• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Arquivo da tag competição

Barco Cooperação é o nono melhor em evento internacional

Equipe municipal competiu em Ilhabela
30/7/2018

A equipe do núcleo de Praia Grande do Programa Navega São Paulo (Secretarias de Esportes e Lazer – SEEL– e Educação – Seduc; e Marinha do Brasil) terminou em nono lugar na disputa da classe RGS C (veleiros com cabine que possuem características de cruzeiro) na 45ª Semana Internacional de Vela Oceânica de Ilhabela. O evento encerrado no último sábado (28) ocorreu em Ilhabela, no litoral norte de São Paulo.

Competindo com o Barco Cooperação e contra 11 adversários, o grupo municipal somou 58 pontos perdidos em cinco regatas. Na classificação geral da RGS (soma as classes A, B e C), a turma de Praia Grande ficou na 17ª colocação (entre 22 participantes) da competição regida pelo Yacht Clube de Ilhabela com apoio da Federação de Vela do Estado de São Paulo (Fevesp). Vale frisar que o time de Praia Grande tem comando técnico do professor Silvio Belo e que no ano passado, o grupo municipal terminou a disputa em oitavo lugar.

Monotipos – Nos dias 8 e 9 deste mês, em Ilhabela, de Praia Grande disputou a 45ª Semana Internacional de Vela Oceânica de Ilhabela, na classe dos barcos monotipos (embarcações monotipos são construídas conforme desenho único, tendo as mesmas medidas e peso: casco, leme, bolina ou quilha falsa, mastro e velame). Na classe open bic, a turma da Cidade conquistou medalha de prata com Giovana Vieira e bronze com Esdras Santana.

Retrospecto – Em 2017, na dingue, categorias sênior (mais de18 anos) e geral, títulos para Thiago Santana e Mariana Groba. Na máster (mais de 35 anos), o time da Cidade assegurou as três primeiras colocações com Sidney e Brian Henrique, Paulo Raíto, José e Danilton; Reynaldo Faustino e José Carlos. Na estreante, Guilherme Menezes e Yasmin Silva foram vice-campeões. Na júnior (até 17 anos), a turma municipal conquistou medalhas de prata e bronze com Dênis Fusco, João e Vitor; Isaías Menezes e Jamyli Oliviera. Na feminina aberta (idade livre), terceiro lugar para Mariângela, Sônia e Honeida Soares. Na classe open bic (barcos individuais para atletas com até 25 anos), primeira e segunda posições para Vitor Sudbrack e Ellion Santana. Na holder, Esdras Santana foi o segundo melhor e Rafael Soares, o terceiro.

Em 2016, o time de Praia Grande conquistou seis medalhas (três pratas e três bronzes). Em 2015, Praia Grande faturou 12 medalhas (seis ouros, três pratas e três bronzes) no evento internacional. Em 2014, conquistou 11 medalhas (quatro ouros, duas pratas e cinco bronzes). Em 2013, a turma praia-grandense obteve seis medalhas (quatro ouros, uma prata e um bronze). Em 2012, vieram seis conquistas (dois ouros, uma prata e três bronzes). Em 2011, foram nove medalhas (dois ouros, três pratas e quatro bronzes). Em 2010, o time local trouxe oito medalhas (quatro ouros, três pratas e um bronze). Em 2009, mais 11 medalhas (três ouros, quatro pratas e quatro bronzes). Em 2008, outras 19 medalhas (seis ouros, sete pratas e seis bronzes).

Aulas – As aulas do Programa Navega São Paulo de Praia Grande são abertas a pessoas de todas as idades, de segunda a sábado, das 8 às 17 horas, na Área de Lazer Ézio Dall’Acqua. Também conhecido como Portinho, o local, banhado pelo Mar Pequeno, está situado na entrada da Cidade, na Rua Paulo Sérgio Garcia s/nº, Bairro Sítio do Campo. 

Para participar basta que os interessados compareçam ao local das aulas, preencham ficha cadastral e apresentem documento de identidade com foto. Os menores de idade precisam que os responsáveis façam a inscrição. Outras informações podem ser obtidas na Secretaria de Educação (Rua José Borges Neto, 50, Bairro Mirim, ao lado da Prefeitura, telefone 3496-2350).

Judoca de Praia Grande disputa o Troféu Brasil

Tawany Gianelo representa a Cidade
27/7/2018

A judoca Tawany Gianelo da Silva (Shopping Litoral Plaza), na categoria sênior, no peso meio-leve (48 a 52 quilos), é a representante da equipe de Praia Grande (Secretarias de Esporte e Lazer – SEEL e Educação – Seduc) na disputa do 17º Troféu Brasil de Judô Interclubes, evento regido pela Confederação Brasileira (CBJ). A competição ocorre nos dias 16 e 17 de agosto, na cidade de Canoas, no Rio Grande do Sul. A competição vale pontos para o ranking nacional visando a formação da seleção verde e amarela de 2019.

Nesta temporada, Tawany sagrou campeã da Copa São Paulo, vice-campeã paulista e foi sexta colocada nos 62º Jogos Regionais do Estado de São Paulo (competindo no peso leve – 52 a 57 kg). Em 2017, ganhou a prata no Campeonato Paulista, o bronze na Copa São Paulo e nos Jogos Regionais, assegurou a quinta colocação no Brasileirão Sênior e no Brasileiro Regional.

Após três anos (2014 a 2016) competindo pelo Esporte Clube Pinheiros, Tawany voltou em 2017 a integrar a seleção de Praia Grande. Ela faz parte de um seleto grupo de judocas que conquistaram todos os títulos possíveis na categoria de base (até 18 anos): campeã regional, paulista, dos Jogos da Juventude, Regionais e Abertos do Interior; sul-brasileira, brasileira, sul-americana, pan-americana, de etapas do circuito europeu, mundial sub-17; e ainda, paulista, brasileira e sul-americana escolar.

O grupo municipal treina de segundas as sextas-feiras, após as 17 horas, no Centro de Excelência Professor João Carlos Ribeiro Manso Júnior (esquina das Ruas Arari e Carimbó – espaço anexo ao Ginásio Rodrigão – BairroTupi), com os professores Alberto Bittencourt Silva, Danusa Shira Bittencourt e Rodrigo de Matos.

Retrospecto – No Troféu Brasil Interclubes de Judô de 2017, quatro atletas de Praia Grande participaram, mas não subiram no pódio: Roberto Carlos dos Santos Júnior no peso meio-leve (60 a 66 quilos), Tawany Gianelo da Silva no meio-leve (48 a 52 kg), Gilmara Cristina Prudêncio no leve (52 a 57 kg) e Agatha Martins Silva no pesado (mais de 78 kg).

Em 2016, Agatha Martins Silva ficou em sétimo lugar no peso pesado (mais de 78 quilos). Em 2015, Gilmara terminou em quinto lugar e Thamiris Anacleto Neris Cabral garantiu a sétima posição. Em 2014, Agatha no pesado ficou em quinto lugar. No leve, Gilmara foi derrotada na primeira luta. Em 2013, quatro atletas de Praia Grande competiram, mas não ganharam medalhas: Geovana Soares de Lima e Gilmara, peso leve, Jheniffer Stephany Ferreira Ernandes e Laura Maria Nunes Pimenta, superligeiro (até 44 kg). Em 2009, Renato Flor Florio, pesado (mais de 100 kg), perdeu na primeira luta.

Times do Real e Galo de Ouro lideram o Municipal de futebol da 1ª Divisão

Competição reúne 19 agremiações
26/7/2018

Os selecionados do Real Esporte Clube, na chave A, e do Esporte Clube Galo de Ouro, na B, lideram o Campeonato Municipal de Futebol, série A (primeira divisão), categoria masculina adulta. Após sete rodadas realizadas, a turma do Real soma cinco vitórias, um empate, 15 gols feitos e seis sofridos. Já o grupo do Mirim acumula quatro triunfos, dois empates, uma derrota, 16 gols prós e 8 contras. A pontuação completa do torneio pode ser obtida no site da organizadora, a Liga de Futebol Amador de Praia Grande (LFAPG): www.lfapg.com.br. 

A competição que reúne os 19 melhores times da Cidade e mais de 350 jogadores conta com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL). No último domingo (22), ocorreu a sétima rodada da competição. Confira os resultados: chave A, Vila Mirim 3 x 1 Metropolitano, Ilha do Caieiras 3 x 2 Solemar, Real 2 x 1 Estrela do Norte e SESC 1 x 0 América; na B, Poty 4 x 0 Ajax Melvi, Galo de Ouro 3 x 0 Liberdade, Amigos da Vila 2 x 2 Parma, Três Cores 1 x 1 Folha Verde e Águia de Ouro 0 x 0 Atlântico. Vale frisar que a LFAPG não divulgou os confrontos da próxima rodada.

Dados – Na primeira fase, as equipes jogam todas contra todas dentro de cada grupo (A e B), em turno único, qualificando-se as quatro primeiras posicionadas, de cada chave, para a fase quartas de final (oito melhores). A partir daí, os confrontos ocorrem em sistema de eliminatória simples (quem perde está eliminado), no qual duelam o 1º posicionado da chave A x 4ºB, 2ºA x 3ºB, 3ºA x 2ºB, 4ºA x 1ºB. As duas últimas colocadas de cada chave, serão rebaixadas para a série B (segunda divisão).

No grupo A, duelam as equipes do América Futebol Clube (Japuí/São Vicente), SESC Futebol Clube (Sítio do Campo), Ilha do Caieiras Futebol Clube (Caieiras), Real Esporte Clube (Real), Associação Vila Mirim Esporte Clube (Mirim), Caiçara Futebol Clube (Caiçara), Associação Atlética Solemar (Solemar), Estrela do Norte Futebol Clube (Caieiras) e Associação Recreativa Metropolitano (Ocian). 

No B, jogam os times do Atlântico Sociedade Esportiva e Atlética (Mirim), Esporte Clube Galo de Ouro (Mirim), Poty Futebol Clube (Tupi), Liberdade Futebol Clube (Canto do Forte), Esporte Clube Águia de Ouro (Aviação), Clube Atlético Três Cores (Mirim), Amigos da Vila Sônia Futebol Clube (Vila Sônia), Folha Verde Esporte Clube (Glória), Ajax Melvi Futebol Clube (Melvi) e Parma Futebol Clube (Ocian).

Retrospecto – Em 2017, a equipe do América Futebol Clube sagrou-se campeã. Na decisão, venceu por 1 a 0 do Metropolitano. Em 2016, a equipe do Amigos da Vila Futebol Clube venceu o Campeonato. Na decisão, o time do Vila Sônia derrotou, por 3 a 1, o selecionado do Folha Verde Esporte Clube (Glória). Na temporada 2014/2015, o Real Esporte Clube conquistou o título. Na final, a turma do Bairro do Jardim Real venceu nos pênaltis, por 4 a 2, o time do Atlântico. Em 2013, deu Galo de Ouro. Em 2012, a equipe do Palmeirinhas EC sagrou-se campeã. Em 2011, o selecionado do Galo de Ouro levantou a taça. 

Em 2010, após uma confusão no jogo final (os árbitros foram agredidos), a LFAPG dividiu o título com os times do Real e do Vasquinho Futebol Clube (Mirim). Em 2009 e 2008, o time do Atlético Clube Praia Grande venceu a série A-1. Em 2007, o primeiro lugar ficou com o Real. Em 2006, medalha de ouro para o grupo do Três Cores. Em 2005, vitória da rapaziada do Real.

Praia Grande disputa Estadual de Futsal

Equipes da Cidade competem em evento da Federação Paulista
26/7/2018

No dia 11 de agosto, a partir das 13 horas, no Ginásio Rodrigão (Avenida Presidente Kennedy, 5593, Tupi), as equipes masculinas sub-12, sub-14, sub-16 e sub-18 de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL, Sucos Camp, Centro de Treinamento Falcão 12 e Liga Praia-grandense de Futsal – LPFS) enfrentam os times do Wimpro Guarulhos, na primeira rodada do Campeonato Estadual de Futsal, série A-1, evento regido pela Federação Paulista (FPFS). 

Na primeira fase, os times de Praia Grande compõe a chave D, na qual encaram os times do Wimpro Guarulhos, Barueri, Osasco, Juventus, Botucatu e São João. Na A, duelam as equipes do Palmeiras, Santos Futebol Clube, Taboão da Serra, Clube Internacional/Santos, Lausanne Paulista, Elite Itaquarense e Caieiras. Na B, jogam os selecionados São Caetano do Sul, São Bernardo, Portuguesa, CE Penha, Pulo do Gato/Campinas, Mogi das Cruzes e São José dos Campos. Na C, competem as turmas do Corinthians, Magnus Sorocaba, São Paulo, AABB/SP, Indaiatuba, Tabuca Juniors/Taboão da Serra e Santo André.

Segundo o regulamento, 28 agremiações, divididas em quatro chaves, participam da competição. Na primeira fase, os times jogam todos contra todos, dentro de cada chave, em turno único. Para a segunda fase, qualificam-se os 24 melhores estabelecidos por um ranking de eficiência por meio de índice técnico (somatória da pontuação obtida nas três categorias, divididos pelos números de jogos realizados pelas equipes, multiplicados por 10). A partir daí, são criadas três divisões: ouro (reúne os times que ficaram entre os oito primeiros colocados no ranking), prata (9º ao 16º) e bronze (17º ao 24º).

Retrospecto – No Campeonato Estadual de Futsal da série A-1 de 2017, a equipe masculina sub-14 de Praia Grande ficou com a inédita medalha de prata. Na final, perdeu por 2 a 1 para a turma da Elite Itaquerense. O grupo municipal sub-12 caiu na fase quartas de final da série prata ao perder para o Sport Club Corinthians Paulista por 3 a 1. Já as equipes sub-16 e sub-18 de Praia Grande despediram-se do Campeonato Estadual de Futsal ainda na primeira fase. 

Em 2016, competindo pela primeira vez na A-1, os times sub-10 e sub-16 da Cidade chegaram até a fase oitavas de final (16 melhores). Já as turmas sub-12, sub-14 e sub-17 foram desclassificadas na fase de grupos. Em 2015, na série A-2, os selecionados masculinos sub-10 e sub-16 de Praia Grande conquistaram, pela primeira vez, medalhas de ouro no Campeonato Estadual de Futsal. A turma local sub-14 ficou com a prata. A sub-12 parou nas quartas de final e a sub-17 nas oitavas de final.

Em 2014, na A-2, o time sub-10 de Praia Grande garantiu a prata. O time sub-14 da Cidade terminou em quarto lugar. Em 2013, as equipes sub-9 e sub-13 de Praia Grande chegaram as quartas de final. Em 2012, os times locais sub-9, sub-11, sub-13 e sub-17 ficaram entre as oito melhores. Em 2011, a sub-15 terminou em quarto lugar. Em 2010, a turma sub-17 conquistou o inédito título estadual. A equipe sub-15 ficou com o bronze. Em 2009, o sub-11 sagrou-se campeão do certame. Já a turma sub-15 acabou em quarto lugar.

Torneio de atletismo abre os Jogos da Maturidade de Praia Grande 

Competição movimenta pessoas com mais de 50 anos
24/7/2018

No próximo dia 4 de agosto, às 7 horas, na pista municipal (Rua José Bonifácio, 400, Bairro Sítio do Campo), ocorre o torneio de atletismo dos 5º Jogos da Maturidade de Praia Grande (Secretarias de Esporte e Lazer – SEEL e Assistência Social – SEAS). Esta será a primeira disputa da competição que reúne pessoas com mais de 50 anos.

No total, competem mais de mil atletas, de 17 associações, em 13 modalidades: atletismo e natação (categorias 50 – 50 a 54 anos, 55 – 55 a 59 anos, A – 60 a 64 anos, B – 65 a 69, C – 70 a 74, D – 75 a 59, E – 80 a 84 e F – mais de 85); dança de salão, tênis, tênis de mesa e vôlei (A – 50 a 59, B – 60 a 60 e C – mais de 70); bocha, damas, buraco e truco (carteado), dominó, malha e xadrez (categoria única – mais de 60 anos).

Participam as equipes da Academia de Saúde A, B e C, Associação dos Amigos (AA) do Jardim Guilhermina, AA do Jardim Real, AA Solidários da Flórida, Associação dos Moradores do Samambaia, Associação da Terceira Idade Solemar, Conviveres dos Bairros Boqueirão, Caiçara, Guilhermina, Ocian, Samambaia, São Jorge, Sítio do Campo, Solemar e Tupi.

Cronograma – Após o torneio de atletismo, no dia 7, no Ginásio da SEEL (Rua João Balbino Correia, 251 , Tupiry), há eventos de tênis de mesa, damas e xadrez. No dia 9, na piscina da Cidade (Rua Gilberto Fouad Beck, 110, Mirim), é vez da natação. No dia 14, nas quadras do Ocian Praia Clube (Rua Comendador Oto Carlos Golanda, 80, Ocian) e o do Bairro Samambaia (Avenida Maria Cavalcante da Silva, 10 , Samambaia), competem bochófilos, malhistas e tenistas. 

No dia 16, no Conviver do Bairro Boqueirão (Avenida Presidente Castelo Branco, s/nº, esquina com a Rua Pernambuco), tem jogos de buraco, dominó e truco (carteado). Nos dias 20, 21 e 22, no Ginásio Mirins III (Avenida Maurício José Cardoso, 1340 , Forte), desenvolve-se a competição de vôlei adaptado. No dia 23, no Ginásio do Ocian Praia Clube, está programada a disputa de dança de salão e a festa de encerramento.

Retrospecto – Em 2017, a disputa aglutinou mais de 400 atletas, de 16 agremiações. Pela primeira vez, a competição não teve campeão geral, apenas por modalidades. Outras informações podem ser obtidas no site http://www.praiagrande.sp.gov.br/pgnoticias, em matéria publicada no dia 3 de maio de 2017, na qual consta a publicação do boletim final.

Em 2016, o evento reuniu mais de 300 desportistas de nove entidades. O selecionado do Conviver do Bairro Caiçara sagrou-se campeão geral com 177 pontos. Na sequência terminaram os grupos da Associação da Terceira Idade Solemar (ATIS) com 139; Conviver Guilhermina com 104; Associação Amigos do Jardim Real com 103,5; Conviver São Jorge com 91,5; Conviver Boqueirão com 53; Conviver Ocian com 59; Associação dos Amigos do Balneário Marambaia com 18; e Associação Amigos do Jardim Solemar II com 13.

Em 2015, o grupo da Sociedade Amigos da Vila Caiçara (Bairro Caiçara), com 179 pontos, sagrou-se campeão geral da segunda edição dos Jogos da Maturidade. Depois terminaram os times da Associação Amigos do Boqueirão (Boqueirão), com 124; e Associação Amigos do Jardim Real (Real), com 98. Em 2014, o grupo da Associação Amigos do Distrito de Solemar (Bairro Solemar) obteve o título de campeão geral. Na sequência acabaram as equipes do Centro Social de Ação Comunitária do Conjunto Habitacional Recanto do Forte – CESAC/Cohab (Canto do Forte) e Associação Amigos do Jardim Guilhermina (Guilhermina).

Times de Praia Grande disputam a série bronze do Estadual de Futsal Iniciação

Cidade compete nas categorias masculinas sub-8, sub-9 e sub-10
19/7/2018

As equipes masculinas sub-8, sub-9 e sub-10 de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL, Sucos Camp, Centro de Treinamento Falcão 12 e Liga Praia-grandense de Futsal – LPFS) disputam a segunda fase – série bronze (reúne do oitavo ao 11º colocado das chaves A, B e C na primeira fase) – do Campeonato Estadual de Futsal Iniciação, série A-1. O evento é regido pela Federação Paulista (FPFS). Esta nova etapa começa em agosto.

Na classificação final da primeira fase, na chave A, a turma sub-8 de Praia Grande ficou em 10º lugar com dois pontos, dois empates, oito derrotas, 10 gols prós e 74 gols contras. A sub-9 foi nona posicionada com sete pontos, dois triunfos, um empate, sete perdas, 14 gols feitos e 46 sofridos. A sub-10 encerrou na nona colocação com nove pontos, três vitórias, sete derrotas, 10 gols prós e 39 contras.

Dados – Segundo o regulamento, na etapa inicial as equipes foram divididas em três grupos (ABC), jogam em turno e returno dentro de cada chave. Após o encerramento da primeira fase, todos os times participantes qualificam-se para a segunda etapa. A partir daí, a FPFS estabelece um ranking de eficiência por meio de índice técnico (somatória da pontuação obtida nas três categorias, divididos pelos números de jogos realizados pelas equipes, multiplicados por 10). Aí, são criadas quatro divisões: ouro (reúne os times que ficaram entre os oito primeiros colocados no ranking), prata (9º ao 16º), bronze (17º ao 24º) e cobre (25º ao 30º).

Na fase inicial, os selecionados de Praia Grande disputam o grupo A, ao lado da Sociedade Esportiva Palmeiras, São Paulo Futebol Clube, ADC Inter-Mogi, Lausanne Paulista FC, AEC Incriveis, AD Santo André Futsal, Ribeirão Pires FC, Grêmio Recreativo Gremetal/Stismmmec e FAE/Osasco/Audax. No B, atuam as turmas do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí, CA Juventus, EC Hortolândia, CA Guarulhense, CTC Vila Ema, SAJEA/Omega, AA Portuários de Santos, SE Elite Itaquerense, Santos FC, ASF Magnus Sorocaba e Associação Portuguesa de Desportos. No C, competem os times da AD Mogi das Cruzes, São Caetano FC, Seleção Itapeviense, Suzano FC, São Caetano Futsal, Luso Brasileiro FC, Sport Club Corinthians Paulista, CA Tabuca Júniors, Associação União Mauá e ADC Mercedes Benz.

Retrospecto – No Estadual de Futsal Iniciação de 2017 (primeira vez que Praia Grande participou deste evento), a equipe masculina sub-9 de Praia Grande enfrentou o time do Clube Atlético Juventus, em duelo válido pela fase semifinal, série prata. O jogo terminou empatado em 3 a 3. Por ter realizado melhor campanha ao longo da competição, a turma do Juventus avançou à decisão. Na fase quartas de final, os outros dois times praia-grandenses acabaram sendo eliminados do torneio. Atuando na série bronze, o selecionado municipal sub-10 foi derrotado pela Associação Desportiva Classista Mercedes Benz, de Diadema, por 3 a 1. 

O grupo sub-8 de Praia Grande perdeu para a Academia de Esporte e Recreação Corpo e Cia, de Mogi das Cruzes, por 6 a 0. Na classificação final da primeira fase da competição, chave A, a turma sub-8 de Praia Grande terminou na sexta colocação com nove pontos, três vitórias, seis derrotas, 13 gols feitos e 36 sofridos. Na sub-9, o grupo local foi terceira posicionada, com 18 pontos, seis triunfos, três perdas, 41 gols prós e 35 contras. Na sub-10, o time da Cidade fechou em oitavo lugar, com sete pontos, duas vitórias, um empate, seis derrotas, 17 gols marcados e 41 levados. 

Jogos – Confira as escalações e todos os resultados das equipes de Praia Grande no Campeonato Estadual de Futsal Iniciação de 2018, série A-1:

sub-8 – Competem por Praia Grande Arthur Oliveira Rodrigues, Matheus Henrique Souza Oliveira, Kaynã da Silva Cruz, Yan Araújo Mendes, Matheus Morine Vallejo, Kauan Luiz Azevedo Sagaz, Gustavo Cameron, Henrique Luiz Gonçalves Gomes, Jorge Miguel Correnti Garcia Neto, Leonardo Augusto da Paixão, Zion Araújo Pedrozo Stella, Sérgio Henrique Cesar Nascimento Silva e Kaíque Yuichi Anastácio Tsumura. Técnico: Kleberton Nascimento. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves.

1ª fase
7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 11 Associação Desportiva Indaiatuba
15/4 – Lausanne Paulista FC 11 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 1 x 1 Ribeirão Pires Futebol Clube
28/4 – Gremetal/Santos 4 x 3 Praia Grande/Ocian Praia Clube
5/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 1 x 4 ADC Inter Mogi das Cruzes
19/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 16 SE Palmeiras
9/6 – FAE/Osasco/Audax 6 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube
16/6 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 2 AD Santo André Futsal
23/6 – São Paulo Futebol Clube B 13 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
30/6 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 6 AEC Incriveis

sub-9 – Atuam por Praia Grande Yan Felipe Carvalho de Souza, Leonardo Marinho dos Santos, Álvaro Mendonça Neme Damasceno, Pedro Henrique de Oliveira Vasconcelos Rodrigues, Mathias da Costa Welter, Natan Souza Tavares, João Pedro Gomes Pita, Bryan Lincoln Alves Pinto, Diogo Nascimento Napolitano Soares, Miguel Barbosa Araújo da Silva, João Pedro Ortega Taveira, Anthony Eduardo Leuzzi Guedes, Kauan Rodrigues Nunes Ferreira Santos, David Sousa Beserra, Cláudio Sini Neto e Breno Marques Rangel da Silva. Técnico: Matheus Cassita Gonçalves. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves. 

1ª fase
7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 6 Associação Desportiva Indaiatuba
15/4 – Lausanne Paulista FC 5 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 1 Ribeirão Pires Futebol Clube
28/4 – Gremetal/Santos 2 x 2 Praia Grande/Ocian Praia Clube
5/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 4 x 7 ADC Inter Mogi das Cruzes
19/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 5 SE Palmeiras
9/6 – FAE/Osasco/Audax 5 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube
16/6 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 6 AD Santo André Futsal
23/6 – São Paulo Futebol Clube B 8 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube
30/6 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 3 x 1 AEC Incriveis

sub-10 – Jogam pela Cidade Gabriel Oliveira Maida, Kaique Pietro Bellini Haikel, Nikollas Dreger do Nascimento, Lucas Fernandes dos Santos, Francesco Pozzo, Guilherme Santana Alves, Lucas de França Silva, Renan Pereira Ribeiro, Richard Batista Cardoso dos Santos, Pedro Henrique Sanged Durante Moreira, David Munhoz Hiath, Luiz Henrique Souza dos Santos, Vinicius Nascimento Rodrigues e Davi Prates Tavares. Técnico: Kleberton Nascimento. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves. 

1ª fase
7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 2 Associação Desportiva Indaiatuba
15/4 – Lausanne Paulista FC 8 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 3 Ribeirão Pires Futebol Clube
28/4 – Gremetal/Santos 5 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube
5/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 3 x 2 ADC Inter Mogi das Cruzes
19/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 8 SE Palmeiras
9/6 – FAE/Osasco/Audax 0 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
16/6 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 1 x 3 AD Santo André Futsal
23/6 – São Paulo Futebol Clube B 8 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
30/6 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 1 x 0 AEC Incriveis

Inscrições para a 1ª Maratona de Praia Grande estão abertas

Competição ocorre em 11 de novembro

18/7/2018

Está aberto o período de inscrição para os interessados em participar da 1ª Maratona de Praia Grande, nas provas de 10 quilômetros, 21,1km e 42,2km, evento voltado para atletas amadores e organizado pela empresa Angra Eventos Esportivos com apoio da Prefeitura local. A disputa está programada para o dia 11 de novembro, com largada às 7 horas, em frente a Boutique do Peixe (esquina das Avenidas Marechal Hermes e Presidente Castelo Branco, Bairro Boqueirão). A disputa ocorre na faixa de areia.

Os registros podem ser feitos até atingir o limite máximo de mil participantes ou o dia 7 de novembro, no link https://www.ativo.com/calendario/todos/america-do-sul/br/sp/praia-grande/corrida-de-rua/35597/1ª-maratona-de-praia-grande. A prova de 10 km tem valor de inscrição de R$ 59,00; a de 21,1km tem taxa de R$ 68,00 e a de 42,2km custa R$ 76,00.

Nos dias 9 e 10 de novembro, em espaço ainda não definido pela empresa organizadora do evento, será realizada a entrega dos kits (número de competição, chip, camiseta e brindes de patrocinadores) para os atletas. No local da largada, haverá guarda-volumes à disposição dos corredores e ambulância para prestar os primeiros-socorros se necessários. A competição (em todas as três provas) terá duração máxima de seis horas.

Serão premiados com medalhas e troféus os três primeiros colocados no geral no feminino e masculino de cada distância; e também por faixa etária: até 24 anos, 25 a 29, 30 a 34, 35 a 39, 40 a 44, 45 s 49, 50 a 54, 55 a 59 e mais de 60. Não há premiação em dinheiro. Todos os pedestrianistas que completarem os percursos recebem camiseta comemorativa alusiva ao evento.

Sobre a prova

Distâncias

10k, 21k, 42k

Local

Brasil – Praia Grande

Largada

07:00

Retirada de kit

Será informado em breve. O kit de participação poderá ser retirado pelo atleta ou responsável utilizando cópia de RG ou outro documento com foto e identificação e Comprovante de Inscrição (boleto pago). Sem ela o kit não poderá ser entregue (o kit será composto de número, chip, alfinetes e camiseta e mais acessórios a ser decidido pela comissão organizadora).

Encerramento das inscrições

07 de novembro de 2018

Premiação

Vide Regulamento.

 

acessórios a ser decidido pela comissão organizadora).

Encerramento das inscrições
07 de novembro de 2018

Premiação
Vide Regulamento.

Fale Conosco
Clique aqui

Adicionar lembretes

Descrição do evento

A PRIMEIRA MARATONA DE PRAIA GRANDE. É REALIDADE !!!

Qual é o seu maior desafio em 2018? Se sua resposta é: “correr uma maratona” ou “correr uma meia maratona” ; permita-nos fazer parte dessa sua grande conquista.

Para você que não está com confiança para completar os 42km, temos a opção de 21km e também nos 10km. Em todas elas, com premiação nas categorias etárias para valorizar você atleta amador se motivar cada vez mais.

Para inscrições acima de 60 anos entrar em contato através do e-mail angraesportes@gmail.com

Grupos e Assessorias

Mínimo de atletas por grupo: 5

Cortesia a cada 10 inscrições pagas

Interessados entrar em contato através do contatoativo@ativo.com

 

REGULAMENTO 1ª MARATONA DA PRAIA GRANDE A 1ª MARATONA DA PRAIA GRANDE é um evento direcionado ao publico amador, e será realizada de acordo com os artigos especificados abaixo: Art. 1º – A largada da corrida acontecerá no dia 11 de novembro, às 07h00, em frente a Av. Marechal Hermes com a Avenida Castelo Branco, pela faixa arenosa (ponto de referencia Boutique do Peixe), no bairro Boqueirão. Art. 2º – Os atletas deverão observar e tomar cuidado com os desníveis, obstáculos que possam existir ao longo do percurso, pois se trata de um evento realizado exclusivamente na faixa arenosa da orla. Art. 3° – A corrida será disputada nas modalidades 42,2KM (maratona) e 21,1KM (meia-maratona) e 10KM. Em ambos os percursos o resultado será considerado pelo tempo liquido exceto os 3 primeiros colocados geral que serão classificados pela ordem de chegada, devendo passar pelo Gate de Largada e todos os pontos de controle. Art. 4° – Extravio de material ou prejuízo que porventura o atleta ou atletas venham a sofrer durante a movimentação da corrida, não será responsabilidade dos organizadores e patrocinadores da Prova. Art. 5° – O Guarda Volume estará disponível a partir de 06:00 e terá sua atividade encerrada 15 minutos após a chegada do ultimo colocado na prova, podendo ter tolerância a critério do encarregado do setor, após o fechamento os pertences estarão à disposição do interessado junto a Organização da Prova. Art. 6° – Os casos omissos serão decididos pela Comissão Organizadora do evento, que tem a decisão final. Art. 7° – Os atletas que largarem em local diferente do indicado pela organização, fornecerem o número a outro atleta poderá ser desclassificados e proibidos de participar de qualquer evento promovido pelos organizadores deste evento. Art. 8° – O atleta que largar em local diferente do indicado pela organização ou pular a grade no momento da largada estará passível de desclassificação. Art. 9º – A Comissão Médica da Prova reserva-se o direito durante o transcorrer da prova, retirar da mesma qualquer atleta que não tiver em condições de saúde adequadas para a prática esportiva. A partir do momento da inscrição o atleta se considera apto e ciente de suas condições físicas para realização da prova, isentando a Organização de qualquer responsabilidade. Art. 10º – Em caso de alguma ocorrência que seja necessária a remoção de qualquer participante para um centro médico este será encaminhado ao centro ao hospital publico mais próximo do evento, e de lá podendo ser encaminhado a outro local. Art. 11º – Cada atleta terá um numero e um chip, o qual não poderá ser trocado, sendo indispensável para apuração dos resultados, o não uso, uso incorreto ou troca é passível de desclassificação sem direito a recursos. Art. 12° – – Toda irregularidade ou atitude anti-desportiva cometida pelo atleta será passível de desclassificação. Inscrições: Art. 13º – As inscrições estarão abertas a partir de 02/07/2018 e terão limite de 1.000 participantes: O valor da inscrição é fixado critérios da organização para as modalidades maratona, meia maratona e 10KM. Art. 14º – A data final para as inscrições será dia 07/11/2018, ou antes, caso esgotem-se os números de inscrições colocados à disposição dos atletas interessados, caso não preenchimento até a data limite esta será prorrogada até o esgotamento de vagas. Não haverá inscrições fora das datas nem no dia do evento. Kit de Participação: Art. 15º – A retirada do Kit será realizada nos dois dias anteriores ao evento em um ponto de retirada localizada na cidade a ser divulgada pela comissão organizadora. O kit de participação poderá ser retirado pelo atleta ou responsável utilizando cópia de RG ou outro documento com foto e identificação e Comprovante de Inscrição (boleto pago). Sem ela o kit não poderá ser entregue (o kit será composto de número, chip, alfinetes e camiseta e mais acessórios a ser decidido pela comissão organizadora). Não serão entregues kits em locais e horários diferentes dos indicados, pela Comissão Organizadora A cada competidor será fornecido um chip a ser utilizado no calçado de corrida (tênis) e número de corrida que deve ser usado na altura do peito e visivelmente, sem rasura ou alterações. Art. 16º – A nenhum atleta inscrito será permitido participar sem o número de identificação e chip, atletas que não estiverem utilizando os itens descritos não farão parte da premiação nem da colocação do evento. Art. 17º – A MARATONA DE PRAIA GRANDE terá a duração máxima de 6 horas. O tapete de largada será desativado após 10 minutos do sinal de largada da prova. Art. 18º – A MARATONA DE PRAIA GRANDE será realizada independente de condição climática, exceto em caso que coloque em risco a integridade dos atletas, podendo ser cancelada sem aviso prévio, no entanto estaremos a disposição para esclarecimentos no local do evento. PREMIAÇÃO Art. 19 – A premiação da MARATONA DE PRAIA GRANDE acontecerá nos critérios abaixo: MODALIDADES: 10KM, MARATONA E MAIA MARATONA: Premiação geral: Tempo: GERAL 1º ao 3º Sexos Feminino e Masculino Premiação por categoria: 1º ao 3º Sexo Feminino e Masculino Categorias Faixa Etária Masculino / Feminino até 24 anos de idade. Masculino / Feminino de 25 a 29 anos de idade Masculino / Feminino de 30 a 34 anos de idade Masculino / Feminino de 35 a 39 anos de idade Masculino / Feminino de 40 a 44 anos de idade Masculino / Feminino de 45 a 49 anos de idade Masculino / Feminino de 50 a 54 anos de idade Masculino / Feminino de 55 a 59 anos de idade Masculino / Feminino superior a 60 anos de idade. Será considerada a categoria de idade a partir do ano de nascimento do participante mesmo que o mesmo não tenha a idade completada até o dia da prova. Não haverá qualquer premiação em dinheiro. DISPOSIÇÔES FINAIS. Art. 20 – .Todos os atletas concluintes receberão medalha e camiseta alusiva ao evento. Art. 21- Os resultados extraoficiais serão publicados no site a ser divulgado pela organização em até 48 horas após conclusão do evento e oficialmente, com correções, 10 (dez) dias úteis após o Evento. Art. 22 – O atleta inscrito cede para a organização o direito de uso de sua imagem para peças publicitárias do evento. DÚVIDAS: Eventuais questionamentos ou dúvidas deverão ser endereçados à comissão Organizadora, através do Seguinte contato: angraesportes@gmail.com

 

Inscreva-se já

 

https://www.ativo.com/calendario/todos/america-do-sul/br/sp/praia-grande/corrida-de-rua/35597/1%C2%AA-maratona-de-praia-grande

Caratecas são convocados para o Pan-Americano sub-21

Seis atletas de Praia Grande competem no Rio de Janeiro
17/7/2018

Seis atletas de Praia Grande foram convocados pela Confederação Brasileira de Karatê (CBK) para disputar o 29º Campeonato Pan-Americano, categorias feminina e masculina sub-14, na sub-16 (cadete), sub-18 (júnior) e sub-21, que ocorre de 20 a 26 de agosto, no Ginásio da Arena Carioca 1, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O evento é regido pela Federação Mundial (WKF – World Karatê Federation).

Os atletas da Cidade competem no kumitê (luta), no 2º Kyu e acima (faixa azul, roxa, castanho, marrom e preta). Representam a Cidade na sub-14, os caratecas Beatriz Alves da Silva (Academia Kami Dojo), peso menos de 47 quilos, e José Maurício Suzuki Portella (Gladiators), menos de 50 kg; na sub-16, Maria Eduarda Mascari (Yamato Dojo), mais de 54 kg; na sub-18, Bárbara Chacon Hor Cruz (Gladiators), menos de 53 kg; na sub-21, Jéssica Linhares de Paula (Gladiators), menos de 50 quilos, e Rafaela Beatriz Santos Silva (Yamato Dojo), menos de 68 kg.

Dados – Neste ano, em Santiago, no Chile, no Campeonato Pan-Americano da categoria sênior (mais de 18 anos), Jéssica Linhares de Paula conquistou medalha de bronze. Na cidade de Guayaquil, no Equador, no Campeonato Sul-Americano, Jéssica Linhares foi campeã na sub-21 e ainda obteve o segundo lugar na sênior. Bárbara Chacon, na júnior, menos de 53 kg, ficou com o vice-campeonato. Guilherme Gomes Silva (Gladiators), na júnior, mais de 76 kg; também faturou a prata. Giulie Anne Cirillo Soares (Gladiators), na sub-14, mais de 47 kg, ganhou o bronze. Assim como Beatriz Alves da Silva (Academia Kami Dojo), na sub-14, menos de 47 quilos.

Já os caratecas Rafaela Beatriz Santos Silva (Academia Yamato Dojo), na júnior, mais de 59 kg; e Gabriel Pereira Stankunas (formado na Yamato Dojo, mas que representa atualmente a equipe Resistência/Unisanta/HomeLife/Fupes Santos), na sênior, menos de 60 kg, participaram do Campeonato Sul-Americano, mas não subiram no pódio. 

Treinos – Os caratecas de Praia Grande treinam em cinco academias da Cidade. No Bairro Tupi, a equipe da Academia Gladiators tem comando do sensei Rodrigo Inácio. No Ocian, o grupo da Yamato Dojo é conduzido por Carolina Ramalho. No Samambaia, o time da Kami Dojo possui Ronaldo Rodrigues como mestre. No Boqueirão, o selecionado da Yoshimura Kyokai recebe orientação técnica do mestre Jorge Yoshimura. No Tupi, a turma da Seikan pertence ao técnico Márcio Papi. 

Há ainda, treinamentos públicos (gratuitos) disponibilizados pela Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) de Praia Grande. Sob comando do professor Luiz Fernando de Almeida Antunes, faixa preta 3º Dan, as aulas acontecem no Ginásio da SEEL (Avenida Minsitro Marcos Freire, 33579, Bairro Tupiry), às terças e quintas-feiras, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas; no Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180), às segundas, quartas e sextas-feiras, das 9 às 12 horas; e na Pista Municipal de Atletismo (Rua José Bonifácio, 400, Bairro Sítio do Campo), às segundas, quartas e sextas-feiras, das 14 às 17 horas.

Sob orientação do professor Jorge Yoshimura, faixa preta 8º Dan, os ensinamentos são realizados de segunda a sexta-feira, após às 18 horas, os treinos ocorrem no Ginásio Rodrigão (Av. Pres. Kennedy, 8169 – Mirim). Às segundas, quartas e sextas-feiras, das 13 às 17 horas, as atividades acontecem no Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180). Às terças e quintas-feiras, das 13 às 17 horas, as aulas desenvolvem-se no Centro de Apoio à Família do Educando (CAFE) do Bairro Vila Sônia (Rua João Andrade de Jesus, s/nº).

Praia Grande disputa competição de vela oceânica

Equipe municipal participa de evento internacional
17/7/2018

Desta sexta-feira (20) até o próximo dia 28, em Ilhabela, a equipe do núcleo de Praia Grande do Programa Navega São Paulo (Secretarias de Esportes e Lazer – SEEL– e Educação – Seduc; e Marinha do Brasil) disputa a 45ª Semana Internacional de Vela Oceânica de Ilhabela, evento, regido pelo Yacht Clube de Ilhabela com apoio da Federação de Vela do Estado de São Paulo (Fevesp).

Sob comando do professor Silvio Belo, o time da Cidade compete com o barco Cooperação, na classe RGS C (veleiros com cabine que possuem características de cruzeiro) – Ranger 22. Vale frisar que no ano passado, o grupo municipal terminou em oitavo lugar na categoria oceânica da 44ª Semana Internacional de Vela Oceânica de Ilhabela.

Monotipos – Nos dias 8 e 9 deste mês, em Ilhabela, de Praia Grande disputou a 45ª Semana Internacional de Vela Oceânica de Ilhabela, na classe dos barcos monotipos (embarcações monotipos são construídas conforme desenho único, tendo as mesmas medidas e peso: 
casco, leme, bolina ou quilha falsa, mastro e velame). Na classe open bic, a turma da Cidade conquistou medalha de prata com Giovana Vieira e bronze com Esdras Santana.

Retrospecto – Em 2017, na dingue, categorias sênior (mais de18 anos) e geral, títulos para Thiago Santana e Mariana Groba. Na máster (mais de 35 anos), o time da Cidade assegurou as três primeiras colocações com Sidney e Brian Henrique, Paulo Raíto, José e Danilton; Reynaldo Faustino e José Carlos. Na estreante, Guilherme Menezes e Yasmin Silva foram vice-campeões. Na júnior (até 17 anos), a turma municipal conquistou medalhas de prata e bronze com Dênis Fusco, João e Vitor; Isaías Menezes e Jamyli Oliviera. Na feminina aberta (idade livre), terceiro lugar para Mariângela, Sônia e Honeida Soares. Na classe open bic (barcos individuais para atletas com até 25 anos), primeira e segunda posições para Vitor Sudbrack e Ellion Santana. Na holder, Esdras Santana foi o segundo melhor e Rafael Soares, o terceiro.

Em 2016, o time de Praia Grande conquistou seis medalhas (três pratas e três bronzes). Em 2015, Praia Grande faturou 12 medalhas (seis ouros, três pratas e três bronzes) no evento internacional. Em 2014, conquistou 11 medalhas (quatro ouros, duas pratas e cinco bronzes). Em 2013, a turma praia-grandense obteve seis medalhas (quatro ouros, uma prata e um bronze). Em 2012, vieram seis conquistas (dois ouros, uma prata e três bronzes). Em 2011, foram nove medalhas (dois ouros, três pratas e quatro bronzes). Em 2010, o time local trouxe oito medalhas (quatro ouros, três pratas e um bronze). Em 2009, mais 11 medalhas (três ouros, quatro pratas e quatro bronzes). Em 2008, outras 19 medalhas (seis ouros, sete pratas e seis bronzes).

Aulas – As aulas do Programa Navega São Paulo de Praia Grande são abertas a pessoas de todas as idades, de segunda a sábado, das 8 às 17 horas, na Área de Lazer Ézio Dall’Acqua. Também conhecido como Portinho, o local, banhado pelo Mar Pequeno, está situado na entrada da Cidade, na Rua Paulo Sérgio Garcia s/nº, Bairro Sítio do Campo. 

Para participar basta que os interessados compareçam ao local das aulas, preencham ficha cadastral e apresentem documento de identidade com foto. Os menores de idade precisam que os responsáveis façam a inscrição. Outras informações podem ser obtidas na Secretaria de Educação (Rua José Borges Neto, 50, Bairro Mirim, ao lado da Prefeitura, telefone 3496-2350).

Municipal de futebol da 1ª Divisão chega à sétima rodada

Competição reúne 19 agremiações
17/7/2018

Neste domingo (22), a partir das 11 horas, nos campos da Cidade, ocorre a sétima rodada do Campeonato Municipal de Futebol, série A (primeira divisão), categoria masculina adulta. A competição, que reúne os 19 melhores times da Cidade e mais de 350 jogadores é regida pela Liga de Futebol Amador de Praia Grande (LFAPG) conta com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL).

No último domingo (15), ocorreu a sexta rodada da competição. Confira os resultados: chave A, SESC 5 x 1 Metropolitano, Real 4 x 2 Solemar, Ilha do Caieiras 1 x 0 América e Vila Mirim 1 x 0 Caiçara; na B, Parma 4 x 1 Ajax Melvi, Folha Verde 2 x 1 Atlântico, Amigos da Vila Sônia 2 x 1 Três Cores, Liberdade 2 x 1 Águia de Ouro e Galo de Ouro 2 x 1 Poty. Na classificação parcial, com 13 pontos, o time do Real lidera a chave A e o Amigos da Vila Sônia a B. A pontuação completa do torneio pode ser obtida no site da Liga: www.lfapg.com.br.

Dados – Na primeira fase, as equipes jogam todas contra todas dentro de cada grupo (A e B), em turno único, qualificando-se as quatro primeiras posicionadas, de cada chave, para a fase quartas de final (oito melhores). A partir daí, os confrontos ocorrem em sistema de eliminatória simples (quem perde está eliminado), no qual duelam o 1º posicionado da chave A x 4ºB, 2ºA x 3ºB, 3ºA x 2ºB, 4ºA x 1ºB. As duas últimas colocadas de cada chave, serão rebaixadas para a série B (segunda divisão).

No grupo A, duelam as equipes do América Futebol Clube (Japuí/São Vicente), SESC Futebol Clube (Sítio do Campo), Ilha do Caieiras Futebol Clube (Caieiras), Real Esporte Clube (Real), Associação Vila Mirim Esporte Clube (Mirim), Caiçara Futebol Clube (Caiçara), Associação Atlética Solemar (Solemar), Estrela do Norte Futebol Clube (Caieiras) e Associação Recreativa Metropolitano (Ocian). 

No B, jogam os times do Atlântico Sociedade Esportiva e Atlética (Mirim), Esporte Clube Galo de Ouro (Mirim), Poty Futebol Clube (Tupi), Liberdade Futebol Clube (Canto do Forte), Esporte Clube Águia de Ouro (Aviação), Clube Atlético Três Cores (Mirim), Amigos da Vila Sônia Futebol Clube (Vila Sônia), Folha Verde Esporte Clube (Glória), Ajax Melvi Futebol Clube (Melvi) e Parma Futebol Clube (Ocian).

Retrospecto – Em 2017, a equipe do América Futebol Clube sagrou-se campeã. Na decisão, venceu por 1 a 0 do Metropolitano. Em 2016, a equipe do Amigos da Vila Futebol Clube venceu o Campeonato. Na decisão, o time do Vila Sônia derrotou, por 3 a 1, o selecionado do Folha Verde Esporte Clube (Glória). Na temporada 2014/2015, o Real Esporte Clube conquistou o título. Na final, a turma do Bairro do Jardim Real venceu nos pênaltis, por 4 a 2, o time do Atlântico. Em 2013, deu Galo de Ouro. Em 2012, a equipe do Palmeirinhas EC sagrou-se campeã. Em 2011, o selecionado do Galo de Ouro levantou a taça. 

Em 2010, após uma confusão no jogo final (os árbitros foram agredidos), a LFAPG dividiu o título com os times do Real e do Vasquinho Futebol Clube (Mirim). Em 2009 e 2008, o time do Atlético Clube Praia Grande venceu a série A-1. Em 2007, o primeiro lugar ficou com o Real. Em 2006, medalha de ouro para o grupo do Três Cores. Em 2005, vitória da rapaziada do Real.

Confrontos – Confira a programação da quarta rodada:

Campo anexo ao Ginásio Magic Paula (esquina da Avenida dos Trabalhadores com a Rua Leila Maria de Barros Monteiro, s/nº, Bairro Antártica)
11 horas – Três Cores x Folha Verde

Campo do Real Esporte Clube (Rua Antônio Luís Permaia, s/nº – Bairro Jardim Real)
11 horas – Galo de Ouro x Liberdade

Campo do Botafogo (Rua dos Trabalhadores, s/nº, Bairro Antártica)
11 horas – Águia de Ouro x Atlântico
13 horas – América x SESC

Campo do Cristal (Avenida das Castanheiras, 266, Bairro Samambaia)
11 horas – Metropolitano x Vila Mirim
13 horas – Parma x Amigos da Vila Sônia

Campo do Melvi (Rua Milton de Oliveira, s/nº, Bairro Melvi – atrás da caixa d’água da Sabesp)
13 horas – Ajax Melvi x Poty

Campo do Solemar (Rua Adriano dos Santos, s/nº, Bairro Cidade da Criança)
13 horas – Solemar x Ilha do Caieiras.

JR: Confira a programação de Praia Grande nesta segunda feira

Delegação municipal compete em Santo André
9/7/2018

Nesta segunda-feira (9), em Santo André, a delegação de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) compete no sexto dia (total de nove) dos 62º Jogos Regionais (JR) do Estado de São Paulo – 1ª Região, evento regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ) e que reúne 25 municípios (de 31 possíveis), mais de três mil atletas, em 23 esportes.

Competem atletas de Praia Grande, São Bernardo do Campo, Santos, São Caetano do Sul, Santo André, Osasco, Guarujá, Ribeirão Pires, Peruíbe, Bertioga, Itanhaém, São Vicente, Cubatão, Mongaguá, Mauá, Rio Grande da Serra, Diadema, Cotia, Itapecerica da Serra, Itapevi, Jandira, Juquitiba, Taboão da Serra, Embu das Artes e Vargem Grande Paulista. Não participam as cidades de Barueri, Itariri, Pedro de Toledo, Carapicuíba, Embu-Guaçu e São Lourenço da Serra.

Participam do evento estadual os selecionados praia-grandenses de atletismo masculino e feminino (M/F), e para pessoas com deficiência (PcD) adultas (idade livre); basquete M sub-20, biribol M livre, bocha M livre, caratê M/F, capoeira M/F livre, damas mista livre, futsal M livre, futebol M sub-20, ginástica artística M sub-16 e F livre, ginástica rítmica F sub-14, handebol M/F sub-20, judô M/F livre, malha M livre, natação M/F/PcD livre; taekwondo M/F livre, tênis F/M livre, tênis de mesa M livre e F sub-20, vôlei M sub-20 e F livre, vôlei de praia M/F e xadrez M/F sub-20.

Confira a programação:

Segunda-feira (9 de julho)
Piscina de 25 metros do Ginásio do Complexo Esportivo Pedro Dell´Antonia
9 horas – início dos torneios de natação feminina, masculina e PcD livres

Clube Atlético Aramaçan
9 horas – decisão do 3º lugar da malha masculina livre – Praia Grande x São Vicente

Ginásio Poliesportivo da Faculdade de Medicina ABC
9h30 – 1ª rodada do handebol feminino sub-20 – Praia Grande x Santos

Clube Atlético Aramaçan
9h30 – 1ª rodada do vôlei de praia feminino livre – Praia Grande x Diadema
9h30 – 1ª rodada do vôlei de praia masculino livre – Praia Grande x São Vicente

Clube de Bocha Pinheirinho
10 horas – 1ª rodada da bocha masculina livre – Praia Grande x São Vicente

Clube Atlético Aramaçan
13 horas – sorteio e início do torneio de xadrez masculino e feminino sub-20

Campo da Sociedade Esportiva Cidade Imaculada
14h30 – 3ª rodada do futebol masculino sub-20 – Praia Grande x Santos

Ginásio do Complexo Esportivo Pedro Dell´Antonia
15h30 – 1ª rodada do vôlei feminino livre – Praia Grande x São Caetano do Sul

Jogos Regionais: Praia Grande compete nos três primeiros dias

Competição estadual começa nesta quarta (4)
4/7/2018

Nesta quarta-feira (4), em Santo André, a delegação de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) inicia a participação nos 62º Jogos Regionais (JR) do Estado de São Paulo – 1ª Região, evento regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ). A competição reúne mais de 200 municípios de São Paulo, divididos em oito regiões. No Grande ABCD, acontecem os confrontos da primeira região que envolvem 31 cidades e mais de cinco mil atletas em 26 esportes.

Nos três primeiros dias de competições, entram em ação as equipes praia-grandenses de atletismo masculino e feminino (M/F), e para pessoas com deficiência (PcD) adultas (idade livre); basquete M sub-20, capoeira M/F livre, futsal M livre, damas mista livre, ginástica rítmica F sub-14, malha M livre, taekwondo M/F livre, tênis F livre. 

Na sequência da competição estadual (vai até o próximo dia 14), participam os selecionados municipais de biribol M livre, bocha M livre, caratê M/F, futebol M sub-20, ginástica artística M sub-16 e F livre, handebol M/F sub-20, judô M/F livre, natação M/F/PcD livre; tênis M livre, tênis de mesa M livre e F sub-20, vôlei M sub-20 e F livre, vôlei de praia M/F e xadrez M/F sub-20.

Confira a programação das equipes de Praia Grande nos três primeiros dias de competições:

Quarta-feira (4 de julho)
Ginásio da Universidade Federal do ABC
8 horas – disputas de taekwondo masculino e feminino livre

Poliesportivo da Faculdade Anhanguera
8 horas – disputas de capoeira masculina e feminino livre

Clube Atlético Aramaçan
8h30 – 1ª rodada da malha masculina livre – Praia Grande x Jandira

Academia de Tênis & Cia
10 horas – 1ª rodada do tênis feminino livre – Praia Grande x Embu das Artes

Ginásio Celso Daniel
13h30 – 1ª rodada do basquete masculino sub-20 – Praia Grande x Mauá

Clube Atlético Aramaçan
14 horas – 1ª rodada das damas mistas livre (às 13 horas serão sorteado os duelos)

Ginásio Noêmia Assunção
16h30 – 1ª rodada do futsal masculino livre – Praia Grande x Guarujá

Quinta-feira (5 de julho)
Ginásio do Instituto Sagrada Família
8 horas – disputas de ginástica rítmica feminina sub-14

Clube Atlético Aramaçan
13 horas – 2ª rodada das damas mistas livre 

Ginásio Celso Daniel
13h30 – 2ª rodada do basquete masculino sub-20 – Praia Grande x São Vicente

Sexta-feira (6 de julho)
Centro Esportivo Professor Oswaldo Teixeira – Arena Caixa
8 horas – disputas de atletismo masculino, feminino e pcd livres

Clube Atlético Aramaçan
8h30 – 2ª rodada da malha masculina livre – Praia Grande x Mauá

Academia de Tênis & Cia
10 horas – 1ª rodada do tênis masculino livre – Praia Grande x Osasco

Clube Atlético Aramaçan
13 horas – 3ª rodada das damas mistas livre 

Ginásio Celso Daniel
13 horas – 3ª rodada do basquete masculino sub-20 – Praia Grande x Santo André

Ginásio Noêmia Assunção
16h30 – 2ª rodada do futsal masculino livre – Praia Grande x Diadema

JR: Ginástica Artística de Praia Grande disputa 62ª edição

Turma da Cidade compete em Santo André
2/7/2018

Neste sábado e domingo (7 e 8), em Santo André, as seleções de ginástica artística feminina idade livre e masculina sub-16 de Praia Grande (Secretaria de Esportes e Lazer – SEEL) disputam o torneio dos 62º Jogos Regionais (JR) do Estado de São Paulo – 1ª Região, evento regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ). 

As meninas da Cidade enfrentam atletas apenas de São Bernardo do Campo. Há provas de solo, salto sobre o cavalo, trave de equilíbrio, barras paralelas assimétricas, individual geral (somatória de pontos obtidas por cada competidor em todos os aparelhos) e torneio por equipes. 

Representam a Cidade as ginastas Nicole Piacentini de Freitas Pereira, 18 anos; Isadora Paulinia de Oliveira, 15; Kailane Araújo Fontes, 15; e Ranya Jamilli Pavezi Gonzales. Técnicos:, Leandro Salvador Heredia e Caio Américo Costa.

Histórico da ginástica artística feminina de Praia Grande nos Jogos Regionais:
2008 (sede São Caetano) – sub-14 – 5º lugar 
2009 (Santo André) – sub-14 – 4º lugar (2 pratas e 1 bronze) 
2010 (Guarujá) – sub-14 – 3º lugar (2 pratas e 2 bronzes) 
2011 (Santo André) – sub-14 – 2º lugar 
2012 (Santo André) – sub-14 – 3º lugar (1 bronze) 
2013 (Barueri) – livre – 3º lugar (1 bronze) 
2014 (Osasco) – sub-14 – 4º lugar 
2015 (São Bernardo do Campo) – livre – 2º lugar (2 pratas) 
2016 (São Bernardo do Campo) – livre – 2º lugar 
2017 (São Bernardo do Campo) – livre – 2º lugar (1 prata e 2 bronzes)

Masculina – Os rapazes da Cidade enfrentam os selecionados de Santos, São Vicente e São Caetano do Sul. Nas disputas por medalhas nas provas de solo, cavalo com alças, argolas, salto, barras paralelas simétricas, barra fixa, individual geral (somatória de pontos obtidas por cada competidor em todos os aparelhos) e equipe. 

Representam a Cidade os ginastas Gabriel Matias Lazzarini de Souza, 10 anos; Cassio Eduardo Menezes do Nascimento, 12; Vitor Silva Mendes Vieira, 12; Lucas de Souza Nazareth, 12; William Domingos dos Santos Filho, 13; Daniel Santana Vieira, 14; Gustavo Henrique Ramos Rezende de Moraes, 15; e Jedson Ferreira Santos, 15. Técnicos: Luís Carlos Mitio Okuda, Leandro Salvador Heredia e Caio Américo Costa.

Histórico da ginástica artística masculina de Praia Grande nos Jogos Regionais:
2008 (sede São Caetano) – sub-16 – 3º lugar 
2009 (Santo André) – sub-16 – 4º lugar 
2010 (Guarujá) – sub-16 – 3º lugar 
2011 (Santo André) – sub-16 – 3º lugar 
2012 (Santo André) – sub-16 – 1º lugar (2 ouros, 1 prata e 3 bronzes) 
2013 (Barueri) – sub-16 – 2º lugar (3 pratas e 2 bronzes) 
2014 (Osasco) – sub-16 – 2º lugar (1 ouro, 5 pratas e 3 bronzes) 
2015 (São Bernardo do Campo) – sub-16 – 2º lugar (4 pratas e 2 bronzes) 
2016 (São Bernardo do Campo) – sub-16 – 2º lugar (2 pratas e 2 bronzes) 
2017 (São Bernardo do Campo) – sub-16 – 2º lugar (2 ouros, 4 pratas e 3 bronzes)

Nadadores juvenis disputam o Campeonato Paulista

Time da Cidade compete no interior do Estado
28/6/2018

De sexta-feira a domingo (29 a 1º), a partir das 9 horas, na piscina olímpica (50 metros) da Arena da Associação Bauruense de Desportos Aquáticos (ABDA), em Bauru, o selecionado de Praia Grande (Secretaria de Esportes e Lazer – SEEL –, Natação Praia Grande e Associação de Pais e Amigos – APADELP) compete no Campeonato Paulista de Natação de Inverno, categoria juvenil 1 e 2 (15 e 16 anos) – 6º Troféu João Sazaki, evento regido pela Federação Aquática Paulista (FAP) com chancela da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA). 

Sob comando técnico do professor Régis dos Anjos Aguiar, representam a Cidade na juvenil 1, os nadadores Guilherme Silva Serrano (nas provas de 100 metros livres, 400 medley, 100 e 200 peito), Luan Alves Jekabson (100 e 200 borboleta, 200 e 400 medley) e Gabrielle da Cunha de Souza e Silva (100 borboleta, 200 medley, 100 e 200 peito).

Os atletas de Praia Grande treinam na piscina municipal (Avenida Presidente Castelo Branco s/nº, Bairro Mirim). Na Cidade, o esporte competitivo é conduzido pela Secretaria de Esportes e Lazer (SEEL). Há ainda escolinha municipal através do programa SuperEscola, mantido pela Secretaria de Educação (Seduc). 

Dados – Em 2017, a equipe de Praia Grande não participou do evento estadual. Em 2016, na juvenil 1, Isabela Silva de Carvalho terminou em oitavo lugar nos 200 metros borboleta, em 13º nos 100 borboleta e em 19º nos 200 medley. João Roberto Archiolli Marques foi 12º colocado nos 100 peito e 28º nos 100 livres. Na juvenil 2, João Vitor Xavier Nogueira encerrou na 13ª posição nos 200 medley, 18ª nos 200 livres, 24ª nos 100 livres e 26ª nos 100 borboleta. 

Em 2015, dois nadadores da Cidade foram os melhores da Região da Baixada Santista nas respectivas provas que disputaram no Paulistão de Inverno. Na juvenil 2, Daniela Luís Queiros dos Santos terminou em 11º lugar nos 800 livres; e em 17º lugar nos 400 livres. Na juvenil 1, João Vitor Xavier Nogueira foi 10º colocado nos 200 medley; e 17º nos 400 medley. João disputou ainda outras duas provas nas quais não foi o melhor da Região. Nos 100 costas, ele encerrou na 13ª posição e nos 100 borboleta na 23ª. 

Em 2014, o grupo municipal não participou do evento. Em 2013, na juvenil 1, Roberta Pessoa de Mello terminou em sétimo lugar nos 100 e 200 borboleta. Foi ainda, 15ª colocada nos 200 livres. João Paulo Rinaldi Luna acabou em 16º lugar nos 100 borboleta, 19º nos 200 livres, 23º nos 200 medley e 31º nos 100 livres. Na juvenil 2, Luana Maria Miranda de Oliveira encerrou na 16ª posição nos 100 livres e 18ª nos 50 livres.

Municipal de Futebol da 2ª Divisão tem 10 jogos em nova rodada

Competição reúne 20 agremiações da Cidade
28/6/2018

Neste domingo (1º), a partir das 11 horas, nos Campos da Cidade, ocorre a quarta rodada do Campeonato Municipal de Futebol, série B (segunda divisão), categoria masculina adulta. A competição, que reúne 20 times da Cidade e mais de 350 jogadores, é regida pela Liga de Futebol Amador de Praia Grande (LFAPG) conta com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL).

Confira todos os resultados da terceira rodada: na chave A, Vila Sônia 3 x 2 Parquestão, Nós Por Nós 2 x 1 Veneno, Oriental 1 x 0 Cruz de Malta, Atlético Melvi 1 x 0 Corinthians Vila São Jorge e Brasa 1 x 1 Malaga; na B, Caieiras 4 x 0 Unidos, Botafogo 3 x 0 Bahia Litoral, Fúria 2 x 0 Treze de Maio, Palmeirinhas 3 x 2 Cristal Etanol e Unidos 0 x 0 Jardim Quietude. Na classificação parcial, a turma do Nós por Nós lidera a chave A com nove pontos e a do Caieiras comanda a B com sete. A pontuação completa da competição pode ser obtida no site da Liga: www.lfapg.com.br.

Dados – Na primeira fase, as equipes jogam todas contra todas dentro de cada grupo (A e B), em turno único, qualificando-se as quatro primeiras posicionadas, de cada chave, para a fase quartas de final (oito melhores). A partir daí, os confrontos ocorrem em sistema de eliminatória simples (quem perde está eliminado), no qual duelam o 1º posicionado da chave A x 4ºB, 2ºA x 3ºB, 3ºA x 2ºB, 4ºA x 1ºB. As duas últimas colocadas de cada chave, serão rebaixadas para a série C (terceira divisão).

No grupo A, duelam as equipes do Esporte Clube Oriental (Bairro Forte), Brasa Futebol Clube (Caiçara), Nós Por Nós Futebol Clube (Real), Corinthians Futebol Clube de Vila São Jorge (Ocian), Parquestão Futebol Clube (Samambaia), Esporte Clube Vila Sônia (Vila Sônia), Veneno Esporte Clube (Mirim), Málaga Futebol Clube (Mirim), Esporte Clube Cruz de Malta (Melvi) e Atlético Melvi Futebol Clube (Melvi).

No B, jogam os times do Esporte Clube Cristal Etanol (Samambaia), Grêmio Esportivo Jardim Quietude (Quietude), Unidos Futebol Clube (Tupi), Caieiras Futebol Clube (Caieiras), Fúria Futebol Clube (Canto do Forte), Botafogo Futebol Clube (Antártica), Palmeirinhas Esporte Clube (Antártica), Bahia Litoral Futebol Clube (Caieiras), Treze de Maio Futebol Clube (Sítio do Campo) e Vasquinho Futebol Clube (Mirim). 

Retrospecto – Em, 2017, o selecionado do Ilha do Caieiras Futebol Clube sagrou-se campeão do Municipal de Futebol, série B. Na decisão, a turma do Bairro Caieiras venceu nos pênaltis, por 5 a 4 (após empate de 0 a 0 no tempo regulamentar), a equipe do Clube Atlético Três Cores (Mirim). Em 2016, o SESC Futebol Clube (Sítio do Campo) sagrou-se vencedor. Na final, venceu nos pênaltis, por 5 a 4 (após empate de 1 a 1), o Clube Águia de Ouro (Aviação). 

Na temporada 2014/2015, de forma invicta, a equipe dos Amigos da Vila Futebol Clube (Vila Sônia) ficou com a medalha de ouro. Na decisão, ganhou nos pênaltis, por 3 a 1 (após empate de 0 a 0), do Unidos Futebol Clube (Tupi). Em 2013, o Esporte Clube Centro Social de Ação Comunitária/CESAC sagrou-se campeão. Na decisão, ganhou, por 1 a 0, do Juventus Futebol Clube (Tupi). Em 2012, deu Vasquinho Futebol Clube. Em 2011, a equipe do Esporte Clube Oriental sagrou-se campeã. Em 2010, a turma do Vasquinho ficou com o título. Em 2009, a equipe do Veneno conquistou o ouro. Em 2008, vitória para o grupo do Palmeiras Esporte Clube. 

Programação – Confira as partidas programadas para a quarta rodada:

Campo do Cristal (Avenida das Castanheiras, 266, Bairro Samambaia)
11 horas – Cristal Etanol x Vasquinho

Campo do Palmeirinhas Esporte Clube (Rua João Batista Siqueira, 11.380, Bairro Antártica)
11 horas – Malaga x Parquestão
13 horas – Palmeirinhas x Bahia Litoral

Campo do Unidos Futebol Clube (Rua Orivaldo Augusto Oliveira, 26.466, Bairro Tupi)
13 horas – Oriental x Corinthians Vila São Jorge

Campo do Melvi (Rua Milton de Oliveira, s/n, Bairro Melvi – atrás da caixa d’água da Sabesp)
13 horas – Cruz de Malta x Nós Por Nós 

Campo do Solemar (Rua Adriano dos Santos, s/nº, Bairro Cidade da Criança)
13 horas – Brasa x Vila Sônia

Campo do Galo de Ouro (Rua José Borges Neto, Bairro Mirim)
13 horas – Atlético Melvi x Veneno
15 horas – Jardim Quietude x Botafogo

Campo anexo ao Ginásio Magic Paula (esquina da Avenida dos Trabalhadores com a Rua Leila Maria de Barros Monteiro, s/nº, Bairro Antártica)
15 horas – Fúria x Unidos

Campo do Atlético Clube de Praia Grande (Avenida Irmãos Adorno s/nº, Bairro Sítio do Campo)
15 horas – Treze de Maio x Caieiras.

%d blogueiros gostam disto: