• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Arquivo da tag euamopg

Selecionado mirim joga no Estadual de Handebol Masculino

Time da Cidade compete no Ginásio Falcão
6/6/2018

Neste sábado (9), a partir das 10 horas, Ginásio Falcão (Avenida Presidente Kennedy, 8169, Bairro Mirim), em Praia Grande, a equipe masculina mirim (até 12 anos) de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) disputa a segunda etapa do Campeonato Estadual de Handebol promovido pela Liga Paulistana (LPHB).

Na primeira etapa do evento (realizada em maio, também em Praia Grande), a turma municipal venceu Mongaguá por 2 a 1 e empatou com Jacareí por 2 a 2. Já o grupo de Jacareí superou Mongaguá. O time da Cidade – que treina no próprio Ginásio Falcão – é comandado pelo professor Evandro Luiz Andrade com auxílio de Luciene Gonçalves, a Cuba.

Dados – Outras equipes masculinas de Praia Grande atuam na competição estadual. Nas partidas já realizadas, o grupo adulto (idade livre) de Praia Grande venceu Jacareí por 22 a 17 e Prefeitura de Diadema por 26 a 24; perdeu para Mongaguá por 35 a 29, São Paulo FC por 37 a 30 e ASE/Santista por 30 a 25. A turma juvenil (17 e 18 anos) venceu Mongaguá por 32 a 17. Na cadete (15 e 16), a turma de Praia Grande perdeu para o Pinheiros por 34 a 16. Na infantil (13 e 14), derrotou Mongaguá por 26 a 6 e foi superado pelo Pinheiros por 30 a 13. Na mirim (até 12 anos), vitória sobre Mongaguá por 2 a 1 e empate com Jacareí por 2 a 2. 

Em 2017, a turma juvenil de Praia Grande sagrou-se campeã paulista da LPHB. Na decisão, os rapazes da Cidade venceram o time do Clube Paulista de Handebol/Sírio Libanês por 31 a 27. Na semifinal, ganharam de Santo André por 31 a 17. Na primeira fase da competição, derrotaram Mongaguá (duas vezes) por 31 a 17 e 26 a 18; Santo André (duas vezes) por 25 a 12 e 24 a 21; Francisco Morato por 23 a 17, e Clube Paulista de Handebol/Sírio Libanês por 30 a 25; empataram com o Clube Paulista por 20 a 20; e perderam para o Colégio Eduardo Gomes/São Caetano do Sul por 31 a 29. 

Na infantil, na decisão do terceiro lugar, o grupo da Cidade ganhou de Taubaté por 16 a 12.

Na semifinal, havia perdido para o Esporte Clube Pinheiros. Na primeira fase, venceu por 18 a 13 São Vicente e por 25 a 18 Taubaté; perdeu por 31 a 14 para o Esporte Clube Pinheiros e por 10 a 4 para Taubaté. Na cadete , na decisão do bronze, a turma de Praia Grande superou a turma do CESC/Rio de Janeiro por 35 a 34. Na semifinal, perdeu para o Pinheiros. Na primeira fase, venceu Pindamonhangaba por 32 a 17, Taubaté por 29 a 21 e Santo André por 23 a 15 e 20 a 12; perdeu para o Esporte Clube Pinheiros por 29 a 25 e Taubaté por 27 a 24. 

Na adulta (idade livre), na decisão do terceiro lugar, a equipe praia-grandese passou por Franco da Rocha por 36 a 20. Na semifinal, perdeu para Diadema. Na primeira fase, ganhou de Diadema por 31 a 26; perdeu para Franco da Rocha por 24 a 23, São Vicente por 22 a 19, Diadema por 35 a 25 e Mongaguá (duas vezes) por 26 a 24 e 27 a 26. 

Em 2013, foi a primeira vez (e até então única) que as equipes masculinas de Praia Grande disputaram o Campeonato Estadual da Liga Paulistana de Handebol. Naquela oportunidade, a turma cadete (15 e 16 anos) de Praia Grande conquistou, de forma invicta, a medalha de ouro. Na decisão, o time municipal venceu, por 26 a 24, o grupo da Prefeitura de Jacareí. A garotada da infantil faturou o bronze.

Agentes testam armas de choque e sentem na pele efeitos do spray de pimenta

Derrubada dos quiosques 5/6 e134

 

Sambamar compete no Paulistão de Bocha Mista

Competição é organizada pela Federação Paulista
6/6/2018

A equipe mista (homens e mulheres juntos) da Sociedade Amigos do Balneário Marambaia (Sambamar) de Praia Grande participou do Campeonato Paulista de Bocha-rafa. O evento regido pela Federação Paulista de Bocha e Bolão (FPBB) reuniu outras nove agremiações. A disputa realizada no último sábado (2), na quadra do Sayão Futebol Clube, em Araras.

Na primeira partida, o time da Cidade perdeu para o do Sayão FC B/Araras por 2 jogos a 1 e assim, foi eliminado. O título da competição ficou com a turma do Gran São João de Limeira. Vice-campeonato para o grupo da Liga Joseense de São José dos Campos. Nos terceiro e quarto lugares terminaram os selecionados do Country Club Branco de Valinhos e Sayão FC A. 

Participaram ainda as equipes do Nosso Clube de Limeira, Osasco Patente, Naútico de Araraquara, Mongamar de Mongaguá, Liga São Carlense de São Carlos e Vila Diva de São Paulo-Capital. Vale destacar que jogaram por Praia Grande os atletas Cecília Silvia Bueno, Rosaura Maria Arruda Bottoli, Elisabete Rodrigues Vieira, Luciane Aparecida Rita, Bonifácio Aparecido Gobbi, Luciano Teixeira da Costa e Luiz Senatore.

Metropolitano – Após 10 rodadas realizadas, o time do Mongamar, de Mongaguá, com 57 pontos, lidera o Campeonato Metropolitano de Bocha-rafa Masculina, evento organizado pela Liga de Bocha e Malha de Praia Grande com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL). Na sequência aparecem as turmas do Guilhermina/Praia Grande com 55, Botafogo/Santos com 51, Sambamar/PG com 37, Recreativa/Peruíbe com 39, Clube Atlético Santa Cecília/Santos com 40, Ocian Praia Clube/PG com 35 e São Vicente com 31. Vale frisar que na primeira fase da competição, as equipes jogam todas contra todas, em turno e returno, qualificando-se as quatro primeiras para as disputas semifinais.

Na disputa do Metropolitano Feminino, a liderança está com o Santa Cecília com 25 pontos. Depois aparecem Mongamar com 18, Guilhermina com 12 e Sambamar com 11. Na última rodada, a turma do Santa Cecília venceu a do Sambamar por 6 a 0 e a do Mongamar ganhou do Guilhermina por 5 a 0. Vale frisar que a LBMPG não divulgou a data e os jogos da próxima rodada da competição. Outras informações podem ser obtidas no link https://www.facebook.com/bochadabaixadasantista.

Retrospecto – Em 2017, na série ouro, título para a turma do Sambamar, segundo lugar para o Santa Cecília ficou com o vice-campeonato e terceiro para o Mongamar. Na série prata, primeira, segunda e terceira posições para as equipes do Guilhermina, Clube de Praia São Paulo/PG e Guarujá. No Campeonato de Duplas Masculinas Nova Bocha Litoral 2017, medalha de ouro para a turma do Guilhermina. Vice-campeonato para o Sambamar. Na terceira colocação, ficou a turma do Santa Cecília.

Em 2016, a turma masculina do Guilhermina sagrou-se campeã do torneio de quartetos. Prata e bronze para o Santa Cecília e Ocian Praia Clube. Na competição feminina de quartetos, a taça de campeão ficou com o Sambamar, a de vice-campeão com o Botafogo e a de terceiro lugar do Santa Cecília. Em 2015, deu Mongamar seguido por Botafogo e Ocian Praia Clube. Na femininas, vitória do Sambamar. Vice-campeonato para o Santa Cecília e terceiro lugar para o Guilhermina.

Em 2014, na masculina, o Mongamar sagrou-se campeão, o do Jardim Guilhermina vice-campeão e o do Sambamar terceiro colocado. Em 2013, a equipe do Guilhermina sagrou-se campeã. Na sequência encerraram os selecionados do Sambamar e Ocian Praia Clube. Em 2012, ouro para o Guilhermina, prata para o Sambamar e bronze para o Mongamar. Em 2011, primeiro, segundos e terceiros lugares para Guilhermina, Mongamar e Sambamar. Em 2010, Guilhermina, Ocian PC e Assunção completaram pódio. Em 2009, Guilhermina, Sambamar e Mongamar foram ouro, prata e bronze. Em 2008, Assunção, Mongamar e Ocian Praia Clube ganharam medalhas.

Equipe sub-21 joga no Estadual de Vôlei Masculino

Equipe da Cidade estreia na competição
6/6/2018

Nesta quarta-feira (6), às 19h30, no Ginásio Pedro Dellantonia, em Santo André, a equipe masculina sub-21 de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL – e Associação Litoral Pró Esportes – ALPES) enfrenta o time do Super Vôlei Santo André, na primeira rodada da Copa Bandeirantes de Vôlei, evento regido pela Federação Paulista da modalidade (FPV) com chancela da Confederação Brasileira (CBV). No sábado (9), às 15 horas, em São José dos Campos, o grupo municipal encara o time do São José Vôlei. 

Representam a Cidade os atletas Bruno Gabriel Palm, Eduardo Chaves, Maurício Marisden, Anderson Menossi, Matheus Rocha Leite, Guilherme Alarcon, Lucas Carvalhal, Gabriel Rossman, Pablo Cordero, Wilton Rodrigues Júnior, Arthur Andrade, Felipe Jurado e Ítalo Santos Souza. Técnico: Rodrigo Santana, o Rodrigão. Auxiliar: Daniel Battistini. 

Sub-19 – Na quinta-feira (7), às 19 horas, no Ginásio da Associação Desportiva Centro Olímpico, em São Paulo, na Capital, o selecionado masculino sub-19 de Praia Grande joga contra a AD Centro Olímpico, em confronto válido pela quinta rodada do Campeonato Paulista de Vôlei (FPV). Nas partidas já realizadas, o grupo local perdeu por 3 a 1 para o Vôlei Renata/Campinas e São Bernardo do Campo Vôlei; por 3 a 0 para SESI/SP e São Caetano do Sul.

Competem por Praia Grande os jogadores Henrique Willian Testi, Johnattan Ferreira, Rafael Gaudêncio, Guilherme Bonfim, Jane Almeida, Bruno Casagrande, Henrique Silveira, Marco Kiyomoto, Pedro Padovan, João Ortega, Thiago Silva, Wellington Gonçalves, João Pedro Zandomenighi, Luan Trindade, Arthur Piva, Gustavo Muniz, Wallace Pena, Gabriel Rosa e Igor Vereda. Técnico: Alex Luís Hiath Salvado. Auxiliar: Daniel Battistini. 

Sub-17 – No próximo dia 16, às 10 horas, Ginásio Rodrigão (Avenida Presidente Kennedy, 8169, Bairro Mirim), em Praia Grande, enfrenta o time da Associação Desportiva Centro Olímpico, na sexta rodada da primeira fase do Campeonato Estadual de Vôlei (FPV). Nas partidas já realizadas, a equipe sub-17 de Praia Grande perdeu por 3 sets a 0 para os times do Esporte Clube Pinheiros, São Caetano do Sul, Vôlei Renata de Campinas, São José Vôlei, Mauá e Sesi/São Paulo. 

Jogam pela Cidade os atletas Alexandre Colhado, André Victor Silva, Thiago Dóros, Lucas Ferreira, Ruan Lucas Barreto, Matheus Rodrigues, Roberto Vitor Galera, Gabriel Pereira, Eduardo Vieira, Pedro Henrique Santana, João Gabriel Tellini, Marcus Vinicius Tellini, Ray Pereira e Arthur Amaro. Técnica: Bárbara Lqmberopulos. Auxiliar: Daniel Battistini. 

Dados – Os grupos municipais treinam de terças a sextas-feiras, das 16h30 às 22 horas, no Ginásio Rodrigão (Avenida Presidente Kennedy, 8169, Bairro Mirim). Outras informações sobre a competição estadual podem ser obtidas no site da Federação Paulista de vôlei: www.fpv.com.br. A última vez que Praia Grande participou do Paulista de Vôlei foi em 2011.

Naquela oportunidade, o selecionado masculino infanto-juvenil (até 18 anos) municipal foi eliminado ainda na primeira fase, no grupo A, com 11 derrotas e uma vitória. No Paulistão de 2008 – primeira vez que a Cidade competiu no evento da FPV – a equipe sub-18 conquistou o vice-campeonato da série bronze (reuniu os times qualificados do nono ao 12º lugar, na primeira fase do certame).

Inauguração Luz Elétrica – 1926

Times sub-12 e sub-14 jogam no Paulista Metropolitano de Futsal

Equipes da Cidade atuam na Capital
6/6/2018

Neste sábado (9), a partir das 12h45, no Ginásio Presidente Ciro I, em São Paulo, na Capital, as equipes masculinas sub-12 e sub-14 de Praia Grande/Ocian Praia Clube (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL, Sucos Camp, Centro de Treinamento Falcão 12 e Liga Praia-grandense de Futsal – LPFS) jogam pela fase quartas de final (oito melhores) da série prata do Campeonato Metropolitano Estadual de Futsal, série A-1, evento regido pela Federação Paulista (FPFS). 

Às 12h45, a turma sub-14 de Praia Grande encara a do Clube Atlético Taboão da Serra. Às 14 horas, o time municipal sub-12 enfrenta o da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB)/São Paulo. As partidas são eliminatórias simples, ou seja, os vencedores avançam às semifinais e os perdedores são eliminados da competição. 

Bronze – Os times sub-16 e sub-18 de Praia Grande estão classificados para as semifinais da série bronze do Campeonato Metropolitano Estadual de Futsal, série A-1. No mês passado, nas quartas de final, na sub-16, a turma de Praia Grande goleou a do São Caetano do Sul Futsal por 4 a 1. Na sub-18, o time municipal venceu o do Mogi das Cruzes Esporte Clube por 3 a 2. Vale ressaltar que a FPFS ainda não divulgou as datas e confrontos das semifinais.

Dados – Na primeira fase do Metropolitano, as equipes jogaram todas contra todas (dentro de cada grupo), em turno e returno. As cinco primeiras colocadas de cada chave, mais a sexta melhor colocada no geral (juntando-se todos os grupos), avançaram à segunda etapa (oitavas de final – 16 melhores). Os vencedores dos jogos das oitavas de final, qualificaram-se à série ouro e os perdedores à série prata. Já os times que ficaram entre o 17º lugar e o 24º na classificação geral da primeira fase da competição, disputam a série bronze. 

Na classificação final da primeira fase, na chave A, o time sub-12 de Praia Grande obteve três vitórias, um empate, três derrotas, 26 gols feitos e 25 sofridos. O sub-14 conquistou três triunfos, uma igualdade, três perdas, 17 gols prós e 20 contras. O sub-16 faturou uma vitória, um empate, cinco derrotas, 12 gols feitos e 22 sofridos. O sub-18 teve dois ganhos, um empate, quatro perdas, 17 gols prós e 23 contras.

É a primeira vez que os times de base de Praia Grande disputam o Metropolitano na série A-1 (reúne as equipes mais fortes do Estado). Até a última temporada, os meninos da Cidade jogavam na A-2 (divisão de acesso). A Federação Paulista forma um ranking dos times (que leva em conta critérios técnicos), aqueles que alcançam uma determinada pontuação têm a possibilidade de disputar a A-1. 

Retrospecto – Em 2017, na série A-2, os times da Cidade avançaram à segunda fase da competição. Os quatro primeiros colocados de cada grupo (A e B) na etapa inicial qualificaram-se a chave ouro; os quinto e sextos foram para a chave prata; os demais times disputaram a chave bronze (com exceção do 11º e último colocado da chave B, pois este foi eliminado diretamente). E ainda, as equipes eliminadas na primeira rodada (quartas de final) da chave ouro, disputaram as semifinais da prata.

Na chave ouro, a turma praia-grandense sub-14 empatou, em 1 a 1, com o grupo do Clube Atlético Tabuca Júniors. Por ter realizado melhor campanha na primeira fase do torneio, o time de Taboão da Serra avançou a decisão. Na sub-16, os rapazes da Cidade perderam, por 9 a 2, para o selecionado da Associação Desportiva Classista São Bernardo do Campo. Já na chave prata, os meninos da sub-12 de Praia Grande caíram, por 4 a 2, diante do Santo André Futsal.

Em 2016, na A-2, a equipe masculina sub-10 de Praia Grande terminou em quarto lugar.

Na semifinal, a equipe local foi derrotada por Lausanne Paulista, por 6 a 3 e 4 a 3. Na fase quartas de final, a seleção municipal sub-12 de Praia Grande perdeu, por 3 a 2 e 2 a 1, para o Suzano Futsal e acabou sendo eliminada. Nas oitavas de final (16 melhores) outros três times da Cidade foram desclassificados. A equipe sub-14 perdeu, por 3 a 1 e 5 a 1, para a do Clube Comercial de Lorena. O time sub-16 de Praia Grande caiu, por 6 a 3 e 5 a 3, diante da Associação Desportiva São Bernardo. Os rapazes da sub-17 venceram por 3 a 1 e perderam por 7 a 0 para o Clube Atlético Guarulhense.

Jogos – Confira as escalações e todos os resultados das equipes de Praia Grande no Campeonato Metropolitano Estadual de Futsal 2018, série A-1:

sub-12 – Atuam pela Cidade Pedro Henrique Ramiel, Wallace Vicente Matias Rosa Izzo, Guilherme Souza Gomes, Marcos Vinicius Fortmuller, Felipe Mendes Santos, Pedro Torres Cardoso, Luiz Henrique Reis Machado, Igor da Silva Cajé, Felipe Gabriel dos Santos Silva, Levi Ferreira Cunha, Gabriel Jerônimo Alves dos Santos, Kenai Freitas Souza, Lucas Monteiro Caldas, Thiago Gama da Silva, Gustavo Assis e Luis Felipe Gomes Barbosa Nunes. Técnico: Conrado de Andrade e Silva Antunes. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves.

1ª fase
10/3 – São José Futsal 5 x 4 Praia Grande/Ocian Praia Clube 
24/3 – SE Palmeiras 2 x 2 Praia Grande/Ocian Praia Clube
7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 4 x 1 Lausanne Paulista FC
14/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 6 x 5 AABB/São Paulo
21/4 – Mogi das Cruzes EC 3 x 4 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 3 x 5 Associação Sorocabana Futsal/Magnus
28/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 3 x 4 Santos Futebol Clube
2ª fase (oitavas de final)
6/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 4 Sociedade Esportiva Palmeiras
12/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 7 Sociedade Esportiva Palmeiras

sub-14 – Jogam por Praia Grande Kauê Bastos de Carvalho, Cleberson Lucas de Oliveira Neves, Lincoln Antunes da Silva, Kayque Guilherme de Campos Silva, Luiz Rafael Silva Gomes, Raul Vinicius Damacena, Lucas Morales Martins, Kaíque Rosário de Lima, Pedro Henrique Marinho de Melo, Nathan de Lima Costa, Mike Iverson Santos Barriento, Nycolas Souza da Silva, Dherik Coelho Martins, Gustavo Wendrel Quadros da Cruz, Fabricio Menezes dos Santos, Lucas Fernandes Gomes dos Santos, Kauã Carvalho de Jesus, Kayque Bernardo Nascimento, Marcos Vinicius Freitas de Souza e Periques Junior Magalhães Lisboa. Técnico: Caio Bruno Monzem. Auxiliar: Matheus Cassita Gonçalves.

1ª fase
10/3 – São José Futsal 0 x 5 Praia Grande/Ocian Praia Clube 
24/3 – SE Palmeiras 4 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube
7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 5 x 3 Lausanne Paulista FC
14/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 2 AABB/São Paulo
21/4 – Mogi das Cruzes EC 5 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 3 x 2 Associação Sorocabana Futsal/Magnus
28/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 4 Santos Futebol Clube
2ª fase (oitavas de final)
6/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 2 Sociedade Esportiva Elite Itaquerense/WF Brasil
12/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 3 x 6 Sociedade Esportiva Elite Itaquerense/WF Brasil

sub-16 – Atuam pela Cidade Felipe Silva de Santana, Jhonatan do Nascimento Domingos, Yuri França da Silva, Gabriel Araújo dos Santos, Nathan Takahashi de Souza Aguiar, Lucas Lewis da Silva, Guilherme Batista Andrade da Silva, Pedro Henrique Araújo Valadares, Edson Oliveira da Silva, Carlos Eduardo Augusto de Jesus, Fabricio Prieto Cirilo Diniz da Silva, Eduardo dos Santos Braz, Lucas Decindi Alexandrino, Rafael Expedito Amaral de Sousa, Willian Gabriel Ferreira Santos, Leonardo Amaral Aurichio e Matheus Queiroz de Souza. Técnico: Matheus Cassita Gonçalves. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves. 

1ª fase
10/3 – São José Futsal 2 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube 
24/3 – SE Palmeiras 4 x 3 Praia Grande/Ocian Praia Clube
7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 4 x 1 Lausanne Paulista FC
14/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 1 x 3 AABB/São Paulo
21/4 – Mogi das Cruzes EC 1 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 1 x 5 Associação Sorocabana Futsal/Magnus
28/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 1 x 6 Santos Futebol Clube
quartas de final – série bronze
19/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 4 x 1 São Caetano do Sul Futsal 

sub-18 – Competem pelo município José André Santana Santos, Eduardo Costa Dalle Piaggi, Matheus dos Santos Theodoro Pereira, Fernando Ribeiro Marques Junior, João Victor Mendes Penariotti, Felype Fernandes Mouzinho, Thiago Wehinger de Oliveira, Alef Serrat Pinheiro, Kauê da Silva Rodrigues, Vitor Luis Acioli Garcia, Leonardo Pereira Trindade, Mateus Riechelmann de Freitas, Eduardo Vaz Cabril Miyazi, Luiz Gustavo da Silva Ferreira, Taylor Matheus da Silva Conceição e João Pedro Pereira Campos. Técnico: Caio Bruno Monzem. Auxiliar: Mike Fernandes dos Santos Cruz. 

1ª fase
10/3 – São José Futsal 6 x 5 Praia Grande/Ocian Praia Clube 
7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 1 Lausanne Paulista FC
12/4 – SE Palmeiras 5 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
14/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 4 AABB/São Paulo
21/4 – Mogi das Cruzes EC 1 x 2 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 2 Associação Sorocabana Futsal/Magnus
28/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 3 x 4 Santos Futebol Clube
quartas de final – série bronze
19/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 3 x 2 Mogi das Cruzes Esporte Clube

Seja destaque em nossas mídias digitais

PAT de PG está com 5 novas oportunidades de trabalho

Todas as vagas são destinadas a moradores de Praia Grande
6/6/2018

O Posto de Atendimento ao Trabalhador de Praia Grande (PAT) está com oportunidades para quem busca inserção no mercado de trabalho. São duas vagas para a função de garçom, uma para pizzaiolo, uma vaga para auxiliar de pizzaiolo e 1 vaga para auxiliar de limpeza. Todas as vagas exigem experiência e são destinadas a pessoas de ambos os sexos e que residam em Praia Grande. 

Interessados devem retirar a carta de encaminhamento até o próximo dia 15 de junho ou enquanto estiverem disponíveis para retirada. O horário de atendimento para pessoas já cadastradas na instituição é das 8 às 16 horas. Quem não tem cadastro ainda e tem interesse em alguma vaga pode comparecer a partir das 8 horas, fazer o registro e, em seguida, retirar o encaminhamento.

O PAT fica ao lado do Poupatempo, dentro do Litoral Plaza Shopping, na Avenida Ayrton Senna da Silva, 1.511, Bairro Xixová. Informações pelo telefone 3496-5394.

Evento aborda testagem rápida de HIV em gestantes

Capacitação é iniciativa da Secretaria de Saúde Pública de Praia Grande
6/6/2018

A Secretaria de Saúde Pública (Sesap) de Praia Grande está capacitando as equipes que atuam no Complexo Hospitalar Irmã Dulce (CHID) e na rede de Atenção Básica do Município em relação à busca ativa e tratamento de doenças em gestantes e seus parceiros. O último evento, realizado na Faculdade do Litoral Paulista – FALS, debateu a testagem rápida para HIV, sífilis e hepatites B e C. 

Desenvolvidas pelo Núcleo de Educação Permanente em Saúde, da Sesap, em conjunto com o setor de Educação Continuada e a Gerência Geral de Enfermagem, do CHID, as discussões buscam aprimorar o conhecimento de profissionais de saúde sobre atualizações de protocolos recentes de órgãos como o Ministério da Saúde e demais informações sobre diferentes temas.

De acordo com a diretora do Programa DST/AIDs, da Sesap, a farmacêutica Simone Correa de Lara, além da busca ativa, os participantes tiveram acesso a explanações sobre os tipos de tratamento, em especial às gestantes atendidas em postos de saúde. “Foi uma oportunidade para tirar dúvidas sobre o atendimento e as medicações usadas durante o pré-natal e após o parto, bem como para os recém-nascidos de mães soropositivas”, destacou.

Também participaram da capacitação profissionais que atuam no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), na Maternidade e na Unidade de Pronto Atendimento Dr. Charles Antunes Bechara – UPA Samambaia, bem como da Porta de Entrada do Complexo Hospitalar Irmã Dulce (antigo Pronto Socorro do Boqueirão).

MC Hariel e Julia Nogueira – Desejo (kondzilla.com)

Tubarão na Praia de Solemar em Praia Grande

Praia Grande lança pacote de ações na área ambiental

Anúncio e plantio de mudas marcaram comemorações do Dia do Meio Ambiente
5/6/2018

Para marcar as comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta terça-feira (5), a Prefeitura de Praia Grande realizou o plantio de 40 mudas no Parque Leopoldo Estásio Vanderlinde (Bairro Sítio do Campo). Na ocasião, foram anunciados investimentos na área ambiental. Entre eles, estão a assinatura das ordens de serviço para construção de mais quatro Ecopontos e da Praça Ecológica, além do lançamento do Concurso Cultural “Evoluir de forma sustentável”.

Cerca de 300 pessoas participaram da ação que faz parte da programação da Semana do Meio Ambiente que ocorre até a próxima sexta-feira (8). Ingá, quaresmeira, ipê branco, ipê roxo, guanandi, carobinha, acássia estão entre as espécies plantadas durante o evento que contou com envolvimento de alunos da rede municipal de ensino, integrantes do Programa Conviver e atletas que representam o Município em competições.

De acordo com o prefeito de Praia Grande, a divulgação do pacote de ações bem como o plantio das mudas teve como objetivo principal despertar, principalmente nas crianças, uma consciência coletiva sobre o papel de cada um na preservação do meio ambiente. “Hoje é o dia de reflexão sobre cidadania responsável. Deixando o direito do cidadão um pouco de lado e pensando na obrigação de cada um relacionado às questões ambientais”.

E com objetivo de reforçar essa preocupação com a preservação do meio ambiente, o chefe do Executivo assinou a ordem de serviço para a construção da Praça Ecológica Horácio de Oliveira Netto. Situado no Bairro Guilhermina, o novo local contará com um projeto inovador com foco na sustentabilidade, eficiência energética e acessibilidade que dará uma nova cara ao espaço.

Para interagir com a nova praça, o muro da Escola Estadual Dr. Abraão Jacob Lafer servirá de painel para arte contemporânea aos moldes do que foi realizado na EE Reinaldo Kuntz Busch. O Concurso Cultural “Evoluir de forma sustentável”, lançado hoje, terá a finalidade de definir as 20 ilustrações que farão parte da exposição a céu aberto. 

E fechando o pacote de investimentos na área de meio ambiente, anunciados durante o evento, o chefe do Executivo assinou também a construção de mais quatro novos Ecopontos. Os equipamentos contemplarão as comunidades dos bairros Guilhermina, Vila Sônia, Anhanguera e Melvi. Atualmente, o Munícipio já conta com 12 unidades que servem como locais de coleta de materiais recicláveis, resíduos da construção civil e outros produtos.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Israel Lucas Evangelista, com essas ações a Administração Municipal mostra empenho em fazer a sua parte. “Mas não conseguimos como máquina pública preencher todos os espaços e, por conta disso, precisamos mudar os nossos hábitos como cidadão e, de forma consciente, fazer cada um a sua parte”, enfatizou.

Programação – Até sexta-feira (8), a Semana do Meio Ambiente em Praia Grande conta com diversas ações. Confira abaixo o cronograma: 

Quarta-feira (6)
Visita Monitorada ao Parque Estadual da Serra do Mar (Núcleo Itutinga Pilões) 
Local – Cubatão
Horário – Período da manhã
Lançamento da Cartilha Arborização Urbana
Disponibilização do material de forma online no site da Prefeitura de Praia Grande

Quinta-feira (7)
Capacitação: Curso de Poda para servidores da Sesurb
Local – Sala de reuniões do Centro Integrado de Comando e Operações Especiais (Cicoe)
Endereço – Paço Municipal – Avenida Presidente Kennedy, 9000, Bairro Mirim
Horário – 13h30

Sexta-feira (8)
Praia Grande Natural com servidores da Sema
Ação – Palestra, visita ao museu de Educação Ambiental e estudo do meio com barco
Local – Departamento de Educação Ambiental (DEA)
Endereço – Rua Paulo Sérgio Garcia, s/n, Bairro Sítio do Campo
Horário – 8 horas.

Conscientização – Comemorado em 5 de junho, o Dia Mundial do Meio Ambiente foi recomendado pela Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo, na Suécia. Por meio do Decreto Federal 86.028, de 27 de maio de 1981, o governo brasileiro também estabeleceu que neste período em todo território nacional se promovesse a Semana Nacional do Meio Ambiente que tem por finalidade apoiar a participação da comunidade nacional na preservação do patrimônio natural do País.

O Dia Mundial do Meio Ambiente chama a atenção da ação política de povos e países para aumentar a conscientização e a preservação ambiental. O Programa da ONU para o Meio Ambiente personaliza questões ambientais e possibilita a cada um perceber não somente sua responsabilidade, mas também o poder de se tornar um agente para a mudança, apoiando uma forma de desenvolvimento mais justa e sustentável.

Sema lança cartilha sobre plantio de árvores

Publicação será disponibilizada online a partir de quarta-feira (6), às 17 horas
5/6/2018

A Secretaria de Meio Ambiente (Sema) lança online nesta quarta-feira (6), às 17 horas, a cartilha Arborização Urbana. A publicação será disponibilizada no site oficial da Prefeitura de Praia Grande (www.praiagrande.sp.gov.br). A iniciativa orienta a população quanto aos critérios de plantio de árvores em espaço urbano e atende uma das diretivas do programa Município Verde e Azul.

A cartilha indica quais os procedimentos que devem ser seguidos quanto ao plantio de árvores nas calçadas, as medidas ideais para o berço da árvore, que espécies são adequadas para calçamento, que tipos de árvores não devem ser plantadas em áreas urbanas por oferecerem riscos de interferências em fiações elétricas e destruição da calçada, entre outras orientações. “Existem, por exemplo, algumas espécies com raízes muito agressivas que destroem a calçada, por isso não são recomendadas”, explicou a bióloga Elaine dos Santos Rovati, que atua como diretora da Divisão de Normatização, Controle e Licenciamento Ambiental da Sema. 

A publicação também aborda as regras com relação aos locais adequados para o plantio de árvores. “A legislação estipula distâncias mínimas entre as árvores e os elementos urbanos. As mudas devem estar a 10 metros da confluência do alinhamento predial da esquina e de semáforos, por exemplo. Sob rede elétrica, recomenda-se somente o plantio de árvores de pequeno a médio porte, entre outros cuidados”, detalhou a bióloga. A cartilha traz, ainda, orientações quanto à rega, adubagem e outros cuidados com relação ao desenvolvimento da árvore.

O secretário do Meio Ambiente, Israel Lucas Evangelista, enfatiza que a publicação da cartilha atende uma das dez diretivas do Programa Município Verde Azul, da Secretaria de Estado do Meio Ambiente. “Além de beneficiar a população com orientações sobre o plantio correto de árvores, a cartilha ainda contribui para elevar a pontuação de Praia Grande no Programa Município Verde Azul”. Ele destacou ainda que a Sema planeja a implantação de um projeto piloto de floresta urbana, com todas as medidas-padrão preconizadas na cartilha, que também acarretará em mais pontuação no programa.

Pontuação – O Programa Município Verde Azul (PMVA) visa estimular e capacitar as prefeituras a implementarem e desenvolverem uma agenda ambiental estratégica, através de 10 diretivas propostas, cada uma delas com diversas tarefas a serem cumpridas. O município de Praia Grande participa deste programa desde 2009, e tem o compromisso na melhora da qualidade ambiental da cidade. Na Baixada Santista, em 2012, a cidade ocupava a 8ª posição, com 26,74 pontos. Já em 2013, conseguiu atingir 67,50 pontos, passando para a 4ª colocação. Apesar de ainda não ter atingido os pontos necessários para a certificação concedida pelo Programa, a cidade de Praia Grande continua se mantendo entre as quatro primeiras colocadas da Baixada Santista.

Bairro Flórida – década de 1940

%d blogueiros gostam disto: