• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Praia Grande

Bairro Ocian recebe jogos da Copa PG de Futsal Menor

Partidas ocorrem neste sábado (9)
8/6/2018

Neste sábado (9), a partir das 8 horas, em duas quadras do Ginásio do Ocian Praia Clube (Rua Comendador Oto Carlos Golanda, 80, Bairro Ocian), ocorrem partidas válidas pela 14ª rodada da primeira fase da Copa Praia Grande de Futsal Masculino, categorias menores (sub-7 a sub-16), evento regido pela Liga Praia-grandense de Futsal (LPFS) com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) da Cidade.

Na quadra 1, às 8 horas, na categoria sub-14, duelam os times do Colégio Recanto Educacional e Projeto Social Maxland Futsal/Anjos da Bola. Às 8h40, na sub-14, jogam as equipes do Ocian Praia Clube Branco e Ocian Vermelho. Às 9h20, na sub-14, confrontam-se os selecionados do Projeto Esportivo Esmeralda e Império Futsal.

Na quadra 2, às 8h30, na sub-8, enfrentam-se as turmas do Esporte Clube Vitória e Academia Futsal Arte (AFA). Às 9h10, na sub-12 série bronze (não jogam atletas Federados, nem participantes de disputas da Liga Regional), atuam os grupos do Ocian PC e AFA. Às 9h50, na sub-12 livre, confrontam-se os times do Ocian PC e Tudsport Futsal. Ás 10h30, na sub-12 livre, enfrentam-se as equipes do Colégio Recanto e PE Esmeralda.

Última – Na segunda-feira (11), na quadra 1 do Ginásio do Ocian Praia Clube, pela última rodada da primeira fase da competição municipal, às 19h30, na sub-12 bronze, duelam Ocian PC e Colégio Alpha. Às 20h10, na sub-12 livre, jogam PE Esmeralda e Colégio Recanto. Às 20h50, na sub-12 livre, atual Ocian PG e Tudsport. Na quadra 2, às 19h30, enfrentam-se Ocian PC Amarelo e PS Maxland Futsal/Anjos da Bola. Às 20h10, na sub-14, confrontam-se Ocian Branco x Colégio Recanto. Às 20h50, na sub-14, a turma do Ocian vermelho encara a do Império Futsal.

Gols – Nas últimas segunda e terças-feiras (4 e 5), no Ginásio do Ocian Praia Clube, ocorreram novas rodadas da competição. Confira todos os resultados: na sub-7, AFa 2 x 1 Escola Celestin Freinet; na sub-8, Império Futsal 3 x 0 AFA; na sub-12 bronze, Império 2 x 2 AFA; na sub-12 livre, Colégio Recanto 8 x 1 Esmeralda; na sub-14, Colégio Recanto 11 x 0 Esmeralda, Império 3 x 1 Ocian branco e Colégio Recanto 9 x 1 Ocian Amarelo; na sub-16, Metropolitano 10 x 2 Magic Soccer e Colégio Recanto 4 x 0 Esmeralda. 

Dados – No total, a competição reúne 15 agremiações: Escola Celestin Freinet (Bairro Guilhermina), Ocian Praia Clube (Ocian), Associação Recreativa Metropolitano (Ocian), Colégio Recanto Educacional (Boqueirão), Delta Esportes (Ocian), Colégio Alpha (Boqueirão), Esporte Clube Vitória (Vila Sônia), Projeto Esportivo Esmeralda (Esmeralda), Projeto Social Maxland Futsal/Anjos da Bola (Maxland), Magic Soccer (Ocian), Guerreiros do Futsal (Mirim), Império (Sítio do Campo), Tudsport (Sítio do Campo), AFA (Mirim) e Melvi Futsal (Melvi).

Na primeira fase, as equipes jogam todas contra todas em turno único, qualificando-se as quatro primeiras colocadas de cada categoria para a fase semifinal. As campeãs e vice-campeãs ganham troféus e medalhas. As terceiras colocadas levam somente medalhas. Nas classes sub-7 e sub-8, as partidas têm dois tempos de 10 minutos. Na sub-10 e sub-12, são 12 minutos. Na sub-14 e sub-16, são 15 minutos.

Em 2017, a Copa Praia Grande ocorreu apenas na categoria adulta. A equipe do Richard’s Costelaria Futsal sagrou-se campeã e a do Colorado Futsal vice-campeã. O goleiro Rafael (RC Futsal) foi eleito o melhor da competição. O jogador Eliel (Metropolitano) garantiu o troféu de artilheiro do torneio com 10 gols marcados. Em 2016, na adulta, o evento foi vencido pela turma do Metropolitano e a equipe do RC Futsal ficou em segundo lugar.

Em 2015, na sub-8, a primeira colocação ficou com a garotada da Escola Celestin Freinet. Na sub-10, medalha de ouro para a turma do Esmeralda. Na sub-12, vitória da equipe do Esporte Clube Vitória. Na sub-14, o grupo do Projeto Cohab (Canto do Forte) conquistou o título. Na sub-16, a taça de campeão ficou com o selecionado do Esmeralda.
Pontos – Confira a classificação parcial da Copa Praia Grande de Futsal Masculino 2018:

Categoria sub-7
1º AFA – 9 pontos, 3 vitórias, 1 derrota, 10 gols prós e 5 gols contras;
2º Ocian Vermelho – 9pts, 3v, 1d, 9gp, 7gc;
3º Ocian Amarelo – 6pts, 2v, 2d, 6gp, 5gc;
4º Delta – 3pts, 1v, 3d, 11gp, 13gc;
5º Escola Celestin Freinet – 0pt, 2d, 6gc.

Sub-8
1º Império – 12pts, 4v, 19gp, 4gc;
2º Delta – 12pts, 4v, 1d, 19gp, 5gc;
3º AFA – 6pts, 2v, 2d, 12gp, 8gc;
4º Esmeralda – 4pts, 1v, 1empate, 2d, 4gp, 11gc;
5º Vitória – 1pt, 1e, 2d, 3gp, 14gc;
6º Ocian – 0pt, 4d, 1gp, 16gc.

Sub-10
1º Império – 9pts, 3v, 13gp, 4gc:
2º Escola Celestin Freinet – 7pts, 2v, 1e, 8gp, 4gc;
3º AFA – 6pts, 2v, 2d, 9gp, 10gc;
4º Maxland/Anjos da Bola – 5pts, 1v, 2e, 5gp, 4gc;
5º Esmeralda – 3pts, 1v, 1d, 4gp, 7gc;
6º Delta – 2pts, 2e, 1d, 1gp, 3gc;
7º Ocian – 1pt, 1e, 2d, 1gp, 4gc;
8º Melvi – 0pt, 3d, 7gp, 10gc.

Sub-12
1º Colégio Recanto – 9pts, 3v, 18gp, 4gc;
2º Ocian – 6pts, 2v, 1d, 13gp, 5gc;
3º Esmeralda – 4pts, 1v, 1e, 2d, 6gp, 16gc;
4º Melvi – 1pt, 1e, 2gp, 2gc;
5º Tudsport – 0pt, 3d, 4gp, 16gc.

Sub-12 bronze
1º Maxland/Anjos da Bola – 14pts, 4v, 2e, 16gp, 8gc;
2º Império – 11pts, 3v, 1e, 1d, 16gp, 12gc;
3º Colégio Alpha – 6pts, 2v, 2d, 6gp, 6gc;
4º AFA – 4pts, 1v, 1e, 3d, 11gp, 12gc;
5º Ocian – 3pts, 1v, 1d, 4gp, 3gc;
6º Delta – 1pt, 1e, 3d, 5gp, 11gc;

Sub-14
1º Colégio Recanto – 9pts, 3v, 1d, 28gp, 6gc;
2º Ocian Vermelho – 9pts, 3v, 15gp, 8gc;
3º Maxland/Anjos da Bola – 6pts, 2v, 1d, 11gp, 12gc;
4º Império – 6pts, 2v, 1d, 10gp, 7gc;
5º Ocian Amarelo – 3pts, 1v, 3d, 14gp, 25gc;
6º Ocian Branco – 3pts, 1v, 2d, 6gp, 7gc;
7º Esmeralda – 0pt, 4d, 12gp, 31gc.

Sub-16
1º Colégio Recanto – 12pts, 4v, 15gp, 3gc;
2º Metropolitano – 7pts, 2v, 1e, 2d, 17gp, 9gc;
3º Guerreiros – 6pts, 2v, 2d, 7gp, 7gc;
4º Ocian – 4pts, 1v, 1e, 1d, 10gp, 10gc;
5º Magic Soccer – 4pts, 1v, 1e, 2d, 10gp, 19gc;
6º Esmeralda – 1pt, 1e, 3d, 2gp, 13gc.

Enxadristas entram em ação no domingo

Evento Regional movimenta atletas da Cidade
8/6/2018

Neste domingo (10), a partir das 10 horas, no salão do SESI, em Cubatão, a equipe de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) disputa o Torneio de Xadrez do Serviço Social da Indústria (SESI), evento válido como terceira etapa do Circuito Cubatense regido pelo Clube de Xadrez de Cubatão com chancela da Federação Paulista (FPX). A competição ocorre em sistema de jogo de 21 minutos.

Em abril, na segunda etapa (29º Torneio de Xadrez Cidade de Cubatão), o praia-grandense João Paulo Amorim Agrela e Leonardo Silva Oliveria conquistaram medalhas de ouro e prata na categoria cadete (15 anos). Gabriel Estevão Rodrigues foi vice-campeão na infanto-juvenil (16 anos). Já André Nascimento Melo terminou em quarto lugar na cadete. O grupo municipal recebe orientação técnica da professora Rosângela Domingos de Andrade Coelho.

Em 2017, a equipe de Praia Grande obteve dois primeiros lugares, um segundo e três terceiros na classificação final do Circuito Regional Cubatense. Ao todo, em seis etapas ao longo do ano, a turma da Cidade ganhou 31 medalhas (8 ouros, 9 pratas e 14 bronzes). Na cadete, título para João Agrela. Terceira posição para Leonardo da Silva Oliveira. Na infantil (13 e 14 anos), troféu de campeão geral para André Nascimento Melo. Vice-campeonato e terceira posição para Rafael Chinelli Raimundo e Ricardo de Lima Primo. Na pré-infantil (11 e 12 anos), terceiro lugar para Heitor Lourenço Mathias.

Em 2016, a turma da Cidade faturou seis medalhas no Circuito Cubatense. Em 2015, foram outras nove. Em 2014, conquistou um título geral, dois vice-campeonatos e dois terceiros lugares. Em 2013, o time municipal obteve um título geral, um vice-campeonato e um terceiro lugar. Em 2012, um ouro e uma prata. Em 2011, a equipe de xadrez de Praia Grande faturou cinco troféus (três ouros, uma prata e um bronze). Em 2010, três ouros, uma prata e dois bronzes. Em 2009, um segundo e um terceiro lugares. Em 2008, uma taça de campeão e uma de vice-campeã

Treinos – A SEEL de Praia Grande disponibiliza gratuitamente para os munícipes polo de iniciação e treinamento competitivo de xadrez. A modalidade é recomendada para todas as idades, mais precisamente para as crianças, pois estimula o raciocínio e o desenvolvimento intelectual. As aulas ocorrem no Ginásio Magic Paula (Avenida do Trabalhador, 4111, Bairro Antártica), de segunda a quinta-feira, das 8h às 17h, e nas sextas-feiras, das 8h às 12h; e no Espaço Conviver Boqueirão (Avenida Presidente Castelo Branco, s/nº, Bairro Boqueirão), às sextas-feiras, das 17h às 21h.

Para participar da atividade, os interessados devem se inscrever no local dos treinamentos (Fábrica do Esporte). Os menores de 18 anos precisam apresentar, além do próprio documento de identidade, autorização do responsável e comprovante de residência. Os materiais para a prática da modalidade são disponibilizados pela própria SEEL.

Construção no Bairro Flórida – década de 1940

Três Ginásios de PG recebem jogos do Paulista Universitário

Praia Grande sedia partidas de basquete e futsal
8/6/2018

Neste domingo (10), a partir das 9 horas, três ginásios de Praia Grande (Bairros Samambaia, Sítio do Campo e Forte) recebem jogos de basquete e futsal masculino válidos pelo Campeonato Paulista Universitário (Jogos Universitários do Estado de São Paulo – JUESP), etapa Baixada Santista, evento regido pela Federação Universitária Paulista de Esportes (FUPE) com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) da Cidade.

Ás 9 horas, no Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180), pelo torneio de futsal masculino, jogam os times da Universidade Santa Cecília (Unisanta) e Polo Baixada Santista da Universidade de São Paulo (USP). Na sequência, enfrentam-se as equipes Polo Baixada Santista da Universidade Paulista (Unip) e Universidade Católica de Santos (Unisantos), Faculdade de Direito da Universidade Paulista (Unip) e Faculdade de Praia Grande (FPG), Polo USP e Polo Santos da Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação (ESAMC).

Às 12 horas, no Ginásio do Bairro Samambaia (Avenida Maria Cavalcante da Silva, 10), pelo torneio de basquete masculino, duelam as turmas Polo USP e Polo de Cubatão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP). Depois, confrontam-se Unisanta e Faculdade de São Vicente/Unibr, Faculdade São Judas/Unimonte e Universidade Federal (Unifesp)/Santos, Direito UNIP x FPG.

Às 13h30, no Ginásio Mirins III (Avenida Mauricío José Cardoso, 135, Bairro Forte), pelo torneio de futsal masculino, duelam os selecionados da ESAMC Santos e Unibr São Vicente. Na sequência da rodada o time da Unifesp Santos encara o da Unimonte Santos, enquanto a equipe da Unibr atua contra a da IFSP Cubatão.

A etapa Baixada Santista é considerada uma fase regional do JUESP. As equipes campeãs desta etapa qualificam-se para a final estadual programada para novembro. Além da Região da Baixada Santista, há outras quatro divisões: Grande São Paulo, Vale do Paraíba, Grande Ribeirão e Grande Campinas. Outras informações podem ser obtidas no site www.fupe.com.br e www.juesp.com.br.

Equipe de PG disputa evento de canoagem

Time de Praia Grande participa de competição no interior paulista
8/6/2018

Neste domingo (10), a partir das 10 horas, em Mairiporã, a equipe do núcleo de Praia Grande do Programa Navega São Paulo (Secretarias de Esportes e Lazer – SEEL– e Educação – Seduc; Associação Turma do Remo e Marinha do Brasil) participa da segunda edição do Festival Navega Mairipa de Canoagem Velocidade organizado pela Prefeitura daquele município com apoio da Federação Paulista de Canoagem (FPCA).

Na primeira edição da competição, sob coordenação do professor Silvio Bello, orientação de Rodrigo Cesar Darbem Ribeiro Borges e Luiz Augusto Lorejan, a turma praia-grandense conquistou 14 medalhas (sete ouros, cinco pratas e dois bronzes). Na categoria 7 e 8 anos, o grupo municipal obteve os dois primeiros lugares na masculina com Luis Henrique Silva Rodrigues e Nicolas Castro Oliveira da Silva; e na feminina com Eloise Santos Silva e Thaís Oliveira Santos. Na 11 a 13 anos, título para Giovana Silva Viera dos Santos.

Na 14 e 15 anos masculina, primeiro lugar para Gabriel Henrique da Silva Ribeiro. Na feminina, a turma de Praia Grande dominou o pódio com Giovana Santos da Silva, Gabriely Santos de Campos e Dandara Soares Moreira. Na categoria aberta (open – idade livr), medalhas de ouro, prata e bronze para Guilherme de Sousa Menezes, Isaías de Souza Menezes e Guilherme Nascimento Hensel. Na open feminina, primeira e segunda posições para Thamyres Santos da Silva e Stefany Jacinto Gomes.

Aulas – As aulas do Programa Navega São Paulo de Praia Grande são abertas a pessoas de todas as idades, de segunda a sábado, das 8 às 17 horas, na Área de Lazer ÉzioDall’Acqua. Também conhecido como Portinho, o local, banhado pelo Mar Pequeno, está situado na entrada da Cidade, na Rua Paulo Sérgio Garcia s/nº, Bairro Sítio do Campo. 

Para participar basta que os interessados compareçam ao local das aulas, preencham ficha cadastral e apresentem documento de identidade com foto. Os menores de idade precisam que os responsáveis façam a inscrição. Outras informações podem ser obtidas na Secretaria de Educação (Rua José Borges Neto, 50, Bairro Mirim, ao lado da Prefeitura, telefone 3496-2350).

Visita Glória Maria – Instituto Neymar Jr.

Meninas de PG jogam no Estadual de Handebol

Time cadete da Cidade tem quatro vitórias no evento
7/6/2018

Neste sábado (9), às 14h30, no Ginásio Falcão (Avenida Presidente Kennedy, 8169, Bairro Mirim), em Praia Grande, feminina cadete (15 e 16 anos) de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL, Academia Movimentação, Supermercado Pompéia e Colégio Objetivo Praia Grande) encara o time da Prefeitura de Jacareí em duelo válido pela sétima rodada da primeira fase do Campeonato Estadual de Handebol promovido pela Liga Paulistana (LPHB).

Nas partidas já realizadas, o time de Praia Grande venceu Diadema (duas vezes) por 26 a 16 e 25 a 12, Santo André por 29 a 11 e Associação A Hebraica, de São Paulo, por 17 a 16; perdeu para o selecionado do Esporte Clube Pinheiros por 26 a 12, Centro Esportivo Suzano Costa (CESC)/Rio de Janeiro por 34 a 24. Assim, ocupa a terceira colocação na classificação parcial. 

Atuam pela Cidade as jogadoras Amanda Nascimento Carpinelli, Ana Beatriz de França Cipriano, Fernanda da Silva Piplovic, Isabelly Vitoria Menezes Ferreira Souza, Kamilly da Silva Ferreira, Laiza Mirela de Oliveira, Laura Ushiro Moffa, Lívia Alessandra Arantes Rodrigues, Mônica Campagnoli Piovesan, Rafaela de Souza Pedroso, Raiany Mariana Santos Amorim, Rebeca Silva Cardoso Santos e Thamires Vitoria Nascimento Silva. O grupo local é comandado pela professora Sandra Regina Canova Barroso. 

Além de Praia Grande, participam da competição os times do CESC/RJ, Associação A Hebraica, Diadema, Esporte Clube Pinheiros, Associação Desportiva Santo André, Jacaréi, Escola Estadual Professor Roberto Simonini, Alphaville Tênis Clube (ATC) e Mongaguá. Na primeira fase, as equipes jogam todas contra todas qualificando-se as quatro melhores para a etapa semifinal. 

Retrospecto – Em 2017, o time feminino júnior (19 a 21 anos) de Praia Grande foi vice-campeão do Estadual de Handebol promovido pela Liga Paulistana. A equipe feminina infantil (13 e 14 anos) de Praia Grande terminou na quarta colocação. Em 2016, a seleção feminina juvenil (17 e 18 anos) de Praia Grande conquistou a medalha de bronze. 

Em 2015, o time juvenil conquistou a medalha de ouro. Já o time feminino cadete (15 e 16 anos) de Praia Grande conquistou medalha de bronze. Em 2013, a equipe feminina infantil (13 e 14 anos) de Praia Grande obteve o bronze. Na adulta (idade livre), Praia Grande ficou na quinta posição. Em 2012, o selecionado local júnior (19 a 21 anos) terminou na terceira colocação. A turma cadete (15 e 16 anos) assegurou a quarta posição, enquanto que a infantil terminou na sexta.

PG joga em casa pelo Estadual de Futsal Iniciação

Times sub-8, sub-9 e sub-10 atuam no Ginásio Falcão
7/6/2018

Neste sábado (9), a partir das 9 horas, no Ginásio Falcão (Avenida Presidente Kennedy, 8169, Bairro Mirim), em Praia Grande, as equipes masculinas sub-8, sub-9 e sub-10 de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL, Sucos Camp, Centro de Treinamento Falcão 12 e Liga Praia-grandense de Futsal – LPFS) jogam contra os times da AEC Incríveis, em partidas válidas pela sétima rodada da chave A da primeira fase do Campeonato Estadual de Futsal Iniciação, série A-1, evento regido pela Federação Paulista (FPFS).

As partidas estavam programadas para ocorrer no último dia 26 de maio, mas devido à greve dos caminhoneiros foi postergada para este sábado. Na classificação parcial da competição, a turma sub-8 de Praia Grande está em 11º lugar com um ponto, um empate, cinco derrotas, 5 gols prós e 47 gols contras. A sub-9 é nona posicionada com quatro pontos, um triunfo, um empate, quatro perdas, 9 gols feitos e 26 sofridos. A sub-10 ocupa a 10ª colocação com três pontos, uma vitória, cinco derrotas, 6 gols prós e 28 contras.

Dados – Segundo o regulamento, na etapa inicial as equipes foram divididas em três grupos (ABC), jogam em turno e returno dentro de cada chave. Após o encerramento da primeira fase, todos os times participantes qualificam-se para a segunda etapa. A partir daí, a FPFS estabelece um ranking de eficiência por meio de índice técnico (somatória da pontuação obtida nas três categorias, divididos pelos números de jogos realizados pelas equipes, multiplicados por 10). Aí são criadas quatro divisões: ouro (reúne os times que ficaram entre os oito primeiros colocados no ranking), prata (9º ao 16º), bronze (17º ao 24º) e cobre (25º ao 30º). 

Na fase inicial, os selecionados de Praia Grande disputam o grupo A, ao lado da Sociedade Esportiva Palmeiras, São Paulo Futebol Clube, ADC Inter-Mogi, Lausanne Paulista FC, AEC Incriveis, AD Santo André Futsal, Ribeirão Pires FC, Grêmio Recreativo Gremetal/Stismmmec e FAE/Osasco/Audax. No B, atuam as turmas do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí, CA Juventus, EC Hortolândia, CA Guarulhense, CTC Vila Ema, SAJEA/Omega, AA Portuários de Santos, SE Elite Itaquerense, Santos FC, ASF Magnus Sorocaba e Associação Portuguesa de Desportos. No C, competem os times da AD Mogi das Cruzes, São Caetano FC, Seleção Itapeviense, Suzano FC, São Caetano Futsal, Luso Brasileiro FC, Sport Club Corinthians Paulista, CA Tabuca Júniors, Associação União Mauá e ADC Mercedes Benz.

Retrospecto – No Estadual de Futsal Iniciação de 2017 (primeira vez que Praia Grande participou deste evento) a equipe masculina sub-9 de Praia Grande enfrentou o time do Clube Atlético Juventus, em duelo válido pela fase semifinal, série prata. O jogo terminou empatado em 3 a 3. Por ter realizado melhor campanha ao longo da competição, a turma do Juventus avançou a decisão. Na fase quartas de final, os outros dois times praia-grandenses acabaram sendo eliminados do torneio. Atuando na série bronze, o selecionado municipal sub-10 foi derrotado pela Associação Desportiva Classista Mercedes Benz, de Diadema, por 3 a 1. 

O grupo sub-8 de Praia Grande perdeu para a Academia de Esporte e Recreação Corpo e Cia, de Mogi das Cruzes, por 6 a 0. Na classificação final da primeira fase da competição, chave A, a turma sub-8 de Praia Grande terminou na sexta colocação com nove pontos, três vitórias, seis derrotas, 13 gols feitos e 36 sofridos. Na sub-9, o grupo local foi terceira posicionada, com 18 pontos, seis triunfos, três perdas, 41 gols prós e 35 contras. Na sub-10, o time da Cidade fechou em oitavo lugar, com sete pontos, duas vitórias, um empate, seis derrotas, 17 gols marcados e 41 levados. 
Jogos – Confira as escalações e todos os resultados das equipes de Praia Grande no Campeonato Estadual de Futsal Iniciação de 2018, série A-1:

sub-8 – Competem por Praia Grande Arthur Oliveira Rodrigues, Matheus Henrique Souza Oliveira, Kaynã da Silva Cruz, Yan Araújo Mendes, Matheus Morine Vallejo, Kauan Luiz Azevedo Sagaz, Gustavo Cameron, Henrique Luiz Gonçalves Gomes, Jorge Miguel Correnti Garcia Neto, Leonardo Augusto da Paixão, Zion Araújo Pedrozo Stella, Sérgio Henrique Cesar Nascimento Silva e Kaíque Yuichi Anastácio Tsumura. Técnico: Kleberton Nascimento. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves.

1ª fase
7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 11 Associação Desportiva Indaiatuba
15/4 – Lausanne Paulista FC 11 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 1 x 1 Ribeirão Pires Futebol Clube
28/4 – Gremetal/Santos 4 x 3 Praia Grande/Ocian Praia Clube
5/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 1 x 4 ADC Inter Mogi das Cruzes
19/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 16 SE Palmeiras

sub-9 – Atuam por Praia Grande Yan Felipe Carvalho de Souza, Leonardo Marinho dos Santos, Álvaro Mendonça Neme Damasceno, Pedro Henrique de Oliveira Vasconcelos Rodrigues, Mathias da Costa Welter, Natan Souza Tavares, João Pedro Gomes Pita, Bryan Lincoln Alves Pinto, Diogo Nascimento Napolitano Soares, Miguel Barbosa Araújo da Silva, João Pedro Ortega Taveira, Anthony Eduardo Leuzzi Guedes, Kauan Rodrigues Nunes Ferreira Santos, David Sousa Beserra, Cláudio Sini Neto e Breno Marques Rangel da Silva. Técnico: Matheus Cassita Gonçalves. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves. 

1ª fase
7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 6 Associação Desportiva Indaiatuba
15/4 – Lausanne Paulista FC 5 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 1 Ribeirão Pires Futebol Clube
28/4 – Gremetal/Santos 2 x 2 Praia Grande/Ocian Praia Clube
5/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 4 x 7 ADC Inter Mogi das Cruzes
19/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 5 SE Palmeiras

sub-10 – Jogam pela Cidade Gabriel Oliveira Maida, Kaique Pietro Bellini Haikel, Nikollas Dreger do Nascimento, Lucas Fernandes dos Santos, Francesco Pozzo, Guilherme Santana Alves, Lucas de França Silva, Renan Pereira Ribeiro, Richard Batista Cardoso dos Santos, Pedro Henrique Sanged Durante Moreira, David Munhoz Hiath, Luiz Henrique Souza dos Santos, Vinicius Nascimento Rodrigues e Davi Prates Tavares. Técnico: Kleberton Nascimento. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves. 

1ª fase
7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 2 Associação Desportiva Indaiatuba
15/4 – Lausanne Paulista FC 8 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 3 Ribeirão Pires Futebol Clube
28/4 – Gremetal/Santos 5 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube
5/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 3 x 2 ADC Inter Mogi das Cruzes
19/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 8 SE Palmeiras.

Rota realiza operação na Baixada Santista

Paratletas disputam 1ª fase do Circuito Brasileiro de Natação

Equipe da Cidade compete na Capital
7/6/2018

De sexta-feira a domingo (8 a 10), a partir das 8 horas, no Centro ParaOlímpico Brasileiro, em São Paulo, na Capital, a equipe de natação para pessoas com deficiência (PcD) de Praia Grande (Secretarias de Esportes e Lazer – SEEL e Educação – Seduc; Natação Praia Grande e Associação Paradesportista do Litoral Paulista – APLP) disputa a primeira etapa (total de três) nacional do Circuito Paraolímpico Loterias Caixa Brasil, evento regido pelo Comitê Brasileiro (CPB).

Os paratletas de Praia Grande qualificaram-se para a etapa nacional do Circuito após ficarem entre os cinco primeiros colocados de cada prova na fase regional (classificatória da competição), realizada em fevereiro, no mesmo local. Na oportunidade, com comando técnico de Silvia Schich Rodrigues com auxílio de Jayne Pereira, o grupo da Cidade conquistou 20 medalhas (sete ouros, sete pratas e seis bronzes).

Competem por Praia Grande na fase nacional os paratletas Gabriela Christina Sieiro Lopes Ramirez, classe S14, Rodrigo Santos Pessoa, S5, Gabriel Melone de Oliveira, S6, Lucas Felipe Freire Ramos, S6, Amauri Matias Braga, S11, Luís Henrique Sieiro Lopes Ramirez, S14, e Murilo Manna Marcondes, S14. As regras do CPB determinam a divisão de classes PcD: S4 (lesão medular completa/membros inferiores amputados), S5 (paralisia cerebral/lesão medular incompleta), S6 (paralisia lateral e membros inferiores), S7 (paralisia lateral), S8 (amputado membro superior), S9 (membro inferior não funcional/amputação simples acima do joelho), S10 (limitação articular) e S13 (deficiente visual – baixa visão de 5 a 20º graus).

O Circuito Loterias Caixa Brasil ParaOlímpico objetiva estimular o desenvolvimento do esporte para deficientes físicos, visuais e mentais. Os melhores atletas do certame (os três primeiros colocados do ranking final nacional, em cada modalidade e sexo) se credenciam para a Bolsa Atleta – programa de incentivo fiscal mantido pelo Ministério do Esporte. O CPB garante aos participantes hospedagem, alimentação e transporte interno. Há controle de doping em todas as etapas do torneio, com sorteio aleatório dos atletas escolhidos.

Retrospecto – Em 2017, nas três etapas do Circuito Brasileiro Paraolímpico, os nadadores de Praia Grande conquistaram 17 medalhas (três ouros, seis pratas e oito bronzes). Destaques para Luís Ramirez (S14) que foi campeão nos 100 metros peito e 200 medley, Gabriel Melone (S6) que ficou em segundo lugar nos 50 borboleta e 200 medley, Rodrigo Pessoa (S5) que encerrou na terceira colocação nos 200 livres e Gabriela Ramirez (S14) que conquistou o bronze nos 100 costas. 

Em 2016, nas três etapas nacionais do Circuito Paraolímpico, a turma de Praia Grande obteve 11 medalhas (dois ouros, quatro pratas e cinco bronzes). Em 2015, acumulou 30 medalhas (5 ouros, 9 pratas e 16 bronzes). Em 2014, foram 17 medalhas (5 ouros, 6 pratas e 6 bronzes). Em 2013, os paratletas da Cidade subiram no pódio 18 vezes (6 ouros, 6 pratas e 6 bronzes). Em 2012, vieram 14 medalhas (8 ouros, 4 pratas e 2 bronzes). Em 2011, outras 10 (3 ouros, 3 pratas e 4 bronzes).

Moradores de Praia Grande reclamam de postes no meio da rua

Carmel – Labios (kondzilla.com)

Vila Junina é atração para toda a família

Festa acontece até 1º de julho no Pavilhão de Eventos Jair Rodrigues
7/6/2018

O segundo final de semana da Vila Junina 2018 está cheio de atrações para toda a família. A festa faz parte do projeto Estação Inverno e acontece no Pavilhão de Eventos Jair Rodrigues todos os finais de semana de junho, com entrada e estacionamento gratuitos.
As comidas típicas ficam por conta das 24 barracas de entidades assistenciais do Município. Tapioca, milho verde, espetinhos, doces, vinho quente e quentão são algumas das delícias servidas na Vila Junina, que também possui barracas com brincadeiras como pescaria e boca do palhaço.

Além da decoração, que chama a atenção pelas cores e criatividade, a festa conta com duas apresentações musicais por noite. Nesta sexta (8), quem sobe ao palco da Vila Junina, a partir das 19h30, é o cantor Amilto Santos e a banda Styllo Sertanejo. No sábado (9) é a vez da Banda Virada Forrozeira e Rita Garcia. E para fechar o final de semana, Naldo e Neide e Bruninho do Arrocha animam a noite de domingo (10).

Segundo o secretário de Cultura e Turismo de Praia Grande, Esmeraldo Vicente dos Santos, o Dinho, a novidade deste ano é ter duas atrações musicais em cada dia de evento. “Ter duas bandas por noite possibilita prestigiarmos ainda mais os músicos da nossa região, além, é claro, de engrandecermos a nossa Vila Junina”, comentou o secretário.

Entidades – Toda a renda da Vila Junina 2018 é revertida para as entidades assistenciais que participam da festa comercializando comidas e bebidas típicas. Se inscreveram e foram aprovadas em Chamamento Público as seguintes entidades: ATIS (Associação da Terceira Idade Solemar), DCM (Defesa e Cidadania da Mulher), ONG Lapidando Diamantes, Associação dos Moradores do Jardim Guilhermina, Associação Passio Domini, Instituto Boa Visão, G.E.A.E Semente de Luz, ONG Harmonia, ONG Criança Feliz, Feirarte (Associação dos Expositores das Feiras de Artesanato de Praia Grande), Centro Espírita Emmanuel, Raízes Negras do Litoral, ADPG (Associação dos Deficientes de Praia Grande), Instituto PG Social, Associação Natação de Praia Grande, APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), Estrela da Mama, APLP (Associação Paradesportiva do Litoral Paulista), Fundação Educacional e Cultural de Praia Grande, ONG Marchando para Jesus, GRCES Unidos da Ocian, Projeto Faces, Pai Joaquim de Angola e Menores de Luz, e Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande.

Serviço:

Vila Junina 2018 
De 1º de junho a 1º de julho
Sextas e Sábados, das 18 à meia noite
Domingos, das 18 às 23 horas
Pavilhão de Eventos Jair Rodrigues (Avenida Ministro Marcos Freire, s/nº, Quietude)
Entrada e estacionamento gratuitos.

Quiosque 34, olha só como ele está ficando

PG disputa Copa São Paulo de Futebol

Evento é regido pela Associação Paulista
6/6/2018

Neste sábado (9), a partir das 9h30, no Campo do São Jorge, em Santo André, as equipes masculinas sub-13, sub-15 e sub-17 de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL e Liga de Futebol Amador de Praia Grande – LFAPG) enfrentam os times do FAAC Azulão Capuava Santo André, em confrontos válidos pela segunda rodada da 34ª Copa São Paulo de Futebol, evento regido pela Associação Paulista (APF). 

No último sábado (2), no Campo anexo ao Ginásio Magic Paula (Bairro Antártica), em Praia Grande, os times da Cidade estrearam na competição estadual. O selecionado local sub-17 venceu o da Associação Atlética Flamengo, de Guarulhos, por 2 a 0. Jogando contra o mesmo adversário, a turma municipal sub-15 ficou no empate de 1 a 1. Já a garotada sub-13 de Praia Grande terminou na igualdade com a do Esporte Clube Guarulhos por 1 a 1. 

Na primeira fase, as equipes foram divididas em quatro chaves. Os times jogam todos contra todos, em turno e returno, dentro das chaves; qualificando-se as quatro primeiras colocadas (de cada grupo) para a segunda fase, na qual formam-se novos grupos. A partir daí, na sub-13 e sub-15, ocorrem as quartas de final e na sub-17 rolam as oitavas de final.

Na sub-13, a turma de Praia Grande está na chave C, na qual enfrenta os times do Esporte Clube Guarulhos, Associação Atlética Atlas/SP e FAAC Azulão Capuava Santo André. Na sub-15, na chave C, o time da Cidade encara os da FAAC, AA Atlas, Associação Atlética Flamengo/Guarulhos e GRCSES Unidos de Vila Maria/SP. Na sub-17, também na chave C, a equipe praia-grandense joga contras as AA Flamengo, Unidos de Vila Maria, AA Atlas e FAAC.

Retrospecto – Em 2017, as equipes de Praia Grande chegaram à segunda fase da competição. Apenas os dois primeiros colocados de cada grupo (A e B) avançavam à fase semifinal. A turma sub-19 de Praia Grande acabou na terceira posição da chave B, sendo superada pelo número de gols feitos. Na sub-15, o time de Praia Grande também ficou em terceiro lugar na chave B.

Os selecionados de Praia Grande não participaram da Copa São Paulo de Futebol em 2016. Em 2015, o time local sub-14 parou na segunda fase do torneio (16 melhores). Em 2014, as seleções sub-15 e sub-19 de Praia Grande também chegaram até a segunda fase. O grupo local sub-13 parou na etapa inicial. Já em 2010, Praia Grande conquistou dois vice-campeonatos na sub-15 e sub-17.

%d blogueiros gostam disto: