fbpx
  • +55 13 99615 8477
  • vendas@euamopg.com

Arquivo da tag PG

Recenseamento de ambulantes encerra dia 28

Ação é válida apenas para quem já possui concessão de licença para atuar na Cidade
25/6/2018

Encerra no próximo dia 28 o prazo para os ambulantes que já possuem a concessão de licença para atuar em Praia Grande realizarem sua atualização cadastral. Os interessados que realizarem a atualização dos dados passam por um recenseamento, com apuração das informações e mapeamento de locais de atuação, para a obtenção da licença. Atualmente, o Município tem cerca de 800 ambulantes que possuem licenças paga ou social.

Os interessados devem comparecer na Secretaria de Finanças (Sefin), localizada no andar térreo do Paço municipal, Avenida Presidente Kennedy, 9.000, Bairro Mirim, das 8h30 às 16 horas, e apresentar os seguintes documentos:

– Comprovante de recenseamento obrigatório do ano de 2017, conforme determinado na lei nº 767/2017
– Taxas de permissão do exercício de 2017 pagas, bem como comprovantes de eventuais débitos já quitados 
– RG
– CPF
– Comprovante de Residência de 2018 (de Praia Grande)
– Atestado negativo de antecedentes criminais
– Título de eleitor de Praia Grande, juntamente com comprovante de votação da última eleição ou certidão de quitação eleitoral;
– Certidão negativa de débitos da licença ou levantamento expedido pela Prefeitura de Praia Grande onde não constem débitos.

Judoca fatura bronze no 2º Torneio Estadual Aberto

Evento é regido pela Federação Paulista de Judô
25/6/2018

A equipe de Praia Grande (Secretarias de Esporte e Lazer – SEEL – e Educação – Seduc, e Liga de Judô de Praia Grande – LJPG) conquistou uma medalha de bronze no 2º Torneio Estadual Aberto (Open) de Judô Aspirante, competição regida pela Federação Paulista (FPJ) com chancela da Confederação Brasileira (CBJ). O evento, realizado no último sábado (23), ocorreu no Ginásio do Centro Esportivo da Penha, em São Paulo, na Capital.

O lugar no pódio foi conquistado por Vinícius Garcia da Silva Martins, na categoria sub-15, peso ligeiro (36 a 40 quilos). O time da Cidade tem comando técnico dos professores Alberto Bittencourt Silva, Danusa Shira Bittencourt e Rodrigo de Matos. O grupo de iniciação e treinamento competitivo da Cidade trabalha de segunda a sexta-feira, após às 17 horas, no Centro de Excelência de Judô Professor João Carlos Ribeiro Manso Júnior (Esquina das Ruas Arari e Carimbó, Bairro Tupi – espaço anexo ao Ginásio Rodrigão: Avenida Presidente Kennedy, 8169).

Paulistão – No dia 18 de agosto, a partir das 9 horas, no Ginásio Milton Olaio Filho, em São Carlos, os judocas aspirantes de Praia Grande disputam o 1º Campeonato Paulista nas categorias sub-11 e sub-13. Em 2017, a equipe municipal conquistou duas medalhas (um ouro e um bronze) em outras categorias do Estadual Aspirante.

A medalha de ouro veio com Giulia Tavares Leitão, na sub-15, peso pesado (mais de 64 kg). A terceira colocação foi obtida por Gabriela Silva Cavalcante, na adulta, no pesado (mais de 78 kg). Outros cinco atletas da Cidade competiram, mas não garantiram lugar no pódio. Em 2016, o time de Praia Grande obteve sete medalhas (três ouros e quatro bronzes) e terminou em quinto lugar na classificação geral. 

Medalhas de ouro para Anna Beatriz Schittine Damasceno, na sub-15, no médio; Isabella Souza Damaceno, na sub-18, no meio-leve; e Fábio Lescreck dos Santos, na sub-18, no superligeiro. Terceiros lugares para Flávia Marcela da Silva, na sub-15, no leve; Julia Paz Oliveira, na sub-18, no meio-leve; Jéssica Rita Carvalho, na sub-18, no médio; Alicia Santos Bonfim, na adulta, no pesado. Em 2015, a equipe de Praia Grande conquistou cinco medalhas (um ouro, duas pratas e dois bronzes). Em 2014, obteve três medalhas (um ouro e duas pratas) no Paulistão Aspirante. Em 2013, faturou cinco medalhas (dois ouros, uma prata e dois bronzes).

feira do estudante 2018

Abertas inscrições para concurso cultural sobre sustentabilidade

Vencedores

 Terão seus desenhos estampados em muro escolar
25/6/2018

Já estão abertas as inscrições para o Concurso Cultural “Evoluir de forma sustentável”, que abrangerá a arte do desenho. Os vencedores terão seus desenhos ilustrados nos muros da EE Abraão Jacob Lafer, localizada ao lado da Praça Horário Netto, que está em processo de remodelação na Avenida Guilhermina, a qual se destacará por ser uma praça sustentável. As inscrições vão até o dia 31 de agosto e devem ser feitas on line pelo portal Cidadão PG. 

O concurso, organizado pela Secretaria de Educação (Seduc) é destinado a estudantes das redes municipal, estadual e particular (Fundamental do 6º ao 9º ano, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos), além da comunidade em geral. Os interessados devem participar em uma das quatro categorias, que foram definidas de acordo com os elementos da natureza (água, terra, ar e fogo). Cada inscrito só poderá participar com um desenho.
Para orientar os participantes sobre o tema proposto, a Secretaria de Educação promoverá workshops nos dias 8 e 9 de agosto na sede do Departamento de Educação Ambiental da Secretaria de Educação, localizada dentro do Portinho (participação no workshop será opcional aos participantes). 

Os candidatos que se inscreverem deverão confeccionar desenho sobre o tema proposto, que serão avaliados primeiramente por Comissão Julgadora da própria escola (formada por um professor, além do diretor e assistente técnico pedagógico da unidade). Na etapa seguinte, os desenhos pré-selecionados por todas as escolas participantes serão avaliados pela Comissão Julgadora do Concurso Cultural, formada por profissionais da área pedagógica e/ou artística. Os candidatos da Comunidade deverão entregar seus desenhos nas bibliotecas Porto do Saber (Boqueirão e Samambaia) ou na sede da Secretaria da Educação. A Comissão selecionará 40 finalistas, os quais irão para voto popular, que será realizado por meio do portal Cidadão PG, no período de 29 de outubro a 12 de novembro.

Sendo assim, o público elegerá os vinte melhores desenhos dentre os finalistas (cinco de cada categoria), que estamparão os painéis no muro da escola. Para ilustrar o muro, os desenhos poderão ser adaptados para o cubismo, estilo artístico que tem como principal característica a geometrização das formas. O resultado final com os nomes dos vencedores está previsto para ser divulgado no dia 13 de novembro. Mais detalhes poderão ser conferidos no regulamento do concurso, que está disponível no www.cidadaopg.sp.gov.br.

Banda Marcial de Cubatão apresenta “Hoje é dia de rock, bebê!!!” em Praia Grande na quinta

Guitarrista Milton Medusa também participará do espetáculo gratuito
25/6/2018

A Banda Marcial de Cubatão apresenta seu novo show “Hoje é dia de rock, bebê!!!” nesta quinta-feira (28), em Praia Grande. O grupo proporcionará rock clássico ao público presente a partir das 20 horas, com entrada totalmente gratuita, no Teatro Serafim Gonzalez. Os ingressos serão entregues uma hora antes do espetáculo.

Com sucessos de Black Sabbath, Scorpions, Iron Maiden, Queen, Guns and Roses e até Elvis Presley, a apresentação da Banda Marcial tem regência do maestro Alexandre Felipe Gomes e participação do seu corpo coreográfico, com coordenação de Alessandra Palucci.

Outra atração será a presença do guitarrista Milton Medusa, profissional desde 1988 e referência nacional no instrumento. Ele já acompanhou diversos artistas como Frejat, Kiko Muller e Mozart Mello. 

ENDEREÇO – O Teatro Serafim Gonzalez fica localizado na Avenida Presidente Costa e Silva, nº 1600, bairro Boqueirão, dentro do complexo cultural Palácio das Artes.

Me empolguei, sai VOANDO e olha o que aconteceu | Vlog #64

Alunos da Rede Municipal recebem vacina contra gripe

Cerca de 200 crianças foram vacinadas nesta segunda (25)
25/6/2018

A Escola Municipal Idalina da Conceição Pereira recebeu, nessa segunda-feira (25), uma equipe da Secretaria de Saúde Pública (Sesap) de Praia Grande que vacinou alunos e professores contra a gripe. Cerca de 200 crianças foram imunizadas. Apesar de a campanha nacional ter se encerrado na sexta-feira (22), a Cidade continuará vacinando os grupos indicados pelo Ministério da Saúde.

“Muitos pais trabalham fora e não tem como levar a criança até o posto de saúde. Trazendo a vacina até a escola fica mais fácil e acessível”, explica o chefe da Vigilância Epidemiológica da Sesap, Rafael Leite.

Entre os pais e responsáveis, a ideia foi bem recebida. “A iniciativa é muito boa, dessa forma não tem desculpa de não vacinar a criança. Procuro sempre manter a vacinação da minha filha em dia para deixá-la sempre protegida”, afirmou Elissandra Santos, mãe da Lívia, de 4 anos.

Já a avó da Nathaly, também de 4 anos, Severina Cardoso Lopes, comenta que sua nora trabalha durante todo o dia e que a vacinação na escola facilitou a vida da família. “Foi ótimo, pois vim para acompanhar minha netinha e aproveitei para tomar também, pois ainda não tinha ido à unidade de saúde”.

Atendimento – Todas as unidades de saúde continuam aplicando as doses em pessoas que fazem parte desses grupos: idosos acima de 60 anos, indígenas e trabalhadores da área da saúde, crianças de até 5 anos de idade, gestantes, mulheres no pós-parto, professores, portadores de doenças crônicas e agora também podem tomar a vacina as crianças de 5 a 9 anos e adultos de 50 a 59 anos. As doses serão aplicadas até o final dos estoques.

O atendimento ocorre em todas as unidades de Saúde da Família (Usafas), de segunda a sexta-feira, das 9 às 16 horas. 

Dados – Até o momento, foram vacinadas, aproximadamente, 55 mil pessoas, cerca de 76% da meta que é de 72 mil pessoas.


Confira o endereço das 27 Usafas:

1 – Usafa Aviação – Av. Dr. Roberto de Almeida Vinhas, nº2929
2 – Usafa Boqueirão – Av. Pres. Kennedy, nº 918 Boqueirão
3 – Usafa Mirim – Av. dos Sindicatos, nº 635 – Mirim
4 – Usafa Tupi – Rua Meinacós, nº 95 – Tupi
5 – Usafa Aloha – Rua Zenji Sasaki, nº 269- Nova Mirim
6 – Usafa Anhanguera – Rua Josefa Alves de Siqueira, nº 649 – Anhanguera
7 – Usafa Antártica – Av. dos Trabalhadores 3801 – Antártica
8 – Usafa Caiçara – Rua Mathilde de Azevedo Setubal nº 630 – Caiçara
9 – Usafa Esmeralda – Rua Menotti Del Picchio, altura do n° 179
10 – Usafa Forte – Av. Rio Branco, nº 562 – Forte
11 – Usafa Guaramar – Av. dos Trabalhadores, nº 1717 – Glória
12 – Usafa Maracanã – Rua Cesar Rodrigues Reis, 850 – Maracanã
13 – Usafa Melvi – Rua João Caetano, nº 101 – Melvi
14 – Usafa Mirim II – Rua Nossa Senhora da Conceição, nº 400 – Nova Mirim
15 – Usafa Ocian – Rua José Jorge, 521 – Ocian
16 – Usafa Quietude – Rua Rui Manoel Sampaio Seabra Pereira, nº 500
17 – Usafa Real – Rua das Begônias, nº 453 – Real
18 – Usafa Ribeirópolis – Rua Esmeraldo Tarquínio nº 471 – Ribeirópolis
19 – Usafa Esmeralda II – Av. Hugo de Carvalho Ramos, 1521 – Esmeralda
20 – Usafa Samambaia – Av. das Araucárias nº 181 – Samambaia
21 – Usafa Santa Marina – Rua Particular, 598 – Anhanguera
22 – Usafa São Jorge – Av. dos Trabalhadores, nº 4242 – Antártica
23 – Usafa Solemar – Av. Pres. Kennedy, nº 19726 – Solemar
24 – Usafa Sítio do Campo – Rua Maria Luiza Lavalle, nº 68 – Sítio do Campo
25 – Usafa Tupiry – Rua Idelfonso Galeano, nº 368 – Tupiry
26 – Usafa Vila Alice – Rua Renata Câmara Agondi, nº 46 – Anhanguera
27 – Usafa Vila Sônia – Rua Antônio Cândido da Silva nº 1075 – Vila Sônia

8ª Formatura – Curso VULT | Instituto Neymar Jr.

Conviver Samambaia completa 2 anos com muita festa e apresentações

Cerca de 100 pessoas curtiram uma tarde diferente na unidade
25/6/2018

Na última quinta-feira (21), a unidade do Conviver no Bairro Samambaia completou dois anos de atividades e os frequentadores que frequentam o local desde o início do programa mal sabiam o quanto aquele equipamento iria mudar suas vidas. 

A comemoração trouxe um dia diferente para moradores da região e frequentadores do local com apresentações de grupos de dança da própria unidade. Para abrir a festa, o grupo As Fabetes” que leva o nome por ser ensaiadas pelo professor de dança Fábio Luiz Gomes, coreografou um funk. Logo após, o grupo de dança cigana se apresentou para os convidados e, para fechar as apresentações, “As poderosas” dançaram música country, aproveitando o clima de festas juninas. Após as atrações, foram servidos diversos pratos preparados pelos próprios frequentadores da unidade. 

A festa também foi de emoção para alguns alunos, que após dois anos de atividades viram sua vida mudar complemente. Uma das histórias de superação é da aposentada, Guiomar da Silva, de 60 anos, que frequenta a unidade há um ano e meio. “Antes de começar os cursos, eu tinha depressão e artrose. Hoje pratico alongamento, aulas de patch apliquê, dança cigana e ainda participo das aulas de vôlei. Houve uma grande mudança na minha vida, só o fato de diminuir 50% dos remédios que eu tomava já vale muito a pena, minha qualidade de vida mudou. Fiz novas amizades graças a essa unidade maravilhosa”.

A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande, Maria Del Carmen Padin Mourão, a Maruca, falou sobre as oportunidades de mudança de vida que o Programa Conviver trouxe aos idosos da Cidade. “O objetivo era trazê-los para dentro da unidade, para confraternizar e fazer amizades. Fico muito feliz ao ver os depoimentos de pessoas que saíram de uma depressão, isso tudo é a realização de um sonho não só meu, mas de todos que fazem parte da assistência social de Praia Grande”.

Serviço – O Programa Conviver é uma iniciativa da Secretaria de Promoção Social (Sepros), em parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Município, e destinado a pessoas maiores de 50 anos. O projeto teve início em 1993, com o objetivo de oferecer atividades esportivas e de lazer para a Melhor Idade.

O Conviver Samambaia fica na Avenida Pau Brasil, esquina com a Rua Itiberê da Cunha, no Bairro Samambaia. O telefone de contato é 3496-5004.

Desde 2009, Praia Grande ocupa o primeiro lugar no Índice Futuridade entre as cidades com mais de 200 mil habitantes. O índice estadual mede a qualidade de vida e a atenção ao idoso nos municípios

Nadadores ganham seis medalhas no Paulistão Infantil

Time da Cidade fatura 2 ouros, 2 pratas e 2 bronzes
25/6/2018

A equipe de Praia Grande (Secretaria de Esportes e Lazer – SEEL –, Natação Praia Grande e Associação de Pais e Amigos – APADELP) conquistou seis medalhas (dois ouros, duas pratas e dois bronzes) no Campeonato Paulista de Natação de Inverno, categoria infantil 1 e 2 (13 e 14 anos), evento regido pela Federação Aquática Paulista (FAP) com chancela da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA). A disputa, finalizada no último domingo (24), ocorreu na piscina olímpica (50 metros) da Arena da Associação Bauruense de Desportos Aquáticos (ABDA), em Bauru. 

Na classificação geral por equipes, a turma da Natação de Praia Grande terminou em 14º lugar entre 39 agremiações. Nas cinco primeiras posições ficaram os times do Serviço Social da Indústria (SESI)/São Paulo, Clube Espéria, Clube Paineiras do Morumby, Sport Club Corinthians Paulista e Associação Esportiva São José dos Campos.

Sob comando técnico do professor Régis dos Anjos Aguiar, cinco atletas representaram a Cidade. Na infantil 1, Anna Beatriz Costa Machado foi campeã nas provas de 200 metros medley com o tempo de 2min32seg25 e 400 medley com 5min27seg44, vice-campeã nos 200 peito com 2min53seg26 e terceira colocada nos 400 livres com 4min43seg66. Já Gustavo Xavier Nogueira ficou com a prata nos 100 borboleta com 1min06seg25, o bronze nos 100 costas com 1min08seg49, a quinta posição nos 100 livres com 1min00seg66 e a sexta nos 200 costas com 2min32seg82. 

Na infantil 2, Rafaella Anisio Pessi terminou em quinto lugar nos 200 borboleta com 2min51seg70 e nos 400 medley com 5min52seg62, em sétimo nos 800 livres com 10min20seg09 e décimo nos 400 livres. Italo Bressane da Costa foi o 16º melhor nos 1.500 livres, 18º nos 200 costas, 21º nos 400 medley e 28º nos 400 livres. Carlos Alexandre do Nascimento Barrada encerrou na 17ª posição nos 100 peito, 18ª nos 100 borboleta, 24ª nos 200 medley e 33ª nos 100 livres. 

Retrospecto – Em 2017, a equipe de Praia Grande conquistou uma medalha de prata e terminou em 14º lugar (entre 38 times) no Paulista de Natação de Inverno. Na infantil 1, Rafaella Anísio Pessi foi vice-campeã nos 800 livres, quarta colocada nos 400 livres, sexta nos 200 medley e sétima nos 400 medley. Ítalo Bressane da Costa terminou na sétima posição nos 200 costas, 400 medley e 1.500 livres; e na nona nos 400 livres. Na infantil 2, Luan Alves Jekabson encerrou em sexto lugar nos 400 medley, sétimo nos 200 borboleta e o 18º nos 200 medley. Guilherme Silva Serrano fechou na sétima colocação nos 200 peito, na 12ª nos 100 peito e 400 livres, e na 27ª nos 100 livres. 

Em 2016, na infantil 1, Luan Alves Jekabson terminou em nono lugar nos 400 metros medley, 26º nos 200 livres e 28º nos 400 livres. Em 2015, na infantil 2, a nadadora Isabella da Silva Carvalho foi a melhor atleta da Região da Baixada Santista nos 100 borboleta, ao terminar em 14º lugar. Em 2014, na infantil 2, Luiz Felipe Paes sagrou-se vice-campeão dos 400 medley, foi quarto colocado nos 200 borboleta, quinto nos 1.500 livres e nono nos 400 livres. 

Na infantil 2, Larissa de Almeida Claudino foi quinta colocada nos 100 peito, sexta nos 200 peito e 18ª nos 200 medley; João Vitor Nogueira obteve o 9º lugar nos 100 borboleta, o 11º nos 100 costas, o 15º nos 50 livres e o 17º nos 100 livres. Na infantil 1, Isabela Carvalho garantiu a 11ª posição nos 100 borboleta, a 17ª nos 400 medley, a 25ª nos 100 livres e a 28ª nos 50 livres. Em 2013, na infantil 1, Larissa foi 15ª colocada na prova dos 200 metros peito; 16ª nos 200 medley; 17ª nos 100 peito; e 21ª nos 100 costas. Victória Oliveira Caxiado garantiu o 17º lugar nos 50 livres; o 22º nos 100 livres e o 31º nos 200 livres. Luiz Paes foi 21º nos 400 medley. Daniela Luiz Queiros dos Santos terminou na 17ª posição nos 800 livres; 18ª nos 200 livres e 19ª nos 400 livres.

Os atletas de Praia Grande treinam na piscina municipal (Avenida Presidente Castelo Branco s/nº, Bairro Mirim). Na Cidade, o esporte competitivo é conduzido pela Secretaria de Esportes e Lazer (SEEL). Há ainda escolinha municipal através do programa SuperEscola, mantido pela Secretaria de Educação (Seduc).

Praia Grande obtém bronze na ginástica rítmica

Time de Praia Grande disputou evento estadual
25/6/2018

A equipe de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) conquistou uma medalha de bronze na Copa Paulista de Ginástica Rítmica, nível 1 (o principal), na categoria adulta (mais de 15 anos), evento regido pela Federação Paulista de Ginástica (FPG). A disputa, realizada no último domingo (24), ocorre em Pindamonhangaba.

A ginasta Thayná Cavalcante terminou em terceiro lugar na prova de fita. Foi ainda quarta colocada nas maças e no individual geral (somatória de pontos obtidos pela atleta em cada aparelho). Além de Praia Grande, competiam equipes de Guarulhos, Osasco, São Bernardo do Campo, Pindamonhangaba, Taubaté, São Caetano do Sul e Clube Esperia de São Paulo.

“A Thayná treina com a gente desde 2011, quando tinha 13 anos. É muito dedicada, esforçada e merece este resultado”, afirmou a técnica de Praia Grande Flávia Beatriz Ferro. “Ela treina, trabalha e ainda estuda educação física na Faculdade de Praia Grande. E, aos poucos, ajuda nossa equipe a conquistar espaço no cenário estadual”.

Polo – A Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) de Praia Grande disponibiliza gratuitamente para meninas da Cidade, de 8 a 16 anos, polo de iniciação e treinamento competitivo de ginástica rítmica desportiva. Os treinos acontecem no Ginásio da SEEL (Avenida Ministro Marcos Freire, 33579, Bairro Tupiry – entrada pela Rua João Balbino Corrê, s/nº), de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, sob responsabilidade técnica da professora Flávia Beatriz Ferro. 

Para participar dos ensinamentos, os interessados devem comparecer aos locais utilizando roupa esportiva e documento de identidade (com foto). É preciso estar acompanhada pelo responsável. Depois de preenchida ficha cadastral, o participante também deve apresentar atestado médico. Caso não haja vaga imediata, a interessada entra na lista de espera. Outras informações podem ser obtidas na sede da SEEL e no telefone 3496-5601.

Praia Grande joga no Tupi pelo Estadual de Futsal Iniciação

Times sub-8, sub-9 e sub-10 atuam no sábado (30)
25/6/2018

Neste sábado (30), a partir das 9 horas, no Ginásio Rodrigão (Avenida Presidente Kennedy, 8169, Bairro Tupi), em Praia Grande, as equipes masculinas sub-8, sub-9 e sub-10 de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL, Sucos Camp, Centro de Treinamento Falcão 12 e Liga Praia-grandense de Futsal – LPFS) jogam contra os times paulistanos da Associação Esportiva e Cultural Incríveis, em partidas válidas pela 10ª rodada da chave A da primeira fase do Campeonato Estadual de Futsal Iniciação, série A-1, evento regido pela Federação Paulista (FPFS).

No último sábado (23), na Capital, os times da Cidade enfrentaram os do São Paulo Futebol Clube B. Na sub-8, a turma de Praia Grande perdeu por 13 a 1 (gol de Henrique Luiz). Na sub-9, o grupo municipal foi derrotado por 8 a 0. Na sub-10, a equipe local caiu por 8 a 1 (Francesco). Após estes resultados, na classificação parcial da competição, a turma sub-8 de Praia Grande está em 10º lugar com dois pontos, dois empates, sete derrotas, 8 gols prós e 68 gols contras. A sub-9 é 10ª posicionada com quatro pontos, um triunfo, um empate, sete perdas, 11 gols feitos e 45 sofridos. A sub-10 ocupa a 10ª colocação com seis pontos, duas vitórias, sete derrotas, 9 gols prós e 39 contras.

Dados – Segundo o regulamento, na etapa inicial as equipes foram divididas em três grupos (ABC), jogam em turno e returno dentro de cada chave. Após o encerramento da primeira fase, todos os times participantes qualificam-se para a segunda etapa. A partir daí, a FPFS estabelece um ranking de eficiência por meio de índice técnico (somatória da pontuação obtida nas três categorias, divididos pelos números de jogos realizados pelas equipes, multiplicados por 10). Aí, são criadas quatro divisões: ouro (reúne os times que ficaram entre os oito primeiros colocados no ranking), prata (9º ao 16º), bronze (17º ao 24º) e cobre (25º ao 30º).

Na fase inicial, os selecionados de Praia Grande disputam o grupo A, ao lado da Sociedade Esportiva Palmeiras, São Paulo Futebol Clube, ADC Inter-Mogi, Lausanne Paulista FC, AEC Incriveis, AD Santo André Futsal, Ribeirão Pires FC, Grêmio Recreativo Gremetal/Stismmmec e FAE/Osasco/Audax. No B, atuam as turmas do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí, CA Juventus, EC Hortolândia, CA Guarulhense, CTC Vila Ema, SAJEA/Omega, AA Portuários de Santos, SE Elite Itaquerense, Santos FC, ASF Magnus Sorocaba e Associação Portuguesa de Desportos. No C, competem os times da AD Mogi das Cruzes, São Caetano FC, Seleção Itapeviense, Suzano FC, São Caetano Futsal, Luso Brasileiro FC, Sport Club Corinthians Paulista, CA Tabuca Júniors, Associação União Mauá e ADC Mercedes Benz.

Retrospecto – No Estadual de Futsal Iniciação de 2017 (primeira vez que Praia Grande participou deste evento), a equipe masculina sub-9 de Praia Grande enfrentou o time do Clube Atlético Juventus, em duelo válido pela fase semifinal, série prata. O jogo terminou empatado em 3 a 3. Por ter realizado melhor campanha ao longo da competição, a turma do Juventus avançou à decisão. Na fase quartas de final, os outros dois times praia-grandenses acabaram sendo eliminados do torneio. Atuando na série bronze, o selecionado municipal sub-10 foi derrotado pela Associação Desportiva Classista Mercedes Benz, de Diadema, por 3 a 1. 

O grupo sub-8 de Praia Grande perdeu para a Academia de Esporte e Recreação Corpo e Cia, de Mogi das Cruzes, por 6 a 0. Na classificação final da primeira fase da competição, chave A, a turma sub-8 de Praia Grande terminou na sexta colocação com nove pontos, três vitórias, seis derrotas, 13 gols feitos e 36 sofridos. Na sub-9, o grupo local foi terceira posicionada, com 18 pontos, seis triunfos, três perdas, 41 gols prós e 35 contras. Na sub-10, o time da Cidade fechou em oitavo lugar, com sete pontos, duas vitórias, um empate, seis derrotas, 17 gols marcados e 41 levados. 

Jogos – Confira as escalações e todos os resultados das equipes de Praia Grande no Campeonato Estadual de Futsal Iniciação de 2018, série A-1:

sub-8 – Competem por Praia Grande Arthur Oliveira Rodrigues, Matheus Henrique Souza Oliveira, Kaynã da Silva Cruz, Yan Araújo Mendes, Matheus Morine Vallejo, Kauan Luiz Azevedo Sagaz, Gustavo Cameron, Henrique Luiz Gonçalves Gomes, Jorge Miguel Correnti Garcia Neto, Leonardo Augusto da Paixão, Zion Araújo Pedrozo Stella, Sérgio Henrique Cesar Nascimento Silva e Kaíque Yuichi Anastácio Tsumura. Técnico: Kleberton Nascimento. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves.

1ª fase
7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 11 Associação Desportiva Indaiatuba
15/4 – Lausanne Paulista FC 11 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 1 x 1 Ribeirão Pires Futebol Clube
28/4 – Gremetal/Santos 4 x 3 Praia Grande/Ocian Praia Clube
5/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 1 x 4 ADC Inter Mogi das Cruzes
19/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 16 SE Palmeiras
9/6 – FAE/Osasco/Audax 6 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube
16/6 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 2 AD Santo André Futsal
23/6 – São Paulo Futebol Clube B 13 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube

sub-9 – Atuam por Praia Grande Yan Felipe Carvalho de Souza, Leonardo Marinho dos Santos, Álvaro Mendonça Neme Damasceno, Pedro Henrique de Oliveira Vasconcelos Rodrigues, Mathias da Costa Welter, Natan Souza Tavares, João Pedro Gomes Pita, Bryan Lincoln Alves Pinto, Diogo Nascimento Napolitano Soares, Miguel Barbosa Araújo da Silva, João Pedro Ortega Taveira, Anthony Eduardo Leuzzi Guedes, Kauan Rodrigues Nunes Ferreira Santos, David Sousa Beserra, Cláudio Sini Neto e Breno Marques Rangel da Silva. Técnico: Matheus Cassita Gonçalves. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves. 

1ª fase
7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 6 Associação Desportiva Indaiatuba
15/4 – Lausanne Paulista FC 5 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 1 Ribeirão Pires Futebol Clube
28/4 – Gremetal/Santos 2 x 2 Praia Grande/Ocian Praia Clube
5/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 4 x 7 ADC Inter Mogi das Cruzes
19/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 5 SE Palmeiras
9/6 – FAE/Osasco/Audax 5 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube
16/6 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 6 AD Santo André Futsal
23/6 – São Paulo Futebol Clube B 8 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube

sub-10 – Jogam pela Cidade Gabriel Oliveira Maida, Kaique Pietro Bellini Haikel, Nikollas Dreger do Nascimento, Lucas Fernandes dos Santos, Francesco Pozzo, Guilherme Santana Alves, Lucas de França Silva, Renan Pereira Ribeiro, Richard Batista Cardoso dos Santos, Pedro Henrique Sanged Durante Moreira, David Munhoz Hiath, Luiz Henrique Souza dos Santos, Vinicius Nascimento Rodrigues e Davi Prates Tavares. Técnico: Kleberton Nascimento. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves. 

1ª fase
7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 2 Associação Desportiva Indaiatuba
15/4 – Lausanne Paulista FC 8 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 3 Ribeirão Pires Futebol Clube
28/4 – Gremetal/Santos 5 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube
5/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 3 x 2 ADC Inter Mogi das Cruzes
19/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 8 SE Palmeiras
9/6 – FAE/Osasco/Audax 0 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
16/6 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 1 x 3 AD Santo André Futsal
23/6 – São Paulo Futebol Clube B 8 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube

Caratecas ganham 24 medalhas em etapa do Campeonato Brasileiro

Atletas da Cidade faturam 9 ouros, 6 pratas e 9 bronzes
25/6/2018

Caratecas de Praia Grande conquistaram 24 medalhas (nove ouros, seis pratas e nove bronzes) na quarta etapa classificatória do Campeonato Brasileiro, evento regido pela Confederação Brasileira (CBK). A competição, finalizada no último domingo (24), ocorreu no Centreventos Cau Hansen, na cidade de Joinville, em Santa Catarina.

Houve torneios de katá (exibição de movimentos) e kumitê (luta). Existiu divisão por peso e graduação (kyu): quanto menor o kyu (faixa), mais evoluído é o atleta: branca (6º kyu), amarela (5º), laranja (4º), verde (3º), azul ou roxo (2º), castanho ou marrom (1º). Os campeões de cada categoria qualificaram-se para a fase final do Brasileirão que será realizada de 16 a 21 de outubro, no município de Contagem, em Minas Gerais.

Confira os resultados dos atletas de Praia Grande que integram a seleção paulista na disputa da quarta etapa classificatória do Campeonato Brasileiro de Caratê: 

ouro (9)
katá
Giulia Olsak Martins (Academia Gladiators) – sub-12 – 2º kyu e acima – absoluto

Kumitê
(2) Jéssica Linhares de Paula (Gladiators) – sub-21 e sênior – 2º kyu e acima – menos de 50 kg
Giulia Olsak Martins (gladiators) – sub-12 – 2º kyu e acima – menos de 40 kg
Gabriella Thieves (gladiators) – sub-12 – 2º kyu e acima – mais de 50 kg
Amanda Freitas Mendonça (Kami Dojo) – sub-14 – 6º kyu e acima – menos de 35 kg
Giulie Anne Cirillo Soares (Gladiators) – cadete – 6º kyu e acima – menos de 54 kg
Maria Eduarda Mascari (Yamato Dojo) – cadete – 6º kyu e acima – mais de 54 kg
Bruno Rodrigues (Gladiators) – cadete – 6º kyu a 3º kyu – mais de 70 kg

Prata (6)
kumitê
Maria Carolina Pereira (Yamato) – sub-12 – 6º a 3º kyu – mais de 50 kg
Pedro Guilherme Araujo (Yamato) – sub-12 – 2º kyu e acima – menos de 30 kg
Kaique Duarte (Gladiators) – sub-14 – 6º a 3º kyu – mais de 55 kg
Gabriel Andrade Pinheiro (Yamato Dojo) – júnior – 6º kyu e acima – menos de 61 kg
Larissa Duarte (Gladiators) – júnior – 2º kyu e acima – menos de 53 kg
Normando Costa (Kami) – máster H – 6º a 3º kyu – open

Bronze (9)
katá
Pedro Henrique Silva (Academia Yamato Dojo) – categoria sub-8 – faixa 6º a 3º kyu – peso absoluto 
Guilherme Jackson Brito (Academia Seikan) – sub-21 – 6º a 3º kyu – absoluto
Normando Costa (Academia Kami) – máster H – 6º a 3º kyu – open

kumitê
Luiza Brito (Yamato) – sub-12 – 6º a 3º kyu – menos de 40 kg
José Maurício Portella (Gladiators) – sub-14 – 2º kyu e acima – menos de 50 kg
Alice Beatriz Silva Gomes (Gladiators) – cadete – 6º kyu e acima – mais de 54 kg
Gabriel Vieira de Oliveira (Gladiators) – cadete – 6º kyu e acima – mais de 70 kg
Kaique Vieira (Seikan) – 2º kyu e acima – menos de 57 kg
Luiz Carlos dos Santos (Kami Dojo) – máster C (44 a 46 anos) – 6º kyu e acima – menos de 75 kg

Treinos – Os caratecas de Praia Grande treinam em cinco academias da Cidade. No Bairro Tupi, a equipe da Academia Gladiators tem comando do sensei Rodrigo Inácio. No Ocian, o grupo da Yamato Dojo é conduzido por Carolina Ramalho. No Samambaia, o time da Kami Dojo possui Ronaldo Rodrigues como mestre. No Boqueirão, o selecionado da Yoshimura Kyokai recebe orientação técnica do mestre Jorge Yoshimura. No Tupi, a turma da Seikan pertence ao técnico Márcio Papi. 

Há ainda, treinamentos públicos (gratuitos) disponibilizados pela Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) de Praia Grande. Sob comando do professor Luiz Fernando de Almeida Antunes, faixa preta 3º Dan, as aulas acontecem no Ginásio da SEEL (Avenida Minsitro Marcos Freire, 33579, Bairro Tupiry), às terças e quintas-feiras, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas; no Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180), às segundas, quartas e sextas-feiras, das 9 às 12 horas; e na Pista Municipal de Atletismo (Rua José Bonifácio, 400, Bairro Sítio do Campo), às segundas, quartas e sextas-feiras, das 14 às 17 horas.

Sob orientação do professor Jorge Yoshimura, faixa preta 8º Dan, os ensinamentos são realizados de segunda a sexta-feira, após às 18 horas, os treinos ocorrem no Ginásio Rodrigão (Av. Pres. Kennedy, 8169 – Mirim). Às segundas, quartas e sextas-feiras, das 13 às 17 horas, as atividades acontecem no Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180). Às terças e quintas-feiras, das 13 às 17 horas, as aulas desenvolvem-se no Centro de Apoio à Família do Educando (CAFE) do Bairro Vila Sônia (Rua João Andrade de Jesus, s/nº).

Previsão das ondas em Praia Grande

Praia Grande participa do Congresso Técnico dos 62º Jogos Regionais

Delegação municipal compete na 62ª edição do evento estadual
22/6/2018

Nesta segunda-feira (25), às 15 horas, em Santo André (cidade-sede), integrantes da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) de Praia Grande participam do congresso técnico da 62ª edição dos Jogos Regionais do Estado de São Paulo – 1ª Região, evento regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ). A competição que ocorre de 4 a 14 de julho, reúne mais de cinco mil atletas, de 31 cidades, em 26 modalidades esportivas.

No congresso são confirmadas as equipes participantes e sorteados todos os grupos e chaves de cada modalidade, além da definição da programação geral e dos três primeiros dias de competições (com horários e locais das partidas). Representam a SEEL o diretor do Departamento Esportivo Cláudio Luiz Monteiro de Morais, o Camarão, e o coordenador de atividades esportivas professor Antônio Carlos Salles. Os Jogos Regionais são classificatórios para os Jogos Abertos do Interior Horácio Baby Barioni.

Participam dos Jogos Regionais de 2018 desportistas das municipalidades de Praia Grande, Cubatão, Guarujá, São Vicente, Santos, Peruíbe, Mongaguá, Itanhaém, Bertioga, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Santo André, Osasco, Ribeirão Pires, Barueri, Itariri, Pedro de Toledo, Mauá, Rio Grande da Serra, Carapicuíba, Diadema, Cotia, Embu, Itapecerica da Serra, Itapevi, Jandira, Juquitiba, São Lourenço da Serra, Taboão da Serra, Embu-Guaçu e Vargem Grande Paulista. 

Dados – Mais de 400 pessoas (entre atletas, técnicos e dirigentes) integram a delegação de Praia Grande (SEEL e Secretaria de Educação – Seduc) que disputa os Jogos Regionais. O grupo fica alojado na Escola Estadual Senador João Galeão Carvalhal (Rua do Bosque, 64, Bairro Vila Bastos) e compete em 23 modalidades: atletismo masculino (M), feminino (F) e para pessoas com deficiência (PcD); basquete M, biribol M, bocha M, capoeira M/F, caratê M/F, damas mista, futsal M, futebol M, ginástica rítmica F sub-14, ginástica artística M sub-16/F, handebol M/F, judô M/F, malha M, natação M/F/PcD, taekwondo M/F, tênis M/F, tênis de mesa M/F, vôlei M/F, vôlei de praia M/F e xadrez M/F. Apenas no basquete, futebol e futsal femininos; badminton, ciclismo e skate não há representantes locais.

Em 2017, no torneio da primeira divisão, pela quarta vez (2009, 2015, 2016 e 2017), a delegação de Praia Grande terminou em quinto lugar, com 205 pontos e 133 medalhas (50 ouros, 46 pratas e 37 bronzes). Está foi a melhor posição já obtida pelo grupo municipal no evento. E ainda, garantiu o novo recorde local no número total de medalhas (superando as 107 ganhas em 2015) e no número de primeiros lugares (deixando para trás os 41 obtidos em 2013). Pelo décimo ano seguido (2008 a 2017) destacou-se como a segunda melhor da Região.

De 2008 a 2016, vigorou as primeiras e segundas divisões. A delegação de Praia Grande sempre competiu na primeira. Em 2016, terminou em quinto lugar, com 150 pontos, e 67 medalhas (27 ouros, 25 pratas e 15 bronzes). Em 2015, acabou em quinto lugar, com 197 pontos, e 107 medalhas (33 ouros, 50 pratas e 24 bronzes). Em 2014, ficou em sexto lugar, com 123 pontos, e 80 medalhas (29 ouros, 33 pratas e 18 bronzes). Em 2013, garantiu o sexto lugar, com 154,5 pontos, e 87 medalhas (41 ouros, 27 pratas e 19 bronzes). Em 2012, foi sexto colocado, com 226 pontos, e 71 medalhas (21 ouros, 28 pratas e 22 bronzes).

Em 2011, sexta colocação, com 206 pontos, e 54 medalhas (21 ouros, 15 pratas e 18 bronzes). Em 2010, novo sexto lugar, com 188 pontos, e 73 medalhas (12 medalhas de ouro, 28 pratas e 33 bronzes). Em 2009, veio o quinto lugar, com 197 pontos, e 69 medalhas (16 ouros, 24 pratas e 29 bronzes). Em 2008, acabou na sexta posição, com 159,5 pontos, e 48 medalhas (13 ouros, 14 pratas e 21 bronzes). Em 2007, encerrou em sétimo lugar, com 132 pontos, e 35 medalhas (9 ouros, 9 pratas e 17 bronzes). Em 2006, foi 10ª colocada, com 86 pontos, e 13 medalhas (3 ouros, 6 pratas e 4 bronzes). 

Em 2005, quando a Cidade de Praia Grande criou a Secretaria de Esporte e Lazer e ainda sediou os Jogos Regionais, terminou na 10ª posição, com 96 pontos, e 10 medalhas (1 prata e 9 bronzes). Em 2004, o grupo local foi 17º colocado, com 45 pontos, e sete medalhas (duas pratas e cinco bronzes). Em 2003, acabou no 15º lugar, com 50 pontos, e dois bronzes. Em 2002, ficou em 15º lugar, com 46 pontos, e quatro medalhas (duas pratas e dois bronzes). Em 2001, obteve a 23ª posição, com 17 pontos, e dois bronzes. Em 2000, em Santo André, terminou na 12ª colocação, com 35 pontos, e um bronze.

%d blogueiros gostam disto: