• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Praia Grande

Preparativos para a construção do Ecoponto Guilhermina são iniciados

Árvores existentes no local foram realocadas e obra deve ser entregue até outubro
19/6/2018

A esquina entre as Ruas Chile e Canadá, no Bairro Guilhermina, está começando a receber os preparativos para a construção de uma nova unidade Ecoponto para o descarte correto de materiais recicláveis. As árvores existentes no trecho foram realocadas e os próximos passos devem incluir a pavimentação e construção de muros e de escritório. A previsão é que a obra seja entregue até outubro. Atualmente, Praia Grande conta com 12 unidades como esta e, além do Guilhermina, já foram anunciadas as construções até o início de 2019 de outras três unidades, nos Bairros Melvi, Vila Sônia e Anhanguera.

Nas últimas semanas, o Departamento de Manutenção Ambiental da Secretaria de Serviços Urbanos (Sesurb) realizou a realocação de cinco palmeiras da espécime Areca (Arecinae), duas replantadas no Transbordo Municipal e três no Bairro Quietude; e as Amoreiras (Morus) foram levadas para o Viveiro Municipal e devem ser replantadas em diversos pontos da Cidade, conforme projeto de paisagismo urbano da Cidade.

O espaço, de aproximadamente 300 m², contará com caçambas para o descarte de itens como vidro, plástico, papel e pequenas quantidades de entulhos (até 2 m³ no total). As unidades já existentes funcionam sempre de segunda a sexta-feira (cinco unidades abrem também aos sábados), das 8 às 17 horas. Os locais ainda recebem o descarte de pilhas, óleo de cozinha e dois ecopontos (Caiçara e Aviação) possuem área coberta para o descarte de pneus também. A intenção da Administração Municipal é que com o tempo todos os Bairros de Praia Grande passem a contar com uma unidade ecoponto.

O Diretor de Departamento de Manutenção Ambiental, Marcelus Condé Machaco, explicou que levantamentos feitos pelo setor apontaram que o Bairro Guilhermina conta com diversos pontos de descarte irregular de lixo por parte da população, por isso a necessidade de um ecoponto no local. “Optamos por transformar o trecho utilizado como praça em um ecoponto uma vez que o equipamento é essencial para a mudança de atitude da população em benefício da natureza e de uma cidade mais sustentável e limpa”. Mesmo com a retirada da praça, os arredores do novo ecoponto contarão ainda com oito áreas verdes urbanizadas.

Endereços – Os 12 ecopontos já existentes em Praia Grande ficam nos seguintes locais: Aviação (esquina das ruas Jorge Alves Maciel e Jorge Hagge), Sítio do Campo (esquina da Avenida do Trabalhador com Rua Saturnino de Brito, loteamento Guaramar), Nova Mirim (Rua Martiniano José das Neves, 1410), Mirim (Avenida Presidente Kennedy, ao lado do nº 8462, entre as Ruas 26 de Janeiro e Aldo Coli), Real (Rua Lilás, 429), Maracanã (esquina da Avenida Dr. Roberto de Almeida Vinhas com Rua Dorivaldo Francisco Loria), Caiçara (Avenida Presidente Kennedy, ao lado do número 13.684, esquina com Rua Maximina Ildefonso Ventura), Boqueirão (Rua Guanabara com Praça 19 de janeiro), Solemar (Avenida Presidente Kennedy, na altura do número 21.074, esquina com a Rua Cassimiro de Abreu), Ribeirópolis (esquina das Avenidas Diamantino Cruz Ferreira Mourão e Agostinho Ferreira), Ocian (Praça Eliezer Rodrigues Coelho, s/nº, entre as Ruas Dr. Vicente de Carvalho e José de Alencar) e Canto do Forte (na esquina da Avenida Ecológica com Rua Xixová).


Aposentada vende pães que aprendeu a fazer nas aulas do PIC

Receita faz sucesso entre moradores do Bairro Real
19/6/2018

Farinha, ovos, leite, óleo e ervas se transformaram em renda extra para uma aposentada do Bairro Real, em Praia Grande. Solange Martins Pereira, de 60 anos, conhecida como “Sol da Banca”, aprendeu a receita do pão de ervas e já está faturando com o produto. Dotada de muita criatividade, já adaptou a receita à sua maneira e, assim, criou os pães de ervas recheados e os lanches naturais de pão de ervas.

Quem mora na região do Bairro Real, dificilmente nunca ouviu falar da “Sol da Banca”. Seus brigadeiros, beijinhos, pirulitos de chocolate, trufas e outras delícias estão à disposição dos moradores nos comércios do Bairro. 

Recentemente, se inscreveu na aula de pães do PIC Real e aprendeu a receita do pão de ervas que achou bem fácil. Dois dias depois da aula fez a receita e deu seu toque pessoal, recheando o pão de ervas com linguiça calabresa. A primeira massa rendeu 10 pães, postou fotos nas redes sociais e vendeu tudo em um dia. As encomendas foram chegando e, em pouco mais de uma semana, já passou dos 60 pães vendidos.

“Para trabalhar com essas coisas é preciso ter bom gosto e imaginação. Eu amo culinária, então não foi difícil de aprender a fazer o pão. A receita é super fácil, econômica e fica muito gostosa”, garante a dona de casa.

A imaginação de Solange a levou a criar o lanche de pão de ervas. A massa é a mesma, porém em tamanho pequeno. Cortado no meio, o pão ganhou recheio de requeijão e frios. 
O dinheiro que ganha com as vendas é usado para pagar as contas de casa, como água, luz e gás. O sonho de Solange é aproveitar seu conhecimento culinário para abrir uma loja tipo bomboniere e conquistar clientes com suas delícias caseiras.

Serviço – Assim como a Solange, outros moradores já conheceram o PIC e aprenderam a fazer diversos produtos, tanto culinários, quanto artesanais. Nas unidades também é possível realizar atividades físicas e de lazer, onde adultos e crianças podem se divertir ou praticar esportes.

As unidades do Programa de Integração e Cidadania (PIC) e do Centro de Apoio à Família do Educando (Cafe) foram criadas pela Secretaria de Assistência Social (Seas) em parceria com o Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande (FSS) e têm como principal objetivo ser um espaço aberto à convivência, ao diálogo e entrosamento familiar. Em ambos os programas é possível encontrar lazer, esporte e capacitação profissional gratuitamente. Para saber onde fica a unidade mais próxima, basta ligar para 3496-5039 ou acessar a página oficial de Praia Grande (www.praiagrande.sp.gov.br).

Pedestrianistas ganham medalhas

Equipe de PG participa de evento regional
19/6/2018

Atletas de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL, Gutto Running Team e Liga Praia-grandense de Atletismo) conquistaram quatro medalhas (três ouros e uma prata) na Corrida da Marinha/Porto de Santos, evento válido como primeira etapa do 33º Campeonato Santista de Pedestrianismo. A disputa realizada no último domingo (17) teve chegada na praça Mauá, no Centro de Santos. 

A disputa de 10 quilômetros que reuniu dois mil atletas em 21 categorias (faixas etárias) foi organizada pela Prefeitura de Santos com patrocínio de MSC. O grupo de Praia Grande tem comando técnico do professor Rodrigo Augusto da Silva Rosa (criador da Gutto Running Team) e treina na pista municipal localizada no Bairro Sítio do Campo. 

Confira todos os resultados dos atletas da Cidade:

1º José Domingos de Jesus Santos – 45 a 49 anos – 34min49
1º Odair Alves Caires – 40 a 44 anos – 39min01seg
1º Kauan da Silva Domingues – 16 e 17 anos – 37min11seg
2º Rodrigo Valério da Silva – geral – 31min40seg
4º Alberico Martins de Araújo Neto – 20 a 24 anos – 40min52seg
7º Rafael Camara Silva – 25 a 29 anos – 39min41seg
7º Jairon José da Silva Santos – 30 a 34 anos – 39min41seg
7º José Carlos Soares de Menezes – 55 a 59 anos – 42min42seg
8º Kenichi Yonamine – 60 a 64 anos – 45min38seg
12ª Larissa Andrade Ferreira – 25 a 29 anos – 58min54seg
13ª Regina Antoniolli Reis Rosa – 35 a 39 anos – 49min19seg
18º Breno de Lima Ferreira – 25 a 29 anos – 47min37seg
27º Leandro Yamauti da Silva – 40 a 44 anos – 46min22seg
31º Leandro Nunes Franco – 35 a 39 anos – 42min05seg
35º Alexsandro Bastos Moreira – 40 a 44 anos – 47min27seg
44º Edmilson Reis Zumak Neto – 35 a 39 anos – 43min59seg
57ª Carla Fabiane Souza de Moraes – 35 a 39 anos – 59min50seg
61º Benny Cesar Brunnquell – 30 a 34 anos – 53min05seg
64º Carlos Alberto de Moraes Pinto – 40 a 44 anos – 52min41seg

Retrospecto – Em 2017, a turma de Praia Grande conquistou 13 medalhas (quatro ouros, quatro pratas e cinco bronzes) nas cinco etapas do evento regional. Na quinta fase, prata para Glória Poliana Platner, na categoria dos cadeirantes. Na quarta, ouros para Kauan Domingues e Amanda Santana, ambos na 16 e 17 anos. Prata para Rodrigo Valério, na 20 a 24. Bronze para José Domingos Santos, na 40 a 44. Na terceira, Kauan e Amanda venceram na 16 e 17 anos. Rodrigo Valério foi terceiro colocado no geral. José Domingos de Jesus Santos, na 40 a 44, e Jairon José da Silva Santos, na 25 a 29, terminaram nas terceiras posições. Na segunda, Luis Fábio Bastos de Santana ficou na terceira posição na 35 a 39. Na primeira, José Domingos e Kauan foram vice-campeões. 

No Campeonato Santista de Pedestrianismo de 2016, na mais de 75 anos, José Correa da Silva Filho terminou em terceiro lugar. Em 2015, a turma local terminou em sétimo lugar por equipes (feminina e masculina juntas). Ao longo do Campeonato, obteve 19 medalhas (13 ouros, 3 pratas e 3 bronzes). Individualmente, David Benedito de Macedo levou o primeiro lugar na classificação geral. Ana Maria Ribeiro dos Santos foi campeã da categoria 45 a 49 anos. Paulo Righetti garantiu a terceira posição na 50 a 54 anos. Hosana Lucena Pereira terminou em quarto lugar na classificação geral. Maria Pereira Socorro da Rocha na 40 a 44 anos e Celma Severina da Silva na 45 a 49 foram quintas colocadas. 

Em 2014, a equipe feminina de Praia Grande sagrou-se vice-campeã geral. Na masculina, terminou em quarto lugar. Individualmente, o selecionado municipal obteve três títulos e três terceiras colocações. Em 2013, a equipe feminina foi campeã geral. O time masculino ficou em segundo lugar. Individualmente, os atletas locais conquistaram cinco títulos, três vice-campeonatos e uma terceira colocação. Em 2012, o time feminino e masculino foi vice-campeão geral. Os corredores da Cidade levaram cinco títulos, dois vice-campeonatos e quatro terceiros lugares. Em 2011, foram três títulos, quatro pratas e três bronzes. Em 2010, foram dois títulos, duas segundas posições e uma terceira. Em 2009, o grupo local fez um campeão, dois vices e dois terceiros colocados. Em 2008, obteve dois títulos gerais, um vice-campeonato e um terceiro lugar. Em 2007, Praia Grande fez uma campeã.

Estão definidos os times semifinalistas da Copa PG de futsal Adulto

América, Nova União, Cruzeiro e Vila São Jorge disputam título
19/6/2018

Estão definidas as equipes semifinalistas da 4ª Copa Praia Grande de Futsal Masculino Adulto, evento regido pela Liga Praia-grandense de Futsal (LPFS) com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) da Cidade. Na última quinta-feira (14), no Ginásio Mirins III (Bairro Canto do Forte), ocorreram as duas últimas partidas válidas pela fase quartas de final (oito melhores).

Na primeira, a turma do América Futebol Clube (Bairro Japuí, em São Vicente) goleou a equipe da Associação Recreativa Metropolitano (Mirim) por 6 a 1. Na segunda, o time do Nova União derrotou o selecionado do Esporte Clube Vitória (Vila Sônia) por 5 a 2. No último dia 6, também no Ginásio Mirins III, na primeira partida das quartas de final, a equipe santista do Cruzeiro Morro do São Bento (MSB) venceu a do Coleta Futebol Clube por 3 a 0. Na segunda, o selecionado do Vila São Jorge ganhou dos Filhos do Rei por 11 a 1. 

Os jogos semifinais estão programados para ocorrer no próximo dia 28 (quinta-feira), a partir das 19h30. Ainda há indefinição quanto ao local dos confrontos, podendo ser no Ginásio Mirins III ou no Ginásio Falcão (Mirim). A certeza é que a turma do São Jorge encara a do América, enquanto o time do Cruzeiro enfrenta o do Nova União.

Dados – Na primeira fase da competição, as equipes foram divididas em duas chaves de cinco times (logo, 10 times participaram). Avançam as quartas de final os selecionados do Nova União (primeiro colocado da chave A), América Esporte Clube (2º A), Cruzeiro MSB (3º A), Filhos do Rei (4º A), Vila São Jorge (1º B), Associação Recreativa Metropolitana (2º B), Coleta Futebol Clube (3º B) e Esporte Clube Vitória/Rua da Lama (4º B). Já as equipes do Orangeball Futebol de Amigos (5º B) e Projeto Esportivo Maxland (5º A) foram eliminadas.

Em 2017, a equipe do Richard’s Costelaria Futsal sagrou-se campeã da 3ª Copa Praia Grande de Futsal. Na partida final, o grupo do Bairro do Canto do forte conquistou o título nos pênaltis, por 2 a 1 (após empate no tempo regulamentar de 1 a 1), com a turma do Colorado Futsal. Individualmente, o goleiro Rafael (RC Futsal) foi eleito o melhor da competição. O jogador Eliel (Metropolitano) garantiu o troféu de artilheiro do torneio com 10 gols marcados. 

Em 2016, com o nome de SuperCopa, o evento foi vencido pela turma da Associação Recreativa Metropolitano. Na decisão, venceu, por 4 a 2, a equipe do RC Futsal. Na decisão do terceiro lugar, o selecionado da Igreja Cristã Evangélica de Praia Grande (ICEPG)/Marvida/Arena/A&A ganhou, por 6 a 2, do Orangeball Futebol de Amigos. 

Em 2015, o evento foi realizado em variadas categorias. Na sub-8, a primeira colocação ficou com a garotada da Escola Celestin Freinet (Bairro Guilhermina). Na sub-10, medalha de ouro para a turma do Projeto Esportivo de Futsal Esmeralda (Esmeralda). Na sub-12, vitória da equipe do Esporte Clube Vitória (Vila Sônia). Na sub-14, o grupo do Projeto Cohab (Canto do Forte) conquistou o título. Na sub-16, a taça de campeão ficou com o selecionado do Projeto Esmeralda. Outras informações podem ser obtidas no site www.lpfs.com.br.

Jogos da Maturidade de Praia Grande tem congresso técnico

Competição movimenta pessoas com mais de 50 anos
19/6/2018

Nesta quinta-feira (21), às 9 horas, na sede da SEAS (Rua Emancipador Paulo Fefin, 775, Bairro Boqueirão), ocorre o congresso técnico do 5º Jogos da Maturidade de Praia Grande (Secretarias de Esporte e Lazer – SEEL e Assistência Social – SEAS), evento que reúne atletas com mais de 50 anos. Na oportunidade, são sorteados os grupos, os confrontos, horários e os locais de disputa de cada modalidade. A competição tem início programado para 4 de agosto e término previsto para o dia 23 do mesmo mês.

No primeiro dia, na pista municipal (Rua José Bonifácio, 400, Bairro Sítio do Campo), realiza-se o torneio de atletismo. No dia 7, no Ginásio da SEEL (Rua João Balbino Correia, 251, Bairro Tupiry), há eventos de tênis de mesa, damas e xadrez. No dia 9, na piscina da Cidade (Rua Gilberto Fouad Beck, 110, Mirim), é vez da natação. No dia 14, nas quadras do Ocian Praia Clube (Rua Comendador Oto Carlos Golanda, 80, Ocian) e o do Bairro Samambaia (Av. Maria Cavalcante da Silva, 10, Samambaia), competem bochófilos, malhistas e tenistas. 

No dia 16, no Conviver do Bairro Boqueirão (Avenida Presidente Castelo Branco, s/nº, esquina com a Rua Pernambuco), tem jogos de buraco, dominó e truco (carteado). No dia 21, no Ginásio Mirins III (Avenida Maurício José Cardoso, 1340, Bairro Canto do Forte), desenvolve-se a competição de vôlei adaptado. No dia 23, em local ainda não definido, está programada a disputa de dança de salão e a festa de encerramento. 

Os Jogos da Maturidade de Praia Grande têm divisão de faixa etária por modalidade: atletismo e natação (categorias 50 – 50 a 54 anos, 55 – 55 a 59 anos, A – 60 a 64 anos, B – 65 a 69, C – 70 a 74, D – 75 a 59, E – 80 a 84 e F – mais de 85); dança de salão, tênis, tênis de mesa e vôlei (A – 50 a 59, B – 60 a 60 e C – mais de 70); bocha, damas, buraco e truco (carteado), dominó, malha e xadrez (categoria única – mais de 60 anos).
Retrospecto – Em 2017, a disputa aglutinou mais de 400 atletas, de 16 agremiações. Pela primeira vez, a competição não teve campeão geral, apenas por modalidades. Outras informações podem ser obtidas no site www.praiagrande.sp.gov.br/pgnoticias, em matéria publicada no dia 3 de maio de 2017, na qual consta a publicação do boletim final.

Em 2016, o evento reuniu mais de 300 desportistas de nove entidades. O selecionado do Conviver do Bairro Caiçara sagrou-se campeão geral com 177 pontos. Na sequência terminaram os grupos da Associação da Terceira Idade Solemar (ATIS) com 139; Conviver Guilhermina com 104; Associação Amigos do Jardim Real com 103,5; Conviver São Jorge com 91,5; Conviver Boqueirão com 53; Conviver Ocian com 59; Associação dos Amigos do Balneário Marambaia com 18; e Associação Amigos do Jardim Solemar II com 13.

Em 2015, o grupo da Sociedade Amigos da Vila Caiçara (Bairro Caiçara), com 179 pontos, sagrou-se campeão geral da segunda edição dos Jogos da Maturidade. Depois terminaram os times da Associação Amigos do Boqueirão (Boqueirão), com 124; e Associação Amigos do Jardim Real (Real), com 98. Em 2014, o grupo da Associação Amigos do Distrito de Solemar (Bairro Solemar) obteve o título de campeão geral. Na sequência acabaram as equipes do Centro Social de Ação Comunitária do Conjunto Habitacional Recanto do Forte – CESAC/Cohab (Canto do Forte) e Associação Amigos do Jardim Guilhermina (Guilhermina).

Equipe de PG segue em segundo lugar no Metropolitano de Bocha-rafa

Competição é organizada pela Liga da Cidade
19/6/2018

Após a realização da 12ª rodada da primeira fase do Campeonato Metropolitano de Bocha-rafa, a equipe masculina do Clube Guilhermina de Praia Grande segue como vice-líder do evento organizado pela Liga de Bocha e Malha de Praia Grande com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL). No último sábado (16), em casa a turma da Cidade ganhou da Associação Recreativa de Peruíbe por 9 a 0.

Nas demais partidas da rodada, o selecionado da Sociedade Amigos do Balneário Marambaia (Sambamar) de Praia Grande venceu o do Botafogo de Santos por 6 a 2, a turma do Ocian Praia Clube/PG perdeu para a santista do Santa Cecília por 5 a 3 e o grupo do Mongamar de Mongaguá passou pelo de São Vicente por 6 a 3.

Após estes resultados, na classificação geral parcial, o time do Mongamar lidera com 69 pontos. Na sequência aparecem as turmas do Guilhermina/PG com 65, Botafogo/Santos com 62, Clube Atlético Santa Cecília/Santos com 48, Ocian Praia Clube/PG com 47, Sambamar/PG com 43, São Vicente com 42 e Recreativa/Peruíbe com 39. Vale frisar que na primeira fase da competição, as equipes jogam todas contra todas, em turno e returno, qualificando-se as quatro primeiras para as disputas semifinais.

Mulheres – Na disputa do Metropolitano Feminino, a liderança está com o Santa Cecília com 25 pontos. Depois aparecem Mongamar com 18, Guilhermina com 12 e Sambamar com 11.

Na última rodada, a turma do Santa Cecília venceu a do Sambamar por 6 a 0 e a do Mongamar ganhou do Guilhermina por 5 a 0. A LBMPG não divulgou a data e os jogos da próxima rodada da competição. Outras informações podem ser obtidas no link www.facebook.com/bochadabaixadasantista.

Retrospecto – Em 2017, na série ouro, título para a turma do Sambamar, segundo lugar para o Santa Cecília ficou com o vice-campeonato e terceiro para o Mongamar. Na série prata, primeira, segunda e terceira posições para as equipes do Guilhermina, Clube de Praia São Paulo/PG e Guarujá. No Campeonato de Duplas Masculinas Nova Bocha Litoral 2017, medalha de ouro para a turma do Guilhermina. Vice-campeonato para o Sambamar. Na terceira colocação, ficou a turma do Santa Cecília.

Em 2016, a turma masculina do Guilhermina sagrou-se campeã do torneio de quartetos. Prata e bronze para o Santa Cecília e Ocian Praia Clube. Na competição feminina de quartetos, a taça de campeão ficou com o Sambamar, a de vice-campeão com o Botafogo e a de terceiro lugar do Santa Cecília. Em 2015, deu Mongamar seguido por Botafogo e Ocian Praia Clube. Nas femininas, vitória do Sambamar. Vice-campeonato para o Santa Cecília e terceiro lugar para o Guilhermina.

Em 2014, na masculina, o Mongamar sagrou-se campeão, o do Jardim Guilhermina vice-campeão e o do Sambamar terceiro colocado. Em 2013, a equipe do Guilhermina sagrou-se campeã. Na sequência encerraram os selecionados do Sambamar e Ocian Praia Clube. Em 2012, ouro para o Guilhermina, prata para o Sambamar e bronze para o Mongamar. Em 2011, primeiro, segundos e terceiros lugares para Guilhermina, Mongamar e Sambamar. Em 2010, Guilhermina, Ocian PC e Assunção completaram pódio. Em 2009, Guilhermina, Sambamar e Mongamar foram ouro, prata e bronze. Em 2008, Assunção, Mongamar e Ocian Praia Clube ganharam medalhas. 

Feira de quarta no canto do forte

PG encara Campinas no Paulista de Basquete sub-17

Equipe da Cidade atua nesta quarta-feira (20)
19/6/2018

Nesta quarta-feira (20), às 18 horas, no Ginásio do Bairro Samambaia (Avenida Maria Cavalcante da Silva, 10), em Praia Grande, a equipe masculina sub-17 da Cidade enfrenta o time do Tênis Clube de Campinas, em duelo válido pela quarta rodada do returno da chave A, na primeira fase do Campeonato Estadual regido pela Federação Paulista de Basquete (FPB).

No sábado (23), às 17 horas, no Ginásio Alvaro Saiani, em Cravinhos, os rapazes de Praia Grande jogam contra os do CAC Cravinhos Basketball. No domingo (24), às 11 horas, no Ginásio do Centro Esportivo do Serviço Social da Indústria (SESI), em São Paulo, na Capital, o time municipal enfrenta o do SESI-SP/Franca Basquete, em nova rodada da competição estadual.

Na classificação parcial da chave A, a turma de Praia Grande ocupa a sexta posição com uma vitória e sete derrotas. Nas partidas realizadas, o time municipal ganhou do Clube Espéria por 59 a 54. Perdeu para o Franca Basquete por 81 a 32, Nosso Clube de Limeira por 73 a 66, CAC/APAB Cravinhos por 77 a 34, a equipe do Clube Espéria por 70 a 62, o selecionado do CBC/Tênis Clube Campinas por 95 a 45 e a turma do Clube Internacional de Santos (duas vezes) por 61 a 59 e 55 a 52. Na primeira fase, os selecionados jogam em turno e returno dentro de cada grupo, qualificando-se os quatro primeiros para a segunda fase na chave C e as demais para a chave D.

Atuam pela Cidade os jogadores Guilherme Bruno, Rafael Messias Júnior, João Gustavo, Raul Vieira Jorge Luz, Leonardo Santos, André Luiz Lima Conceição, Pedro Lucas Chaboudet Luna, Gabriel Diocedo de Castro, Samuel Guedes Menezes, Jorge Silva, Elias Santos de Souza, Ruan, Luis Felipe, Felipe, Jefferson, Leonardo e Gabriel Ribeiro Chagas. Técnico: Osvaldo José de Assis Pinheiro. Auxiliar: Fábio Roberto de Souza Silva.

Copa – No último sábado (16), na Escola Municipal Bernardino de Souza Pereira, em Itanhaém, pela 1ª Copa Regional promovida pela Liga de Basketball da Baixada Santista (LBBS) com chancela da Federação Paulista (FPB), a equipe masculina sub-17 de Praia Grande venceu a turma do Instituto Baby por 81 a 56. Nas partidas anteriores, o grupo municipal superou a equipe da Associação de Basquete de Itanhaém por 69 a 46, Associação Atlética Banco do Brasil/Santos por 88 a 49 e a turma do Colégio Liceu Santista por 78 a 50. Outras informações podem ser obtidas no site www.lbbs.com.br e no link do facebook www.facebook.com/basquetebaixadasantista.

Sub-19 – No dia 30 de junho, às 13 horas, no Ginásio Duque de Caxias (Tejereba), em Guarujá, a equipe masculina sub-19 da Cidade (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL, Centro Educacional Vila Verde, Faculdade Praia Grande e Associação Realizar) enfrenta o time da Prefeitura de Guarujá, em duelo válido pela quarta rodada do Campeonato Estadual promovido pela Liga Paulista de Basquete (LPB).

Na primeira rodada (dia 20 de maio), em casa, os rapazes da Cidade venceram os de Caraguatatuba/ABASC por 66 a 39. Na segunda (no último sábado – 16), também em Praia Grande, superaram Guarujá por 72 a 52. Na terceira (no domingo – 17), atuando como visitante, o grupo municipal ganhou de Caraguatatuba por 56 a 41.

Atuam pela Cidade os jogadores André Batista dos Santos, André Luiz Lima Conceição, Arthur Antônio Aparecido Gabriel Felicissimo, Daniel Brito de Jesus, Elias Santos de Souza, Gabriel Diocedo de Castro, Gabriel Ribeiro Chagas, Guilherme Bruno, Gustavo Alves Praxedes de Souza, Iury Santos Sena Oliveira, Kewin Willys Muniz, Lucas Miranda do Carmo, Pedro Lucas Chaboudet Luna, Rafael Messias Junior, Raul Vieira Jorge Luz, Samuel Guedes Menezes e Vitor de Abreu Silva. Técnico: Osvaldo José de Assis Pinheiro. Auxiliar: Rabio Roberto de Souza Silva e Mariana Azevedo Costa.

Retrospecto – No Paulistão de Basquete 2017, a equipe masculina sub-17 de Praia Grande garantiu a quarta colocação na série bronze. Na semifinal do chamado final four, o time de Praia Grande perdeu para a equipe do Clube Internacional de Regatas de Santos por 71 a 36. Na decisão do terceiro lugar, o selecionado municipal foi derrotado por Fernandópolis/AEC por 48 a 39. O título da disputa ficou com o grupo do Santo André/APABA que na decisão superou o Internacional por 64 a 57. Nesta etapa, competiram os times que ficaram do nono ao 12º lugar na primeira fase da competição. A turma de Praia Grande terminou em 11º lugar.

Já a seleção masculina sub-19 de Praia Grande encerrou a participação no Campeonato Paulista de Basquete na segunda fase (série D) da competição. Nas partidas realizadas, venceu o Tênis Clube de Campinas/CBC por 57 a 48, perdeu para o XV de Piracicaba (73 a 48 e 60 a 51), Tênis Clube de Campinas (68 a 51), Time Jundiaí de Basquete (por 72 a 33 e 68 a 37), Esporte Clube Pinheiros (117 a 36 e 132 a 24), Clube Atlético Paulistano (106 a 35 e 109 a 26), Associação Atlética São Caetano do Sul (86 x 57 e 86 a 55), Sociedade Esportiva Palmeiras (120 a 41 e 107 a 49) e Mogi das Cruzes/Helbor (102 a 50 e 100 a 43

O seu destaque é a nossa praia

20ª Sessão Ordinária da Câmara de vereadores de Praia Grande

Carrefour Market no Canto do Forte em Praia Grande

Notícias da cidade

Praia do Boqueirão

EU E A Z750 CROMADA FAZENDO PARTE DA ENTREVISTA – GLEISON DA PG

Restaurante no Caiçara

%d blogueiros gostam disto: