma praia-grandense obteve seis medalhas (quatro ouros, uma prata e um bronze). Em 2012, vieram seis conquistas (dois ouros, uma prata e três bronzes). Em 2011, foram nove medalhas (dois ouros, três pratas e quatro bronzes). Em 2010, o time local trouxe oito medalhas (quatro ouros, três pratas e um bronze). Em 2009, mais 11 medalhas (três ouros, quatro pratas e quatro bronzes). Em 2008, outras 19 medalhas (seis ouros, sete pratas e seis bronzes).

Aulas – As aulas do Programa Navega São Paulo de Praia Grande são abertas a pessoas de todas as idades, de segunda a sábado, das 8 às 17 horas, na Área de Lazer Ézio Dall’Acqua. Também conhecido como Portinho, o local, banhado pelo Mar Pequeno, está situado na entrada da Cidade, na Rua Paulo Sérgio Garcia s/nº, Bairro Sítio do Campo. 

Para participar basta que os interessados compareçam ao local das aulas, preencham ficha cadastral e apresentem documento de identidade com foto. Os menores de idade precisam que os responsáveis façam a inscrição. Outras informações podem ser obtidas na Secretaria de Educação (Rua José Borges Neto, 50, Bairro Mirim, ao lado da Prefeitura, telefone 3496-2350).

Inscrições para 2ª Mostra de Dança estão abertas

Cadastro segue até dia 27 de julho
17/7/2018

A 2ª Mostra de Dança de Praia Grande está com inscrições abertas. Organizada pela Secretaria de Cultura e Turismo, as escolas, estúdios, núcleos de complementação educacional de dança podem comparecer no Núcleo de Complementação Educacional do Palácio das Artes até o dia 27 de julho para retirar a ficha cadastral do evento que acontecerá nos dias 22 e 23 de agosto.

Cada coreografia terá o tempo máximo de apresentação de 5 minutos no palco do Teatro Serafim Gonzalez. Buscando reunir exclusivamente bailarinos da Cidade, a 2ª Mostra de Dança visa mostrar a importância de se promover a arte da Dança, interagindo em benefício da cultura e da sociedade.

Os convites do evento serão trocados antecipadamente por um kit de higiene pessoal (um sabonete + uma pasta de dente), entre os dias 13 a 23 de agosto, de segunda a sexta-feira (das 08 às 17 horas), no Núcleo de Complementação Educacional Palácio das Artes. 

Segundo a diretora da Divisão de Artes Cênicas e Música da Secretaria de Cultura e Turismo e membro da comissão organizadora, Isabel Samegima, a ideia com a retirada prévia dos ingressos é facilitar a presença do público no mesmo formato da Encenação da Paixão de Cristo de 2018.

Informações gerais:
Inscrições: 16 a 27/07 (de segunda a sexta-feira)
Horário das inscrições: das 09h às 12 horas e 14 às 17 horas
O que precisa ser colocado na ficha cadastral: nome da escola, estúdio, núcleo de complementação educacional; nome da coreografia, tempo (respeitando o limite de 5 minutos) e coreógrafo (a); nome da música e compositor (a); elenco (nome, idade e número do RG); nome do diretor (a) da escola.
Data do evento: 22 e 23 de agosto

Endereço – O Palácio das Artes fica localizado na Avenida Presidente Costa e Silva, nº 1600, Bairro Boqueirão

%d blogueiros gostam disto: