• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Arquivo da tag conquista

Sem apoio bailarino de São Vicente conquista uma vaga na Europa

8ª Formatura – Curso VULT | Instituto Neymar Jr.

EM Porto das Artes conquista 11 prêmios no Festival Santista de Dança

E mais: jovens também se destacam no Fidifest com duas conquistas
13/6/2018

As alunas das turmas de dança da Escola Municipal Porto das Artes fizeram bonito em duas competições ao conquistar 13 premiações. Só nesta terça-feira (13), no Festival de Santista de Dança (Fesda) 2018 as jovens garantiram 11 troféus. Destaque para as condecorações de melhores figurino e coreografia, respectivamente, nas categorias livre e jazz juvenil. As outras duas medalhas vieram do Festival Internacional da Dança (Fidifest) 2018, realizado no último domingo (10).

No Fesda 2018, além dos dois primeiros lugares, as alunas da EM Porto das Artes garantiram cinco segundas colocações e quatro terceiras posições. Já no Fidifest, as jovens conquistaram um segundo lugar e o prêmio estímulo. As coreografias foram criadas e ensaiadas pelas professoras de balé clássico, Mariana Martins, e sapateado, Raquel Menezes.

Segundo a diretora da EM Porto das Artes, Luciana Agostinho, as premiações reforçam a qualidade do trabalho realizado pela unidade escolar. “Elas são muito dedicadas e merecem esse reconhecimento. As conquistas mostram que estamos no caminho certo ao inserí-las no mundo da dança de forma gratuita”, destacou.

Confira abaixo a lista de premiação completa:

Festival de Santista de Dança – Fesda 2018
Dança “Uma Viagem pela Ásia” – Melhor figurino e 2º lugar categoria livre juvenil
Dança “Abstract” – Melhor coreografia da noite e 2º lugar jazz juvenil
Dança “Andes” – 2º lugar ballet clássico infantil
Dança “Bonecas” – 2º lugar jazz juvenil
Dança “Princesas” – 3º lugar jazz infantil
Dança “Dançando na Chuva” – 2º lugar sapateado juvenil
Dança “Ao Som da Jamaica” – 3º lugar sapateado infantil
Dança “La Bamba” – 3º lugar sapateado juvenil
Dança “Festa Boa” – 3º lugar sapateado juvenil

Festival Internacional da Dança (Fidifest) 2018
Dança “Abstract” – 2º lugar jazz
Dança “Uma Viagem pela Ásia” – Prêmio Estímulo

Porto das Artes – Vinculada ao Departamento de Complementação Educacional, Esporte e Cultura nas Escolas, a unidade oferece aulas gratuitas de violão, dança, teatro e musicalização, por meio do programa SuperEscola Cultural. A iniciativa beneficia alunos de Ensino Fundamental de Praia Grande no horário oposto ao das aulas regulares, com o objetivo de ampliar sua permanência no contexto educacional de forma saudável e atrativa, favorecendo o desenvolvimento de habilidades, o despertar de talentos e o aprendizado de regras e valores.

A EM Porto das Artes fica na Avenida São Paulo, 900, no Bairro Boqueirão (ao lado do Hospital Irmã Dulce). Mais informações pelo telefone 3591-7845.

II Workshop da construção civil

Mulheres ganham dia especial no Conviver do Bairro Ocian

Ong DCM e parceiros promoveram atividades diversas para o público feminino
O Dia Internacional da Mulher foi festejado de maneira especial na unidade do Programa Conviver, no Bairro Ocian. Durante toda a manhã e início da tarde, as frequentadoras e visitantes do local puderam aproveitar serviços dos parceiros da ONG Defesa e Cidadania da Mulher (DCM) que incluíram aferição de pressão e manicure. Esta é a décima edição do evento realizado em parceria com o Município.

Mais de 300 pessoas aproveitaram as atrações. Teve música, palestra, atendimento de saúde e muitas outras atividades. Algumas das mulheres que atuam em defesa dos direitos femininos foram homenageadas.

A aposentada Olindina Aparecida de Souza, de 63 anos, aluna da Ginástica do Conviver aproveitou para aferir a pressão arterial. “Aqui todo dia já é bom, mas hoje está ainda melhor. Está um pouco diferente da rotina, mas está maravilhoso”.

Já a colega, Maria Abdo, de 70 anos, optou por fazer as unhas. “Estou achando ótima esta oportunidade. Todo dia é dia da mulher, mas hoje é um dia especial aqui no Conviver e estou adorando”.

De acordo com a presidente da Ong DCM, Ana Silvia Passberg de Amorim, além de um momento de lazer e diversão, o evento é também um momento de reflexão sobre as lutas e responsabilidades das mulheres das gerações passadas que conquistaram muitos direitos. “Dia 8 de março é um dia de reflexão, em que a mulher deve se orgulhar daquilo que conquistou mas sem esquecer do quem lutou por esses direitos. Hoje temos mais respeito e queremos ainda mais. Merecemos mais”.

O evento contou com a parceria da Escola de Enfermagem Biotec, do Serviço de Atendimento Especializado (SAE), da Secretaria de Saúde Pública, Xodó Calçados e Sandra Coiffeur.

Serviço – O Programa Conviver é destinado a pessoas maiores de 50 anos, o projeto é resultado de uma parceria entre o Fundo Social de Solidariedade (FSS) e a Secretaria de Assistência Social (Seas). O projeto teve início em 1993, com o objetivo de oferecer atividades esportivas e de lazer para a Melhor Idade.

Para saber mais sobre a ONG DCM basta procurar o perfil da organização no Facebook.
Origem da data – Em 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos de Nova Iorque fizeram uma grande greve. Elas ocuparam a fábrica e pediam melhores condições de trabalho, como redução na carga diária para dez horas (a exigência era de 16), igualdade de salários (algumas recebiam apenas um terço do salário deles, para executar a mesma tarefa) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

A manifestação foi reprimida com total violência em um ato desumano. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas.

Em 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que 8 de março passaria a ser o “Dia Internacional da Mulher”, em homenagem as mulheres que morreram na fábrica. Mas somente no ano de 1975, por meio de um decreto, a data foi oficializada pela Organização das Nações Unidas (ONU).

1
%d blogueiros gostam disto: