• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Praia Grande

Bairro Quietude recebe projeto Multiação

Ação está sendo iniciada no local nesta sexta-feira (15)
15/6/2018

Com serviços como varrição, raspagem de areia da sarjeta, recolha de itens inservíveis das vias, roçagem de mato e pintura de guias, a Secretaria de Serviços Urbanos de Praia Grande (Sesurb) segue realizando o projeto Multiação em toda cidade. O mutirão de serviços de limpeza está sendo iniciado nesta sexta-feira (15) no Bairro Quietude e a previsão é que siga pelo local por aproximadamente duas semanas. Desde o início do ano, nove bairros da Cidade já receberam as melhorias.

O trabalho é constante e atende ao longo do ano toda a Cidade. As ações acontecem paralelamente ao serviço diário, não mudando a programação das ações já desenvolvidas, como Rapa Treco, Coleta de Lixo, entre outros. Aproximadamente, 100 funcionários estão envolvidos no trabalho.

A ação é desenvolvida por duas frentes de trabalho, uma atuando entre a Curva do S e o Solemar, e outra entre a Mirim e o Boqueirão. Desde janeiro deste ano, os bairros Sítio do Campo (com loteamentos Tude Bastos e Guaramar), Glória, Vila Sônia, Antártica (com loteamentos São Jorge e Maxilândia), Tupiry, Esmeralda, Ribeirópolis, Samambaia e Melvi já foram atendidos.

O secretário de Serviços Urbanos, Katsu Yonamine, explicou a importância da ação para a conservação da limpeza na Cidade. “Além de manter os bairros mais limpos, a intenção do projeto Multiação é prevenir que detritos caiam na rede de drenagem obstruindo a tubulação e prejudicando o escoamento de águas pluviais. A colaboração da população é essencial para a limpeza das ruas.

 

Conselho Municipal debate a conscientização sobre violência contra o idoso

Conselheiros falaram sobre o Dia Mundial Violência Contra a Pessoa Idosa
15/6/2018

A data de 15 de junho é o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa e a reunião mensal do Conselho Municipal do Idoso (CMI), realizada na quinta-feira (14), teve como pauta a conscientização sobre o assunto. Na ocasião, os conselheiros debateram e refletiram sobre o tema.

A presidente Maria Aparecida de Freitas Ferreira falou sobre a importância de conscientizar a população e, consequentemente, acabar com a violência contra os idosos. “É essencial a criação de campanhas para informar a todos os diversos tipos de ações que podem ser consideradas violentas, como agressões físicas e psicológicas”.

O Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa foi instituído em 2006 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa (INPES). O objetivo é sensibilizar a sociedade para o combate das diversas formas de violência cometida contra a pessoa com idade igual ou superior a 60 anos.

As reuniões do CMI acontecem mensalmente, em toda segunda quinta-feira do mês.

Atendimento – A Casa dos Conselhos está instalada dentro do Vivência Tupi, onde também funcionam a Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve), o Programa SuperEscola e o Programa Conviver. O local tem o objetivo de integrar diversos públicos e promover a cidadania entre os moradores de diferentes faixas etárias. A Casa dos Conselhos fica na Rua Xavantes, n° 51, Bairro Tupi, e funciona de segunda a sexta-feira das 8h30 às 17h30.

Freestyle na Praia Grande perto dos urubus

Bora que é amanhã

Gente da PG fazendo arte – Bruna Pratali Tarcitano

Grupo #euamopg fotos

Projetos para crianças e adolescentes serão financiados pelo Fundo Municipal de PG

Organizações têm até 30 dias para enviar propostas
15/6/2018

Estão abertas as inscrições para o envio de projetos ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), em Praia Grande. As propostas passarão por avaliação e, se aprovadas, serão financiadas pelo Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. As organizações (governamentais ou não) terão o prazo de até 30 dias para enviar as ideias, contando a partir da publicação do edital, divulgado no dia 7 de junho.

Os projetos devem se encaixar em um dos seguintes temas: garantia do direito a convivência familiar e comunitária; fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários; priorização do atendimento de crianças e adolescentes usuários de álcool e drogas; ampliação e qualificação da rede de atendimento e prevenção; promoção e democratização das práticas de esporte e lazer; garantia do acesso, permanência e qualidade da educação para todas as crianças.

O valor máximo previsto a ser proposto por organizações governamentais é de até R$ 200 mil. Já para organizações da sociedade civil o valor máximo será de R$250 mil. Em ambos os casos só poderá ser enviado um projeto por cada instituição.

Para se inscrever, basta ir à Casa dos Conselhos, instalada dentro do Vivência Tupi, na Rua Xavantes nº 51, no Bairro Vila Tupi, em Praia Grande. O local funciona das 9 até às 16 horas, de 2ª à 6ª feira.

No local funciona ainda, além da Casa dos Conselhos, a sede da Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve) e unidades dos programas SuperEscola e Conviver. O local tem o objetivo de integrar diversos públicos e promover a cidadania entre os moradores de diferentes faixas etárias.

Gente da PG fazendo arte – Renato Maciel

Tem trabalho dos nossos alunos que vai aparecer na telinha amanhã! 😱

Sim! O filme sobre identidade e transformação, “O Navio de Teseu”, promete te tirar da zona comum e mexer com seus pensamentos.

Ficou curioso? Não perca no sábado ou aproveite a reprise na quinta-feira à meia-noite. 😉

> Ficha Técnica:

DIREÇÃO
Rodrigo Calorio
Vinicius Ellero

ROTEIRO
Renato Maciel
Rodrigo Calorio

PRODUÇÃO
George Narciso

FOTOGRAFIA
Rodrigo Calorio
Vinicius Ellero

DIREÇÃO DE ARTE
Carll Ferreira
Luiza Lucchesi

EDIÇÃO
George Narciso
Renato Maciel
Rodrigo Calorio
Victor Bitencourt
Vinicius Ellero

SOM
Renato Maciel

ELENCO
Carll Ferreira
Carolina Palhares
George Narciso
Luiza Lucchesi

Trevo do bairro Ocian

Velejadores competem na classe dingue

Time de Praia Grande disputa evento estadual
14/6/2018

Neste sábado (16), a partir das 10 horas, na Represa de Guarapiranga, em São Paulo, na Capital, a equipe do núcleo de Praia Grande do Programa Navega São Paulo (Secretarias de Esportes e Lazer – SEEL– e Educação – Seduc; e Marinha do Brasil) disputa o Campeonato Estadual das Classes Nacionais, evento regido pela Federação de Vela do Estado de São Paulo (Fevesp) com chancela da Confederação Brasileira (CBVela).

Sob coordenação do professor Silvio Bello, mais de 10 atletas da Cidade competem na classe dingue (duplas ou trios) nas categorias estreante, juvenil (até 16 anos), sênior (17 e 44), máster (45 a 59), na grand master (mais de 60), na 1.5 (peso somado dos atletas é no máximo de 150 quilos), feminina (idade livre) e mista (homens e mulheres juntas); nos barcos monotipos (construídos conforme desenho único, sendo que todas as medidas e pesos: casco, leme, bolina ou quilha falsa, mastro, velame são rigorosamente iguais).

Aulas – As aulas do Programa Navega São Paulo de Praia Grande são abertas a pessoas de todas as idades, de segunda a sábado, das 8 às 17 horas, na Área de Lazer ÉzioDall’Acqua. Também conhecido como Portinho, o local, banhado pelo Mar Pequeno, está situado na entrada da Cidade, na Rua Paulo Sérgio Garcia s/nº, Bairro Sítio do Campo. 

Para participar, basta que os interessados compareçam ao local das aulas, preencham ficha cadastral e apresentem documento de identidade com foto. Os menores de idade precisam que os responsáveis façam a inscrição. Outras informações podem ser obtidas na Secretaria de Educação (Rua José Borges Neto, 50, Bairro Mirim, ao lado da Prefeitura, telefone 3496-2350).

Foto: Alexandra Vegas Grupo euamopg fotos

Municipal de Futebol da 1ª Divisão tem nove jogos no domingo

No total, 19 equipes disputam o principal título local
14/6/2018

Neste domingo (17), a partir das 11 horas, nos Campos da Cidade, ocorre a terceira rodada do Campeonato Municipal de Futebol, série A (primeira divisão), categoria masculina adulta. A competição, que reúne os 19 melhores times da Cidade e mais de 350 jogadores, é regida pela Liga de Futebol Amador de Praia Grande (LFAPG) conta com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL).

No último domingo (10) aconteceu a segunda rodada da competição. Confira os resultados: chave A, SESC 4 x 1 Solemar, Estrela do Norte 4 x 1 Metropolitano, Real 3 x 0 Caiçara e Vila Mirim 3 x 2 América; na B, Amigos da Vila Sônia 5 x 0 Águia de Ouro, Liberdade 2 x 1 Ajax, Poty 2 x 2 Três Cores, Galo de Ouro 2 x 2 Atlântico e Parma 0 x 0 Folha Verde. A classificação completa do torneio pode ser obtida no site da Liga: www.lfapg.com.br.

Confira a programação da terceira rodada:

Campo do Real Esporte Clube (Rua Antônio Luís Permaia, s/nº – Bairro Jardim Real)
11 horas – Real x América

Campo do Botafogo (Rua dos Trabalhadores, s/nº, Bairro Antártica)
11 horas – Águia de Ouro x Ajax

Campo do Galo de Ouro (Rua José Borges Neto, Bairro Mirim)
11 horas – Galo de Ouro x Parma

Campo do Palmeirinhas Esporte Clube (Rua João Batista Siqueira, 11.380, Bairro Antártica)
11 horas – Caiçara x Estrela do Norte

Campo do Melvi (Rua Milton de Oliveira, s/n, Bairro Melvi – atrás da caixa d’água da Sabesp)
11 horas – Poty x Atlântico

Campo anexo ao Ginásio Magic Paula (esquina da Avenida dos Trabalhadores com a Rua Leila Maria de Barros Monteiro, s/nº, Bairro Antártica)
11 horas – Metropolitano x Solemar
13 horas – Vila Mirim x Ilha do Caieiras

Campo do Solemar (Rua Adriano dos Santos, s/nº, Bairro Cidade da Criança)
13 horas – Folha Verde x Amigos da Vila Sônia

Campo do Clube Centro Social de Ação Comunitária – CESAC (Rua Cíntia Giufrida, s/nº, Bairro Canto do Forte)
13 horas – Liberdade x Três Cores

Dados – Na primeira fase, as equipes jogam todas contra todas dentro de cada grupo (A e B), em turno único, qualificando-se as quatro primeiras posicionadas, de cada chave, para a fase quartas de final (oito melhores). A partir daí, os confrontos ocorrem em sistema de eliminatória simples (quem perde está eliminado), no qual duelam o 1º posicionado da chave A x 4ºB, 2ºA x 3ºB, 3ºA x 2ºB, 4ºA x 1ºB. As duas últimas colocadas de cada chave, serão rebaixadas para a série B (segunda divisão).

No grupo A, duelam as equipes do América Futebol Clube (Japuí/São Vicente), SESC Futebol Clube (Sítio do Campo), Ilha do Caieiras Futebol Clube (Caieiras), Real Esporte Clube (Real), Associação Vila Mirim Esporte Clube (Mirim), Caiçara Futebol Clube (Caiçara), Associação Atlética Solemar (Solemar), Estrela do Norte Futebol Clube (Caieiras) e Associação Recreativa Metropolitano (Ocian). 

No B, jogam os times do Atlântico Sociedade Esportiva e Atlética (Mirim), Esporte Clube Galo de Ouro (Mirim), Poty Futebol Clube (Tupi), Liberdade Futebol Clube (Canto do Forte), Esporte Clube Águia de Ouro (Aviação), Clube Atlético Três Cores (Mirim), Amigos da Vila Sônia Futebol Clube (Vila Sônia), Folha Verde Esporte Clube (Glória), Ajax Melvi Futebol Clube (Melvi) e Parma Futebol Clube (Ocian).

Retrospecto – Em 2017, a equipe do América Futebol Clube sagrou-se campeã. Na decisão, venceu por 1 a 0 do Metropolitano. Em 2016, a equipe do Amigos da Vila Futebol Clube venceu o Campeonato. Na decisão, o time do Vila Sônia derrotou, por 3 a 1, o selecionado do Folha Verde Esporte Clube (Glória). Na temporada 2014/2015, o Real Esporte Clube conquistou o título. Na final, a turma do Bairro do Jardim Real venceu nos pênaltis, por 4 a 2, o time do Atlântico. Em 2013, deu Galo de Ouro. Em 2012, a equipe do Palmeirinhas EC sagrou-se campeã. Em 2011, o selecionado do Galo de Ouro levantou a taça. 

Em 2010, após uma confusão no jogo final (os árbitros foram agredidos), a LFAPG dividiu o título com os times do Real e do Vasquinho Futebol Clube (Mirim). Em 2009 e 2008, o time do Atlético Clube Praia Grande venceu a série A-1. Em 2007, o primeiro lugar ficou com o Real. Em 2006, medalha de ouro para o grupo do Três Cores. Em 2005, vitória da rapaziada do Real. 

Vôlei feminino de PG encara time do Pinheiros

Grupos infantil e infanto da Cidade jogam fora de casa
14/6/2018

Nesta sexta-feira (15), a partir das 17 horas, no Ginásio do Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo, na Capital, as equipes femininas infantil (15 e 16 anos) e infanto-juvenil (17 e 18) de Praia Grande (Secretarias de Esportes e Lazer – SEEL e Educação – Seduc; Liga Municipal – LPV) enfrentam os times da casa, em duelos válidos pela primeira fase do Campeonato Estadual de Vôlei promovido pelo Sindicato dos Clubes do Estado de São Paulo (Sindiclube).

Nas partidas já realizadas da infantil, as meninas da Cidade venceram as do Clube Atlético Juventus por 3 sets a 0 (25/20, 25/19 e 25/18); perderam para as do Centro Esportivo Penha por 3 a 2 (27/25, 26/24, 22/25, 14/25 e 12/15), APROV Guarulhos por 3 a 2 (26/24, 25/16, 18/25, 23/25 e 18/20), AABB/SP por 3 a 1 (25/19, 19/25, 23/25 e 21/25), Alphaville Tênis Clube por 3 a 1 (25/23, 21/25, 22/25 e 22/25), Círculo Militar de São Paulo por 3 a 0 (22/25, 19/25 e 16/25) e do Esporte Clube Banespa por 3 a 0 (13/25, 12/25 e 13/25). 

Nos jogos já realizados da infanto-juvenil, a equipe municipal venceu o do Arydevom/Mauá por 3 a 2 (25/16, 26/24, 15/11, 25/27 e 21/25), perdeu para o Clube Atlético Ypiranga por 3 sets a 0 (25/16, 25/8 e 25/17), APROV Guarulhos por 3 a 0 (15/25, 19/25 e 13/25) e São Paulo Futebol Clube por 3 a 0 (11/25, 14/25 e 17/25).

Adulto – No sábado (16), às 12 horas, no Ginásio Mirins III (Avenida Maurício José Cardoso, 1340, Bairro Forte), em Praia Grande, a turma adulta (idade livre) da Cidade enfrenta a equipe da APROV de Guarulhos, em partida válida pela segunda rodada da competição estadual. No último mês, na estreia, as meninas da Cidade venceram as do Clube Atlético Aramaçan, por 3 sets a 1 (25/16, 25/18, 25/20 e 17/25). 

Retrospecto – A última vez que as equipes femininas de Praia Grande participaram do Campeonato Estadual de Vôlei do Sindiclube foi em 2014. Naquele ano, o time adulto sagrou-se vice-campeão da série ouro (equipes que ficaram nas três primeiras posições na etapa inicial do torneio). A turma infanto-juvenil também foi vice-campeã só que na série prata (equipes que ficaram de quinto a oitavo lugares na etapa inicial do torneio). Em 2013, o time adulto sagrou-se campeão da série prata. Em 2012, o adulto conquistou o segundo lugar na disputa da Taça de Prata do Campeonato de Vôlei do Sindiclube. Já o grupo infanto-juvenil conquistou medalha de bronze na disputa da Taça de Prata.

Caratecas de PG lutam em etapa classificatória do Brasileiro

Atletas da Cidade competem em Santa Catarina
14/6/2018

Integrando a seleção paulista, um total de 20 atletas de Praia Grande disputa a quarta etapa classificatória do Campeonato Brasileiro que ocorre de 20 a 24 de junho, na cidade de Joinville, em Santa Catarina. Eles competem nos torneios de katá (exibição de movimentos) e kumitê (luta), e se vencerem a competição qualificam-se para a fase final do Brasileirão que será realizada de 16 a 21 de outubro, no município de Contagem, em Minas Gerais.

No Brasileirão há divisão por peso e graduação (kyu). Quanto menor o kyu (faixa), mais evoluído é o atleta: branca (6º kyu), amarela (5º), laranja (4º), verde (3º), azul ou roxo (2º), castanho ou marrom (1º). Em 2017, a seleção paulista reuniu 754 atletas na disputa da etapa classificatória do Campeonato Brasileiro, dos quais 548 avançaram a fase final e obtiveram 234 medalhas (71 ouros, 59 pratas e 104 bronzes).

Treinos – Os caratecas de Praia Grande treinam em cinco academias da Cidade. No Bairro Tupi, a equipe da Academia Gladiators tem comando do sensei Rodrigo Inácio. No Ocian, o grupo da Yamato Dojo é conduzido por Carolina Ramalho. No Samambaia, o time da Kami Dojo possui Ronaldo Rodrigues como mestre. No Boqueirão, o selecionado da Yoshimura Kyokai recebe orientação técnica do mestre Jorge Yoshimura. No Tupi, a turma da Seikan pertence ao técnico Márcio Papi. 

Há ainda, treinamentos públicos (gratuitos) disponibilizados pela Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) de Praia Grande. sob comando do professor Luiz Fernando de Almeida Antunes, faixa preta 3º Dan, as aulas acontecem no Ginásio da SEEL (Avenida Minsitro Marcos Freire, 33579, Bairro Tupiry), as terças e quintas-feiras, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas; no Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180), as segundas, quartas e sextas-feiras, das 9 às 12 horas; e na Pista municipal de Atletismo (Rua José Bonifácio, 400, Bairro Sítio do Campo), as segundas, quartas e sextas-feiras, das 14 às 17 horas.

Sob orientação do professor Jorge Yoshimura, faixa preta 8º Dan, os ensinamentos são realizados de segundas as sextas-feiras, após às 18 horas, os treinos ocorrem no Ginásio Rodrigão (Av. Presidente Kennedy, 8169 – Mirim). As segundas, quartas e sextas-feiras, das 13 às 17 horas, as atividades acontecem no Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180). As terças e quintas-feiras, das 13 às 17 horas, as aulas desenvolvem-se no Centro de Apoio à Família do Educando (CAFE) do Bairro Vila Sônia (Rua João Andrade de Jesus, s/nº).

Nomes – Confira os atletas de Praia Grande que integram a seleção paulista na disputa da etapa do Campeonato Brasileiro de Joinville: 

Katá
Pedro Henrique Silva (Academia Yamato Dojo) – categoria sub-8 – faixa 6º a 5º kyu – peso absoluto 
Gustavo Pereira (Yamato Dojo) – sub-8 – 4º a 3º kyu – absoluto
Luiz Carlos dos Santos (Kami Dojo) – máster C (44 a 46 anos) – 2º kyu e acima – absoluto

Kumitê
Cássio Henrique Nunes (Gladiators) – sub-12 – 6º a 3º kyu – menos de 30 kg
José Maurício Suzuki Portella (Gladiators) – sub-14 – 6º kyu e acima – menos de 50 kg
Miguel Alejandro Gutierrez Mamani Silva (Gladiators) – sub-14 – 6º kyu e acima – mais de 55 kg
Amanda Freitas Mendonça (Kami Dojo) – sub-14 – 6º kyu e acima – menos de 42 kg
Hanna Ferreira (Seikan) – sub-14 – 6º kyu e acima – mais de 47 kg
Bryan da Silva de Aguiar Brito (Gladiators) – cadete (14 e 15 anos) – 6º kyu e acima – menos de 52 kg
Gabriel Vieira de Oliveira (Gladiators) – cadete – 6º kyu e acima – mais de 70 kg
Ana Flávia Pereira (Yamato Dojo) – cadete – 6º kyu e acima – menos de 47 kg
Giulie Anne Cirillo Soares (Gladiators) – cadete – 6º kyu e acima – menos de 54 kg
Victória Santa Rosa Pereira (Gladiators) – cadete – 6º kyu e acima – mais de 54 kg
Alice Beatriz Silva Gomes (Gladiators) – cadete – 6º kyu e acima – mais de 54 kg
Maria Eduarda Mascari (Yamato Dojo) – cadete – 6º kyu e acima – mais de 54 kg
Nimai Caldas de Lima (Kami Dojo) – júnior (16 e 17 anos) – 6º kyu e acima – menos de 55 kg
Renato Ribeiro (Gladiators) – júnior – 6º a 3º kyu – menos de 55 kg
Gabriel Andrade Pinheiro (Yamato Dojo) – júnior – 6º kyu e acima – menos de 61 kg
Lucas Vieira (Gladiators) – júnior – 6º kyu e acima – menos de 68 kg
Aline Cristhina Rocha Teixeira (Gladiators) – júnior – 6º kyu e acima – menos de 59 kg
Luiz Carlos dos Santos (Kami Dojo) – máster C (44 a 46 anos) – 6º kyu e acima – menos de 75 kg.

Praia Grande dá recomendações para pinturas de ruas para a Copa do Mundo

Torcedores devem se atentar a detalhes como o tipo de tinta e às regras de trânsito
14/6/2018

Uma das tradições principais durante as Copas do Mundo de Futebol é a pintura temática das ruas pela própria população. São desenhos de bandeiras, faixas e frases de incentivo, tudo enaltecendo o amor ao esporte e à seleção canarinho, que estreará na competição no próximo domingo (17). Mas antes da pintura, os moradores devem estar atentos a detalhes como o tipo de tinta utilizada e o respeito às regras de trânsito para que a brincadeira não vire dor de cabeça.

A arte não pode comprometer a sinalização viária. Por isso, pinturas em avenidas e vias de grande circulação de veículos não são recomendadas. Cobrir total ou parcialmente a sinalização de solo, como faixas de pedestres, faixas seccionadas e demarcações de vagas de estacionamento, são proibidas.

A pintura em cruzamentos viários também não é permitida como explica a diretora da Divisão de Planejamento e Engenharia de Tráfego da Secretaria de Trânsito de Praia Grande (Setran), Michele Rezende de Mesquita. “É um trecho onde o motorista precisa de atenção total, não somente à sinalização de solo e placas, mas também ao fluxo dos veículos. Estas pinturas podem causar distrações e ocasionar em acidentes”.

A Setran destaca também que quadras com lombadas também não devem receber a arte, nem guias com pinturas prévias (como meio-fio em amarelo que delimita áreas onde é proibido ou regulamentado o estacionamento). “As pessoas devem, preferencialmente, realizar estas pinturas em meios de quadra e em áreas essencialmente residenciais da Cidade”, completou Mesquita.

A população deve estar atenta também ao tipo de tinta utilizada no trabalho. As pinturas devem ser feitas com materiais à base de água ou cal, que seja de fácil remoção e que sai com o tempo.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (Lei Federal 9.503/1997), em seu artigo 84, o órgão ou entidade de trânsito com circunscrição sobre a via poderá retirar ou determinar a imediata retirada de qualquer elemento que prejudique a visibilidade da sinalização viária e a segurança do trânsito, com ônus para quem o tenha colocado. Por isso, caso seja verificada a irregularidade, o munícipe terá que retirar a arte do local, arcando com qualquer despesa necessária.

A população pode denunciar caso testemunhe ações irregulares de pintura através da linha gratuita e 24 da Setran, o 0800-7720194.

%d blogueiros gostam disto: