• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Praia Grande

Bairro Flórida – década de 1940

A gasolina está cara ainda da uma dessa

Twig vs. Eminent | 39ª Batalha do Mundão 

Foto: Maria lizalva #euamopg-fotos

Somos contra as “fake news”

Carrefour Market da Mallet está quase pronto

Foto: Fran Dourado #euamopg-fotos

PEDALADAS CCF

Fábio Rabin – Greve dos Caminhoneiros / Final da Champions 2018

17ª Sessão Ordinária – 29-05-2018

Solenidade Entrega de Apartamentos

Judocas ganham quatro medalhas na final estadual dos Joguinhos

Equipe local brilha em Franca
28/5/2018

A equipe de judô de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) conquistou quatro medalhas (um ouro, duas pratas e um bronze) na fase final dos Jogos Abertos da Juventude, os Joguinhos, evento sub-18 regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ). O torneio, realizado no último domingo (27), ocorreu na cidade de Franca.

Sob comando dos professores Alberto Silva Bittencourt, Danusa Shira Bittencourt e Rodrigo de Matos, o time municipal teve 100% de aproveitamento (quatro atletas lutaram e todos subiram no pódio). No peso médio (63 a 70 quilos), medalha de ouro para Giulia Tavares Leitão. No leve (66 a 73 kg), prata para Gustavo Santos Gomes. No absoluto (peso livre), segundo lugar para Carlos Eduardo Silva de Macedo. No pesado (mais de 78 kg), terceira posição para Larissa Vieira Coutinho.

Por equipes (representando a seleção da Diretoria Regional de Esporte e Lazer – DREL – de Santos), o time feminino local terminou na oitava posição, assim como o masculino. Para chegar à final estadual, os atletas disputaram a fase Sub-regional na qual enfrentaram-se as turmas das Cidades da Região Metropolitana da Baixada Santista e depois a Regional que reuniu os vencedores da sub-regional e do Litoral Sul.Em Franca, o chefe da delegação de Praia Grande é o diretor do Departamento Esportivo da SEEL, Cláudio Luiz Monteiro de Morais, o Camarão.

Retrospecto – Em 2017, as judocas de Praia Grande faturaram dois ouros e duas pratas e foram campeãs gerais. Os rapazes ganharam um ouro e encerraram na oitava colocação. Em 2016, o time feminino foi o quarto melhor com um ouro e dois bronzes. Em 2015, o grupo feminino obteve a sexta posição com um ouro e um bronze.No total, desde 2007, as meninas e os meninos do judô entram em ação na final estadual dos Joguinhos acumulando 32 subidas no pódio (15 ouros, 7 pratas e 10 bronzes).

Evento destaca a importância da adoção

Caminhada da Adoção foi realizada na manhã de domingo na avenida da praia
28/5/2018

Para desmistificar preconceitos, levar informação a todos e mostrar que a adoção de uma criança é um importante ato de amor, foi realizada na manhã do último domingo (27), na avenida da praia, em Praia Grande,a 6ª Caminhada da Adoção. O evento, organizado pelo Grupo de Apoio à Adoção Laços de Amor (Gaala),tem o apoio da Prefeitura de Praia Grande, através da Secretaria de Assistência Social (Seas), e do Fundo Social de Solidariedade (FSS). Pelo menos, mais de 300 pessoas participaram do evento, que reuniu profissionais da área, simpatizantes da causa e famílias adotivas.

Para ganhar uma camiseta do evento, cada participante doou duas embalagens de leite em pó ao grupo, que repassou os itens para o FSS de Praia Grande, a Casa Crescer e Brilhar, de São Vicente, e Casa da Vovó Benedita, em Santos. Por volta das 10 horas, os participantes saíram da Praça Duque de Caxias, no Bairro Canto do Forte, e seguiram pela Avenida Presidente Castelo Branco até o Conviver do Bairro Boqueirão, localizado no calçadão da praia, em frente à Rua Pernambuco.

O tema deste ano foi “Nome e filiação afetiva, uma escolha que deve ser respeitada”. De acordo com a presidente do Gaala, Júlia Leal, quando a criança é adotada ela carrega o nome biológico e tem muita dificuldade de ser chamada pelo nome social. “Esse é o nosso tema deste ano. Queremos que as pessoas se conscientizem da necessidade de respeitar essas crianças e adolescentes”.

A diretora da Divisão de Proteção Especial, Vania Gimenez, destacou que o evento é muito importante para a conscientização não somente para a questão da adoção, mas também sobre o acolhimento. “No nosso abrigo, temos muitas crianças que participam do projeto Apadrinhamento Afetivo. Atividades como esta podem despertar a vontade da ação e não somente dos menores, mas, principalmente, das crianças maiores”. 

De acordo com a comerciante Amanda Maluxenas, de 35 anos, mãe do pequeno Vitor, de 1 ano, ações como esta são essenciais para pais que buscam informações sobre adoção. “É um processo, que muitas vezes demora. Comigo e meu marido foram mais de 2 anos. Por isso, a troca de experiência e de informações de grupos com o Gaala são muito importantes. Especialmente para mostrar que toda a espera vale a pena, quando recebi a ligação do fórum virei mãe”.

Quem também já passou pelo processo é a professora Karina Aires dos Santos, 35 anos. Junto com sua esposa, Juliana César Arze, 40 anos, elas adotaram o pequeno João Antônio, de 9 meses de idade. “Muito se fala da demora deste processo de adoção, mas a espera é essencial para a preparação da família. A criança não é uma mercadoria que pode ser devolvida sem problemas, ela é um ser que precisa de amor e proteção. É necessário criar um espaço familiar para ela. No nosso caso, num primeiro momento meus parentes ficaram chocados com a ideia, hoje em dia o João Antônio é o xodó da família”.

O agente de saúde William Vieira, de 34 anos, está à espera de seu primeiro filho com o marido. “Estamos somente no aguardo de uma posição do juiz.Já estamos no processo há cerca de 2 anos e se não fosse todo esse apoio do Gaala talvez até tivéssemos desistido, ainda que sempre quisemos ter filhos. Esse período de atendimento com assistentes sociais e psicólogos é muito importante”.

Outras informações sobre o trabalho podem ser obtidas no sitewww.gaala.org ou pelo telefone da entidade, o 3016-6152.

Dia da Adoção – O dia 25 de maio foi escolhido o Dia Nacional da Adoção pelos quatorze Grupos de Apoio à Adoção que se reuniram em 1996 em Rio Claro, interior de São Paulo, onde foi realizado o I Encontro Nacional de Associações e Grupos de Apoio à Adoção. A lei foi sancionada em 9 de maio de 2002 sob o nº 10.447. Em Praia Grande, desde 2014, a data também foi escolhida para celebrar o Dia Municipal da Adoção.

#Comunicado #importante

Vila Junina 2018 começa nesta sexta (1º)

Duas atrações musicais por noite é a novidade deste ano. Festa será em todos os finais de semana de junho
28/5/2018

A Vila Junina 2018 está prestes a começar em Praia Grande. Nesta sexta (1º), o Pavilhão de Eventos Jair Rodrigues recebe, a partir das 18 horas, ocorre a abertura de uma das mais tradicionais festas juninas da Baixada Santista. Com entrada gratuita, comidas típicas, atividades e muita música, a Vila Junina promete agitar turistas e munícipes em todos os finais de semana de junho (sexta e sábado, das 18 até meia noite, e domingo, das 18 às 23 horas). 

Segundo o secretário de Cultura e Turismo de Praia Grande, Esmeraldo Vicente dos Santos, o Dinho, a novidade deste ano é ter duas atrações musicais em cada dia de evento (confira abaixo a relação de artistas do fim de semana). “Ter duas bandas por noite possibilita prestigiarmos ainda mais os músicos da nossa região, além, é claro, de engrandecermos a nossa Vila Junina”, comentou o secretário.

Na abertura da festa, o cantor André Visan sobe ao palco, por volta das 19h30, para trazer muita música ao Pavilhão. Seguindo com a programação da noite, às 21h30, o artista Erick Rios cantará diversos sucessos da música sertaneja. 

Neste ano, 24 barracas de entidades assistenciais de Praia Grande oferecem uma grande variedade de quitutes juninos. Pamonha, caldos, bolo de milho, pipoca, doces, vinho quente e quentão são algumas das delícias vendidas no local. Além disso, a criançada poderá se divertir com as brincadeiras típicas da época como boca do palhaço, pescaria e argola. 
Produzida toda de forma artesanal pela equipe de Artes Visuais da Secretaria de Cultura e Turismo de Praia Grande, a decoração promete trazer um charme típico das festas juninas. Painéis para fotos, banners e bandeirinhas, farão o público se encantar com todo capricho dos trabalhos realizados. 

Serviço – Com início nesta sexta (1) seguindo até 01 de julho, a Vila Junina faz parte do projeto Estação Inverno, que promove eventos fora da temporada de verão. O objetivo da Festa, além de trazer divertimento aos moradores e turistas, é auxiliar entidades assistenciais do Município a manterem seus projetos e manutenção. 

Com entrada e estacionamento gratuitos, o Pavilhão de Eventos Jair Rodrigues fica localizado na Avenida Ministro Marcos Freire, s/n (altura do viaduto 8 da Via Expressa Sul), no Bairro Quietude.
Programação de shows- Confira as atrações musicais deste final de semana:
Sexta- 
19h30 – André Visan
21h30 – Erick Rios
Sábado
19h30 – Gustavo Souza
21h30 – Lucas & Larissa
Domingo
19 horas – Reizinho dos Teclados
21 horas – Taimon & Thiago

%d blogueiros gostam disto: