• +55 13 99615 8477
  • vendas@euamopg.com

Arquivo da tag Esporte

Praia Grande sedia Campeonato Regional de Judô Aspirante e Especial Sênior

Disputa ocorre sábado (4), no Ginásio Falcão
2/8/2018

Neste sábado (4), a partir das 8 horas, no Ginásio Falcão (Avenida Presidente Kennedy, 8169, no Bairro Mirim), em Praia Grande, ocorre o Campeonato Paulista Regional de Judô Aspirante categorias sub-9, sub-15, sub-18 e adulta; e divisão especial sênior (mais de 18). O evento regido pela Federação Estadual (FPJ) tem apoio da 11ª Delegacia Regional da FPJ, das Secretarias Municipais de Esporte e Lazer (SEEL), e Educação (Seduc). A disputa é aberta ao público em geral.

A competição aspirante envolve atletas que só disputam competições no Estado de São Paulo. A especial é para todos os demais. Os medalhistas de cada categoria (peso) e sexo estão classificados para disputar o Campeonato Inter-regional (antigo Estadual do Interior), que ocorre em 26 de agosto, no município de Osasco. Os ganhadores do Inter-regional avançam para o Estadual que acontece em setembro, na cidade de São Bernardo do Campo.

Em março deste ano, no Ginásio Falcão (Bairro Mirim), em Praia Grande, ocorreu o Campeonato Paulista Regional, categoria especial sub-15, sub-18 e sub-21; e aspirante sub-11 e sub-13. Na oportunidade, a equipe municipal (Secretarias de Esporte e Lazer – SEEL e Educação – Seduc) conquistou 26 medalhas (6 ouros, 8 pratas e 12 bronzes). No total, 17 times e mais de 200 judocas competiram.

O grupo municipal de judô de Praia Grande treina de segundas as sextas-feiras, após as 17 horas, no Centro de Excelência Professor João Carlos Ribeiro Manso Júnior (esquina das Ruas Arari e Carimbó – espaço anexo ao Ginásio Rodrigão – Bairro Tupi), com os professores Alberto Bittencourt Silva, Danusa Shira Bittencourt e Rodrigo de Matos.

Retrospecto – Em 2017, o selecionado praia-grandense conquistou 18 medalhas (seis ouros, sete pratas e cinco bronzes) no Campeonato Paulista Regional de Judô Aspirante sub-9, sub-15, sub-18 e adulta; e especial sênior. Em 2016, a equipe de Praia Grande conquistou 24 medalhas (11 ouros, 6 pratas e 7 bronzes) no Campeonato Regional de Judô. Em 2015, o grupo municipal conquistou 33 medalhas (8 ouros, 11 pratas e 14 bronzes) nesta competição regional. Em 2014, a equipe de Praia Grande obteve 19 medalhas (10 ouros, 4 pratas e 5 bronzes). Em 2013, o time da Cidade subiu no pódio 33 vezes (12 ouros, 11 pratas e 10 bronzes).

De raiz: Casal de Praia Grande radicaliza no Brasileiro de Rolimã

Oficina de iniciação ao skate está com inscrições abertas

Modalidade integrará os Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio, no Japão
1/8/2018

Estão abertas inscrições para a oficina de iniciação de Skate de Praia Grande. Para participar, os interessados devem ter de 6 a 29 anos e comparecerem na sede da Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve) de Praia Grande, localizada na Rua Xavantes, 51, Bairro Tupi, das 8 às 17 horas, com os seguintes documentos: RG, comprovante de residência, autorização dos responsáveis (no caso de pessoas com menos de 18 anos) e atestado médico (ou comprovante de consulta). Outras informações podem ser obtidas pelo telefone: 3496-5684. 

O projeto é desenvolvido pela Subjuve e é um esporte muito procurado e praticado pelos jovens da Cidade, além de integrar os próximos Jogos Olímpicos que ocorrem em 2020, na cidade de Tóquio, no Japão.

O curso conta com conteúdos teóricos e práticos. As atividades práticas ocorrem na pista de Esportes Radicais Xitão, no Bairro Quietude. Quem não possuir equipamento próprio pode utilizar ao longo das aulas os cedidos pela Administração Municipal.

Vôlei feminino de Praia Grande joga nesta sexta

Times da Cidade competem em evento estadual
1/8/2018

Nesta sexta-feira (3), às 19h30, no Ginásio Ponte Grande, em Guarulhos, a equipe feminina infanto-juvenil (17 e 18 anos) de Praia Grande (Secretarias de Esportes e Lazer – SEEL e Educação – Seduc; Liga Municipal – LPV) enfrenta o time do APROV Guarulhos, em duelo válido pela sétima rodada da primeira fase do Campeonato Estadual de Vôlei promovido pela Sindicato dos Clubes do Estado de São Paulo (Sindiclube).

No dia 9, às 18 horas, no Ginásio do Clube Atlético Paulistano, em São Paulo, na Capital, as meninas da Cidade voltam a quadra para enfrentar a equipe do Paulistano. Na classificação parcial da competição, após seis rodadas realizadas, a turma de Praia Grande ocupa o sexto lugar (entre sete selecionados) com um triunfo e cinco perdas.
Outras – No dia 11, às 13 horas, no Ginásio do Clube Atlético Ypiranga, em São Paulo, na Capital, as meninas praia-grandenses da categoria infantil (15 e 16 anos) enfrentam as do Ypiranga na 11ª rodada do Estadual do Sindiclube. Na classificação parcial, a turma de Praia Grande ocupa a 13ª colocação (entre 19 agremiações) com duas vitórias e oito derrotas.

Também no dia 11, só que às 16 horas, no Ginásio do Clube Atlético Ypiranga, em São Paulo, na Capital, o time adulto de Praia Grande (idade livre) joga contra o dono da casa pela quarta rodada da primeira fase do Estadual do Sindiclube. Na classificação parcial, as meninas da Cidade estão na segunda posição (entre cinco times) com duas vitórias e uma derrota.

Retrospecto – A última vez que as equipes femininas de Praia Grande participaram do Campeonato Estadual de Vôlei do Sindiclube foi em 2014. Naquele ano, o time adulto sagrou-se vice-campeão da série ouro (equipes que ficaram nas três primeiras posições na etapa inicial do torneio). A turma infanto-juvenil também foi vice-campeã só que na série prata (equipes que ficaram de quinto a oitavo lugares na etapa inicial do torneio). Em 2013, o time adulto sagrou-se campeão da série prata. Em 2012, o adulto conquistou o segundo lugar na disputa da Taça de Prata do Campeonato de Vôlei do Sindiclube. Já o grupo infanto-juvenil conquistou medalha de bronze na disputa da Taça de Prata. 

Jogos – Confira todos os resultados dos times da Cidade no Campeonato Estadual de Vôlei do Sindiclube 2018:

Infantil
13/4 – Círculo Militar de São Paulo 3 x 0 Praia Grande (25/22, 25/19 e 25/16)
20/4 – Praia Grande 3 x 0 Clube Atlético Juventus (25/20, 25/19 e 25/18)
4/5 – Esporte Clube Banespa 3 x 0 Praia Grande (25/13, 25/12 e 25/13)
18/5 – Praia Grande 2 x 3 Centro Esportivo da Penha (27/25, 26/24, 22/25, 14/25 e 12/15)
5/6 – Praia Grande 1 x 3 AABB/São Paulo (25/19, 19/25, 23/25 e 21/25)
10/6 – Praia Grande 2 x 3 APROV Guarulhos (26/24, 25/16, 18/25, 23/25 e 18/20)
11/6 – Alphaville Tênis Clube 3 x 1 Praia Grande (23/25, 25/21, 25/22 e 25/22)
15/6 – Esporte Clube Pinheiros 3 x 0 Praia Grande (25/16, 25/18 e 25/19)
26/6 – Praia Grande 1 x 3 Clube Atlético Paulistano (25/16, 15/25, 17/25 e 25/27)
30/6 – Praia Grande 3 x 2 Ribeirão Pires Futebol Clube (25/18, 25/18, 15/8, 10/25 e 6/25)

Infanto-juvenil
14/4 – São Paulo FC 3 x 0 Praia Grande (25/11, 25/14 e 25/17)
8/5 – Arydevom/Mauá 2 x 3 Praia Grande (25/16, 26/24, 25/27, 21/25 e 11/15)
22/5 – Praia Grande 0 x 3 Clube Atlético Ypiranga (25/16, 25/8 e 25/17)
10/6 – Praia Grande 0 x 3 APROV Guarulhos (15/25, 19/25 e 13/25)
15/6 – Esporte Clube Pinheiros 3 x 0 Praia Grande (25/19, 27/25 e 25/19) 
26/6 – Praia Grande 0 x 3 Clube Atlético Paulistano (16/25, 18/25 e 8/25)

Adulta
12/5 – Clube Atlético Aramaçan 1 x 3 Praia Grande (16/25, 18/25, 20/25 e 25/17)
16/6 – Praia Grande 3 x 1 APROV de Guarulhos (25/16, 25/21, 25/16 e 15/25) 
23/6 – Clube Atlético Ypiranga 3 x 0 Praia Grande (25/12, 25/10 e 25/11)

Definidos os times vencedores do Municipal de Futebol Menor

Houve disputas nas categorias sub-13, sub-15 e sub-17
1/8/2018

Estão definidas as equipes vencedoras do Campeonato Municipal de Futebol, categoria masculina menor (sub-13, sub-15 e sub-17), competição regida pela Liga de Futebol Amador de Praia Grande (LFAPG) com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL). As partidas finais ocorreram no final do mês de julho, no Campo anexo ao Ginásio Magic Paula (Bairro Antártica). No total, 12 times e mais de 200 jogadores participaram.

Na decisão da categoria sub-13, a equipe do Projeto Arena de Mongaguá venceu a do Unidos da 7 de São Vicente por 4 a 2 e assim, sagrou-se campeã. Na final da sub-15, o time do Magic Soccer Praia Grande (Bairro Antártica) goleou o do Unidos 7 de São Vicente por 5 a 0 e levantou a Taça. Na sub-17, o grupo do Magic Soccer Praia Grande derrotou o do Folha Verde Esporte Clube/PG (Melvi) por 3 a 1 e garantiu a medalha de ouro. Outras informações podem ser obtidas no site www.lfapg.com.br.

Dados – Em 2017, na final da sub-12, a turma de Mongaguá venceu a do Arena Capricho Guilhermina por 3 a 2 e ergueu a Taça. Na sub-14, Mongaguá derrotou o Capricho Magic Soccer por 4 a 2 e ficou com título. Na sub-16, a turma do Oriental venceu o Capricho Magic Soccer por 2 a 1 e levou o ouro. Na sub-18, o Capricho Magic Soccer ganhou da Cidade da Criança por 2 a 0 e sagrou-se campeão.

Time de Praia Grande  disputa 2ª fase do Paulistão de Basquete sub-17

Equipe da Cidade atua na chave D
1/8/2018

O selecionado masculino sub-17 de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL, Centro Educacional Vila Verde, Faculdade Praia Grande e Associação Realizar) joga contra a equipe paulistana do Clube Espéria, na primeira rodada da chave D, na segunda fase do Campeonato Estadual regido pela Federação Paulista de Basquete (FPB). O duelo ocorre no próximo dia 8, às 20 horas, no Ginásio do Bairro Samambaia (Avenida Maria Cavalcante da Silva, 10).

Nesta nova etapa, as cinco equipes últimas colocadas da primeira fase formam a chave D: Praia Grande (sétima colocada do grupo A), Clube Espéria (6ªA), Clube Internacional de Regatas de Santos (5ªA), Mogi das Cruzes/Helbor (6ªB) e SENDI/Bauru Basket (5ªB). As equipes jogam todas contra todas, em turno e returno qualificando-se as quatro melhores para as semifinais.

Na chave C, competem os oito times primeiros colocados na etapa inicial da competição: CAC/Cravinhos (1ºA), SESI-São Paulo/Franca (2º A), CBC/Tênis Clube de Campinas (3ºA), Nosso Clube Limeira (4ºA), Sociedade Esportiva Palmeiras (1ºB), Esporte Clube Pinheiros (2ºB), Clube Atlético Paulistano (3ºB) e Tênis Clube Paulista/Overtime (4ºB).

Competindo na chave A, nas partidas realizadas na primeira fase da competição estadual, o time de Praia Grande ganhou do Clube Espéria por 59 a 54. Perdeu para o Nosso Clube de Limeira (duas vezes) por 73 a 66 e 54 a 51, SESI/Franca Basquete (duas vezes) por 81 a 32 e 113 a 28, CAC/APAB Cravinhos (duas vezes) por 77 a 34 e 62 a 52, o selecionado do CBC/Tênis Clube Campinas (duas vezes) por 95 a 45 e 58 a 46, a turma do Clube Internacional de Santos (duas vezes) por 61 a 59 e 55 a 52, e Clube Espéria por 70 a 62. 

Jogam pela Cidade os jogadores Guilherme Bruno, Rafael Messias Júnior, João Gustavo, Raul Vieira Jorge Luz, Leonardo Santos, André Luiz Lima Conceição, Pedro Lucas Chaboudet Luna, Gabriel Diocedo de Castro, Samuel Guedes Menezes, Jorge Silva, Elias Santos de Souza, Ruan, Luis Felipe, Felipe, Jefferson, Leonardo e Gabriel Ribeiro Chagas. Técnico: Osvaldo José de Assis Pinheiro. Auxiliar: Fábio Roberto de Souza Silva. 

Liga Paulista – No dia 5 de agosto, às 18 horas, no Ginásio Dondinho, em São Vicente, o selecionado masculino sub-19 de Praia enfrenta o time da Prefeitura de São Vicente, em duelo válido pela quarta rodada da primeira fase do Campeonato Estadual promovido pela Liga Paulista de Basquete (LPB). Nas partidas já realizadas, o grupo municipal venceu (duas vezes) Caraguatatuba/ABASC por 66 a 39 e 56 a 41, e Guarujá por 72 a 52. 

Atuam pela Cidade os jogadores André Batista dos Santos, André Luiz Lima Conceição, Arthur Antônio Aparecido Gabriel Felicissimo, Daniel Brito de Jesus, Elias Santos de Souza, Gabriel Diocedo de Castro, Gabriel Ribeiro Chagas, Guilherme Bruno, Gustavo Alves Praxedes de Souza, Iury Santos Sena Oliveira, Kewin Willys Muniz, Lucas Miranda do Carmo, Pedro Lucas Chaboudet Luna, Rafael Messias Junior, Raul Vieira Jorge Luz, Samuel Guedes Menezes e Vitor de Abreu Silva. Técnico: Osvaldo José de Assis Pinheiro. Auxiliar: Rabio Roberto de Souza Silva e Mariana Azevedo Costa.

Copa – O time masculino sub-17 de Praia Grande está classificado para o quadrangular final (final four) da 1ª Copa Regional promovida pela Liga de Basketball da Baixada Santista (LBBS) com chancela da Federação Paulista (FPB). A disputa desta nova etapa está programada para ter início no meio de agosto.

Na primeira fase, o time da Cidade terminou na segunda colocação com cinco vitórias e uma derrota. A liderança ficou com a equipe do Clube Internacional de Regatas de Santos com seis triunfos. Nas terceira e quarta colocações terminaram os grupos de Itanhaém ABI e do Colégio Liceu Santista. Depois encerraram as turmas do Instituto de Basquete Baby, Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) e Cubatão ACB.

Nos jogos realizados, a equipe de Praia Grande venceu a turma do Instituto Baby por 81 a 56, Basquete Cubatão ACB por 78 a 16, Associação de Basquete de Itanhaém por 69 a 46, Associação Atlética Banco do Brasil/Santos por 65 a 35 e a turma do Colégio Liceu Santista por 78 a 50; perdeu para o Clube Internacional de Santos por 73 a 49. 

Retrospecto – No Paulistão de Basquete 2017, a equipe masculina sub-17 de Praia Grande garantiu a quarta colocação na série bronze. Na semifinal do chamado final four, o time de Praia Grande perdeu para a equipe do Clube Internacional de Regatas de Santos por 71 a 36. Na decisão do terceiro lugar, o selecionado municipal foi derrotado por Fernandópolis/AEC por 48 a 39. O título da disputa ficou com o grupo do Santo André/APABA que na decisão superou o Internacional por 64 a 57. Nesta etapa, competiram os times que ficaram do nono ao 12º lugar na primeira fase da competição. A turma de Praia Grande terminou em 11º lugar.

Já a seleção masculina sub-19 de Praia Grande encerrou a participação no Campeonato Paulista de Basquete na segunda fase (série D) da competição. Nas partidas realizadas, venceu o Tênis Clube de Campinas/CBC por 57 a 48, perdeu para o XV de Piracicaba (73 a 48 e 60 a 51), Tênis Clube de Campinas (68 a 51), Time Jundiaí de Basquete (por 72 a 33 e 68 a 37), Esporte Clube Pinheiros (117 a 36 e 132 a 24), Clube Atlético Paulistano (106 a 35 e 109 a 26), Associação Atlética São Caetano do Sul (86 x 57 e 86 a 55), Sociedade Esportiva Palmeiras (120 a 41 e 107 a 49) e Mogi das Cruzes/Helbor (102 a 50 e 100 a 43).

Praia Grande sedia Campeonato Brasileiro de Minobol

Evento ocorre nos Ginásios dos Bairros Tupi e Canto do Forte
1/8/2018

A Cidade de Praia Grande irá sediar o 2º Campeonato Brasileiro de Minobol, evento regido pela Confederação nacional (CBMinobol) com apoio da Federação Paulista (FPMinobol) e da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) local. A disputa ocorre nos dias 3 e 4 de novembro, nos Ginásios Rodrigão (Avenida Presidente Kennedy, 8169, Bairro Mirim) e Mirins III (Rua Maurício José Cardoso, 135, Bairro Canto do Forte). A entrada é gratuita para o público em geral.

O minobol é o nome dado ao vôlei adaptado à terceira idade (pessoas com mais de 50 anos). A Confederação Brasileira foi fundada em janeiro de 2017, por várias Ligas da modalidade. Em 2018, a entidade realizou em Sorocaba o primeiro curso para a formação de árbitros de minobol. Outras informações podem ser obtidas no e-mail cbminobol@hotmail.com e no site https://www.facebook.com/minobol.

Primeira edição – Em 2017, a primeira edição do Campeonato Brasileiro de Minobol ocorreu em Piedade, interior de São Paulo. Foram 42 equipes participantes, com 432 atletas (268 mulheres e 164 homens) realizando 107 jogos. Na categoria masculina de 50 a 59 anos, título para a turma da Prefeitura de Santos. Depois terminaram os times de Águas de São Pedro (São Paulo), Praia Grande e Salto (SP). Na feminina, primeiro lugar para a turma de Santos. Na sequência ficaram os grupos de Atividade Americana, Salto e Praia Grande. Na Taça de Prata (divisão técnica) feminina, vitória de Águas de São Pedro, seguida por Osasco, Angatuba (SP) e Votorantim.

Na masculina de 60 a 69 anos, a equipe de Santos foi campeã. As turmas de Águas de São Pedro, São José do Rio Preto e Itatiba completaram o pódio. Na Taça de Prata masculina, deu Sorocaba, Osasco, Praia Grande e Boituva. Na série bronze masculina, vitória de Ibiúna, seguida pelo time B de Praia Grande, Florianópolis/Santa Catarina e Iomerê/SC.

Na feminina, os times de Itatiba, Águas de São Pedro, Sorocaba e Praia Grande obtiveram os quatro primeiros lugares. Na Taça de Prata, deu Americana, Santos, São José do Rio Preto e Ibiúna. Na Taça de Bronze, medalhas para Osasco, Votorantim, Boituva, Florianópolis/SC e Iomerê/SC. Na feminina mais de 70 anos, subiram no pódio os selecionados de Itatiba, Águas de São Pedro, Campinas, Praia Grande e Sorocaba.

Judocas de Praia Grande integram ranking nacional da CBJ

Atletas da Cidade disputam vagas para a seleção brasileira
1/8/2018

Cinco atletas de Praia Grande (Secretarias de Esporte e Lazer – SEEL e Educação – Seduc) integram com destaque o ranking criado pela Confederação Brasileira de Judô. Esta classificatória qualifica os primeiros posicionados de cada categoria para integrar as respectivas seleções brasileiras em estágios, treinamentos e competições internacionais.

No ranking da categoria sub-18, no peso ligeiro (50 a 55 quilos), Fábio Lescreck dos Santos ocupa o terceiro lugar. No superligeiro (até 50 kg), João Marcelo Morato de Oliveira é o quarto melhor. No meio-pesado (81 a 90 kg), Carlos Eduardo Silva Macedo aparece na 15ª colocação. Na sub-21, no pesado (mais de 78 kg), Amanda Silva Souza está na 32ª posição. Na sênior (mais de 18 anos), Tawany Gianelo da Silva (Shopping Litoral Plaza), garante-se em oitavo lugar.

O ranking da CBJ soma pontos aos atletas pelas posições obtidas nas principais competições, como Troféu Brasil, Campeonatos Brasileiros e Estaduais, Meetings e Seletivas Nacionais. A concepção principal é que o ranking garanta aos atletas mais regulares uma chance na seleção brasileira, e não apenas os melhores de uma seletiva, por exemplo.

O grupo municipal de judô de Praia Grande treina de segundas as sextas-feiras, após as 17 horas, no Centro de Excelência Professor João Carlos Ribeiro Manso Júnior (esquina das Ruas Arari e Carimbó – espaço anexo ao Ginásio Rodrigão – BairroTupi), com os professores Alberto Bittencourt Silva, Danusa Shira Bittencourt e Rodrigo de Matos.

Dados – Em 2018, Fábio foi vice-campeão paulista e do Paulistão Inter-regional, medalha de bronze na Copa São Paulo, quarto colocado nos Jogos Regionais, quinto no Brasileirão e no Meeting nacional. Integrou a seleção brasileira sub-18 que competiu na quarta etapa da Copa da Europa, em Zagreb, na Croácia. Na primeira luta, Lescreck passou pelo húngaro Aron Szabo. Na segunda, foi derrotado pelo ucraniano KyriloKariev. Em 2017, foi prata na seletiva nacional e no paulista regional, terceiro posicionado no Estadual por faixa e no Paulistão Inter-Regional e quinto colocado nos Jogos Regionais.

Neste ano, João sagrou-se campeão regional, inter-regional, paulista e da Copa São Paulo; vice-campeão do Meeting Nacional e sétimo colocado no Brasileirão. Em 2017, foi vice-campeão paulista Inter-regional, terceiro colocado no Campeonato Regional e sétimo na seletiva nacional. Nesta temporada, Carlos sagrou-se vice-campeão regional e dos Jogos da Juventude, terceiro colocado no Brasileiro Regional. Em 2017, foi vice-campeão do Torneio Estadual do São João Tênis Clube e bronze nos Jogos Sul-Americanos da Juventude.

Em 2018, Amanda foi vice-campeã regional e inter-regional, terceira colocada na Copa São Paulo e quinta no Brasileiro Regional. Em 2017, nos Jogos da Juventude, ganhou duas medalhas: ouro no peso pesado (mais de 78 kg) e prata no absoluto (sem limite de peso). 

Foi campeã regional e inter-regional, terceira colocada na Copa São Paulo. Neste ano, Tawany sagrou campeã da Copa São Paulo, vice-campeã paulista e foi sexta colocada nos 62º Jogos Regionais do Estado de São Paulo (competindo no peso leve – 52 a 57 kg). Em 2017, ganhou a prata no Campeonato Paulista, o bronze na Copa São Paulo e nos Jogos Regionais, assegurou a quinta colocação no Brasileirão Sênior e no Brasileiro Regional.

Surfistas de Praia Grande disputa o Maresia Júnior

Gabriel Nieba representa a Cidade
31/7/2018

Integrante da equipe de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) Gabriel Nieba, categoria sub-18, disputa neste sábado e domingo (4 e 5), na praia de Maresias, em São Sebastião, o Maresia Júnior SP 2018, evento regido pela Confederação Brasileiro (CBSurf) e que é válido como segunda etapa da seletiva para o Campeonato Mundial da Associação Internacional (ISA – International Surfing Association) que ocorre em outubro, na cidade de Huntington Beach, na Califórnia, nos Estados Unidos.

O CBSurf Junior Tour é uma competição destinada aos melhores surfistas de casa Estado, indicados pelas respectivas Federações. Na primeira fase da disputa de Maresias, Nieba encara a bateria 3, na qual enfrenta os surfistas Leonardo Berbet (Rio Grande do Norte), Ryan Cordeiro e Luiz Mendes (ambos de Santa Catarina). No total, 48 atletas competem pelo título.

A primeira etapa do CBSurf Junior Tour ocorreu em junho, na cidade de Maracaípe, em Pernambuco. Nieba ficou em quarto (último) lugar na bateria 11 da primeira fase. Ele somou 8,05 pontos, contra 9,05 de Ryan Alexandre (Rio Grande do Norte), 9,60 de Hedieferson Júnior (Santa Catarina) e 11,25 de Lucas Lisoba (Pernambuco). Vale frisar que em 2017, Nieba terminou em 35º lugar no ranking sub-18 da CBSurf.

Polo – A Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) de Praia Grande oferece gratuitamente para munícipes com mais de 10 anos polo de iniciação e treinamento competitivo de surfe. As atividades ocorrem as segundas, quartas e sextas-feiras, das 9 às 12 horas e das 13 às 16 horas, na praia do Bairro Guilhermina (Avenida Presidente Castelo Branco esquina com a Rua Leblon, em frente ao número 1898). E nas terças e quintas-feiras, no mesmo horário, na praia do Bairro Ocian (em frente ao quiosque do SuperEscola, na Avenida Castelo Branco, s/nº). 

Os interessados em participar das aulas da equipe de competição devem comparecer ao local escolhido com material de surfe (prancha, parafina, camisa de lycra, etc). É necessário preencher ficha cadastral, ter autorização dos pais e apresentar exame médico (exigência legal). De preferência, o menino ou a menina devem estar estudando. As aulas são comandadas pelos professores Ewerton Luis da Costa, o Biko, e Marcus Souza Carvalho. 


 Praia Grande qualifica 12 caratecas para o Pan-Americano sub-21

Atletas da Cidade lutam no Rio de Janeiro
31/7/2018

Um total de 12 atletas de Praia Grande foi convocado pela Confederação Brasileira de Karatê (CBK) para disputar o 29º Campeonato Pan-Americano, categorias feminina e masculina sub-14, na sub-16 (cadete), sub-18 (júnior) e sub-21, que ocorre de 20 a 26 de agosto, no Ginásio da Arena Carioca 1, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O evento é regido pela Federação Mundial (WKF – World Karatê Federation).

Os atletas da Cidade competem no kumitê (luta) e katá (apresentação de movimentos e golpes), no 2º Kyu e acima (faixa azul, roxa, castanho, marrom e preta). Confira os qualificados:

Kumitê
Beatriz Alves da Silva (Academia Kami Dojo) – sub-14 – peso menos de 47 kg
Miguel Silva (Gladiators) – sub-14 – mais de 55 kg
José Maurício Suzuki Portella (Gladiators) – sub-16 – menos de 50 kg
Bryan Silva de Brito (Gladiators) – sub-16 – menos de 52 kg
Gabriel de Oliveira (Gladiators) – sub-16 – mais de 70 kg
Maria Eduarda Mascari (Yamato Dojo) – sub-16 – mais de 54 kg
Guilherme Gomes Silva (Gladiators) – sub-18 – mais de 76 kg
Bárbara Chacon Hor Cruz (Gladiators) – sub-18 – menos de 53 kg
Leonardo Figueroa (Seikan/Guto SBC) – sub-21 – menos de 67 kg
Jéssica Linhares de Paula (Gladiators) – sub-21 – menos de 50 quilos
Rafaela Beatriz Santos Silva (Yamato Dojo) – sub-21 – menos de 68 kg

Katá
Cauã Eduardo dos Santos (Yamato Dojo) – sub-14 – absoluto

Dados – Neste ano, em Santiago, no Chile, no Campeonato Pan-Americano da categoria sênior (mais de 18 anos), Jéssica Linhares de Paula conquistou medalha de bronze. Na cidade de Guayaquil, no Equador, no Campeonato Sul-Americano, Jéssica Linhares foi campeã na sub-21 e ainda obteve o segundo lugar na sênior. Bárbara Chacon, na júnior, menos de 53 kg, ficou com o vice-campeonato. Guilherme Gomes Silva (Gladiators), na júnior, mais de 76 kg; também faturou a prata. Giulie Anne Cirillo Soares (Gladiators), na sub-14, mais de 47 kg, ganhou o bronze. Assim como Beatriz Alves da Silva (Academia Kami Dojo), na sub-14, menos de 47 quilos.

Já os caratecas Rafaela Beatriz Santos Silva (Academia Yamato Dojo), na júnior, mais de 59 kg; e Gabriel Pereira Stankunas (formado na Yamato Dojo, mas que representa atualmente a equipe Resistência/Unisanta/HomeLife/Fupes Santos), na sênior, menos de 60 kg, participaram do Campeonato Sul-Americano, mas não subiram no pódio. 

Treinos – Os caratecas de Praia Grande treinam em cinco academias da Cidade. No Bairro Tupi, a equipe da Academia Gladiators tem comando do sensei Rodrigo Inácio. No Ocian, o grupo da Yamato Dojo é conduzido por Carolina Ramalho. No Samambaia, o time da Kami Dojo possui Ronaldo Rodrigues como mestre. No Boqueirão, o selecionado da Yoshimura Kyokai recebe orientação técnica do mestre Jorge Yoshimura. No Tupi, a turma da Seikan pertence ao técnico Márcio Papi. 

Há ainda, treinamentos públicos (gratuitos) disponibilizados pela Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) de Praia Grande. Sob comando do professor Luiz Fernando de Almeida Antunes, faixa preta 3º Dan, as aulas acontecem no Ginásio da SEEL (Avenida Minsitro Marcos Freire, 33579, Bairro Tupiry), às terças e quintas-feiras, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas; no Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180), às segundas, quartas e sextas-feiras, das 9 às 12 horas; e na Pista Municipal de Atletismo (Rua José Bonifácio, 400, Bairro Sítio do Campo), às segundas, quartas e sextas-feiras, das 14 às 17 horas.

Sob orientação do professor Jorge Yoshimura, faixa preta 8º Dan, os ensinamentos são realizados de segunda a sexta-feira, após às 18 horas, os treinos ocorrem no Ginásio Rodrigão (Av. Pres. Kennedy, 8169 – Mirim). Às segundas, quartas e sextas-feiras, das 13 às 17 horas, as atividades acontecem no Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180). Às terças e quintas-feiras, das 13 às 17 horas, as aulas desenvolvem-se no Centro de Apoio à Família do Educando (CAFE) do Bairro Vila Sônia (Rua João Andrade de Jesus, s/nº).

Ginástica rítmica de Praia Grande disputa Troféu Metropolitano

Time da Cidade competiu na Capital
30/7/2018

A equipe de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) conquistou três premiações (um ouro, uma prata e um bronze) no Troféu Metropolitano de Ginástica Rítmica, evento regido pela Liga Metropolitana (LMGR) com chancela da Federação Paulista de Ginástica. A disputa realizada no último sábado (28), ocorreu no Ginásio do São Paulo Futebol Clube, na Capital.

O troféu de primeiro lugar veio na prova do arco, o de segundo colocado ocorreu na bola e o de terceiro nas mãos livres, todos na categoria pré-mirim (6 e 7 anos), nível A (separação por nível técnico). Sob comando da professora Flávia Beatriz Ferro representaram a Cidade as ginastas Isabelle Souza de Freitas e Maria Laura Avelino.

Na categoria livre, as atletas de Praia Grande também receberam troféus de destaques. Foram premiadas Yamilly Miguita e Maria Julia Miguel (nível B – mãos livres), Ana Julia Souza e Stephanie Mendonça (C – corda), Letícia Moraes Oliveira e Bruna Ribeiro (D – arco), Maria Eduarda Mezziara e Larissa Conceição (E – bola), e Bruna Costa (F – maças). Além das ginastas de Praia Grande, competiram atletas da Academia Impacto, Colégio Estrela Guia, Academia Lú Ritmos, São Paulo FC, Esporte Conviver, Volare Poços de Caldas, Brasil FC, Usiminas/Cubatão, Collinas, Piracaia Dança de Salão e Vila Souza Atlético Clube/Guarujá.

Polo – A Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) de Praia Grande disponibiliza gratuitamente para meninas da Cidade, de 8 a 16 anos, polo de iniciação e treinamento competitivo de ginástica rítmica desportiva. Os treinos acontecem no Ginásio da SEEL (Avenida Ministro Marcos Freire, 33579, Bairro Tupiry – entrada pela Rua João Balbino Corrê, s/nº), de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, sob responsabilidade técnica da professora Flávia Beatriz Ferro. 

Para participar dos ensinamentos, os interessados devem comparecer aos locais utilizando roupa esportiva e documento de identidade (com foto). É preciso estar acompanhada pelo responsável. Depois de preenchida ficha cadastral, o participante também deve apresentar atestado médico. Caso não haja vaga imediata, a interessada entra na lista de espera. Outras informações podem ser obtidas na sede da SEEL e no telefone 3496-5601.


Surfistas disputam evento estadual

Atletas de Praia Grande competiram na segunda etapa do Hang Loose
30/7/2018

A equipe de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) competiu na segunda etapa do 31º Circuito Hang Loose Surf Attack (Circuito Estadual de Surfe Amador), evento regido pela Federação Paulista de Surf (FPS) com chancela da Confederação Brasileira (CBS). A disputa finalizada no último domingo (29) ocorreu na praia de Maresias, em São Sebastião, e reuniu mais de 200 atletas. 

Na categoria júnior, Gabriel Nieba parou na segunda rodada (32 melhores) e Claudio Satnisci na primeira (48). Na mirim (15 e 16 anos), Gustavo Giovanardi chegou as quartas de final (16 melhores). Henrique Liberato ficou na segunda rodada (32) e Breno Nieba na primeira (48). Na petit, Maria Beatriz e Thiago Doncev encerraram a participação nas quartas de final (16). Na feminina sub-16, Carol Bastides terminou a participação na primeira fase (30).

Além dos títulos individuais, a competição tem disputa por cidades (pontuação geral). Na classificação parcial, a turma de Praia Grande aparece na sétima colocação. Vale frisar que a terceira etapa do Circuito Paulista acontece de 28 a 30 de setembro, em local ainda não definido. A quarta e última rola de 26 a 28 de outubro, também sem sede estabelecida. 

Primeira – Em maio, na praia de Itamambuca, em Ubatuba, a equipe de Praia Grande competiu na primeira etapa do 31º Circuito Hang Loose Surf Attack (Circuito Estadual de Surfe Amador). Na categoria júnior, Gabriel Nieba terminou em nono lugar. Claudio Satnisci parou na segunda rodada (32 melhores). Bruno Senatori ficou na primeira rodada (48). Na mirim (15 e 16 anos), Breno Nieba, Caio Braz, Henrique Liberato e Gustavo Giovanardi pararam na primeira rodada (48). Na petit, Maria Beatriz e Thiago Doncev encerraram a participação na primeira fase (30). Na feminina sub-16, Carlo Bastides terminou entre as 29 melhores).

Retrospecto – Em 2017, na classificação geral por equipes, Praia Grande terminou na quinta posição, atrás de Ubatuba, São Sebastião, Guarujá e Bertioga. Individualmente, o melhor resultado veio com Gustavo Giovanardi que terminou em nono lugar na iniciante. Thiago Doncev foi 13º colocado na petit. Mesma posição de Kauê Alohinha na estreante. Breno Nieba e Caio Braz foram os 22º melhores na mirim. Na júnior, Gabriel Nieba assegurou a 17ª colocação.

Em 2016, o grupo municipal terminou em quinto lugar. Na júnior, Ayrton Dilan terminou em 17º lugar e Marcus Vinicius foi 20º. Na mirim, 18ª posição para Gabriel Nieba e 23ª para Bruno Senatori. Na iniciante, 10ª para Gustavo Giovanardi e 26ª para Breno Nieba. Na estreante, 16ª para Kaíque Carvalho e 21ª para Lucas Lopes. Na petit (até 10 anos), 15ª para Kaue Alohinha. 

Em 2015, Gustavo Giovanardi, categoria estreante, conquistou o vice-campeonato do 28º Torneio Hang Loose Surf Attack. Renan Rodrigues encerrou na 11ª posição. Na júnior, Ayrton Dilan ficou em 16º lugar. Na mirim, Vinícius Maia encerrou no 27º lugar. Na petit, Kauê Ribeiro garantiu a 13ª colocação. Em 2014, o destaque local foi Kaíque Carvalho que encerrou na quarta posição na categoria petit. Na estreante, Gustavo Giovanardi ficou na nona colocação. Na iniciante, Marcelo Kuhnen ficou no 21º lugar. Na júnior, 14ª posição para Leonardo Menyon. Na mirim, 15º lugar para Jefferson Veiga.

Em 2013, na júnior, Marcos Corrêa (PG) conquistou o bicampeonato (2012 e 2013). Leandro Cruz terminou na 13ª posição. Na mirim, Jefferson Veiga terminou na 12ª posição. Na iniciante, Gustavo Cruz foi o 24º colocado. Na estreante, 15ª e 23ª colocações para Gustavo Giovanardi e Daniel Oliveira. Na petit, Giovanardi acabou na nona posição. Em 2012, Marcos Corrêa conquistou o título na júnior. Leandro Cruz encerrou na 15ª posição. Na mirim, Corrêa obteve o terceiro lugar. Na iniciantes, Jefferson Veiga ficou em oitavo lugar. Na estreante, 14ª posição para Luan Eugenio. Na petit, 11º e 17º lugares para Gustavo Giovanardi e David Leal. 

Em 2011, na júnior, Leandro Cruz ficou na sexta colocação. Ricardo Lima acabou no 11º lugar. Na mirim, 25ª posição para Jefferson Veiga. Na iniciante, 15º Jefferson Veiga e 21º Matheus Mariano. Na estreante, 10º Daniel Vieira. Na petit, 18º Davi Leal, 21º André Silva, 23º Igor Massarelli e Pablo Souza. Em 2010, na júnior, Maxsswell Ribeiro ficou em quinto lugar. Jefferson Veiga, estreante, também acabou na quinta posição.

Confira a agenda esportiva do fim de semana

Destaques para jogos de bocha e futebol
27/7/2018

A programação esportiva de Praia Grande neste fim de semana (28 e 29) destaca no sábado, na Quadra do Ocian Praia Clube, confronto final do Campeonato Metropolitano de Bocha. No domingo, chamam a atenção, nos Campos da Cidade, confrontos válidos pela sétima rodada do Campeonato Praia-Grandense de Futebol Masculino das 1ª e 2ª divisões. Entram em ação ainda, atletas da equipe municipal de surfe, vela e vôlei. 

Os times locais são frutos de parceria entre as Secretarias de Esportes e Lazer (SEEL) e Educação (Seduc) e contam com apoio das Ligas Municipais sediadas na Fábrica do Esporte Mestre Yoshihide Shinzato (Bairro Boqueirão). A entrada é gratuita nos eventos realizados na Cidade.

Confira na íntegra a programação local:

Sábado (28)
2ª etapa do etapa do 31º Circuito Hang Loose Surf Attack
8h30 – na praia de Maresias, em São Sebastião

Final do Campeonato Metropolitano de Bocha-rafa Masculina
Quadra do Ocian Praia Clube (Rua Comendador Oto Carlos Golanda, 80, Bairro Ocian), em Praia Grande
9 horas – Botafogo Atlético Clube x Clube Atlético Santa Cecília

45ª Semana Internacional de Vela Oceânica de Ilhabela
10 horas – em Ilhabela, São Paulo

10ª rodada do Campeonato Estadual de Vôlei Masculino sub-17 e sub-19
Ginásio Taquaral, em Campinas
17 horas – Praia Grande x Vôlei Renata/Campinas 

Domingo (29)
2ª etapa do etapa do 31º Circuito Hang Loose Surf Attack
8h30 – na praia de Maresias, em São Sebastião

8ª rodada do Campeonato Municipal de Futebol Masculino Adulto 1ª e 2ª Divisões 
Campo do Solemar (Rua Adriano dos Santos, s/nº, Bairro Cidade da Criança)
11 horas – 1ª divisão – Vila Mirim x Estrela do Norte
13 horas – 1ª divisão – Atlântico x Amigos da Vila Sônia

Campo do Cristal (Avenida das Castanheiras, 266, Bairro Samambaia)
11 horas – 2ª divisão – Cristal Etanol x Caieiras
13 horas – 2ª divisão – Atlético Melvi x Vila Sônia

Campo do Real Esporte Clube (Rua Antônio Luís Permaia, s/nº – Bairro Jardim Real)
11 horas – 1ª divisão – Real x SESC
13 horas – 2ª divisão – Nós Por Nós x Parquestão

Campo do Botafogo (Rua dos Trabalhadores, s/nº, Bairro Antártica)
11 horas – 2ª divisão – Botafogo x Unidos
13 horas – 2ª divisão – Vasquinho x Palmeirinhas
15 horas – 2ª divisão – Malaga x Oriental

Campo anexo ao Ginásio Magic Paula (esquina da Avenida dos Trabalhadores com a Rua Leila Maria de Barros Monteiro, s/nº, Bairro Antártica)
11 horas – 1ª divisão – Parma x Liberdade
13 horas – 2ª divisão – Treze de Maio x Jardim Quietude
15 horas – 2ª divisão – Bahia Litoral x Fúria

Campo do Melvi (Rua Milton de Oliveira, s/n, Bairro Melvi – atrás da caixa d’água da Sabesp)
11 horas – 1ª divisão – Folha Verde x Poty
13 horas – 1ª divisão – Galo de Ouro x Águia de Ouro
15 horas – 2ª divisão – Cruz de Malta x Veneno 

Campo do Palmeirinhas Esporte Clube (Rua João Batista Siqueira, 11.380, Bairro Antártica)
11 horas – 1ª divisão – América x Metropolitano
13 horas – 1ª divisão – Três Cores x Ajax Melvi
15 horas – 2ª divisão – Corinthians Vila São Jorge x Brasa.

Judoca de Praia Grande disputa o Troféu Brasil

Tawany Gianelo representa a Cidade
27/7/2018

A judoca Tawany Gianelo da Silva (Shopping Litoral Plaza), na categoria sênior, no peso meio-leve (48 a 52 quilos), é a representante da equipe de Praia Grande (Secretarias de Esporte e Lazer – SEEL e Educação – Seduc) na disputa do 17º Troféu Brasil de Judô Interclubes, evento regido pela Confederação Brasileira (CBJ). A competição ocorre nos dias 16 e 17 de agosto, na cidade de Canoas, no Rio Grande do Sul. A competição vale pontos para o ranking nacional visando a formação da seleção verde e amarela de 2019.

Nesta temporada, Tawany sagrou campeã da Copa São Paulo, vice-campeã paulista e foi sexta colocada nos 62º Jogos Regionais do Estado de São Paulo (competindo no peso leve – 52 a 57 kg). Em 2017, ganhou a prata no Campeonato Paulista, o bronze na Copa São Paulo e nos Jogos Regionais, assegurou a quinta colocação no Brasileirão Sênior e no Brasileiro Regional.

Após três anos (2014 a 2016) competindo pelo Esporte Clube Pinheiros, Tawany voltou em 2017 a integrar a seleção de Praia Grande. Ela faz parte de um seleto grupo de judocas que conquistaram todos os títulos possíveis na categoria de base (até 18 anos): campeã regional, paulista, dos Jogos da Juventude, Regionais e Abertos do Interior; sul-brasileira, brasileira, sul-americana, pan-americana, de etapas do circuito europeu, mundial sub-17; e ainda, paulista, brasileira e sul-americana escolar.

O grupo municipal treina de segundas as sextas-feiras, após as 17 horas, no Centro de Excelência Professor João Carlos Ribeiro Manso Júnior (esquina das Ruas Arari e Carimbó – espaço anexo ao Ginásio Rodrigão – BairroTupi), com os professores Alberto Bittencourt Silva, Danusa Shira Bittencourt e Rodrigo de Matos.

Retrospecto – No Troféu Brasil Interclubes de Judô de 2017, quatro atletas de Praia Grande participaram, mas não subiram no pódio: Roberto Carlos dos Santos Júnior no peso meio-leve (60 a 66 quilos), Tawany Gianelo da Silva no meio-leve (48 a 52 kg), Gilmara Cristina Prudêncio no leve (52 a 57 kg) e Agatha Martins Silva no pesado (mais de 78 kg).

Em 2016, Agatha Martins Silva ficou em sétimo lugar no peso pesado (mais de 78 quilos). Em 2015, Gilmara terminou em quinto lugar e Thamiris Anacleto Neris Cabral garantiu a sétima posição. Em 2014, Agatha no pesado ficou em quinto lugar. No leve, Gilmara foi derrotada na primeira luta. Em 2013, quatro atletas de Praia Grande competiram, mas não ganharam medalhas: Geovana Soares de Lima e Gilmara, peso leve, Jheniffer Stephany Ferreira Ernandes e Laura Maria Nunes Pimenta, superligeiro (até 44 kg). Em 2009, Renato Flor Florio, pesado (mais de 100 kg), perdeu na primeira luta.

Handebol masculino joga fora de casa

Equipes da Cidade enfrentam times do Pinheiros
27/7/2018

As equipes masculinas de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) voltam a jogar no dia 14 de agosto, pela primeira fase do Campeonato Estadual de Handebol promovido pela Liga Paulistana (LPHB). Na oportunidade, a partir das 17h30, no Ginásio do Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo, na Capital, as turmas municipais infantil (13 e 14 anos) e cadete (15 e 16) enfrentam os donos da casa.

Nos jogos realizados anteriormente, na infantil (13 e 14 anos), o selecionado de Praia Grande derrotou o grupo da Prefeitura de Mongaguá (duas vezes) por 26 a 6 e 19 a 12, Escola Estadual Professor Roberto Simonini/SP por 28 a 9 e Guarujá por 21 a 16, e foi superado pelo time paulistano do Esporte Clube Pinheiros por 30 a 13.

Na categoria masculina cadete (15 e 16 anos), a turma praia-grandense perdeu para a Escola Estadual Professor Roberto Simonini/SP por 27 a 25 e para o Esporte Clube Pinheiros por 34 a 16. Vale frisar que as equipes municipais são comandadas pelo professor Evandro Luiz Andrade com auxílio de Luciene Gonçalves, a Cuba.

Outras – O grupo de Praia Grande disputa outras duas categorias do evento estadual. Na adulta (idade livre), nas partidas realizadas, o selecionado municipal venceu o time da Prefeitura de Diadema, por 27 a 26, Prefeitura de Jacareí por 22 a 17 e da Prefeitura de Diadema por 26 a 24; perdeu para o de Mongaguá por 35 a 29, São Paulo FC por 37 a 30 e ASE/Santista por 30 a 25.

Na mirim (até 12 anos), a disputa ocorre em formato de Circuito. A cidade de Praia Grande já sediou duas fases deste. Na segunda, a turma municipal venceu a equipe da Prefeitura de Mongaguá por 3 a 0 e perdeu para a da Prefeitura de Jacareí por 2 a 1. Na primeira etapa, o time local venceu Mongaguá por 2 a 1 e empatou com Jacareí por 2 a 2.

Retrospecto – Em 2017, a turma juvenil de Praia Grande sagrou-se campeã da LPHB. Na decisão, os rapazes da Cidade venceram o time do Clube Paulista de Handebol/Sírio Libanês por 31 a 27. Na semifinal, ganharam de Santo André por 31 a 17. Na primeira fase da competição, derrotaram Mongaguá (duas vezes) por 31 a 17 e 26 a 18; Santo André (duas vezes) por 25 a 12 e 24 a 21; Francisco Morato por 23 a 17, e Clube Paulista de Handebol/Sírio Libanês por 30 a 25; empataram com o Clube Paulista por 20 a 20; e perderam para o Colégio Eduardo Gomes/São Caetano do Sul por 31 a 29. 

Na infantil, na decisão do terceiro lugar, o grupo da Cidade ganhou de Taubaté por 16 a 12. Na semifinal, havia perdido para o Esporte Clube Pinheiros. Na primeira fase, venceu por 18 a 13 São Vicente e por 25 a 18 Taubaté; perdeu por 31 a 14 para o Esporte Clube Pinheiros e por 10 a 4 para Taubaté. Na cadete , na decisão do bronze, a turma de Praia Grande superou a turma do CESC/Rio de Janeiro por 35 a 34. Na semifinal, perdeu para o Pinheiros. Na primeira fase, venceu Pindamonhangaba por 32 a 17, Taubaté por 29 a 21 e Santo André por 23 a 15 e 20 a 12; perdeu para o Esporte Clube Pinheiros por 29 a 25 e Taubaté por 27 a 24. 

Na adulta (idade livre), na decisão do terceiro lugar, a equipe praia-grandese passou por Franco da Rocha por 36 a 20. Na semifinal, perdeu para Diadema. Na primeira fase, ganhou de Diadema por 31 a 26; perdeu para Franco da Rocha por 24 a 23, São Vicente por 22 a 19, Diadema por 35 a 25 e Mongaguá (duas vezes) por 26 a 24 e 27 a 26. Em 2013, foi a primeira vez (e até então única) que as equipes masculinas de Praia Grande disputaram o Campeonato Estadual da Liga Paulistana de Handebol. Naquela oportunidade, a turma cadete (15 e 16 anos) de Praia Grande conquistou, de forma invicta, a medalha de ouro. Na decisão, o time municipal venceu, por 26 a 24, o grupo da Prefeitura de Jacareí. A garotada da infantil faturou o bronze.

%d blogueiros gostam disto: