• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Praia Grande

Praia Grande terá praça ecológica

Vila Junina 2018: música ao vivo e comidas típicas são atrações em Praia Grande

Tradicional festa junina segue até dia primeiro, no Pavilhão de Eventos Jair Rodrigues
14/6/2018

A Vila Junina 2018, que acontece até 1º de julho, no Pavilhão de Eventos Jair Rodrigues, chega ao terceiro final de semana com atrações para todas as idades. O clima de inverno chegou para ficar e nada melhor que uma boa festa junina para aquecer e se divertir com a família. A entrada e o estacionamento são gratuitos.

Na sexta (15), Natália Miranda e Henrique Mineiro animam a festa, que vai das 18 à meia noite. Já no sábado (16), a música fica por conta de Will de Camargo e Natan Santos, também das 18 à meia noite. E pra fechar o final de semana, no domingo (17), JM Xamego do Forró e Nando & Gabriel sobem ao palco da festa, das 18 às 23 horas.

As comidas típicas ficam por conta das 24 barracas de entidades assistenciais do Município. Tapioca, milho verde, espetinhos, doces, vinho quente e quentão são algumas das delícias servidas na Vila Junina, que também possui barracas com brincadeiras como pescaria e boca do palhaço.

Entidades – Toda a renda da Vila Junina 2018 é revertida para as entidades assistenciais que participam da festa comercializando comidas e bebidas típicas. Inscreveram-se e foram aprovadas em Chamamento Público as seguintes entidades: ATIS (Associação da Terceira Idade Solemar), DCM (Defesa e Cidadania da Mulher), ONG Lapidando Diamantes, Associação dos Moradores do Jardim Guilhermina, Associação Passio Domini, Instituto Boa Visão, G.E.A.E Semente de Luz, ONG Harmonia, ONG Criança Feliz, Feirarte (Associação dos Expositores das Feiras de Artesanato de Praia Grande), Centro Espírita Emmanuel, Raízes Negras do Litoral, ADPG (Associação dos Deficientes de Praia Grande), Instituto PG Social, Associação Natação de Praia Grande, APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), Estrela da Mama, APLP (Associação Paradesportiva do Litoral Paulista), Fundação Educacional e Cultural de Praia Grande, ONG Marchando para Jesus, GRCES Unidos da Ocian, Projeto Faces, Pai Joaquim de Angola e Menores de Luz, e Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande.

Serviço

Vila Junina 2018 
De 1 de junho a 1 de julho
Sextas e Sábados, das 18 à meia noite
Domingos, das 18 às 23 horas
Pavilhão de Eventos Jair Rodrigues (Av. Ministro Marcos Freire, s/n, Quietude)
Entrada e estacionamento gratuitos.

Assista a “Fidi com sua música “Transando alquimia”” no YouTube

Equipe de canoagem fatura 19 medalhas em evento estadual

Time de Praia Grande disputou Festival em Mairiporã
13/6/2018

A equipe do núcleo de Praia Grande do Programa Navega São Paulo (Secretarias de Esportes e Lazer – SEEL– e Educação – Seduc; Associação Turma do Remo e Marinha do Brasil) conquistou 19 medalhas na segunda edição Festival Navega Mairipa de Canoagem Velocidade organizado pela Prefeitura daquele município com apoio da Federação Paulista de Canoagem (FPCA). O evento realizado no último domingo (10) ocorreu em Mairiporã.

A competição foi realizada em formato de tiro livre no qual os atletas disputam provas de 100 metros divididas em baterias por faixa etária. O grupo da Cidade competiu sob coordenação do professor Silvio Bello e com orientação de Luiz Augusto Lorejan. Confira os medalhistas da Cidade no evento estadual de Mairiporã:

categoria 7 e 8 anos
1ª Eloise Santos da Silva 
1º Nicolas Castro de Oliveira Silva 

categoria 9 e 10 anos
1º Renan Castro Silva
3ª Thais de Oliveira Santos

categoria 11 a 13 anos
1ª Giovana Silva Vieira dos Santos
3ª Larissa Jurask da Silva

categoria 14 e 15 anos
1ª Giovana Santos Silva
1º Lucas Neves do Nascimento
2ª Yasmin Cardoso de Souza Ramos
2º Nycolas Rodrigues 
3ª Nycole Rodrigues

categoria 16 a 18 anos
1ª Gabrielly Santos de Campos
1º Yuri Gabriel Martins Santos
2ª Silvania Oliveira de Lima
2º Gabriel Henrique da Silva Ribeiro
3ª Thamyres Santos Silva
3º Guilherme de Souza Menezes

categoria mais de 19 anos
1º Luiz Augusto Lorejan
2º Edson José Paixão

Retrospecto – Na primeira edição da competição, sob coordenação do professor Silvio Bello, orientação de Rodrigo Cesar Darbem Ribeiro Borges e Luiz Augusto Lorejan, a turma praia-grandense conquistou 14 medalhas (sete ouros, cinco pratas e dois bronzes). Na categoria 7 e 8 anos, o grupo municipal obteve os dois primeiros lugares na masculina com Luis Henrique Silva Rodrigues e Nicolas Castro Oliveira da Silva; e na feminina com Eloise Santos Silva e Thaís Oliveira Santos. Na 11 a 13 anos, título para Giovana Silva Viera dos Santos.

Na 14 e 15 anos masculina, primeiro lugar para Gabriel Henrique da Silva Ribeiro. Na feminina, a turma de Praia Grande dominou o pódio com Giovana Santos da Silva, Gabriely Santos de Campos e Dandara Soares Moreira. Na categoria aberta (open – idade livre), medalhas de ouro, prata e bronze para Guilherme de Sousa Menezes, Isaías de Souza Menezes e Guilherme Nascimento Hensel. Na open feminina, primeira e segunda posições para Thamyres Santos da Silva e Stefany Jacinto Gomes.

Aulas – As aulas do Programa Navega São Paulo de Praia Grande são abertas a pessoas de todas as idades, de segunda a sábado, das 8 às 17 horas, na Área de Lazer ÉzioDall’Acqua. Também conhecido como Portinho, o local, banhado pelo Mar Pequeno, está situado na entrada da Cidade, na Rua Paulo Sérgio Garcia s/nº, Bairro Sítio do Campo. 

Para participar basta que os interessados compareçam ao local das aulas, preencham ficha cadastral e apresentem documento de identidade com foto. Os menores de idade precisam que os responsáveis façam a inscrição. Outras informações podem ser obtidas na Secretaria de Educação (Rua José Borges Neto, 50, Bairro Mirim, ao lado da Prefeitura, telefone 3496-2350

Não percam!

Enxadristas ganham três medalhas

Time da Cidade disputou Torneio do SESI
13/6/2018

A equipe de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) conquistou três medalhas (um ouro, uma prata e um bronze) no Torneio de Xadrez do Serviço Social da Indústria (SESI), evento válido como terceira etapa do Circuito Cubatense regido pelo Clube de Xadrez de Cubatão com chancela da Federação Paulista (FPX). A competição realizada no último domingo (10) ocorreu no salão do SESI, em Cubatão.

A disputa aconteceu em sistema de jogo de 21 minutos. As medalhas de Praia Grande vieram na categoria cadete (15 anos) com André Nascimento Melo, Leonardo da Silva Oliveira e João Paulo Amorim Agrella. Já Ricardo de Lima Primo terminou na quarta colocação. O grupo municipal recebe orientação técnica da professora Rosângela Domingos de Andrade Coelho.

Em abril, na segunda etapa (29º Torneio de Xadrez Cidade de Cubatão), o praia-grandense João Paulo Amorim Agrela e Leonardo Silva Oliveria conquistaram medalhas de ouro e prata na categoria cadete (15 anos). Gabriel Estevão Rodrigues foi vice-campeão na infanto-juvenil (16 anos). Já André Nascimento Melo terminou em quarto lugar na cadete. 

Em 2017, a equipe de Praia Grande obteve dois primeiros lugares, um segundo e três terceiros na classificação final do Circuito Regional Cubatense. Ao todo, em seis etapas ao longo do ano, a turma da Cidade ganhou 31 medalhas (8 ouros, 9 pratas e 14 bronzes). Na cadete, título para João Agrela. Terceira posição para Leonardo da Silva Oliveira. Na infantil (13 e 14 anos), troféu de campeão geral para André Nascimento Melo. Vice-campeonato e terceira posição para Rafael Chinelli Raimundo e Ricardo de Lima Primo. Na pré-infantil (11 e 12 anos), terceiro lugar para Heitor Lourenço Mathias.

Em 2016, a turma da Cidade faturou seis medalhas no Circuito Cubatense. Em 2015, foram outras nove. Em 2014, conquistou um título geral, dois vice-campeonatos e dois terceiros lugares. Em 2013, o time municipal obteve um título geral, um vice-campeonato e um terceiro lugar. Em 2012, um ouro e uma prata. Em 2011, a equipe de xadrez de Praia Grande faturou cinco troféus (três ouros, uma prata e um bronze). Em 2010, três ouros, uma prata e dois bronzes. Em 2009, um segundo e um terceiro lugares. Em 2008, uma taça de campeão e uma de vice-campeã.

Treinos – A SEEL de Praia Grande disponibiliza gratuitamente para os munícipes polo de iniciação e treinamento competitivo de xadrez. A modalidade é recomendada para todas as idades, mais precisamente para as crianças, pois estimula o raciocínio e o desenvolvimento intelectual. As aulas ocorrem no Ginásio Magic Paula (Avenida do Trabalhador, 4111, Bairro Antártica), de segunda a quinta-feira, das 8h às 17h, e nas sextas-feiras, das 8h às 12h; e no Espaço Conviver Boqueirão (Avenida Presidente Castelo Branco, s/nº, Bairro Boqueirão), às sextas-feiras, das 17h às 21h. 

Para participar da atividade, os interessados devem se inscrever no local dos treinamentos (Fábrica do Esporte). Os menores de 18 anos precisam apresentar, além do próprio documento de identidade, autorização do responsável e comprovante de residência. Os materiais para a prática da modalidade são disponibilizados pela própria SEEL.

PG joga sábado pelo Estadual de Futsal Iniciação

Times sub-8, sub-9 e sub-10 atuam no Ginásio Falcão
13/6/2018

Neste sábado (16), a partir das 9 horas, no Ginásio Falcão (Avenida Presidente Kennedy, 8169, Bairro Mirim), em Praia Grande, as equipes masculinas sub-8, sub-9 e sub-10 de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL, Sucos Camp, Centro de Treinamento Falcão 12 e Liga Praia-grandense de Futsal – LPFS) jogam contra os times da Associação Desportiva Santo André Futsal, pela oitava rodada da chave A da primeira fase do Campeonato Estadual de Futsal Iniciação, série A-1, evento regido pela Federação Paulista (FPFS).

No último sábado (9), no Ginásio Sebastião Rafael da Silva, em Osasco, os selecionados municipais jogaram contra as turmas da FAE/Osasco/Audax pela sétima rodada da competição. A equipe sub-10 de Praia Grande ganhou por 1 a 0 (gol de Guilherme Santana). O time sub-9 de Praia Grande foi derrotado por 5 a 0 e o grupo local sub-8 perdeu por 6 a 0.

Na classificação parcial da competição, a turma sub-8 de Praia Grande está em 11º lugar com um ponto, um empate, seis derrotas, 5 gols prós e 53 gols contras. A sub-9 é 10ª posicionada com quatro pontos, um triunfo, um empate, cinco perdas, 9 gols feitos e 31 sofridos. A sub-10 ocupa a 10ª colocação com seis pontos, duas vitórias, cinco derrotas, 7 gols prós e 28 contras.

Dados – Segundo o regulamento, na etapa inicial as equipes foram divididas em três grupos (ABC), jogam em turno e returno dentro de cada chave. Após o encerramento da primeira fase, todos os times participantes qualificam-se para a segunda etapa. A partir daí, a FPFS estabelece um ranking de eficiência por meio de índice técnico (somatória da pontuação obtida nas três categorias, divididos pelos números de jogos realizados pelas equipes, multiplicados por 10). Aí são criadas quatro divisões: ouro (reúne os times que ficaram entre os oito primeiros colocados no ranking), prata (9º ao 16º), bronze (17º ao 24º) e cobre (25º ao 30º).

Na fase inicial, os selecionados de Praia Grande disputam o grupo A, ao lado da Sociedade Esportiva Palmeiras, São Paulo Futebol Clube, ADC Inter-Mogi, Lausanne Paulista FC, AEC Incriveis, AD Santo André Futsal, Ribeirão Pires FC, Grêmio Recreativo Gremetal/Stismmmec e FAE/Osasco/Audax. No B, atuam as turmas do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí, CA Juventus, EC Hortolândia, CA Guarulhense, CTC Vila Ema, SAJEA/Omega, AA Portuários de Santos, SE Elite Itaquerense, Santos FC, ASF Magnus Sorocaba e Associação Portuguesa de Desportos. No C, competem os times da AD Mogi das Cruzes, São Caetano FC, Seleção Itapeviense, Suzano FC, São Caetano Futsal, Luso Brasileiro FC, Sport Club Corinthians Paulista, CA Tabuca Júniors, Associação União Mauá e ADC Mercedes Benz.
Retrospecto – No Estadual de Futsal Iniciação de 2017 (primeira vez que Praia Grande participou deste evento), a equipe masculina sub-9 de Praia Grande enfrentou o time do Clube Atlético Juventus, em duelo válido pela fase semifinal, série prata. O jogo terminou empatado em 3 a 3. Por ter realizado melhor campanha ao longo da competição, a turma do Juventus avançou a decisão. Na fase quartas de final, os outros dois times praia-grandenses acabaram sendo eliminados do torneio. Atuando na série bronze, o selecionado municipal sub-10 foi derrotado pela Associação Desportiva Classista Mercedes Benz, de Diadema, por 3 a 1.

O grupo sub-8 de Praia Grande perdeu para a Academia de Esporte e Recreação Corpo e Cia, de Mogi das Cruzes, por 6 a 0. Na classificação final da primeira fase da competição, chave A, a turma sub-8 de Praia Grande terminou na sexta colocação com nove pontos, três vitórias, seis derrotas, 13 gols feitos e 36 sofridos. Na sub-9, o grupo local foi terceira posicionada, com 18 pontos, seis triunfos, três perdas, 41 gols prós e 35 contras. Na sub-10, o time da Cidade fechou em oitavo lugar, com sete pontos, duas vitórias, um empate, seis derrotas, 17 gols marcados e 41 levados. 

Jogos – Confira as escalações e todos os resultados das equipes de Praia Grande no Campeonato Estadual de Futsal Iniciação de 2018, série A-1:

sub-8 – Competem por Praia Grande Arthur Oliveira Rodrigues, Matheus Henrique Souza Oliveira, Kaynã da Silva Cruz, Yan Araújo Mendes, Matheus Morine Vallejo, Kauan Luiz Azevedo Sagaz, Gustavo Cameron, Henrique Luiz Gonçalves Gomes, Jorge Miguel Correnti Garcia Neto, Leonardo Augusto da Paixão, Zion Araújo Pedrozo Stella, Sérgio Henrique Cesar Nascimento Silva e Kaíque Yuichi Anastácio Tsumura. Técnico: Kleberton Nascimento. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves.

1ª fase
7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 11 Associação Desportiva Indaiatuba
15/4 – Lausanne Paulista FC 11 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 1 x 1 Ribeirão Pires Futebol Clube
28/4 – Gremetal/Santos 4 x 3 Praia Grande/Ocian Praia Clube
5/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 1 x 4 ADC Inter Mogi das Cruzes
19/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 16 SE Palmeiras
9/6 – FAE/Osasco/Audax 6 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube

sub-9 – Atuam por Praia Grande Yan Felipe Carvalho de Souza, Leonardo Marinho dos Santos, Álvaro Mendonça Neme Damasceno, Pedro Henrique de Oliveira Vasconcelos Rodrigues, Mathias da Costa Welter, Natan Souza Tavares, João Pedro Gomes Pita, Bryan Lincoln Alves Pinto, Diogo Nascimento Napolitano Soares, Miguel Barbosa Araújo da Silva, João Pedro Ortega Taveira, Anthony Eduardo Leuzzi Guedes, Kauan Rodrigues Nunes Ferreira Santos, David Sousa Beserra, Cláudio Sini Neto e Breno Marques Rangel da Silva. Técnico: Matheus Cassita Gonçalves. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves. 

1ª fase
7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 6 Associação Desportiva Indaiatuba
15/4 – Lausanne Paulista FC 5 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 1 Ribeirão Pires Futebol Clube
28/4 – Gremetal/Santos 2 x 2 Praia Grande/Ocian Praia Clube
5/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 4 x 7 ADC Inter Mogi das Cruzes
19/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 5 SE Palmeiras
9/6 – FAE/Osasco/Audax 5 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube

sub-10 – Jogam pela Cidade Gabriel Oliveira Maida, Kaique Pietro Bellini Haikel, Nikollas Dreger do Nascimento, Lucas Fernandes dos Santos, Francesco Pozzo, Guilherme Santana Alves, Lucas de França Silva, Renan Pereira Ribeiro, Richard Batista Cardoso dos Santos, Pedro Henrique Sanged Durante Moreira, David Munhoz Hiath, Luiz Henrique Souza dos Santos, Vinicius Nascimento Rodrigues e Davi Prates Tavares. Técnico: Kleberton Nascimento. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves. 

1ª fase
7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 2 Associação Desportiva Indaiatuba
15/4 – Lausanne Paulista FC 8 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 3 Ribeirão Pires Futebol Clube
28/4 – Gremetal/Santos 5 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube
5/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 3 x 2 ADC Inter Mogi das Cruzes
19/5 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 8 SE Palmeiras
9/6 – FAE/Osasco/Audax 0 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube.

Times de PG encerram participação na Copa Grande ABC de Malha

Grupos da Liga Municipal e da Casa de Portugal representaram a Cidade
13/6/2018

As equipes da Casa de Portugal/Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) de Praia Grande e da Liga de Bocha e a Malha de Praia Grande/SEEL encerraram a participação na Copa Grande ABC de Malha, tradicional evento Inter-regional regido pela Liga SantoAndreense de Malha (LSM). A disputa reuniu seis equipes do Estado e qualificou apenas a campeã para disputar o Campeonato Paulista da modalidade.

Após 10 rodadas, nas quais as equipes jogaram todas contra todas, em turno e returno, o vencedor do torneio foi o selecionado do Centro Esportivo Vila Baeta Neves, de São Bernardo do Campo. Na segunda posição ficou a turma da Associação Jardim Ipê, também de São Bernardo. Na sequência terminaram as equipes da Associação Mauá, Liga de Praia Grande, Casa de Portugal/Praia Grande e Associação Ribeirão Pires. 

Jogaram pela equipe da Liga de Praia Grande os atletas José Eustáquio, Luiz Milanez, Gilberto da Silva, Cláudio Anacleto, Silvio Borges, José Regilvan, Claudinei Anacleto, Cândido Rosário, Roberto Gomes, José Macedo, Nelson Jesus, José Bonetti, Manoel Messias, Jair Queiróz, José Diniz Júnior, Álvaro Rodrigues e João Fernandes.

Representaram o time da Casa de Portugal os jogadores praia-grandenses Luciano Perez, José Puche, Nelson Baptista, José Branquinho, Antonio Esteves, Oraci Silva, Luiz Magno, Nivlado Deodato, Leandro Salomão, Roberto Castro, Mauro Gomes, Delso Ferreira, José Pedro Montini, José Humberto Montini e Ricardo Monteiro.

Dados – Em 2017, o time do Centro Esportivo Baeta Neves venceu a Copa Grande ABC. Depois terminaram as equipes do Esporte Clube Nacional/Santo André, Casa de Portugal, Mauá, Ribeirão Pires e Liga de Bocha e Malha de Praia Grande. Em 2016, a equipe da Liga de Bocha e Malha de Praia Grande sagrou-se vice-campeã. O time do Baeta Neves garantiu a primeira posição. O time da Casa de Portugal encerrou a disputa em terceiro lugar.


Times de Praia Grande vencem na Copa São Paulo de Futebol

Evento é regido pela Associação Paulista
13/6/2018

Atuando fora de casa, as equipes masculinas sub-13 e sub-17 de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL e Liga de Futebol Amador de Praia Grande – LFAPG) venceram os times do FAAC Azulão Capuava Santo André, em confrontos válidos pela segunda rodada da 34ª Copa São Paulo de Futebol, evento regido pela Associação Paulista (APF). Já a turma municipal sub-15 foi derrotada. Os jogos realizados no último sábado (9).

No Campo do São Jorge, em Santo André, o time sub-13 de Praia Grande venceu o FAAC por 1 a 0 e a equipe sub-17 da Cidade ganhou por 4 a 2. Já a seleção municipal sub-15 perdeu por 2 a 1. Vale frisar que na primeira rodada, em casa, o selecionado local sub-17 venceu o da Associação Atlética Flamengo, de Guarulhos, por 2 a 0. Jogando contra o mesmo adversário, a turma municipal sub-15 ficou no empate de 1 a 1. Já a garotada sub-13 terminou na igualdade com a do Esporte Clube Guarulhos também por 1 a 1.

Próxima – No dia 23, no CAMPO do CDM Lauro Megale, em São Paulo, na Capital, os grupos praia-grandenses enfrentam as turmas da Associação Atlética Atlas, em nova rodada do evento estadual.Na primeira fase, as equipes foram divididas em quatro chaves. Os times jogam todos contra todos, em turno e returno, dentro das chaves; qualificando-se as quatro primeiras colocadas (de cada grupo) para a segunda fase, na qual formam-se novos grupos. A partir daí, na sub-13 e sub-15, ocorrem as quartas de final e na sub-17 rolam as oitavas de final.

Na sub-13, a turma de Praia Grande está na chave C, na qual enfrenta os times do Esporte Clube Guarulhos, Associação Atlética Atlas/SP e FAAC Azulão Capuava Santo André. Na sub-15, na chave C, o time da Cidade encara os da FAAC, AA Atlas, Associação Atlética Flamengo/Guarulhos e GRCSES Unidos de Vila Maria/SP. Na sub-17, também na chave C, a equipe praia-grandense joga contras as AA Flamengo, Unidos de Vila Maria, AA Atlas e FAAC.

Retrospecto – Em 2017, as equipes de Praia Grande chegaram à segunda fase da competição. Apenas os dois primeiros colocados de cada grupo (A e B) avançavam à fase semifinal. A turma sub-19 de Praia Grande acabou na terceira posição da chave B, sendo superada pelo número de gols feitos. Na sub-15, o time de Praia Grande também ficou em terceiro lugar na chave B. 

Os selecionados de Praia Grande não participaram da Copa São Paulo de Futebol em 2016. Em 2015, o time local sub-14 parou na segunda fase do torneio (16 melhores). Em 2014, as seleções sub-15 e sub-19 de Praia Grande também chegaram até a segunda fase. O grupo local sub-13 parou na etapa inicial. Já em 2010, Praia Grande conquistou dois vice-campeonatos na sub-15 e sub-17.

Criada comissão especial de inquérito visando apurar irregularidades da Fundação ABC em Praia Grande

Peça sobre cultura japonesa encanta 450 alunos da EM Carlos Roberto Dias

Apresentação de ‘Kazuki e a Misteriosa Naomi’ ocorreu em duas sessões no PDA
13/6/2018

Alunos da EM Carlos Roberto Dias (Bairro Boqueirão) tiveram uma tarde que fugiu da rotina da sala de aula. Nesta terça-feira (12), cerca de 450 estudantes compareceram ao Teatro Serafim Gonzalez, no Palácio das Artes, para assistir ao espetáculo ‘Kazuki e a Misteriosa Naomi’. Apresentada em duas sessões, a peça teve a sua história inspirada em um conto popular da cultura japonesa.

Em seu enredo, a peça trazia o amor entre um rapaz solitário e uma jovem desabrigada. Para contar a história de Kazuki, um peixeiro solitário, o espetáculo utiliza múltiplas linguagens narrativas e bonecos articulados. O personagem principal vivia sozinho em uma cabana nas montanhas, sem dinheiro e sem amigos, exceto os animais que ali habitavam.

Em uma noite fria de tempestade, a vida de Kazuki muda completamente. A jovem Naomi aparece em sua porta pedindo abrigo, começando ali um romance que acaba em casamento. Naomi transforma Kazuki em um homem próspero e respeitado na aldeia. Porém, um dia ele descobre que a esposa não é exatamente o que ele pensava.

Para a aluna Maria Fernanda Almeida de Jesus assistir à peça foi a oportunidade de ir ao Teatro Municipal Serafim Gonzalez. A pequena, com apenas 6 anos, ficou encantada com o espaço onde são feita as apresentações. “A peça foi muito legal. Gostei da parte que os personagens caiam. Era muito engraçado”, contou. 

Colegas de turma de Maria Fernanda, os alunos Heitor Rocha Barbosa e Valentina Machado, ambos com seis anos de idade, também adoraram a oportunidade de ver a peça. “Foi a primeira vez que vim no teatro, gostei bastante”, afirmou Barbosa. “Fiquei feliz em poder vir e assistir a peça. Passamos uma tarde diferente”, destacou Valentina.

Obra do Makeup Artist -Visagista-Artista Plástico Claudinei Hidalgo em Praia Grande

 

AV Marechal Mallet

Bazar Solidário garante a compra cobertores para a Campanha do Agasalho

Unidades serão distribuídas entre os nove municípios da Baixada Santista
13/6/2018

Brinquedos, enfeites, peças para cozinha e muitos outros produtos foram comercializados no Bazar Solidário, um dos principais eventos da Campanha Metropolitana do Agasalho, realizado na terça-feira (12), em Bertioga. Todo o valor arrecadado com a venda das peças será usado para compra de cobertores que serão distribuídos aos nove municípios da Baixada Santista. A presidente do Fundo Social do Estado anunciou a doação de mais mil cobertores.

Mais de 300 pessoas passaram pelo Bazar, onde encontraram peças por valores reduzidos do que os encontrados no mercado. Moradores de toda a Baixada Santista aproveitaram o momento para garantir um presente, uma peça nova de roupa ou acessório.

A anfitriã do evento, presidente do Fundo Social de Solidariedade de Bertioga, Vanessa Matheus, afirmou se sentir orgulhosa de sediar uma das mais importantes etapas da Campanha. “É um trabalho muito bonito, realizado pelas minhas colegas da região. Me sinto honrada de fazer parte deste momento”.

A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande, Maria Del Carmen Padin Mourão, a Maruca, lembrou que o Bazar Solidário, além de ser um momento de confraternização, é um evento em que todos se unem, acima de tudo, para uma boa causa. “O cobertor é uma das peças que menos são doadas. É um produto que dura muito, as pessoas usam ao longo de anos. Com a venda dos produtos do Bazar conseguiremos comprar muitas unidades”. 

Doação – Durante seu discurso de abertura do Bazar, a presidente do Fundo Social do Estado, Lúcia França, anunciou a doação de mil cobertores, um reforço na Campanha Metropolitana do Agasalho da Região que vai garantir mais 100 cobertores para cada Cidade da Baixada Santista, além dos que serão adquiridos com as vendas do Bazar.

Lúcia também destacou o carinho pela cidade de Praia Grande e respeito pelo trabalho social que é desenvolvido no Município. “Praia Grande é berço da minha trajetória profissional. Passei num concurso público e fui professora na Cidade. O Fundo Social praia-grandense é muito atuante e desenvolve uma série de projetos sociais”.

Sobre a campanha, fruto da união dos nove municípios, a primeira dama estadual explicou que não há outra ação como essa em todo o Estado. “É um orgulho saber que a nossa região é referência quando o assunto é Campanha do Agasalho”.

Campanha – A 13ª edição da Campanha Metropolitana do Agasalho vai até o dia 2 de agosto e só em Praia Grande conta com mais de 100 pontos de arrecadação espalhados por toda a Cidade. A meta é arrecadar o maior número de peças possível em boas condições de uso. Fundos Sociais de Solidariedade dos nove municípios da Baixada Santista estão envolvidos na iniciativa.

Escolas Municipais, unidades de Saúde, PICs, Cafes, Paço Municipal, além da sede do Fundo Social de Solidariedade, foram os pontos escolhidos para receber as caixas de coleta. Alguns comércios também contam com caixas para arrecadação da Campanha.

Podem ser doados cobertores, mantas, xales, casacos, calças, meias e muito mais. 

Metropolitana do Agasalho, desde que em bom estado de uso. Todas as cidades da região se empenham em arrecadar roupas, casacos, cobertores e, em seguida, distribuir para as famílias que precisam, porém não é possível realizar reparos, costuras ou reaproveitar peças rasgadas.

Campanha Metropolitana do Agasalho 2018

%d blogueiros gostam disto: