• +55 13 99615 8477
  • vendas@euamopg.com

Arquivo da tag escolas

ACABOU AS FÉRIAS 😢 | VLOG: VOLTA ÀS AULAS 

Dia do Brincar reúne 600 crianças e pais

Evento fez parte da Semana Mundial do Brincar
23/5/2018

Praia Grande aderiu, mais uma vez, à Semana Mundial do Brincar. Todas as escolas estão intensificando, ao longo desta semana, a realização de brincadeiras e promovendo momentos lúdicos entre pais e filhos. A abertura da Semana do Brincar ocorreu no dia 19, na EM Maria Clotide Comitre Rigo, Bairro Esmeralda. Mais 600 pessoas “brincaram” ao longo de todo o evento. Cerca de 110 servidores públicos se envolveram na organização das atividades.

Brincadeiras de todo tipo atraíram crianças e adultos. Slackline, jogos de tabuleiros, atividades cooperativas e recreativas na quadra, aula de dança, brincadeiras de corda, amarelinha, chute a gol foram algumas das atividades promovidas. A contação de histórias, promovida Biblioteca Municipal Porto do Saber, foi um dos destaques, recebendo a visita de 197 pessoas de todas as idades. Brincadeiras de fantasias, pinturas no rosto e escultura de balões fizeram a festa da criançada. A Secretaria de Trânsito marcou presença promovendo brincadeiras educativas relacionadas às regras do trânsito. A ONG Ecophalt realizou teatro de fantoches e outras atividades relacionadas à reciclagem. Parceira do evento, a Tetrapack também abordou esse tema, por meio de um jogo da memória ecológico, além de mostrar ao público como é o processo de fabricação de papel reciclado a partir de embalagens. A ONG Mantas do Brasil também marcou presença, promovendo atividades diversas e jogos educativos que abordavam a preservação marinha.

“O objetivo é levar as pessoas a valorizarem o brincar e perceberem que isso é importante em qualquer idade. As brincadeiras fortalecem as relações entre pais e filhos, além de serem extremamente importantes para o desenvolvimento da criança, contribuindo para capacidades emocionais e motoras”, afirmou a diretora da Divisão de Educação Infantil, Silvia Cineli Quaranto.

Maria Socorro Tenório foi ao evento com suas duas netas. “Estamos aproveitando. Elas já fizeram pintura no rosto, se fantasiaram, coloriram desenhos, assistiram as contações de histórias. Está sendo muito legal”.

Maria Betânia Silva dos Santos foi ao Dia do Brincar com a filha Evelyn, de 12 anos, e o filho Emerson, de 7 anos. “Está sendo um dia legal, com uma programação bem diversificada. Estamos nos divertindo”.

Semana Mundial do Brincar – A iniciativa é estimulada pelo movimento Aliança pela Infância. Este ano a semana acontece de 20 a 28 de maio, com o tema “Brincar de Corpo e Alma”. A Aliança pela Infância é um movimento que atua em rede com seus núcleos e com a sociedade civil organizada, cujo compromisso é inspirar, articular, sensibilizar e mobilizar as pessoas em torno das causas da infância. Na Semana Mundial do Brincar, seu papel é de articular parcerias, pautar as discussões e atividades e dar estímulos conceituais e de conteúdo para que organizações, gestão pública e pessoas possam desenvolver atividades de brincar em todo o Brasil nesse período, de modo que estas se tornem também mais frequentes ao longo do ano.

CONSEA define diretrizes para o acompanhamento junto a nutricionistas nas escolas de PG

A reunião de definição ocorreu na quinta-feira (17)
21/5/2018

Na tarde desta quinta-feira (17), aconteceu na Casa dos Conselhos a reunião mensal do Conselho Municipal de Segurança Alimentar de Praia Grande (CONSEA), onde foram debatidos diversos assuntos referentes à segurança alimentar da cidade, entre eles a definição de diretrizes para o acompanhamento dos conselheiros junto às nutricionistas, nas escolas de Praia Grande. 

Além das definições, os conselheiros fizeram um documento de autorização da prefeitura, para a divulgação em seus meios de comunicação dos projetos realizados pelo conselho.
As reuniões do CONSEA acontecem todas as terceiras quintas-feiras de cada mês, a próxima está marcada para o dia 21 de junho, e é aberta ao público que se interessar nos assuntos da segurança alimentar de Praia Grande. 

A Casa dos Conselhos de Praia Grande está instalada dentro do Vivência Tupi, onde também funcionam a Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve), o Programa SuperEscola e o Programa Conviver. O local tem o objetivo de integrar diversos públicos e promover a cidadania entre os moradores de diferentes faixas etárias. O local funciona de segunda a sexta-feira das 8h30 às 17h30.

Escolas de Praia Grande jogam na 16ª Copa TV Tribuna de Futsal

Oito times da Cidade competem no evento regional
15/5/2018

Nesta quarta e quinta-feira (16 e 17), a partir das 18h30, no Ginásio do Sesc, em Santos, equipes de Praia Grande (Secretarias de Esporte e Lazer – SEEL – e Educação – Seduc) jogam na segunda rodada da primeira fase da 16ª Copa TV Tribuna de Futsal Escolar, categorias masculina sub-12 (atletas com no mínimo 10 anos) e feminina sub-15 (no mínino 12 anos), evento realizado pela TV Tribuna e Associação Nacional de Esportes (ANE), de Santos, com organização da Liga Regional de Futsal do Litoral Paulista (LRFSLP).

Confira a programação:

quarta-feira (16) – Ginásio do Sesc Santos
18h30 – feminino – EM Governador Franco Montoro/PG x Colégio Luiz Junior/São Vicente
19 horas – masculino – Colégio Alpha/PG x EMEF Prefeito José Meirelles/São Vicente
19h30 – masculino – Colégio Recanto Educacional/PG x Liceu Santista
20h30 – masculino – Colégio Objetivo/PG x UME Prefeito Osvaldo Justo/Santos
20h30 – masculino – Escola Celestin Freinet/PG x Escola Pequeno Príncipe 

quinta-feira (17) – Ginásio do Sesc Santos
18h30 – feminino – EE Deputado Rubens Paiva/PG x EMEF Pastor Joaquim Rodrigues da Silva/São Vicente
19 horas – feminino – EM Governador Franco Montoro/PG x EE Deputado Emílio Justo/Santos
19 horas – masculino – EM Albert Einstein/PG x Colégio Presidente Kennedy/Santos

Gols – No último sábado (12), na primeira rodada da competição masculina, pelo grupo 11, a turma praia-grandense da Escola Municipal Antônio Peres Ferreira venceu a do ESA Cajati por 2 a 1. Pelo grupo 8, o selecionado do Colégio Objetivo de Praia Grande ganhou do UME Doutor José da Costa e Silva Sobrinho/Santos por 5 a 1. Pelo grupo 9, o time da Escola Celestin Freinet/PG perdeu para o da EE José Batista Campos/Peruíbe por 4 a 0.

Vale frisar que na masculina, representam Praia Grande, os times da Escola Municipal Antônio Peres Ferreira (Grupo 11), EM Albert Einstein (G10), Escola Celestin Freinet (G9), Colégio Recanto Educacional (G2), Colégio Objetivo (G8) e Colégio Alpha (G18). No total, são 55 inscritos, divididos em 18 grupos (17 de três e 1 de quatro). Na feminina, representam a Cidade os times da EM Antônio Peres Ferreira (G2), EM Governador Franco Montoro (G3) e Escola Estadual Deputado Rubens Paiva (G4). No total, são 15 inscritos, separados em cinco grupos de três.

Na primeira fase, as equipes jogam todas contra todos, dentro de cada grupo, em turno único. Na masculina, avançam a segunda fase (32 melhores) os dois times primeiros colocados de cada chave. Na feminina, qualificam-se as quartas de final (oito melhores) os selecionados vencedores de cada grupo mais os três melhores segundos colocados por índice técnico. A competição tem término previsto para o dia 2 de junho.
Retrospecto – Em 2017, as equipes de Praia Grande conquistaram quatro medalhas (um ouro, duas pratas e um bronze) na Copa TV Tribuna de Futsal Escolar. Na masculina, na série bronze, o Colégio Objetivo (Bairro Tupi) foi campeão. Na série prata, a equipe do Colégio Recanto Educacional (Boqueirão) ficou com o segundo lugar. Na feminina, também na série prata, o time da EM Governador Franco Montoro (Maracanã) terminou na segunda colocação. Na série ouro, a turma do Colégio Objetivo ficou com o terceiro lugar.

Em 2016, os meninos do Colégio Piteco (Ocian) e do Colégio Objetivo ficaram em primeiro e segundo lugar, na série bronze. A turma masculina do Colégio Recanto sagrou-se vice-campeã da série prata. Na feminina, segunda posição para o Objetivo, na ouro; e terceira colocação para a EE Deputado Rubens Paiva (Samambaia), na bronze. Em 2015, as meninas da EE Antônio Nunes Lopes da Silva (Samambaia) foram vice-campeãs, na prata. As do Colégio Recanto asseguraram o terceiro lugar, na ouro. Na masculina, série prata, segundo lugar para o Objetivo. Em 2014, o grupo masculino sub-12 do Colégio Recanto terminou em terceiro lugar. 

Em 2013, a equipe masculina sub-15 do Colégio Objetivo sagrou-se vice-campeã. Em 2012, duas escolas de Praia Grande conquistaram medalhas de prata: Colégio Objetivo no feminino e Colégio Piteco no masculino. Em 2011, na masculina, a Escola Celestin Freinet chegou à fase quartas de final. Os times femininos da EM Antônio Peres Ferreira e do Objetivo foram até as quartas. Em 2010, na masculina, quem chegou nas quartas foi o Colégio Piteco. Na feminina, chegaram até as quartas, a EM Lions Club Ocian (Ocian) e EM Governador Franco Montoro (Maracanã). Em 2009, as meninas da EM José Júlio Martins Baptista (Sítio do Campo) terminaram em quarto lugar. Em 2008, o time feminino da EM Lions Clube Ocian (Ocian) garantiu o vice-campeonato. Em 2008 e 2007, pratas para os meninos do Piteco. 

Campanhas – Confira todos os resultados dos times de Praia Grande na Copa TV Tribuna de Futsal Escolar 2018:

Masculina – 1ª fase
grupo 8
12/5 – Colégio Objetivo/PG 5 x 1 UME Doutor José da Costa e Silva Sobrinho/Santos

grupo 9
12/5 – Escola Celestin Freinet/PG 0 x 4 EE José Batista Campos/Peruíbe

grupo 11
12/5 – EM Antônio Peres/Praia Grande 2 x 1 ESA Cajati

Semana de Teatro promove inserção cultural de alunos da Complementação

Apresentações ocorrem até sexta-feira (18), no Auditório Roberto Marinho
15/5/2018

Proporcionar aos alunos das dez escolas de Complementação Educacional a vivência de assistir a uma peça teatral. Com esta finalidade, até a próxima sexta-feira (18), cerca de 1,5 mil estudantes acompanham a apresentação dos espetáculos “Sítio do Picapau Amarelo, “Um Bebê em Apuros”, “Rock Rita Louca Lee” e “O Castelo Assombrado”. As encenações fazem parte da programação da Semana de Teatro, realizada no Auditório Jornalista Roberto Marinho (Bairro Mirim). 

A jovem Rainara Gabriela Silva dos Reis, 12 anos, acompanhou atenta a todas as cenas da peça “Sítio do Picapau Amarelo”. A aluna da EM Carlos Eduardo Conte de Castro (Bairro Tupiry) destacou o coleguismo e interação dos atores mirins que auxiliavam uns aos outros quando algo saía diferente do combinado em cima do palco. “Achei super bacana o carinho e entusiasmo que eles mostravam ter pela peça. Valeu muito a pena participar hoje”.

Além de promover a vivência de assistir a uma peça infantil, a Semana de Teatro permite a alguns alunos conhecer o trabalho realizado pela EM Porto das Artes. Caso do estudante Patrick Pinto de Souza, 11 anos, da EM 19 de Janeiro (Bairro Ribeirópolis) que acompanhou as apresentações “Um Bebê em Apuros”, “Rock Rita Louca Lee” e “O Castelo Assombrado”. “Com certeza vou pedir para a minha mãe tentar me matricular em uma das atividades oferecidas. Fiquei muito empolgado e quero participar”. 

O espetáculo “Sítio do Picapau Amarelo” traz ao público uma releitura da obra mais famosa do escritor Monteiro Lobato, com direção da professora Célia Meneses. As outras três peças, assistidas por Patrick, têm como produtor e diretor o docente Nei Boito. Todos os teatros fizeram parte da programação da XIII Mostra Cultural da Secretaria de Educação que ocorreu em dezembro do ano passado, no Teatro Municipal Serafim Gonzalez, no Palácio das Artes (PDA).

Para o diretor da Divisão de Complementação Educacional, Sandro de Freitas Lopes, a Semana de Teatro das Complementações permite aos alunos saírem da rotina escolar, além de inseri-los em ações culturais. “Um dos pontos está em trazê-los para um ambiente diferente. E a reação deles ao final dos espetáculos sempre é de alegria e satisfação em poder participar de um momento especial”. 

Contraturno – Com a inauguração da EM João Gonçalves (Joãozinho da Aviação), no início do ano, Praia Grande passou a contar com dez escolas de Complementação Educacional. Ligada ao Departamento de Complementação Educacional, Esporte e Cultura nas Escolas, da Secretaria de Educação (Seduc), as unidades permitem aos alunos realizarem diversas atividades no período oposto ao do ensino regular, ampliando, desta forma, a permanência da criança no contexto educacional. 

As unidades trabalham com base em quatro pilares: rotina de estudos – tempo reservado para a realização das tarefas do ensino regular, com o apoio de um pedagogo -, educação para valores – onde são abordados temas universais como conduta comportamental e respeito —, além de educação física e artes.

Fazem parte da Complementação Educacional, as seguintes escolas:

EM Hilda Guedes
EM João Gonçalves
EM 19 de Janeiro
EM Eduardo Gonçalves do Barreiro
EM Antonio Peres Ferreira
EM Sônia Marise
EM Carlos Eduardo Conte Castro
EM Natale de Lucca
EM Dorivaldo Francisco Loria
EM Fausto dos Santos Amaral 

Endereço – O Auditório Jornalista Roberto Marinho fica na Rua José Borges Neto, 50, Bairro Mirim. Mais informações pelo telefone 3496-2350.

PG recebe disputas dos Jogos Escolares do Estado

Cidade sedia partidas da categoria infantil (15 a 17 anos)
14/5/2018

Neste mês, a Cidade de Praia Grande recebe disputas válidas pelos Jogos Escolares do Estado de São Paulo (JEESP), categoria infantil (15 a 17 anos), evento regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ) com apoio das Secretarias Estaduais de Educação, dos Direitos da Pessoa com Deficiência, do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação. O evento conta com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) local.

Nesta terça-feira (15), a partir das 8 horas, no Ginásio Mirins III (Avenida Mauricío José Cardoso, 135, Bairro Forte), ocorrem partidas de futsal masculino da etapa um (só envolve escolas estaduais). Na quarta-feira (16), a partir das 12 horas, na Escola Estadual Doutor Reynaldo Kuntz Busch (Rua Oswaldo de Oliveira, 310, Bairro Boqueirão), acontece o torneio de xadrez feminino e masculino. Na quinta-feira (17), no mesmo horário e local, é a vez da disputa de damas mista.

Na sexta-feira (18), a partir das 9 horas, na EE Jardim Bopeva (Rua Monteiro Lobato, 883, Ocian), desenvolve-se a competição de tênis de mesa feminino e masculino. De 21 a 25, com início às 9 horas, na EE Kuntz Busch, há partidas de basquete feminino e masculino. No dia 23, a partir das 8h30, na pista municipal de Praia Grande (Rua José Bonifácio, 400, Bairro Sítio do Campo), rola a disputa de atletismo feminino e masculino. Nos dias 22, 25, 28 e 29, a partir das 8 horas, no Ginásio Mirins III (Bairro Forte), ocorrem novos confrontos do torneio de futsal.

Dados – Segundo o regulamento oficial da disputa, o JEESP é realizado em quatro categorias: pré-mirim (até 12 anos), mirim (13 e 14), infantil (15 a 17) e juvenil (18). Para alunos com deficiência física, intelectual e visual, há as divisões A (12 a 14 anos) e B (15 a 17). Cada uma tem uma fase final em local diferente. No geral, disputam-se as modalidades de atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia e xadrez; e para pessoas com deficiência (PcD): bocha, futebol de cinco e sete; goalball, basquete e tênis em cadeiras de rodas e vôlei adaptado.

A competição é dividida em quatro etapas. Na primeira, participam apenas escolas estaduais (inclusive as técnicas). Na segunda, disputam instituições de ensino municipais, privadas e técnicas federais. Na terceira, todas as unidades escolares são envolvidas. Na quarta, reúnem-se os campeões das etapas anteriores. Além das etapas, há a divisão por fases. A primeira fase do torneio é a inter diretorias que reúne escolas representadas pela Diretoria de Ensino (DE) local; no caso de Praia Grande, a Diretoria de Ensino de São Vicente (DESV) que reúne ainda as cidades de Itanhaém, Mongaguá e Peruíbe. A segunda fase é a regional que aglutina os times vencedores da DESV com os da DE de Santos (Santos, Guarujá, Cubatão e Bertioga) e DE de Registro (Registro, Barra do Turvo, Cajati, Iguape, Jacupiranga, Paraquiera-Açu, Eldorado, Sete Barras e Cananéia). 

Nos esportes coletivos, os vencedores das etapas regionais classificam-se diretamente para os Jogos Escolares da Juventude (JEJ) – etapa nacional (antiga Olimpíada Brasileira Escolar). Já nas modalidades individuais (como atletismo e natação, por exemplo), eles qualificam-se para a Seletiva Escolar Estadual. Passando por mais esta etapa, eles avançam ao JEJ. Além do site do JEESP, outras informações podem ainda ser obtidas no site www.selj.sp.gov.br.

Oito escolas de PG disputam a 16ª Copa TV Tribuna de Futsal

Times da Cidade competem neste sábado (12)
11/5/2018

Neste sábado (12), no Ginásio do Sesc, em Santos, oito equipes de Praia Grande (Secretarias de Esporte e Lazer – SEEL – e Educação – Seduc) iniciam a disputa da 16ª edição da Copa TV Tribuna de Futsal Escolar, categorias masculina sub-12 (atletas com no mínimo 10 anos) e feminina sub-15 (no mínino 12 anos), evento realizado pela TV Tribuna e Associação Nacional de Esportes (ANE), de Santos, com organização da Liga Regional de Futsal do Litoral Paulista (LRFSLP).

Na masculina, competem os grupos da Escola Municipal Antônio Peres Ferreira (Grupo 11), EM Albert Einstein (G10), Escola Celestin Freinet (G9), Colégio Recanto Educacional (G2), Colégio Objetivo (G8) e Colégio Alpha (G18). No total, são 55 inscritos, divididos em 18 grupos (17 de três e 1 de quatro). Na feminina, representam a Cidade os times da EM Antônio Peres Ferreira (G2), EM Governador Franco Montoro (G3) e Escola Estadual Deputado Rubens Paiva (G4). No total, são 15 inscritos, separados em cinco grupos de três.

Na primeira fase, as equipes jogam todas contra todos, dentro de cada grupo, em turno único. Na masculina, avançam a segunda fase (32 melhores) os dois times primeiros colocados de cada chave. Na feminina, qualificam-se as quartas de final (oito melhores) os selecionados vencedores de cada grupo mais os três melhores segundos colocados por índice técnico. A competição tem término previsto para o dia 2 de junho.

Confira os primeiros jogos programados:

sábado (12) – Ginásio do Sesc Santos
11h15 – masculino – EM Antônio Peres/Praia Grande x ESA Cajati
16 horas – masculino – Escola Celestin Freinet/PG x EE José Batista Campos/Peruíbe
17h30 – masculino – Colégio Objetivo/PG x UME Doutor José da Costa e Silva Sobrinho/Santos

quarta-feira (16) – Ginásio do Sesc Santos
18h30 – feminino – EM Governador Franco Montoro/PG x Colégio Luiz Junior/São Vicente
19 horas – masculino – Colégio Alpha/PG x EMEF Prefeito José Meirelles/São Vicente
19h30 – masculino – Colégio Recanto Educacional/PG x Liceu Santista
20h30 – masculino – Colégio Objetivo/PG x UME Prefeito Osvaldo Justo/Santos
20h30 – masculino – Escola Celestin Freinet/PG x Escola Pequeno Príncipe 

quinta-feira (17) – Ginásio do Sesc Santos
18h30 – feminino – EE Deputado Rubens Paiva/PG x EMEF Pastor Joaquim Rodrigues da Silva/São Vicente
19 horas – feminino – EM Governador Franco Montoro/PG x EE Deputado Emílio Justo/Santos
19 horas – masculino – EM Albert Einstein/PG x Colégio Presidente Kennedy/Santos

Retrospecto – Em 2017, as equipes de Praia Grande conquistaram quatro medalhas (um ouro, duas pratas e um bronze) na Copa TV Tribuna de Futsal Escolar. Na masculina, na série bronze, o Colégio Objetivo (Bairro Tupi) foi campeão. Na série prata, a equipe do Colégio Recanto Educacional (Boqueirão) ficou com o segundo lugar. Na feminina, também na série prata, o time da EM Governador Franco Montoro (Maracanã) terminou na segunda colocação. Na série ouro, a turma do Colégio Objetivo ficou com o terceiro lugar.

Em 2016, os meninos do Colégio Piteco (Ocian) e do Colégio Objetivo ficaram em primeiro e segundo lugar, na série bronze. A turma masculina do Colégio Recanto sagrou-se vice-campeã da série prata. Na feminina, segunda posição para o Objetivo, na ouro; e terceira colocação para a EE Deputado Rubens Paiva (Samambaia), na bronze. Em 2015, as meninas da EE Antônio Nunes Lopes da Silva (Samambaia) foram vice-campeãs, na prata. As do Colégio Recanto asseguraram o terceiro lugar, na ouro. Na masculina, série prata, segundo lugar para o Objetivo. Em 2014, o grupo masculino sub-12 do Colégio Recanto terminou em terceiro lugar. 

Em 2013, a equipe masculina sub-15 do Colégio Objetivo sagrou-se vice-campeã. Em 2012, duas escolas de Praia Grande conquistaram medalhas de prata: Colégio Objetivo no feminino e Colégio Piteco no masculino. Em 2011, na masculina, a Escola Celestin Freinet chegou à fase quartas de final. Os times femininos da EM Antônio Peres Ferreira e do Objetivo foram até as quartas. Em 2010, na masculina, quem chegou nas quartas foi o Colégio Piteco. Na feminina, chegaram até as quartas, a EM Lions Club Ocian (Ocian) e EM Governador Franco Montoro (Maracanã). Em 2009, as meninas da EM José Júlio Martins Baptista (Sítio do Campo) terminaram em quarto lugar. Em 2008, o time feminino da EM Lions Clube Ocian (Ocian) garantiu o vice-campeonato. Em 2008 e 2007, pratas para os meninos do Piteco.

Maquete ‘Cidade Sustentável’ e Ecoação serão atrações da Semana da Água

Atividades são realizadas pelo Departamento de Educação Ambiental de PG
Uma maquete que mostra uma cidade totalmente sustentável e ainda detalha o caminho percorrido pela água desde o manancial, passando pelas etapas de tratamento até chegar às residências. A atração, desenvolvida pela Sabesp e exposta no Departamento de Educação Ambiental (DEA) de Praia Grande, é uma das atrações da Semana da Água, a ser comemorada de 19 a 23 de março. O Dia Mundial da Água é celebrado em 22 de março. O DEA fica no Portinho (Rua Sérgio Paulo Garcia, Bairro Sítio do Campo, próximo à entrada da Cidade).

Para explorar pedagogicamente a maquete, os educadores do DEAapresentam o equipamento às crianças e adolescentes que visitam ou participam dos projetos ambientais desenvolvidos no local. Conforme é realizada a explanação sobre o caminho da água, as luzes da maquete se acendem indicando a parte que está sendo explicada. A maquete demonstra uma cidade ideal do ponto de vista da sustentabilidade, com casas que utilizam telhado verde, energia solar e fazem reuso da água de chuva.

A principal atração da maquete é o detalhamento do caminho da água, mostrando desde que sai do manancial, passando pelo sistema de captação e pela Estação de Tratamento da Água (ETA) com filtros e decantadores, até chegar às residências. O equipamento também mostra o funcionamento do sistema de esgoto, detalhando as etapas da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).“O objetivo é levar as crianças a aprenderem como funcionam todos estes sistemas e se conscientizarem da importância de cuidarem dos mananciais e evitarem o descarte incorreto do lixo, que vai parar na água. Também visa conscientizá-los da importância do esgoto ligado corretamente”, explicou o assessor da Sabesp, Álvaro Hermida Lourenço.

Para a diretora do DEA, Eliane Queiroz, a maquete é uma ferramenta pedagógica muito eficaz para ensinar diversos conceitos ambientais de forma menos teórica e mais prática.
A aluna Gabriela Marcelino Vieira, de 9 anos, já conheceu a maquete. “Achei interessante o sistema de reuso da água. Aprendemos que não podemos desperdiçá-la”, disse.

Ecoação – Outra atividade que marcará a Semana da Água em Praia Grande é a limpeza da praia pelos alunos e professores do DEA. A iniciativa, chamada de Ecoação, será realizada no dia 22 no período da manhã, na Praia Tupi (altura do Emissário Submarino), com estudantes da EM José Padin Mouta. A ação fará parte do projeto O Mar é Nosso, que já é desenvolvido com os estudantes epromove o conhecimento do ambiente marinho,visando sua preservação. Também será realizada a Ecoação na praia do Forte, com alunos das escolas municipais Antonio Peres e Maria Clotilde.

ODia Mundial da Água é celebrado anualmente em 22 de março, com o intuito de chamar atenção para a importância da água potável e defender a gestão sustentável dos recursos hídricos. O tema do evento estabelecido pela ONU para 2018 é “Soluções Naturais para a Água”. A ONU defende o uso de soluções baseadas no meio ambiente para resolver problemas hídricos. Essas estratégias focam na gestão de vegetações, solos, mangues, pântanos, rios e lagos, que podem ser utilizados por suas capacidades naturais para o armazenamento e limpeza da água.

Paratleta de PG participa de Camping Nacional Escolar

Glória Poliana foi convocada pelo Comitê Paraolímpico Brasileiro 
Convocada pelo Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB), a praia-grandense Glória Poliana Platner do Amaral, 16 anos, categoria T54 (poliomielite, lesão medular e/ou amputação) participou da primeira etapa do Camping Escolar de Atletismo, realizada no último mês (fevereiro), no Centro de Treinamento Paralímpico do CPB, em São Paulo, na Capital. O evento reuniu 40 jovens do país quedestacaram-se na disputa das Paraolímpiadas Escolares de 2017.

Nesta disputa, Glória conquistou três medalhas de ouro nos 100, 400 e 1.500 metros para cadeirantes. O Camping visou treinamentos específicos de cada modalidade (atletismo e natação) para auxiliar na evolução dos paratletas. Além da paratleta local, a professora de atletismo para pessoas com deficiência (PcD) de Praia Grande, Daniela EikoItani, também participou das duas intensas semanas de atividades.

“Aprendi muitas coisas e conheci pessoas incríveis”, afirmou Glória. “A rotina de treinamentos, trabalhando em dois períodos e desenvolvendo novas técnicas, foi muito importante e bacana. Amei esta experiência que pude viver, foi quase que inexplicável. Quero continuar sendo convocada e manter minha posição no grupo brasileiro”.

A técnica Daniela abordou a importância do Camping: “Os paratletas em nível escolar tiveram a oportunidade de treinar no mesmo local da seleção adulta, nos mesmos horários, com palestras e contatos diretos com os medalhistas em competições internacionais. Também visitaram o Museu de Futebol e o Aquário de São Paulo. Foi um período de enriquecimento para todos e muito acúmulo de conhecimento. A segunda etapa do Camping está prevista para junho”.

Dados – Gloria é aluna da Escola Estadual Professor Antônio Nunes Lopes da Silva (Bairro Samambaia). Em 2017, obteve medalha de ouro nos 200 metros para cadeirantes na etapa nacional do Circuito Paraolímpico Loterias Caixa Brasil, nos 100 e 400 metros nos Jogos Regionais do Estado. Integrando a seleção paulista nas ParaOlímpiadas Escolares venceu as provas de 100, 400 e 1.500 metros. Foi ainda, medalha de prata nos 200 metros nos Jogos Regionais. Em 2016, nos Jogos Abertos, faturou o ouro nos 100, 200 e 400 metros rasos. Nos Regionais, ganhou os 100 metros, ficou em segunda nos 200 e em terceira, nos 400.

No Circuito Paraolímpico, foi prata nos 100 e 400 metros, e bronze nos 200 metros. Nas ParaOlímpiadas Escolares foi vice-campeã nos 100, 200 e 400 metros. Em 2015, foi vice-campeã dos 100 metros nos Jogos Regionais. Em 2014, foi campeã nos 100, 300 e 1.000 metros nas Paraolímpiadas Escolares. Em 2013, faturou três pratas nos 100, 300 e 1.000 metros nas Paraolímpiadas Escolares. Conquistou três medalhas (dois ouros e uma prata) nos Jogos Escolares do Estado de São Paulo (JEESP). Venceu as provas de 100 e 300 metros. Foi ainda vice-campeã no arremesso do peso. No IX Troféu Sérgio Seraphin Del Grande, sagrou-se campeã das provas de 100, 200 e 400 metros.

Profissionais do Juventude Legal participam de capacitação

Palestra ocorreu na sede da Subjuve nesta quarta-feira (7) 
Na tarde desta quarta-feira (7) profissionais de diversas secretarias municipais que fazem parte da equipe do Juventude Legal passaram por uma capacitação com o intuito de aprimorar a comunicação com os adolescentes para poder atrair e passar as informações de melhor maneira possível nas palestras.

A palestra ficou por conta da professora e mestre em comunicação Isys Remião, que exaltou a importância de capacitações para a comunicação com os jovens. “Todo mundo que lida diretamente com o jovem precisa entender um pouco o perfil deles, a comunicação mudou muito ao longo dos últimos anos e isso é muito latente no jovem, então nós precisamos mudar e repensar nossa forma de se comunicar, então eles se apropriando disso e vendo outras possibilidades de chegar nesse aluno, eles acabam passando a informação da melhor forma”.

De acordo com subsecretário de Assuntos da Juventude, Augusto Schell, o objetivo das oficinas é capacitar os colaboradores do Juventude Legal para que cada vez mais eles possam despertar o interesse do público jovem sobre os assuntos que serão abordados no projeto.
“Eles são funcionários públicos que estão exercendo o seu serviço, então as secretarias fazem esse esforço para que eles possam ir até as salas de aula dentro do Juventude Legal e com isso ofertamos para eles técnicas de abordagem, metodologias práticas para poder facilitar esse contato com os jovens”.

Serviço – O Juventude Legal é um projeto da Subsecretaria de Juventude, da Secretaria de Governo. Além das pastas municipais, a ação conta com participação de parceiros como a Junta Militar e a Companhia Teatral Genoma. São desenvolvidas palestras para jovens em escolas do Município nas áreas de saúde, emprego, sexualidade e promoção social, entre outros.

Cerca de 1.300 alunos participam das atividades do Gape em 2018

Reunião com dez escolas envolvidas acerta detalhes para edição deste ano .
Dez escolas da rede municipal de ensino se preparam para receber mais uma edição do Grupo de Apoio à Cidadania e Prevenção à Violência nas Escolas (GAPE). Nesta quarta-feira (28), representantes da unidade participaram de encontro, realizado na sala de reunião do Centro Integrado de Comando e Operações Especiais (Cicoe), para acertar os últimos detalhes para o cronograma de 2018. Este ano, cerca de 1.300 alunos serão beneficiados com o projeto.

De responsabilidade da Guarda Civil Municipal (GCM), as atividades alusivas ao Gape iniciam na próxima segunda-feira (5). Na primeira visita às escolas, os guardas municipais envolvidos no programa terão um bate-papo com os alunos para explicar como funciona o Grupo de Apoio e quais as propostas de ações que ocorrerão ao longo do ano. Os jovens ainda receberão cartilhas para serem utilizadas em sala de aula.

Voltado aos alunos de 5º ano do Ensino Fundamental, o projeto tem como objetivo trabalhar a reestruturação familiar, buscando diminuir índices de violência e criminalidade. Para alcançar o objetivo, o Gape atua estimulando principalmente a autoestima, a valorização dos vínculos afetivos, a prevenção a qualquer forma de violência, vandalismo e combate às drogas, além de inserir conceitos éticos.

De acordo com um dos responsáveis pelo Gape, o guarda municipal Eli de Moura Veronez, o Grupo de Apoio terá como hábito realizar, a partir deste ano, uma reunião inicial com todos os envolvidos. “Assim conseguimos já detalhar algumas questões pertinentes à rotina do Gape nas escolas, bem como já começar a pensar em datas e demais itens relacionados à formatura que ocorre no final do ano para encerrar as atividades”.

Além de Veronez, Allan Rodrigues e Roberto Silva são os responsáveis pelas aulas ao longo do ano. “Outros dois aspectos marcam a necessidade desse primeiro encontro. Um deles, diz respeito a fazer um balanço e retrospectiva das ações no ano anterior. O outro está em estreitar, cada vez mais, o relacionamento entre nós e os gestores das unidades. Pois são eles que sentem a diferença no comportamento dos alunos após participarem do projeto”, ressaltou Rodrigues.

Assim como ocorreu em 2017, participam das atividades este ano, os alunos das escolas municipais:

EM Mário Possani (Bairro Nova Mirim)
EM Professor Fued Temer (Guilhermina)
EM José Padin Mouta (Tupi)
EM Thereza Magri (Antártica)
EM Ronaldo Sérgio Alves Lameira Ramos (Sítio do Campo)
EM Professora Isabel Figueroa (Aviação)
EM Cidade da Criança (Cidade da Criança)
EM Estina Campi Batista (Canto do Forte)
EM José Júlio Martins Baptista (Glória)
EM Vila Mirim (Mirim)

PG Notícias – entrega de kits de material escolar 2019

Temas abordados no programa Juventude Legal 2018 são definidos

Projeto atenderá 40 escolas públicas e privadas durante o ano

Na tarde de sexta-feira (23), os representantes de diversas secretarias municipais e a equipe da Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve) estiveram reunidos para definir as oficinas que serão apresentadas e acertar os últimos detalhes da programação do Juventude Legal 2018. O programa estará de volta no próximo dia 6 e atenderá 40 colégios da rede pública e privada do Município. A reunião ocorreu na sede da Subjuve, localizada na Rua Xavantes, 51, no Bairro Tupi.

A meta do Juventude Legal é apresentar aos jovens as políticas públicas que são aplicadas para essa faixa etária. O coordenador do Juventude Legal, Tadeu Costa, começou a reunião explicando que o Juventude Legal, iniciou as atividades em 2013, como programa piloto e foi sendo aprimorados nos últimos anos. “Nossa proposta é levar cidadania para mais de 12 mil jovens do Município que estão matriculadas nas escolas públicas e privadas”.

Este ano as palestras terão a duração de 50 minutos, em 2017 a duração era de 30 minutos. As instituições que participarão do programa e os temas abordados são: pela Secretaria de Assuntos Institucionais (Seai) empregabilidade, empreendedorismo e Banco do Povo, a Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur) apresentará oficinas sobre cultura e o turismo na Cidade; a Secretaria de Segurança Pública (Seasp) palestrará sobre as atribuições, competências e serviços da Guarda Civil Municipal; Secretaria de Assistência Social (Seas) ofertará oficina sobre os diversos serviços sociais aos jovens e familiares; já a Secretaria de Saúde Pública (Sesap) levará o tema ‘Saúde Ambiental’ sobre doenças endêmicas e posse responsável de animais de estimação; a Secretaria de Meio Ambiente (Sema) conduzirá a oficina sobre coleta seletiva, arborização urbana, esgoto certo, resíduos da construção civil, poluição sonora e os impactos causados ao meio ambiente pela ação humana; a Secretaria de Esporte e Lazer (Seel) abordará sobre os pólos de treinamento da Cidade, a Junta Militar levará o tema sobre as novidades do alistamento online ou presencial e dos certificados únicos; o Conselho Tutelar apresentará suas atribuições; a Defesa Civil falará sobre prevenção de desastres naturais e a Secretaria da Fazenda do Estado, apresentará o tema Educação Fiscal.

As unidades escolares interessadas em receber o programa devem entrar em contato pelo telefone: 3496-5684; ou ainda através do e-mail: juventudelegal@paiagrande.sp.gov.br.
Confira a agenda do Juventude Legal de março:

06/03 – E.E. Julio Pardo Couto – Avenida Julio Prestes de Albuquerque, 934 – Nova Mirim – 10 às 12h;
13/03 – E.E. Abrahão Jacob Lafer – Rua Leme, s/n – Guilhermina – 8h às 12h, 15h às 17h e 19h às 21h;
20/03 – E.E. Sylvia de Mello – Avenida do Trabalhador, 4.279 – Antártica – 8h às 12h e 19h às 22h30;
27/03 – E.E. Marlene Leite – Rua Santo Antônio de Pádua, s/n – Nova Mirim – 10h as 12 e 19h às 22h30.

1
%d blogueiros gostam disto: