• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Arquivo da tag meio ambiente

Rio de Janeiro e Santos proibem canudos plásticos falta agora Praia Grande seguir exemplo

 

A medida vale para bares, restaurantes, hotéis e pensões

Canudos de plástico estarão proibidos em bares, restaurantes, hotéis e pensões de Santos a partir de 2019. A medida, estabelecida pela Lei Complementar 1.010, sancionada nesta terça-feira (31), visa à preservação do meio ambiente por meio da redução do descarte de produtos plásticos, cujo processo de decomposição natural pode levar até quatro séculos, segundo o Ministério do Meio Ambiente.

A multa para estabelecimentos que desrespeitarem a nova regra vai variar de R$ 500 a R$ 1.000. Para canudos feitos de materiais alternativos como papel ou metal, continua valendo a obrigação da embalagem em papel, conforme a legislação municipal.

Para o secretário de Meio Ambiente (Semam), Marcos Libório, a proibição deve gerar impacto positivo à fauna marinha. “Os canudos são facilmente levados pelo vento e estão entre os itens poluentes mais encontrados no ambiente marinho, com danos à saúde dos animais”.

Ele ressalta, ainda, que a medida não terá impacto no comércio, já que há opções para o atendimento aos clientes. “Há alternativas sustentáveis para substituição, como o canudo de papel”, salienta, lembrando que a lei passa a valer somente no próximo ano. “Haverá um semestre para a adaptação”.

Fonte: Jornal da Orla

O mais efêmero dos descartáveis poluidores, o canudo plástico, se tornou, nos últimos anos, um dos grandes inimigos do meio ambiente. Material utilizado por menos de cinco minutos leva mais de 100 anos para se decompor. Apenas com os canudos consumidos pelos brasileiros, em um ano, é possível construir um muro de mais de 2 metros em torno da Terra.

Com o intuito de reduzir esse impacto, na cidade do Rio de Janeiro, recentemente o produto foi banido, de acordo com projeto de lei sancionado no início de julho e publicado no Diário Oficial do Município do Rio. Os estabelecimentos que descumprirem a lei – ainda sem data para entrar em vigor – estão sujeitos a multa de três mil reais. Em caso de reincidência, o valor pode chegar a 6 mil reais.

Com a mudança, algumas empresas começaram a buscar alternativas para a substituição do canudo plástico. Recentemente, o Starbucks anunciou a eliminação dos canudos plásticos de todos os seus restaurantes, até 2020. O McDonalds, por sua vez, não irá mais entregar canudos espontaneamente para os seus clientes. E, a partir de amanhã, 1º de agosto, o Grupo Giraffas, maior rede de refeições completas do Brasil, irá substituir todos os canudos de seus restaurantes.

No Grupo Giraffas, a iniciativa será responsável pela troca de aproximadamente 24 toneladas de plástico consumido por ano, por material biodegradável. Segundo Adriano Freire, Diretor de Suprimentos, Pesquisa e Inovação do Grupo Giraffas, a mudança trará benefícios ambientais imediatos. “O consumo médio de todas as unidades somadas é de aproximadamente dois milhões de canudos por mês, o que equivale a 420 quilômetros de plástico, ou seja, o trajeto de São Paulo ao Rio, em plástico produzido todo mês”, explica.

Além do impacto ambiental imediato, a substituição de canudos plásticos também gera reflexos na economia. Se o canudo plástico gera reflexos no orçamento municipal, com a grande produção de lixo, o material reciclável contribui com a economia circular de reuso e, além de reduzir a poluição, ele também é responsável por menos recursos sendo retirados do meio ambiente, para a produção de um produto de pouca vida útil.

Website: https://www.giraffas.com.br/

Fonte: Exame

Conselho do Meio Ambiente aprova Plano Municipal

Reunião foi realizada na última quarta-feira (25)
30/7/2018

O Conselho Municipal do Meio Ambiente (COMDEMA) aprovou o Plano Municipal do Meio Ambiente, esse plano é pioneiro na Baixada e reforça a discussão das questões ambientais da Cidade, que está em constante desenvolvimento com construções, já que o município tem grandes áreas de parques, como o Xixová Japuí, e esse estudo vêm para trazer aos munícipes a discussão e ações para a preservação desses parques.

Atendimento – A Casa dos Conselhos está instalada dentro do Vivência Tupi, onde também funcionam a Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve), o Programa SuperEscola e o Programa Conviver. O local tem o objetivo de integrar diversos públicos e promover a cidadania entre os moradores de diferentes faixas etárias. A Casa dos Conselhos fica na Rua Xavantes, n° 51, Bairro Tupi, e funciona de segunda a sexta-feira das 8h30 às 17h30.

Abertas inscrições para concurso cultural sobre sustentabilidade

Vencedores

 Terão seus desenhos estampados em muro escolar
25/6/2018

Já estão abertas as inscrições para o Concurso Cultural “Evoluir de forma sustentável”, que abrangerá a arte do desenho. Os vencedores terão seus desenhos ilustrados nos muros da EE Abraão Jacob Lafer, localizada ao lado da Praça Horário Netto, que está em processo de remodelação na Avenida Guilhermina, a qual se destacará por ser uma praça sustentável. As inscrições vão até o dia 31 de agosto e devem ser feitas on line pelo portal Cidadão PG. 

O concurso, organizado pela Secretaria de Educação (Seduc) é destinado a estudantes das redes municipal, estadual e particular (Fundamental do 6º ao 9º ano, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos), além da comunidade em geral. Os interessados devem participar em uma das quatro categorias, que foram definidas de acordo com os elementos da natureza (água, terra, ar e fogo). Cada inscrito só poderá participar com um desenho.
Para orientar os participantes sobre o tema proposto, a Secretaria de Educação promoverá workshops nos dias 8 e 9 de agosto na sede do Departamento de Educação Ambiental da Secretaria de Educação, localizada dentro do Portinho (participação no workshop será opcional aos participantes). 

Os candidatos que se inscreverem deverão confeccionar desenho sobre o tema proposto, que serão avaliados primeiramente por Comissão Julgadora da própria escola (formada por um professor, além do diretor e assistente técnico pedagógico da unidade). Na etapa seguinte, os desenhos pré-selecionados por todas as escolas participantes serão avaliados pela Comissão Julgadora do Concurso Cultural, formada por profissionais da área pedagógica e/ou artística. Os candidatos da Comunidade deverão entregar seus desenhos nas bibliotecas Porto do Saber (Boqueirão e Samambaia) ou na sede da Secretaria da Educação. A Comissão selecionará 40 finalistas, os quais irão para voto popular, que será realizado por meio do portal Cidadão PG, no período de 29 de outubro a 12 de novembro.

Sendo assim, o público elegerá os vinte melhores desenhos dentre os finalistas (cinco de cada categoria), que estamparão os painéis no muro da escola. Para ilustrar o muro, os desenhos poderão ser adaptados para o cubismo, estilo artístico que tem como principal característica a geometrização das formas. O resultado final com os nomes dos vencedores está previsto para ser divulgado no dia 13 de novembro. Mais detalhes poderão ser conferidos no regulamento do concurso, que está disponível no www.cidadaopg.sp.gov.br.

COMDEMA apresenta novos conselheiros

A reunião foi realizada na última quarta-feira (24)
22/6/2018

O Conselho Municipal do Meio Ambiente (Comdema) conta com novos conselheiros. A apresentação ocorreu durante a reunião do órgão na Casa dos Conselhos, no dia 20. Outro destaque do encontro ficou por conta dos trabalhos relacionados ao Plano do Meio Ambiente. A revisão do material norteou as atividades. 

Atendimento – A Casa dos Conselhos está instalada dentro do Vivência Tupi, onde também funcionam a Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve), além dos programas SuperEscola e o Conviver. O local tem o objetivo de integrar diversos públicos e promover a cidadania entre os moradores de diferentes faixas etárias.

Endereço – A Casa dos Conselhos está localizada na Rua Xavantes, n° 51, Bairro Tupi. O funcionamento ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30. 


Homem é detido com instrumentos de caça em área de preservação ambiental

No local, no Bairro Melvi, havia inclusive um abrigo improvisado
22/6/2018

O Grupamento Ambiental, que integra a Guarda Civil Municipal de Praia Grande, deteve um homem em uma área de preservação ambiental localizada no Parque Estadual Serra do Mar, com acesso pelo Bairro Melvi. No local, havia um abrigo improvisado e instrumentos para caça, incluindo munições. 

Em incursão na trilha de acesso à área conhecida como Morro do Urubu, no interior da vegetação, os guardas flagraram um homem construindo um abrigo com características de que seria usada para caçar. No local, havia ainda um corta-mato, uma enxada, uma cavadeira e um serrote, além de uma espingarda calibre 32, e munições de vários outros calibres, além de outras 7 sem identificação.

De acordo com o inspetor do grupamento, Fábio Rogério Marques, o homem foi conduzido ao 2º DP e enquadrado no artigo 50 da Lei de Crimes Ambientais, podendo responder em liberdade, apesar da autuação com multa com valor inicial de R$ 5 mil. Os objetos foram apreendidos e o local periciado.

Ele explicou ainda que a área em questão está inserida no Convênio Projeto Desenvolvimento Sustentável do Litoral Paulista (PDSLP). “As ações ocorrem de forma integrada, com o objetivo de evitar novas invasões e proteger florestas de Mata Atlântica no Estado de São Paulo”. O projeto prevê, ainda, a recuperação de 250 hectares de florestas e a estruturação de 26 salas para compartilhamento de dados do Sistema de Vigilância Ambiental, denominadas Sala Ambiental de Operação (SAO), como a que funciona na sede da Guarda Civil Municipal, junto ao Setor de Proteção Ambiental.

A Guarda Ambiental atua diuturnamente no combate às ocupações irregulares que fragmentam a cobertura vegetal no Município e Marques observa que a proteção da cobertura vegetal se dá também com a proteção de sua fauna associada. “Quando isso é garantido, pode-se promover, além da manutenção de algumas espécies e funções no ecossistema, grandes benefícios a longo prazo em relação à subsistência de comunidades humanas, à conscientização ambiental e a valorização destes habitats pelas pessoas que vivem principalmente no entorno das Unidades de Conservação, como é o nosso caso”.

As ações voltadas ao combate de ocupações irregulares são realizadas com frequência pela Guarda Ambiental em conjunto com as Secretarias de Urbanismo (Seurb) e de Meio Ambiente (Sema). Denúncias podem ser feitas pelos telefones 199 e 153.

Ônibus da Praia Grande não tem cestos de lixo

Não deveria ser comum, mas é uma realidade.

Passageiros dos ônibus da cidade de Praia Grande têm que conviver com a falta de estrutura da companhia. Além da má higienização dos coletivos, a falta de cestos de lixos nos carros provocam uma agravante ambiental ainda mais nocivo ao meio ambiente. Quem nunca se deparou com algum cidadão que dispensou seu lixo pelas janelas dos coletivos?

Nossa produção entrevistou alguns passageiros, que sem hesitar, manifestam muita indignação com a qualidade do serviço prestado. Veja o que disse uma usuária do transporte coletivo.

Pagamos caro pela tarifa da passagem. Os ônibus, na maior parte do dia, sempre estão lotados. Somos obrigados a pagar por um serviço de má qualidade e ainda se contentar em ir de pé de volta pra casa após um dia cansativo e estressante de trabalho. Tenho certeza que falta de recursos não é, pois não podemos ficar devendo sequer cinco centavos do valor da tarifa de R$ 4,05.

Disse Maria das Dores, usuária da linha 17 (Terminal Tude Bastos – Samambaia).

McDonald’s baniu os canudos plásticos de seus estabelecimentos no Reino Unido e na Irlanda

MUNDO – A rede norte-americana de fast-food McDonald’s baniu os canudos plásticos de seus estabelecimentos no Reino Unido e na Irlanda e os substituirá por outros de papel.

De acordo com a empresa, somente no Reino Unido, são usados 1,8 milhão de canudos por dia, e a alteração afetará 1.361 lojas no território britânico. “Refletindo a maior parte do debate público, nossos clientes nos disseram que queriam ver uma mudança nos canudos”, informou a companhia norte-americana.

A medida também será testada nos Estados Unidos, Bélgica, França, Suíça, Noruega e Austrália. A modificação na rede de alimentos ocorre poucas semanas após a União Europeia anunciar uma meta de redução de 90% nas garrafas plásticas até 2025.

O bloco produz 25 milhões de toneladas de lixo plástico a cada ano, sendo que 85% desses materiais acabam poluindo mares e oceanos.

Fonte: SantaPortal

Praia Grande terá praça ecológica

Praia Grande ganha 4 novos Ecopontos

Iniciativa em Santos promove respeito e cuidado com a natureza

Praia Grande lança pacote de ações na área ambiental

Anúncio e plantio de mudas marcaram comemorações do Dia do Meio Ambiente
5/6/2018

Para marcar as comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta terça-feira (5), a Prefeitura de Praia Grande realizou o plantio de 40 mudas no Parque Leopoldo Estásio Vanderlinde (Bairro Sítio do Campo). Na ocasião, foram anunciados investimentos na área ambiental. Entre eles, estão a assinatura das ordens de serviço para construção de mais quatro Ecopontos e da Praça Ecológica, além do lançamento do Concurso Cultural “Evoluir de forma sustentável”.

Cerca de 300 pessoas participaram da ação que faz parte da programação da Semana do Meio Ambiente que ocorre até a próxima sexta-feira (8). Ingá, quaresmeira, ipê branco, ipê roxo, guanandi, carobinha, acássia estão entre as espécies plantadas durante o evento que contou com envolvimento de alunos da rede municipal de ensino, integrantes do Programa Conviver e atletas que representam o Município em competições.

De acordo com o prefeito de Praia Grande, a divulgação do pacote de ações bem como o plantio das mudas teve como objetivo principal despertar, principalmente nas crianças, uma consciência coletiva sobre o papel de cada um na preservação do meio ambiente. “Hoje é o dia de reflexão sobre cidadania responsável. Deixando o direito do cidadão um pouco de lado e pensando na obrigação de cada um relacionado às questões ambientais”.

E com objetivo de reforçar essa preocupação com a preservação do meio ambiente, o chefe do Executivo assinou a ordem de serviço para a construção da Praça Ecológica Horácio de Oliveira Netto. Situado no Bairro Guilhermina, o novo local contará com um projeto inovador com foco na sustentabilidade, eficiência energética e acessibilidade que dará uma nova cara ao espaço.

Para interagir com a nova praça, o muro da Escola Estadual Dr. Abraão Jacob Lafer servirá de painel para arte contemporânea aos moldes do que foi realizado na EE Reinaldo Kuntz Busch. O Concurso Cultural “Evoluir de forma sustentável”, lançado hoje, terá a finalidade de definir as 20 ilustrações que farão parte da exposição a céu aberto. 

E fechando o pacote de investimentos na área de meio ambiente, anunciados durante o evento, o chefe do Executivo assinou também a construção de mais quatro novos Ecopontos. Os equipamentos contemplarão as comunidades dos bairros Guilhermina, Vila Sônia, Anhanguera e Melvi. Atualmente, o Munícipio já conta com 12 unidades que servem como locais de coleta de materiais recicláveis, resíduos da construção civil e outros produtos.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Israel Lucas Evangelista, com essas ações a Administração Municipal mostra empenho em fazer a sua parte. “Mas não conseguimos como máquina pública preencher todos os espaços e, por conta disso, precisamos mudar os nossos hábitos como cidadão e, de forma consciente, fazer cada um a sua parte”, enfatizou.

Programação – Até sexta-feira (8), a Semana do Meio Ambiente em Praia Grande conta com diversas ações. Confira abaixo o cronograma: 

Quarta-feira (6)
Visita Monitorada ao Parque Estadual da Serra do Mar (Núcleo Itutinga Pilões) 
Local – Cubatão
Horário – Período da manhã
Lançamento da Cartilha Arborização Urbana
Disponibilização do material de forma online no site da Prefeitura de Praia Grande

Quinta-feira (7)
Capacitação: Curso de Poda para servidores da Sesurb
Local – Sala de reuniões do Centro Integrado de Comando e Operações Especiais (Cicoe)
Endereço – Paço Municipal – Avenida Presidente Kennedy, 9000, Bairro Mirim
Horário – 13h30

Sexta-feira (8)
Praia Grande Natural com servidores da Sema
Ação – Palestra, visita ao museu de Educação Ambiental e estudo do meio com barco
Local – Departamento de Educação Ambiental (DEA)
Endereço – Rua Paulo Sérgio Garcia, s/n, Bairro Sítio do Campo
Horário – 8 horas.

Conscientização – Comemorado em 5 de junho, o Dia Mundial do Meio Ambiente foi recomendado pela Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo, na Suécia. Por meio do Decreto Federal 86.028, de 27 de maio de 1981, o governo brasileiro também estabeleceu que neste período em todo território nacional se promovesse a Semana Nacional do Meio Ambiente que tem por finalidade apoiar a participação da comunidade nacional na preservação do patrimônio natural do País.

O Dia Mundial do Meio Ambiente chama a atenção da ação política de povos e países para aumentar a conscientização e a preservação ambiental. O Programa da ONU para o Meio Ambiente personaliza questões ambientais e possibilita a cada um perceber não somente sua responsabilidade, mas também o poder de se tornar um agente para a mudança, apoiando uma forma de desenvolvimento mais justa e sustentável.

Sema lança cartilha sobre plantio de árvores

Publicação será disponibilizada online a partir de quarta-feira (6), às 17 horas
5/6/2018

A Secretaria de Meio Ambiente (Sema) lança online nesta quarta-feira (6), às 17 horas, a cartilha Arborização Urbana. A publicação será disponibilizada no site oficial da Prefeitura de Praia Grande (www.praiagrande.sp.gov.br). A iniciativa orienta a população quanto aos critérios de plantio de árvores em espaço urbano e atende uma das diretivas do programa Município Verde e Azul.

A cartilha indica quais os procedimentos que devem ser seguidos quanto ao plantio de árvores nas calçadas, as medidas ideais para o berço da árvore, que espécies são adequadas para calçamento, que tipos de árvores não devem ser plantadas em áreas urbanas por oferecerem riscos de interferências em fiações elétricas e destruição da calçada, entre outras orientações. “Existem, por exemplo, algumas espécies com raízes muito agressivas que destroem a calçada, por isso não são recomendadas”, explicou a bióloga Elaine dos Santos Rovati, que atua como diretora da Divisão de Normatização, Controle e Licenciamento Ambiental da Sema. 

A publicação também aborda as regras com relação aos locais adequados para o plantio de árvores. “A legislação estipula distâncias mínimas entre as árvores e os elementos urbanos. As mudas devem estar a 10 metros da confluência do alinhamento predial da esquina e de semáforos, por exemplo. Sob rede elétrica, recomenda-se somente o plantio de árvores de pequeno a médio porte, entre outros cuidados”, detalhou a bióloga. A cartilha traz, ainda, orientações quanto à rega, adubagem e outros cuidados com relação ao desenvolvimento da árvore.

O secretário do Meio Ambiente, Israel Lucas Evangelista, enfatiza que a publicação da cartilha atende uma das dez diretivas do Programa Município Verde Azul, da Secretaria de Estado do Meio Ambiente. “Além de beneficiar a população com orientações sobre o plantio correto de árvores, a cartilha ainda contribui para elevar a pontuação de Praia Grande no Programa Município Verde Azul”. Ele destacou ainda que a Sema planeja a implantação de um projeto piloto de floresta urbana, com todas as medidas-padrão preconizadas na cartilha, que também acarretará em mais pontuação no programa.

Pontuação – O Programa Município Verde Azul (PMVA) visa estimular e capacitar as prefeituras a implementarem e desenvolverem uma agenda ambiental estratégica, através de 10 diretivas propostas, cada uma delas com diversas tarefas a serem cumpridas. O município de Praia Grande participa deste programa desde 2009, e tem o compromisso na melhora da qualidade ambiental da cidade. Na Baixada Santista, em 2012, a cidade ocupava a 8ª posição, com 26,74 pontos. Já em 2013, conseguiu atingir 67,50 pontos, passando para a 4ª colocação. Apesar de ainda não ter atingido os pontos necessários para a certificação concedida pelo Programa, a cidade de Praia Grande continua se mantendo entre as quatro primeiras colocadas da Baixada Santista.

Bairro Guilhermina ganha Praça Ecológica

Praça Horácio de Oliveira Netto será remodelada
5/6/2018

A Prefeitura de Praia Grande realizará a remodelação da Praça Horácio de Oliveira Netto, no Bairro Guilhermina, priorizando a sustentabilidade, a eficiência energética e a acessibilidade, tornando-a uma praça ecológica. O prefeito fez anúncio oficial da obra na terça-feira (5), durante evento em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente. “É preciso um despertar da sociedade, que é o agente das questões ambientais, tanto positivas quanto negativas. Os problemas ambientais devem ser encarados de todos os cidadãos, de forma coletiva, pois não é só o poder governamental que deve ter compromisso. Cada um pode e deve participar cada fazendo sua parte. A data, atividades e até essa obra devem servir para lembrar sobre a importância dessa discussão: o que queremos para o planeta e a importância da relação do ser humano com o meio ambiente”, disse o prefeito.

Localizada na Avenida Guilhermina, na altura da Rua Leme, o local contará com uma fonte interativa para estimulação sensorial, com jatos d’água de reuso e focos de luz no piso, que criam efeitos e movimentos de acordo com uma sequência estabelecida de evolução sincronizada. Serão instaladas também árvores solares, como as já em funcionamento na Praça Duque de Caxias, no Bairro canto do Forte, que possibilitarão o carregamento de aparelhos eletrônicos. Bicicletas ergométricas geradoras de energia serão colocadas na praça e assim as pessoas poderão participar diretamente do processo, pois além do exercício físico, quanto mais pedalarem, mais energia para a recarga eletrônica será disponibilizada. Postes com iluminação de LED alimentada por energia solar, reabastecidas ao longo do dia, irão realizar a iluminação noturna.

A praça receberá um piso permeável drenante que auxiliará na captação e encaminhamento por meio de calhas instaladas no solo, das águas das chuvas, que serão reaproveitadas. As vias arredores também passarão por mudanças: a lateral da praça e trecho da Rua Leme serão recapeadas com bloquetes intertravados, ampliando o espaço de circulação compartilhado para pedestres, ciclistas e veículos, por isso a velocidade máxima no local será reduzida.

Os muros da Escola Estadual Dr Abrahão Jacob Lafer, localizada em frente à praça, também serão revitalizados. O local receberá desenhos de incentivo à preservação do meio ambiente e ecologia, que serão produzidos por estudantes de unidades de ensino de Praia Grande através de um concurso cultural.

Evento – Além da construção da Praça Ecológica do Bairro Guilhermina, dentro das comemorações ao Dia Mundial do Meio Ambiente (realizado no Parque Leopoldo Estásio Vanderlinde, Bairro Sítio do Campo) foi anunciada também a instalação de quatro novos ecopontos (Bairros Guilhermina, Melvi, Anhanguera e Vila Sônia). Durante o evento estudantes, atletas e participantes de atividades voltadas para a terceira idade da Cidade, participaram do plantio de 40 mudas de árvores no local.

Polícia faz megaoperação para combater o tráfico de animais silvestres

Praia Grande ganha 4 novos Ecopontos

Novas unidades serão construídas no Guilhermina, Melvi, Vila Sônia e Anhanguera
5/6/2018

Ao longo dos últimos anos, Praia Grande tem desenvolvido diversos projetos que visam mudanças de atitude em benefício da natureza e ações de sustentabilidade. Um destes trabalhos é a construção de Ecopontos para o descarte correto de materiais recicláveis pela população. Atualmente, a Cidade já conta com 12 unidades e durante a abertura da Semana do Meio Ambiente 2018, realizada na manhã desta terça-feira (5), foram anunciadas a construção de mais 4 unidades (nos Bairros Melvi, Guilhermina, Vila Sônia e Anhanguera). A previsão é que até fevereiro de 2019 todos os novos ecopontos estejam em funcionamento.

As novas unidades ficarão nos seguintes endereços: esquina das Ruas Chile e Panamá, Bairro Guilhermina; Rua Particular, na altura da Rua Manoel Pereira Azóia, Bairro Anhanguera; na Rua Arnaldo Augusto Baptista, ao lado da Feira Confinada, Bairro Vila Sônia; e esquina da Rua Leopoldo Augusto Miguez com Rua João Caetano, Bairro Melvi.

O primeiro ecoponto de Praia Grande foi inaugurado em 2012 e a intenção da Administração Municipal é que todos os bairros do Município recebam um equipamento. Os locais possuem caçambas para o depósito de materiais como plástico, vidro, madeira, podas de árvores e pequenas quantidades de entulho (até 2 m³ por descarte), funcionando sempre de segunda a sexta-feira (cinco unidades abrem também aos sábados), das 8 às 17 horas.

O prefeito de Praia Grande explicou que estes espaços são importantes ferramentas para a conservação da limpeza da Cidade. “Muitas vezes a população aponta a Administração como a culpada por sujeira encontrada nas vias, mas não percebe que quem descarta isso irregularmente são os próprios munícipes. A Prefeitura oferece todos os serviços necessários, por isso contamos também com o povo para fiscalizar esse tipo de descarte irregular”.

Endereços – Os ecopontos já existentes ficam nos seguintes locais: Aviação (esquina das ruas Jorge Alves Maciel e Jorge Hagge), Sítio do Campo (esquina da Avenida do Trabalhador com Rua Saturnino de Brito, loteamento Guaramar), Nova Mirim (Rua Martiniano José das Neves, 1410), Mirim (Avenida Presidente Kennedy, ao lado do nº 8462, entre as Ruas 26 de Janeiro e Aldo Coli), Real (Rua Lilás, 429), Maracanã (esquina da Avenida Dr. Roberto de Almeida Vinhas com Rua Dorivaldo Francisco Loria), Caiçara (Avenida Presidente Kennedy, ao lado do número 13.684, esquina com Rua Maximina Ildefonso Ventura), Boqueirão (Rua Guanabara com Praça 19 de janeiro), Solemar (Avenida Presidente Kennedy, na altura do número 21.074, esquina com a Rua Cassimiro de Abreu), Ribeirópolis (esquina das Avenidas Diamantino Cruz Ferreira Mourão e Agostinho Ferreira), Ocian (Praça Eliezer Rodrigues Coelho, s/nº, entre as Ruas Dr. Vicente de Carvalho e José de Alencar) e Canto do Forte (na esquina da Avenida Ecológica com Rua Xixová).

%d blogueiros gostam disto: