Quiosqueiro da dancinha do Mourão tem faixas apreendidas

PG recebe curso de Caratê

Evento ocorre no Ginásio Mirins III
27/4/2018

Neste sábado (28), a partir das 8 horas, no Ginásio Mirins III (Avenida Maurício José Cardoso, 1340, Bairro Forte), em Praia Grande, a União Internacional de Karatê Shorin-Ryu (IUSKF) e a União Karatê Shorin-Ryu do Brasil (UKSB) realizam curso de Kobu-dô (utilização de armas típicas da tradição japonesa), formação de faixa preta e exame de graduação. O evento conta com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) da Cidade.

A programação do evento estabelece que às 8 horas, ocorre a inscrição para o curso de formação de faixa preta. Às 9 horas, há treinamento para primeiros socorros em aulas e competições. Na sequência, acontecem aulas de legislação para professores, conduta e ética de um faixa preta, técnicas de oratória e comunicação. Outras informações podem ser obtidas no site http://shinshukan.com.br.

Brasileiro – Nos dias 10 e 11 de novembro, no Ginásio Falcão (Avenida Presidente Kennedy, 8169, Bairro Mirim), em Praia Grande, ocorre o Campeonato Brasileiro de Caratê e Kobu-dô, estilo shorin-ryu shinshukan, disputa regida pela IUSKF e UKSB. Desde 2012, esta competição ocorre na Cidade sob supervisão do professor da SEEL Jorge Yoshimura, faixa preta 8º Dan (graduação que chega no máximo ao nível 10).

No Brasileirão, disputam-se as categorias de katá (luta imaginária na qual se avalia a perfeição dos golpes), kumitê (embate entre dois caratecas) e Kobu-dô em cinco aparelhos: BO (bastão), Nunchaku (matracas – dois pedaços de madeira unidos por uma corrente de ferro), Tunqua (bastão de defesa pessoal), Sai (punhal de metal) e Kama (foice). Os atletas são divididos por peso, idade e kyu (faixa). Por idade: mirim A (até 5 anos), mirim B (6 e 7), mirim C (8 e 9), infantil A (10 e 11), infantil B (12 e 13), infanto-juvenil (14 e 15), juvenil (16 e 17), adulto (18 a 35), master A (36 a 43), master B (44 a 50), master C (mais de 51 anos). Por kyu: branca (6º kyu), amarela (5º), laranja (4º), verde (3º), azul ou roxo (2º), castanho ou marrom (1º).

Em 2017, caratecas de Praia Grande conquistaram 10 medalhas (quatro ouros, dois pratas e quatro bronzes) no Campeonato Brasileiro. Em 2016, obtiveram 16 medalhas (cinco ouros, quatro pratas e sete bronzes). Em 2015, faturaram 33 medalhas (10 ouros, 12 pratas e 11 bronzes). Em 2014, vieram 45 medalhas (15 ouros, 15 pratas e 15 bronzes). Em 2013, trouxeram 31 medalhas (9 ouros, 7 pratas e 15 bronzes). Em 2012, ganharam dois ouro e uma prata.