fbpx
  • +55 13 99615 8477
  • vendas@euamopg.com

Arquivo da tag PG

Bairros Princesa e Cidade da Criança recebem mutirão de limpeza

Trabalhos fazem parte do projeto Multiação e devem seguir no local por 15 dias
13/7/2018

Os Bairros Princesa e Cidade da Criança, em Praia Grande, começaram a receber nesta semana o projeto Multiação, um mutirão de manutenção pública com atividades como varrição das ruas, raspagem de areia das sarjetas, cortes de mato e recolha de itens inservíveis das vias. O trabalho, realizado pela Secretaria de Serviços Urbanos (Sesurb), tem previsão de ser finalizado nestes locais nos próximos 15 dias.

O projeto Multiação é um trabalho contínuo, que atende ao longo do ano todos os bairros da Cidade. As ações acontecem paralelamente ao serviço desenvolvido diário, não mudando a programação das ações já desenvolvidas, como Rapa Treco, Coleta de Lixo, entre outros. Aproximadamente, 100 funcionários estão envolvidos no trabalho.

A ação é desenvolvida por duas frentes de trabalho, uma atuando entre a Curva do S e o Solemar, e outra entre a Mirim e o Boqueirão. Desde janeiro deste ano, os bairros Sítio do Campo (com loteamentos Tude Bastos e Guaramar), Glória, Vila Sônia, Antártica, Tupiry, Quietude, Esmeralda, Ribeirópolis, Samambaia e Melvi já foram atendidos.

O secretário de Serviços Urbanos de Praia Grande, Katsu Yonamine, explicou a importância da ação para a conservação da limpeza na Cidade. “Além de manter os bairros mais limpos, a intenção do projeto Multiação é prevenir que detritos caiam na rede de drenagem obstruindo a tubulação e prejudicando o escoamento de águas pluviais. A colaboração da população é essencial para a limpeza das ruas. O lixo doméstico depositado em lugar incorreto aumenta a proliferação de insetos e roedores, causando incômodo a toda vizinhança”.


Caminhada da Amizade” reúne 150 integrantes de três unidades do Programa Conviver

Evento ocorreu no Bairro Boqueirão
13/7/2018

A sexta-feira (13) começou bem animada para os frequentadores de três unidades do Programa Conviver, em Praia Grande. Eles participaram da “Caminhada da Amizade”, evento com início no Bairro Boqueirão e chegada no Canto do Forte, que teve como objetivo integrar os participantes do serviço. Todos são adeptos das atividades físicas, mas as aulas acontecem em locais distintos.

A integração começou bem cedo, com um alongamento coletivo para aquecer os músculos. O ponto de partida foi o Conviver do Bairro Boqueirão, de onde os participantes seguiram para a Praça Duque de Caxias, no Bairro Canto do Forte. Lá, mais um momento de integração, onde os idosos fizeram mais atividades e puderam interagir uns com os outros
.
A volta para o Conviver foi bastante animada. Na chegada na unidade, todos os caminhantes participaram de um grande café da manhã para repor as energias.
A aposentada, Eliana Clara Alexandra dos Reis, de 65 anos, é frequentadora das atividades físicas na unidade do Sítio do Campo e está acostumada a começar o dia praticando exercícios. “É maravilhoso viver a vida e curtir”.

O também aposentado, Fernado da Conceição Silva, de 67 anos, é frequentador do Conviver do Bairro Boqueirão e levou a esposa para participar da caminhada. “Já estou acostumado com a paisagem, mas passear com a esposa é bom demais”.

De acordo com a diretora do Conviver Boqueirão, Solange Donizetti de Carvalho, o evento teve como objetivo integrar os participantes de atividades físicas das unidades mais próximas, dos Bairros Sítio do Campo e Guilhermina. “Fez um dia de sol muito bonito, essa paisagem da nossa praia é muito convidativa e todos gostaram muito”.

Serviços – Ao longo de todo o ano, as nove unidades do Programa Conviver oferecem atividades esportivas, culturais e de lazer aos maiores de 50 anos. Entre as atrações, aulas de diversos tipos de dança, ginástica, bordados, jogos de mesa, canto coral e muito mais. 

Homens e mulheres podem aproveitar. Tem Conviver nos Bairros Boqueirão, Guilhermina, Sítio do Campo, Antártica, Tupi, Ocian, Samambaia, Caiçara e Solemar. Para mais informações basta comparecer na unidade mais próxima ou ligar para 3496-5015.

Referência – Quando o assunto é a Melhor Idade, Praia Grande é uma das cidades referência no assunto. Desde 2009, entre todos os municípios do Estado de São Paulo com mais de 200 mil habitantes, Praia Grande está em primeiro lugar no Índice Futuridade, que mede a qualidade de vida e a atenção ao idoso nos municípios.

Captação de órgãos no Hospital Irmã Dulce deve beneficiar até sete pessoas no Estado

Procedimento ocorreu quinta (12), em jovem de 23 anos, vítima de acidente doméstico
13/7/2018

Um jovem de 23 anos pode ter beneficiado pelo menos sete pessoas com órgãos captados no Hospital Municipal Irmã Dulce (HMID), em Praia Grande, por equipes de três hospitais de São Paulo, na quinta-feira (12). Aproximadamente, 20 profissionais estiveram envolvidos no procedimento. Pulmão, coração, pâncreas, fígado, rins, ossos e tendões começaram a ser transportados para seus destinos logo no início da manhã, por volta das 8 horas. Com isso, o Município se mantém como uma das referências no êxito em captação de órgãos no País.

Vítima de um acidente doméstico que teve como diagnóstico a morte cerebral, o paciente doador era morador de Praia Grande. Sensível ante a possibilidade de salvar ou restaurar vidas de várias pessoas que aguardam por um órgão na fila de transplantes, a família autorizou a doação logo que foi informada do quadro de saúde do jovem.

De acordo com a enfermeira Eliza Maria Prado Monteiro, que coordena a Enfermagem da UTI Adulto do Hospital Irmã Dulce, a abordagem e acolhimento são fundamentais em ocasiões assim. “Não é um momento para simplesmente transmitir um diagnóstico, mas para fazer com que os familiares façam do sofrimento uma oportunidade de levar a alegria da vida a adultos e crianças, muitas delas já sem qualquer esperança. É um gesto nobre”, disse.

Dos órgãos do paciente, pulmão e coração foram os primeiros a serem captados, por volta das 4h30, e levados de helicóptero para o Instituto do Coração (Incor) e o Hospital Israelita Albert Einstein, respectivamente, na Capital. Fígado e rins foram transportados até o aeroporto de Itanhaém, de onde seguiram de avião para o Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto.

Os demais órgãos, que não requerem curtíssimo tempo entre a captação e o transplante, como ossos, tendões e pâncreas, foram transportados em veículos da Secretaria Estadual de Saúde para o Hospital das Clínicas de São Paulo.

Conforme a enfermeira especializada em Nefrologia e em Captação de Órgãos, Laís Moraes Gasparoto, do Albert Einstein, o transplante ósseo, por exemplo, é usado para recompor perdas ósseas decorrentes de tumores, para troca de próteses, em traumatismos, para reconstrução facial e outras aplicações. “As partes que podem ser captadas são os ossos longos como fêmur, tíbia, fíbula, da perna, úmero e outros do braço, além do quadril”, destacou.

Segundo o cirurgião geral doutor Renato Luís Borba, que integra a Comissão Intrahospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIDOTT) do Hospital Irmã Dulce, em 2016 foram registradas 28 notificações contra 41, em 2017. “Este resultado nos projeta como um dos hospitais que mais se empenham na captação de órgãos não somente no Estado de São Paulo como no País”, ressaltou.

Para o diretor geral do Complexo Hospitalar Irmã Dulce, doutor Ricardo Carajeleascow, a situação demonstra o esforço da Instituição, atendendo ao que preconiza o Governo Municipal. “O prefeito Alberto Mourão investe maciçamente na saúde e na capacitação das equipes. O reconhecimento por este trabalho é conferido por instituições como Organização de Procura de Órgãos (OPO), da Escola Paulista de Medicina (EPM)”, salientou.
Além do cirurgião geral Renato Luís Borba e da enfermeira Eliza Maria Prado Monteiro, integram a CIDOTT as médicas intensivistas do HMID, Maria Odila Gomes Douglas e Daniela Boni.

Doação – Um doador pode beneficiar mais de 12 pessoas com os seguintes órgãos: córneas, coração, pulmões, rins, fígado, pâncreas, ossos, pele e artérias. Para ser doador basta deixar a família ciente, não sendo mais preciso registrar a vontade em cartório nem fazê-la constar em documentos pessoais.

Caratê masculino de Praia Grande acaba na oitava posição

Turma municipal competiu em Santo André
13/7/2018

Na quinta-feira (12), em Santo André, na Região do Grande ABCD paulista, a seleção masculina adulta (idade livre) de caratê de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) terminou na oitava posição no torneio dos 62º Jogos Regionais (JR) do Estado de São Paulo – 1ª Região, evento regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ).

Os rapazes da Cidade encararam oponentes de Cubatão, Mongaguá, São Vicente, Guarujá, Itanhaém, Santos, Itapevi, Santo André, Cotia, Jandira, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Embu das Artes, Osasco e Taboão da Serra. Houve disputas de katá (exibição de movimentos/formas na qual avalia-se a perfeição dos golpes) individual e equipe, kumitê (luta) individual e equipe. Da somatória destes torneios é que se definiu a cidade campeã geral.

Confira os resultados do grupo municipal comandado por Fabio Viana Fernandes com auxílio de Luiz Fernando de Almeida Antunes:

4º David Willy Silva dos Passos, Matheus Nascimento Pereira e Nathan Pinto de Almeida – katá equipe 
5º Hevandro da Assenção Ribeiro – 65 a 70 kg
5º Douglas Vinicius de Araújo – 70 a 75 kg
6º Allan Jozala de Souza – katá individual
7º Oswaldo Luis Rodrigues de Oliveira – 60 a 65 kg

Histórico do caratê masculino livre de Praia Grande nos Jogos Regionais:
2001 (sede São Vicente) – não pontuou (1 prata)
2006 (Caieiras) – 7º lugar – (1 bronze)
2007 (Guarujá) – 4º lugar – (3 bronzes)
2008 (São Caetano) – 5º lugar 
2009 (Santo André) – 4º lugar (1 bronze) 
2010 (Guarujá) – 3º lugar – (1 prata e 4 bronzes) 
2011 (Santo André) – 8º lugar 
2012 (Santo André) – 6º lugar (1 ouro e 1 bronze)
2013 (Barueri) – 2º lugar (2 ouros, 1 prata e 1 bronze) 
2014 (Osasco) – não pontuou 
2015 (São Bernardo do Campo) – 6º lugar 
2016 (São Bernardo do Campo) – 6º lugar (1 bronze) 
2017 (São Bernardo do Campo) – não pontuou 
2018 (Santo André) – 8º lugar

Visita Patricia e Iris Abravanel – Instituto Neymar Jr

 Confira a programação de Praia Grande nesta sexta

Delegação municipal compete em Santo André

13/7/2018

Nesta sexta-feira (13), em Santo André, a delegação de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) compete no décimo e último dos 62º Jogos Regionais (JR) do Estado de São Paulo – 1ª Região, evento regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ) e que reúne 25 municípios (de 31 possíveis), mais de três mil atletas, em 23 esportes.

Competem atletas de Praia Grande, São Bernardo do Campo, Santos, São Caetano do Sul, Santo André, Osasco, Guarujá, Ribeirão Pires, Peruíbe, Bertioga, Itanhaém, São Vicente, Cubatão, Mongaguá, Mauá, Rio Grande da Serra, Diadema, Cotia, Itapecerica da Serra, Itapevi, Jandira, Juquitiba, Taboão da Serra, Embu das Artes e Vargem Grande Paulista. Não participam as cidades de Barueri, Itariri, Pedro de Toledo, Carapicuíba, Embu-Guaçu e São Lourenço da Serra.

Participam do evento estadual os selecionados praia-grandenses de atletismo masculino e feminino (M/F), e para pessoas com deficiência (PcD) adultas (idade livre); basquete M sub-20, biribol M livre, bocha M livre, caratê M/F, capoeira M/F livre, damas mista livre, futsal M livre, futebol M sub-20, ginástica artística M sub-16 e F livre, ginástica rítmica F sub-14, handebol M/F sub-20, judô M/F livre, malha M livre, natação M/F/PcD livre; taekwondo M/F livre, tênis F/M livre, tênis de mesa M livre e F sub-20, vôlei M sub-20 e F livre, vôlei de praia M/F e xadrez M/F sub-20.

Confira a programação:

Sexta-feira (13 de julho)
Clube de Bocha Pinheirinho
8 horas – decisão do 3º lugar da bocha masculina livre – Praia Grande x São Vicente

Ginásio do Complexo Esportivo Pedro Dell´Antonia
8h30 – decisão do 3º lugar do vôlei masculino sub-20 – Praia Grande x São Caetano do Sul

Ginásio Poliesportivo da Faculdade de Medicina ABC
8h30 – 4º e última rodada do handebol feminino sub-20 – Praia Grande x Diadema

Clube Atlético Aramaçan
9 horas – 4ª e última rodada do xadrez feminino sub-20 – Praia Grande x Diadema

Natação feminina de Praia Grande é a quarta melhor

Grupo municipal conquista uma prata e dois bronzes

12/7/2018

Na quarta-feira (11), em Santo André, a seleção feminina adulta (idade livre) de natação de Praia Grande (Secretaria de Esportes e Lazer – SEEL) terminou em quarto lugar com uma medalha de prata e duas de bronze no torneio dos 62º Jogos Regionais (JR) do Estado de São Paulo – 1ª Região, evento regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ).

O time da Cidade competiu contra adversárias de Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, São Vicente, Santos, Osasco, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Santo André. Confira os resultados do selecionado municipal comandado pelo professor Régis dos Anjos Aguiar:

2ª Patricia Pedroso Neumann – 100 costas
3ª Patrícia – 50 costas
3ª Anna Beatriz Costa Machado – 400 medley
4ª Patricia – 200 costas
4ª Anna – 400 e 800 livres
4ª Anna, Patrícia, Rafaella e Gabrieli da Cunha de Souza e Silva – revezamento 4×100 livres
4ª Anna, Patrícia, Rafaella e Gabrieli da Cunha de Souza e Silva – revezamento 4×100 medley
5ª Anna, Patrícia, Rafaella e Gabrieli – 4×200 livres
5ª Patricia – 200 medley
5ª Rafaella Anisio Pessi – 200 borboleta
7ª Anna – 200 livres
7ª Rafaella – 800 livres
7ª Gabrieli – 100 e 200 peito
8ª Michelle Kaylane Bastos de Alencar – 200 borboleta
8ª Gabrieli – 100 peito e 100 borboleta
9ª Maria Eduarda de Oliveira Rodrigues – 200 livres
10ª Rafaella – 200 medley e 400 livres
11ª Maria – 100 e 200 costas
12ª Michelle – 100 livres, 50 e 100 borboleta

Histórico da natação feminina livre de Praia Grande nos Jogos Regionais:
2008 (sede São Caetano) – 6º lugar
2009 (Santo André) – 4º lugar
2010 (Guarujá) – 5º lugar
2011 (Santo André) – 5º lugar
2012 (Santo André) – 7º lugar
2013 (Barueri) – 4º lugar (1 bronze)
2014 (Osasco) – 6º lugar
2015 (São Bernardo do Campo) – 6º lugar
2016 (São Bernardo do Campo) – 6º lugar
2017 (São Bernardo do Campo) – 7º lugar (1 bronze)
2018 (Santo André) – 4º lugar (1 prata e 2 bronzes)

Moradores de Praia Grande reclamam da situação de canal no Parque da Américas

Inédito: Delegação de Praia Grande chega a 134 medalhas nos Jogos Regionais

Grupo municipal fatura 56 ouros, 51 pratas e 27 bronzes

12/7/2018

Após o oitavo dia (total de dez) de competições em Santo André, a delegação de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) conquistou 134 medalhas (56 ouros, 51 pratas e 27 bronzes) nos 62º Jogos Regionais (JR) do Estado de São Paulo – 1ª Região. O número total de pódios conquistados assim como o de primeiros lugares já são os novos recordes municipais na história da competição.

As conquistas ocorreram nas disputas de atletismo feminino (F) e masculino (M) para pessoas com deficiência (PcD) idade livre; basquete M sub-20, biribol M livre, damas mistas (F/M) livre; capoeira M livre, futsal M livre, ginástica artística M sub-16 e f livre, handebol M sub-20, malha M livre, natação F livre e PcD F/M livres, taekwondo M livre, tênis de mesa F sub-20, tênis F livre e xadrez M sub-20.

Em 2017, a delegação de Praia Grande terminou com 133 subidas no pódio (50 ouros, 46 pratas e 37 bronzes) – estabelecendo novos recordes na quantidade total e no número de primeiros lugares. Em 2016, trouxe 67 medalhas (27 ouros, 25 pratas e 15 bronzes). Em 2015, acabou com 107 medalhas (33 ouros, 50 pratas e 24 bronzes). Em 2014, faturou 80 medalhas (29 ouros, 33 pratas e 18 bronzes). Em 2013, foram 87 medalhas (41 ouros, 27 pratas e 19 bronzes). Em 2012, vieram 71 medalhas (21 ouros, 28 pratas e 22 bronzes). Em 2011, obteve 54 medalhas (21 ouros, 15 pratas e 18 bronzes).

Em 2010, conquistou 73 medalhas (12 medalhas de ouro, 28 pratas e 33 bronzes). Em 2009, trouxe 69 medalhas (16 ouros, 24 pratas e 29 bronzes). Em 2008, somou 48 medalhas (13 ouros, 14 pratas e 21 bronzes). Em 2007, totalizou 35 medalhas (9 ouros, 9 pratas e 17 bronzes). Em 2006, obteve 13 medalhas (3 ouros, 6 pratas e 4 bronzes). Em 2005, a cidade de Praia Grande criou a Secretaria de Esporte e Lazer, sediou os Jogos Regionais e faturou 10 medalhas (1 prata e 9 bronzes). Em 2004, ganhou sete medalhas (duas pratas e cinco bronzes). Em 2003, vieram dois bronzes. Em 2002, foram quatro medalhas (duas pratas e dois bronzes). Em 2001, obteve dois bronzes. Em 2000, os desportistas de Praia Grande conquistaram um bronze.

Pódios – Confira as medalhas conquistadas pela Cidade nos Jogos Regionais de 2018:

Ouro (56)
– (3) Rodrigo Santos Pessoa – natação PcD – S5 – 50, 100 e 200 livres
– (3) Gabriel Melone de Oliveira – natação PcD – S6 – 50 borboleta, 100 livres e 100 costas
– (3) Amauri Matias Braga – natação PcD – S11 – 100 costas, 50 e 100 livres
– (3) Murilo Manna Marcondes – natação PcD – S14 – 100 costas, 100 e 200 livres
– (3) Luiz Henrique Sieiro Lopes Ramirez – natação PcD – S14 – 50 livres, 100 borboleta e 100 peito
– (3) Gabriela Christina Sieiro Lopez Ramirez – natação PcD – S14 – 100 costas, 100 peito e 200 livres
– (3) Vinicius Canas Gonçalves – atletismo PcD – 100 metros, lançamento do dardo e arremesso do peso – F/T35
– (3) Gottlieb Ricardo Gonser – atletismo PcD – 100, 200 e 400 metros – T12
– (3) Marcelo Sousa dos Santos – atletismo PcD – salto em distância, 100 e 200 metros – T38
– (3) Gabriela Mendonça ferreira – atletismo PcD – 100, 200 e 400 metros – T12
– (2) Maria Cecília Tenreiro – atletismo PcD – disco e lançamento do dardo – T37
– (2) Cibele Cristina Oliveira Cavalcante – atletismo PcD – 100 e 200 metros – T20
– (2) Franklin Roberto dos Santos Alves – atletismo PcD – dardo e peso – F37
– (2) Rafael Alexandre de Oliveira – atletismo PcD – 100 e 200 metros – T34
– (2) Mariane Silva Ribeiro – natação PcD – S3 – 50 peito e 50 livres
– Alexandre Barbosa Lima – atletismo PcD – lançamento do disco – F37
– Adrian Oliveira Conceição – atletismo PcD – 100 metros – T20
– Renan Santos Romão – atletismo PcD – 400 metros – T38
– Rosana Cardoso da Silva – atletismo PcD – lançamento do disco – F34
– Glória Poliana Platner do Amaral – atletismo PcD – 100 metros – T54
– Laísa Cícera Macedo – atletismo PcD – arremesso do peso – T35
– Queila Bruna Assis de Senna Ribeiro – atletismo PcD – peso – T37
– Débora de Almeida Simões Moreira – atletismo – arremesso do peso
– Thaís Alves de Aguiar – atletismo – lançamento do dardo
– Vinicius Canas Gonçalves – natação PcD – S7 – 100 livres
– Waltemir Francisco da Cruz – natação PcD – S6 – 400 livres
– Gabriel Melone de Oliveira, Rodrigo Santos Pessoa, Waltemir Francisco da Cruz e Lucas Felipe Freire Ramos – natação PcD – revezamento 4×50 medley
– Alex Francisco Lopes da Costa, Amauri Matias Braga, Luiz Henrique Sieiro Lopes Ramirez e Rodrigo Santos Pessoa – natação PcD – revezamento 4×50 livres
– Neusa Ferreira Oliveira – natação PcD – S7 – 50 borboleta
– Pietra Vicktoria Hipólito de Abreu – natação PcD – S10 – 100 peito
– Wesley Freitas Monteiro da Silva, Erick Gonçalves da Silva Andrade, Gabriel Trindade da Paixão, Henrique de Paula da Silva, Yuri Morbeck Silva, João Pedro Oliveira Goes Di Giorge, Lucas Antonio Carlos, Maicon Bruno Troni, Matheus de Lima Caparroz, Bruno Queiroz Leal de Azevedo, Derik William dos Santos Batista, Henrique Pietro Pereira de Almeida, Kaique Ortolani Lusvarghi, Matheus Nascimento Silva, Miguel Ferreira da Costa e Victor Brasil Santos Nogueira – equipe handebol

Prata (51)
– (3) Janaína Oliveira Nascimento – atletismo PcD – 100, 200 e 400 metros – T37
– (3) Lucas Felipe Freire Ramos – natação PcD – S6 – 400 livres, 100 borboleta e 100 peito
– (3) Marcos Alexandre de Souza – natação PcD – S14 – 100 costas, 100 e 200 livres
– (3) Sara Neves Macedo – natação PcD – S8 – 100 costas, 50 e 100 livres
– (2) Neusa Ferreira Oliveira – natação PcD – S7 – 50 e 100 livres
– (2) Vinicius Canas Gonçalves – natação PcD – S7 – 50 borboleta e 100 costas
– (2) Rogério Aparecido Ramos – natação PcD – S7 – 50 e 100 livres
– (2) Rosana Cardoso da Silva – atletismo PcD – peso e dardo – F34
– (2) Laísa Cícera Macedo – atletismo PcD – 100 e 200 metros – T35
– (2) Renan Santos Romão – atletismo PcD – 100 e 200 metros – T38
– (2) Tarciso Silva Barra Santos – atletismo PcD – 200 e 800 metros – T37
– (2) Adrian Oliveira Conceição – atletismo PcD – 400 e 1.500 metros – T20
– (2) Alexandre Barbosa Lima – atletismo PcD – dardo e peso – F37
– Franklin Roberto dos Santos Alves – atletismo PcD – disco – F37
– Murilo Nascimento Oliveira – atletismo PcD – 5km – T20
– Rafael Alexandre de Oliveira – atletismo PcD – peso – F34
– Marcela Beatriz dos Santos – atletismo PcD – 100 metros – T20
– Queila Bruna Assis de Senna Ribeiro – atletismo PcD – dardo – F37
– Glória Poliana Platner do Amaral – atletismo PcD – 200 metros – T54
– Flávio Barbosa da Cruz – atletismo – lançamento do disco
– Débora de Almeida Simões Moreira – atletismo – lançamento do disco
– André Duarte da Silva, Fábio Luigi Meneghelo, Roberto Batista da Silva, Gabriel Curci Tavares, Marcello Bacci Ramos, Felipe Luigi Vicente e Thiago Soares de Oliveira – equipe biribol
– Leandro Gimenes de Aguiar – capoeira – leve (até 68 kg)
– Rafael Bichara, Luiz Gustavo Serrambana Melo, Caio de Toledo Soares, Vinicius André Soares, Amilson Arthur Pedroso, Gustavo Bermudez Santiago, Renan Santiago Estriga, Lucas Jun Kusano, Maurício Anjos Tanaami, Flávio Ferraz Fernandes, Victor Curiel Passeri, Otavio Luis Lourenço e Silva, Waldir Linhares Neto, Alexander Hoffman Nakashima e Giovanni Darelli – equipe futsal
– Kailane Araújo Fontes, Nicole Piacentini de Freitas Pereira, Ranya Jamilli Pavezi Gonzales e Isadora Paulinia de Oliveira – equipe ginástica artística
– William Domingos dos Santos Filho, Jedson Ferreira Santos, Cássio Eduardo Menezes do Nascimento, Vitor Silva Mendes Vieira, Gustavo Henrique Ramos Rezende de Moraes e Daniel Santana Vieira – equipe de ginástica artística sub-16
– Alex Francisco Lopes da Costa – natação PcD – S8 – 100 peito
– Cristina Maria da Silva – natação PcD – S10 – 100 costas
– Rute dos Santos da Cruz– natação PcD – S14 – 50 livres
– Mariane Silva Ribeiro, Neusa Ferreira Oliveira, Pietra Vicktoria Hipólito de Abreu e Sara Neves Macedo – natação PcD – revezamento 4×50 medley
– Patricia Pedroso Neumann – natação – 100 costas
– Gustavo Gomes Monteiro – taekwondo – luta – meio-pesado (69 a 80 kg)
– Steffany Kauany Souza Alves e Larissa Maciel de Godói – dupla tênis de mesa
– Ricardo de Lima Primo, André Nascimento de Melo, Gabriel de Andrade Coelho, João Paulo Amorim Agrela, Gabriel Estevão Rodrigues, Leonardo da Silva Oliveira, Gabriel Pimentel Garcia e Klauz Oliveira da Silva – equipe xadrez

Bronze (27)
– (2) João Vitor de Jesus Assenção – atletismo – 100 e 200 metros
– (2) Waltemir Francisco da Cruz – natação PcD – S6 – 100 costas e 50 livres
– (2) Alex Francisco Lopes da Costa – natação PcD – S8 – 50 e 100 livres
– (2) Pietra Vicktoria Hipólito de Abreu – natação PcD – S10 – 50 e 100 livres
– Tarciso Silva Barra Santos – atletismo PcD – 400 metros – T37
– Raphael Ribeiro da Silva – atletismo PcD – 5km – T20
– Murilo Nascimento Oliveira – atletismo PcD – 200 metros – T20
– Maria Cecília Tenreiro – atletismo PcD – peso – T37
– Cibele Cristina Oliveira Cavalcante – atletismo PcD – peso – T20
– Queila Bruna Assis de Senna Ribeiro – atletismo PcD – disco – T37
– Glória Poliana Platner do Amaral – atletismo PcD – 400 metros – T54
– Daniela Bitencourt Ennes – atletismo – lançamento do disco
– Ana Caroline Aguiar da Silva – atletismo – lançamento do martelo
– Dyogenes Gleyson Farias dos Santos – atletismo – 400 metros
– Dyogenes Gleyson Farias dos Santos, João Vitor de Jesus Assenção, Gabriel Costa Santana Silva e Alexandre Alves Moura – atletismo – revezamento 4×100
– Ygor Gabriel Almeida do Nascimento, Matheus Soares de Araújo Castro, Victor Augusto Baptista, Caio Henrique dos Reis, André Batista dos Santos, Arthur Antônio Aparecido Gabriel Felicissimo, Daniel Brito de Jesus, Enzo Cavalcanti Gregório, Gabriel Ribeiro Chagas, Daniel dos Santos Silva Oliveira, Kewin Willys Muniz e Vitor de Abreu Silva – equipe de basquete sub-20
– Alice Pereira Rosa Martin, Carolina Regina Boranga Reis Dourado, Maria Candida Rajanauski, Denizard Rivail Velloso, Sebastião Lucas da Silva, Edson Claudinei Arantes Cardozo, Djair Quintanilha, Fabiano Cristino Costa, Robinson Ferreira da Silva e Juliano Barangello – equipe de damas mistas livre
– Jedson Ferreira Santos – ginástica artística masculina – salto sobre o cavalo
– José Maria Branquinho, Roberto Gomes Florêncio, Luiz Arnaldo Sertorio Milanez, José Ribamar de Barros Pires, Silvio Borges da Silva e José Humberto Montini – equipe de malha
– Anna Beatriz Costa Machado – natação – 400 medley
– Patricia Pedroso Neumann – natação – 50 costas
– Fátima Cristina Gomes Pinto – tênis – individual
– Cristina Bestilleiro Magarinos e Fátima Cristina Gomes Pinto – tênis – dupla

Vídeo gravado ao vivo – Viagem de Santos a Praia Grande batendo papo com seguidores do face

 

Praia Grande segue em 4º lugar na classificação geral

Grupo municipal soma 124 pontos

12/7/2018

Após o oitavo dia de disputas – realizado na quarta-feira (11), em Santo André – dos 62º Jogos Regionais (JR) do Estado de São Paulo – 1ª Região, a delegação de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) manteve o quarto lugar, agora com 124 pontos, na classificação geral da competição qualificatória para os Jogos Abertos do Interior e que é regida pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ).

Nos três primeiros lugares estão as equipes de São Bernardo do Campo com 179 pontos, Santos com 170 e São Caetano do Sul com 142,5. Foram computados os pontos obtidos nos torneios de atletismo feminino (F), masculino (M) e para pessoas com deficiência (PcD) idade livre; basquete M livre, biribol M livre, capoeira F/M livres; damas mistas (F/M) livre, futsal M livre, ginástica artística M sub-16 e F livre, ginástica rítmica F sub-14, handebol M sub-20, judô F/M livres, malha M livre, natação F/M e PcD F/M livres, taekwondo F/M livres, e o tênis F/M livres.

Em 2017, Praia Grande foi a quinta melhor dos Jogos com 205 pontos. Em 2016, terminou em quinto lugar, com 150 pontos. Em 2015, acabou em quinto lugar, com 197 pontos. Em 2014, encerrou em sexto lugar, com 123 pontos. Em 2013, foi sexta colocada, com 154,5 pontos. Em 2012, novamente foi sexto colocado, com 226 (recorde municipal). Em 2011, fechou na sexta colocação com 206. Em 2010, novo sexto lugar, com 188.

Em 2009, obteve o quinto lugar, com 197. Em 2008, ficou na sexta posição, com 159,5. Em 2007, terminou em sétimo lugar, com 132. Em 2006, foi 10ª colocada, com 86. Em 2005, quando sediou o evento, Praia Grande terminou na 10ª posição, com 96. Em 2004, foi 17º colocado, com 45. Em 2003 e 2002, a delegação da Cidade acabou no 15º lugar, com 50 e 46, respectivamente. Em 2001, o time local ficou na 23ª posição, com 17. Em 2000, Praia Grande terminou na 12ª colocação, com 35.

Dados – Na categoria adulta e sub-20 (assim como na sub-14 da ginástica rítmica feminina; ginástica artística masculina sub-16) são atribuídos nove pontos ao primeiro colocado; sete ao segundo: seis ao terceiro; cinco ao quarto; quatro ao quinto; três ao sexto; dois ao sétimo; e um ao oitavo. Todas as cidades recebem um ponto por participação em cada modalidade e sexo. Esta somatória é que determina a cidade campeã dos Jogos Regionais e não o número de medalhas conquistadas.

Confira a classificação final das equipes de Praia Grande nos Jogos Regionais de 2018:

atletismo feminino livre = 6º lugar (2 ouros, 1 prata e 2 bronzes)

atletismo masculino livre =6º lugar (1 prata e 4 bronzes)

atletismo PcD feminino livre – terminou em 2º lugar (11 ouros, 10 pratas e 4 bronzes)

atletismo PcD masculino livre – terminou em 4º lugar (16 ouros, 11 pratas e 3 bronzes)

basquete masculino sub-20 = 3º lugar (1 bronze)

biribol masculino livre = 2º lugar (1 prata)

Capoeira feminina livre = 6º lugar

Capoeira masculina livre = 5º lugar (1 prata)

Damas mistas livres = 3º lugar (1 bronze)

futsal masculino livre = 2º lugar (1 prata)

Ginástica artística feminina livre = 2º lugar (1 prata)

Ginástica artística masculina sub-16 = 2º lugar (1 prata e 1 bronze)

ginástica rítmica feminina sub-14 = 5º lugar

handebol masculino sub-20 = 1º lugar (1 ouro)

judô feminino livre = 7º lugar

judô masculino livre = não pontuou (não ficou entre os oito primeiros colocados)

malha masculina livre = 3º lugar (1 bronze)

natação feminina livre = 4º lugar (1 prata e 2 bronzes)

natação masculina livre = 5º lugar

natação PcD feminina livre = 2º lugar (7 ouros, 8 pratas e 2 bronzes)

natação PcD masculina livre = 1º lugar (19 ouros, 11 pratas e 4 bronzes)

Taekwondo feminino livre = 8º lugar

Taekwondo masculino livre = 6º lugar (1 prata)

Tênis feminino livre = 3º lugar (2 bronzes)

tênis masculino livre = 5º lugar

xadrez masculino sub-20 = 2º lugar (1 prata)

Praia Grande lança site próprio para divulgação do Praia Games 2018

Objetivo é facilitar as informações aos competidores e amantes dos games

12/7/2018

O Praia Games 2018 conta com uma nova ferramenta de informação aos amantes dos games e competidores: um hotsite foi lançado para divulgar a programação, artistas presentes, regulamento dos torneios, concursos e todas as notícias pertinentes ao evento. O praiagames.praiagrande.sp.gov.br já está disponível para o acesso e deve receber novidades constantemente.

Uma delas foi a divulgação do regulamento dos campeonatos Pro Evolution Soccer (PES) 2018, Dragon Ball FighterZ, Just Dance 2018, concursos de Cosplays e K-Pop. Neste ano, por ser um ano de Copa do Mundo, o PES terá como novidade poder ser apenas jogado com seleções igual a primeira edição do evento, em 2010. Além disso, os participantes terão que jogar cada fase do torneio com uma seleção diferente das que já escolheu.

Assim como as edições passadas, o vencedor das competições de futebol e luta (Dragon Ball Fighter Z) receberão um videogame de última geração, além de um jogo. Já os concursos de Cosplay e K-pop trarão premiações em dinheiro. Para a inscrição será necessária a doação de um kit de higiene pessoal (2 sabonetes, 1 pasta de dente e 1 escova de dente) por cada participante, arrecadados ao Fundo Social de Solidariedade do Município.

PRAIA GAMES 2018 – Como principal novidade, o evento contará com mais um dia de evento para que o público possa prestigiar todas as atividades programadas dentro do Palácio das Artes. Todos os dias, o evento terá expositores e artista do meio, como tatuadores, quadrinistas, ilustradores, além de cinco painéis de debates dos mais variados temas do mundo nerd. Pelo menos, 40 artistas são esperados ao longo dos três dias desta edição.

As estações free to play (em que não há necessidade de inscrição) estarão presentes também no Praia Games, voltadas para os amantes dos games que queiram conhecer as novidades deste mundo virtual.

Informações gerais do evento:

Datas: 20, 21 e 22 de julho
Horários: Sexta (12h às 22 horas); Sábado (10h às 22 horas); Domingo (10 às 20 horas)
Valor: gratuito
Endereço: O Palácio das Artes fica localizado na Avenida Presidente Costa e Silva, nº 1600, bairro Boqueirão.

Programação das Competições:
A inscrição será feita mediante a doação de 1 kit de higiene pessoal (2 sabonetes, 1 pasta de dente e 1 escova de dente).
Pro Evolution Soccer 2018 – 128 vagas
Inscrição: 21/07 (a partir das 10 horas)
Competição: 21/07 (a partir das 19 horas); 22/07 (caso o inscrito passe de fase, a partir das 15 horas)
Dragon Ball FighterZ – 64 vagas

Inscrição: 20/07 (a partir das 12 horas), e dia 21, também até meio-dia (caso restem vagas)

Competição: 21/07 (a partir das 13 horas); 22/07 (caso o inscrito passe de fase, a partir das 14h00)

Just Dance 2018 – 64 vagas
Inscrição: 20/07 (a partir das 12 horas), e dia 21 (até 15 horas – caso restem vagas)
Apresentação: 21/07 (a partir das 16 horas); 22/07 (caso o inscrito passe de fase – a partir das 13 horas)

K-pop (Modalidade Solo) – 10 vagas
Inscrições:20/07 (das 12h às 17 horas)
Apresentação: 20/07 (a partir das 19 horas)

K-Pop (Modalidade Grupo) – 10 vagas
Inscrições: 20/07 (a partir das 12 horas) e 21/07 (a partir das 10 horas até 15 horas)
Apresentação: 21/07 (a partir das 16h30)

Cosplay (Desfile – sem premiação) – 30 vagas
Inscrições: 20/07 (das 12h às 15 horas)
Apresentação: 20/07 (a partir das 17 horas)

Cosplay (Desfile – com premiação) – 30 vagas
Inscrições: 21/07 (das 10 às 15 horas)
Apresentação: 21/07 (a partir das 18h30)

Cosplay (Tradicional – com premiação) – 20 vagas
Inscrições: 21/07 (a partir das 10 às 17 horas); 22/07 (a partir das 10 horas até 15 horas, caso restem vagas)
Apresentação: 22/07 (a partir das 16 horas)

Mudança de clima e mar agitado em Santos

Denatran libera parcelar pagamento de multas no cartão

A importância da pisada correta no momento da corrida – ESKENTA 7K

%d blogueiros gostam disto: