• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Praia Grande

Com mais de 500 inscritos, o evento já esgotou suas inscrições
16/7/2018
 

Com inscrições esgotadas, acontece na próxima terça-feira (17) o 3º Encontro Municipal do Empreendedor de Praia Grande. O evento será no Teatro Serafim Gonzalez, no Palácio das Artes (PDA), e é destinado para microempreendedores individuais (MEI), microempresários (ME), empresas de pequeno porte (EPP) e também para aqueles que têm uma visão empreendedora e pretendem se tornar um empresário. 

Durante o encontro, além das duas palestras principais, onde o prefeito Alberto Mourão falará sobre Desenvolvimento Econômico de Praia Grande e o empresário e fundador da ótica Diniz, Arione Diniz, que vai contar um pouco da sua trajetória como empreendedor. Além disso, ao longo da tarde os credenciados vão poder também aproveitar as pockets palestras com diversos outros temas.

O evento é gratuito e realizado pela Secretaria de Assuntos Institucionais de Praia Grande (SEAI), com o apoio da Associação Comercial e Empresarial de Praia Grande (ACE), do Sistema Financeiro Cooperativo Sicoob Cooperace, da Câmara de Dirigentes Lojistas de Praia Grande (CDL), do Business Network International (BNI-Baixada Santista) e do Litoral Plaza Shopping.

Endereço – O Palácio das Artes fica na Avenida Presidente Costa e Silva, 1.600, Bairro Boqueirão. O credenciamento começa às 8 horas, seguido de um café da manhã oferecido a todos os inscritos. As palestras, bate-papos e exposições acontecem durante todo o dia.

Confira a programação completa:
8h – Credenciamento e café da manhã (Salão de Eventos – PDA);
9h15 – Abertura (Teatro Serafim Gonzalez – PDA);
10h – Palestra Desenvolvimento Econômico de Praia Grande com o prefeito Alberto Mourão;
11h – Palestra com o Arione Diniz – Fundador da Ótica Diniz;
12h – Intervalo para o Almoço.

PALESTRAS RÁPIDAS

14h30 – Palestra “Desenvolva seu negócio através de conexões na prática” – Alexandre Mantovani, diretor executivo da Business Network International (BNI) na Baixada Santista.
15h10 – Palestra “Perspectivas e Cenários da Economia 2018/2019” – Paulo Sérgio Cereda, Sebrae/SP.
15h50 – Mesa Redonda – SEBRAE/SP, SICOOB, do Banco do Povo Paulista
TEMA : A importância e como o empreendedor pode obter o micro crédito. 





Evento de motociclistas doa produtos para o Fundo Social

Itens foram arrecadados e entregues no sábado (14)
16/7/2018

O Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande recebeu, no sábado (14), uma grande doação de produtos que vão reforçar a Campanha Metropolitana do Agasalho e ainda ajudar muita gente. Mais de 1.500 peças de roupas foram entregues, além de centenas de fraldas descartáveis, produtos de higiene e alimentos.

A entrega foi realizada durante um evento de motociclistas, realizado no Espaço Alvorada, Bairro Quietude. Dezenas de motociclistas participaram do encontro, organizado pelo Motoclube Insanos.

A representante do Fundo Social de Solidariedade Monica Pimentel participou do encontro e agradeceu aos colaboradores por todos os itens doados. “Nós de Praia Grande ficamos muito felizes por ter sediado um encontro como este e por ser agraciados por estas doações. Todos estes produtos serão direcionados às famílias atendidas pelo Fundo Social”.

Doações – O Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande concentra as arrecadações de donativos. Qualquer pessoa pode doar roupas, alimentos, móveis, fraldas, eletrodomésticos e outros itens, desde que em bom estado. O endereço é Rua Emancipador Paulo Fefin, nº 775, no Bairro Boqueirão. O telefone de contato é 3496-5022.

Eu amo praia grande!!! 

Festa da Tainha agita Praia Grande em julho

Festa da Tainha agita Praia Grande em julho

Evento acontece todas as sextas, sábados e domingos deste mês

16/7/2018

A vigésima edição da tradicional Festa da Tainha está agitando Praia Grande em julho. O evento ocorre no Pavilhão de Eventos Jair Rodrigues. Os moradores e turistas poderão saborear o prato feito na brasa todas as sextas (das 19 às 23 horas), sábados (12 às 23 horas) e domingos (12 às 17 horas) deste mês.

Atraindo os apreciadores de uma iguaria deliciosa, o cardápio conta com uma tainha na brasa, acompanhada de farofa com camarão, arroz e vinagrete, servindo duas pessoas. O valor para este ano não foi alterado e continua custando R$ 80 reais.

Instituída no calendário oficial da Cidade desde 2006, por meio da Lei nº 1323, o evento visa arrecadar fundos para as ações promovidas pelo Centro Cultural Dalton Pinheiro Pedroso e parte ao Fundo de Social de Solidariedade do Município.

Outras comidas também são vendidas no local: espetinhos, pastéis, porção de batata frita, milho verde, doces, além de barracas tradicionais como a de pescaria, que faz a alegria da criançada.

Endereço – O Pavilhão de Eventos Jair Rodrigues fica localizado na Avenida Ministro Marcos Freire, s/nº (próximo ao número 6.400 da via), no Bairro Quietude (entre os viadutos 8 e 9 da Via Expressa Sul). O espaço conta com estacionamento e entrada gratuitos.

Praia Grande tem inscrições abertas para oficina de circo

Inscrições são gratuitas e seguem até dia 15 de agosto
16/7/2018

A partir desta segunda-feira (16), as inscrições para oficina de circo estão abertas no Palácio das Artes. Realizada gratuitamente, o cadastro segue até dia 15 de agosto para as 20 vagas oferecidas e são indicadas aos maiores de 16 anos, com ou sem experiência no mundo circense ou em arte de rua.

O interessado deve comparecer de segunda a sexta-feira, das 08 às 17 horas, com RG, CPF e comprovante de endereço ao Núcleo de Complementação Educacional no PDA para realização da inscrição. As atividades da “Oficina de Circo – Riso e Malabarismo no Olho da Rua” visam utilizar treinamentos de expressão e expansão corporal, jogos de palhaçaria, malabarismo e improviso com objetos do cotidiano. 

Em parceria com a Poiesis Organização Social de Cultura – Programa Oficinas Culturais do Estado de São Paulo, a oficina acontecerá nos dias 18 e 25 de agosto, além do dia 1º de setembro, das 14 às 19 horas, com coordenação do ator e artista circense Marcelo Roya. 

Endereço – O Palácio das Artes fica localizado na Avenida Presidente Costa e Silva, nº 1600, Bairro Boqueirão.

Mais de 60 mil pessoas já foram imunizadas contra gripe em Praia Grande

Atendimento nas Usafas é de segunda a sexta-feira, das 9 às 16 horas
16/7/2018

Mais de 60 mil pessoas já tomaram a vacina que imuniza contra a gripe em Praia Grande. A ação na Cidade é desenvolvida pela Secretaria de Saúde Pública (Sesap). O atendimento gratuito em solo praia-grandense ocorre em todas as 27 unidades de Saúde da Família (Usafas), de segunda a sexta-feira, das 9 às 16 horas.

De acordo com o Ministério da Saúde, a Cidade tem aproximadamente 72 mil pessoas dentro do grupo que deve ser vacinado. A meta estipulada pelo órgão é que 90% deste total receba a dose.

O Município está adotando alternativas para aumentar os números de vacinas aplicadas. Um dos destaques fica por conta de ações especiais em escolas municipais. Desta forma, a Sesap busca facilitar ainda mais a acessibilidade da dose para as crianças que os pais trabalham fora e não tem como ir até a unidade de saúde.

Grupos – Fazem parte dos grupos que devem ser imunizados: idosos acima de 60 anos, indígenas e trabalhadores da área da saúde, crianças de até 5 anos de idade, gestantes, mulheres no pós-parto, professores, portadores de doenças crônicas e agora também podem tomar a vacina as crianças de 5 a 9 anos e adultos de 50 a 59 anos.

Confira o endereço das 27 Usafas:

1 – Usafa Aviação – Av. Dr. Roberto de Almeida Vinhas, nº2929
2 – Usafa Boqueirão – Av. Pres. Kennedy, nº 918 Boqueirão
3 – Usafa Mirim – Av. dos Sindicatos, nº 635 – Mirim
4 – Usafa Tupi – Rua Meinacós, nº 95 – Tupi
5 – Usafa Aloha – Rua Zenji Sasaki, nº 269- Nova Mirim
6 – Usafa Anhanguera – Rua Josefa Alves de Siqueira, nº 649 – Anhanguera
7 – Usafa Antártica – Av. dos Trabalhadores 3801 – Antártica
8 – Usafa Caiçara – Rua Mathilde de Azevedo Setubal nº 630 – Caiçara
9 – Usafa Esmeralda – Rua Menotti Del Picchio, altura do n° 179
10 – Usafa Forte – Av. Rio Branco, nº 562 – Forte
11 – Usafa Guaramar – Av. dos Trabalhadores, nº 1717 – Glória
12 – Usafa Maracanã – Rua Cesar Rodrigues Reis, 850 – Maracanã
13 – Usafa Melvi – Rua João Caetano, nº 101 – Melvi
14 – Usafa Mirim II – Rua Nossa Senhora da Conceição, nº 400 – Nova Mirim
15 – Usafa Ocian – Rua José Jorge, 521 – Ocian
16 – Usafa Quietude – Rua Rui Manoel Sampaio Seabra Pereira, nº 500
17 – Usafa Real – Rua das Begônias, nº 453 – Real
18 – Usafa Ribeirópolis – Rua Esmeraldo Tarquínio nº 471 – Ribeirópolis
19 – Usafa Esmeralda II – Av. Hugo de Carvalho Ramos, 1521 – Esmeralda
20 – Usafa Samambaia – Av. das Araucárias nº 181 – Samambaia
21 – Usafa Santa Marina – Rua Particular, 598 – Anhanguera
22 – Usafa São Jorge – Av. dos Trabalhadores, nº 4242 – Antártica
23 – Usafa Solemar – Av. Pres. Kennedy, nº 19726 – Solemar
24 – Usafa Sítio do Campo – Rua Maria Luiza Lavalle, nº 68 – Sítio do Campo
25 – Usafa Tupiry – Rua Idelfonso Galeano, nº 368 – Tupiry
26 – Usafa Vila Alice – Rua Renata Câmara Agondi, nº 46 – Anhanguera
27 – Usafa Vila Sônia – Rua Antônio Cândido da Silva nº 1075 – Vila Sônia.

Cemitério Municipal recebe manutenção com aplicação de inseticida

Local terá horário de expediente diferenciado de 17 de julho a 6 de agosto
16/7/2018

Cemitério Municipal Morada da Grande Planície, em Praia Grande, passará a contar temporariamente com horário de expediente diferenciado a partir desta terça-feira (17) para a aplicação de inseticida no local. Até dia 6 de agosto, o espaço será fechado às 16h30, e não às 17 horas, como acontece normalmente. Neste período, o último horário de sepultamento será às 16 horas.

A manutenção, realizada periodicamente, conta ainda com roçagem de mato de todo o local e visa coibir a presença de possíveis moscas, comum em arredores de cemitérios. O material não é residual, por isso o expediente no dia seguinte à aplicação é realizado normalmente.

O diretor de Divisão de Cemitério, Tarcísio Luis Guella, destacou que diferentemente das outras manutenções, quando o local era fechado por meio período para o trabalho, desta vez acontecerá aos poucos. “Fizemos um planejamento e desta forma a população não terá nenhum tipo de prejuízo durante os trabalhos”.

Endereço – O Cemitério Municipal fica na Avenida Ministro Marcos Freire, 3.377, no Bairro Antártica (em frente ao Viaduto 15 da Via Expressa Sul). Informações pelo telefone 3496-5661.

Nos Regionais, times de Praia Grande conseguem resultados inéditos

Marcas ajudaram a Cidade na pontuação geral
16/7/2018

Algumas equipes de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) realizaram as melhores campanhas de todos os tempos nos Jogos Regionais do Estado de São Paulo – 1ª Região, evento regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ). A 62ª edição do evento foi finalizada na última sexta-feira (13), em Santo André.

No atletismo feminino para pessoas com deficiência (PcD), a equipe de Praia Grande obteve 25 medalhas (11 ouros, 10 pratas e 4 bronzes) e assim, bateu o recorde no número total de medalhas conquistadas (25) e nos primeiros lugares (11). No atletismo masculino PcD, o time municipal também conquistou o maior número de pódios da história: 30 (16 ouros, 11 pratas e 3 bronzes). No atletismo olímpico feminino, pela primeira vez o grupo local obteve duas medalhas de ouro. 

Na capoeira masculina, a seleção da Cidade faturou a primeira medalha de prata no evento estadual. No futsal masculino livre, o vice-campeonato conquistado por Praia Grande é a melhor marca de todos os tempos. Bicampeão (2008 e 2018), o handebol masculino sub-20 também fez história. Na natação masculina PcD foi estabelecido novo recorde no total de pódios: 34 (19 ouros, 11 pratas e 4 bronzes). Na natação feminina olímpica, a turma municipal obteve o maior número de medalhas: uma prata e dois bronzes.

Igualar – Alguns times de Praia Grande igualaram as melhores colocações obtidas na história da Cidade nos Jogos Regionais. Foram os casos do atletismo feminino PcD (vice-campeão em 2018 e 2011), biribol masculino (medalha de prata em 2018 e 2017), ginástica artística feminina (segunda colocada em 2018, 2017, 2016, 2015 e 2011), natação feminina PcD (segunda posicionada em 2018 e 2013), natação feminina (quarto lugar em 2018, 2013 e 2009), vôlei de praia masculino (vice-campeão em 2018, 2017 e 2015) e tênis de mesa feminino (segundo colocado em 2018, 2017, 2012 e 2004).

 Praia Grande termina em 5º lugar com 141 medalhas nos Jogos Regionais

É a melhor posição do grupo municipal com recorde de medalhas
16/7/2018

Pela quinta vez (2009, 2015, 2016, 2017 e 2018), a delegação de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) terminou em quinto lugar (entre 25 participantes) na disputa dos Jogos Regionais (JR) do Estado de São Paulo – 1ª Região. Esta é a melhor posição já obtida pelo grupo municipal no evento. O grupo municipal conquistou 141 medalhas (56 ouros, 54 pratas e 31 bronzes). O número total de pódios conquistados assim como o de primeiros lugares são os novos recordes municipais na história da competição.

Após dez dias de competições (4 a 14 de julho), em Santo André, a turma da Cidade somou 182 pontos (somatória obtida pelos atletas e equipes na classificação final de cada modalidade). O Município ficou atrás apenas dos selecionados de São Bernardo do Campo (hexacampeão geral – 2013 a 2018) que somou 281 pontos, Santos com 231, São Caetano do Sul com 221,5 e Osasco com 183. Com estes resultados, 25 equipes e mais de 200 atletas de Praia Grande classificaram-se para a disputa dos 82º Jogos Estaduais Abertos do Interior (JAI) Horácio Baby Barioni que ocorrem em novembro, no município de São Carlos.

Retrospecto – Nos Jogos Regionais de 2017, a delegação de Praia Grande terminou em quinto lugar com 205 pontos e conquistou 133 medalhas (50 ouros, 46 pratas e 37 bronzes). De 2008 a 2016, vigorou as primeiras e segunda divisões. A delegação de Praia Grande sempre competiu na primeira. Em 2016, terminou em quinto lugar com 150 pontos e 67 medalhas (27 ouros, 25 pratas e 15 bronzes). Em 2015, acabou em quinto lugar com 197 pontos e 107 medalhas (33 ouros, 50 pratas e 24 bronzes). Em 2014, ficou em sexto lugar com 123 pontos e 80 medalhas (29 ouros, 33 pratas e 18 bronzes). Em 2013, garantiu o sexto lugar com 154,5 pontos e 87 medalhas (41 ouros, 27 pratas e 19 bronzes). Em 2012, foi sexto colocado com 226 pontos e 71 medalhas (21 ouros, 28 pratas e 22 bronzes). 

Em 2011, sexta colocação, com 206 pontos, e 54 medalhas (21 ouros, 15 pratas e 18 bronzes). Em 2010, novo sexto lugar, com 188 pontos, e 73 medalhas (12 medalhas de ouro, 28 pratas e 33 bronzes). Em 2009, veio o quinto lugar, com 197 pontos, e 69 medalhas (16 ouros, 24 pratas e 29 bronzes). Em 2008, acabou na sexta posição, com 159,5 pontos, e 48 medalhas (13 ouros, 14 pratas e 21 bronzes). Em 2007, encerrou em sétimo lugar, com 132 pontos, e 35 medalhas (9 ouros, 9 pratas e 17 bronzes). Em 2006, foi 10ª colocada, com 86 pontos, e 13 medalhas (3 ouros, 6 pratas e 4 bronzes). 

Em 2005, quando a Cidade de Praia Grande criou a Secretaria de Esporte e Lazer e ainda sediou os Jogos Regionais, terminou na 10ª posição, com 96 pontos, e 10 medalhas (1 prata e 9 bronzes). Em 2004, o grupo local foi 17º colocado, com 45 pontos, e sete medalhas (duas pratas e cinco bronzes). Em 2003, acabou no 15º lugar, com 50 pontos, e dois bronzes. Em 2002, ficou em 15º lugar, com 46 pontos, e quatro medalhas (duas pratas e dois bronzes). Em 2001, obteve a 23ª posição, com 17 pontos, e dois bronzes. Em 2000, em Santo André, terminou na 12ª colocação, com 35 pontos, e um bronze.
Dados – Confira a classificação final das equipes de Praia Grande e os medalhistas locais nos Jogos Regionais de 2018:

Atletismo feminino livre = 6º lugar (2 ouros, 1 prata e 2 bronzes)

atletismo masculino livre =6º lugar (1 prata e 4 bronzes)

atletismo PcD feminino livre – terminou em 2º lugar (11 ouros, 10 pratas e 4 bronzes)

atletismo PcD masculino livre – terminou em 4º lugar (16 ouros, 11 pratas e 3 bronzes)

basquete masculino sub-20 = 3º lugar (1 bronze)

biribol masculino livre = 2º lugar (1 prata)

bocha masculina livre = 3º lugar (1 bronze)

Capoeira feminina livre = 6º lugar 

Capoeira masculina livre = 5º lugar (1 prata)

caratê feminino livre = 8º lugar (1 prata)

caratê masculino livre = 8º lugar

Damas mistas livres = 3º lugar (1 bronze)

futebol masculino sub-20 = não pontuou (não ficou entre os oito primeiros colocados)

futsal masculino livre = 2º lugar (1 prata)

Ginástica artística feminina livre = 2º lugar (1 prata)

Ginástica artística masculina sub-16 = 2º lugar (1 prata e 1 bronze)

ginástica rítmica feminina sub-14 = 4º lugar

handebol feminino sub-20 = 4º lugar

handebol masculino sub-20 = 1º lugar (1 ouro)

judô feminino livre = 7º lugar

judô masculino livre = não pontuou (não ficou entre os oito primeiros colocados)

malha masculina livre = 3º lugar (1 bronze)

natação feminina livre = 4º lugar (1 prata e 2 bronzes)

natação masculina livre = 5º lugar

natação PcD feminina livre = 2º lugar (7 ouros, 8 pratas e 2 bronzes)

natação PcD masculina livre = 2º lugar (19 ouros, 11 pratas e 4 bronzes)

Taekwondo feminino livre = 8º lugar

Taekwondo masculino livre = 6º lugar (1 prata)

Tênis feminino livre = 3º lugar (2 bronzes)

tênis masculino livre = 5º lugar

Tênis de mesa feminino sub-20 = 2º lugar (2 pratas e 1 bronze)

tênis de mesa masculino livre = 6º lugar

vôlei feminino livre = 5º lugar

vôlei masculino sub-20 = 4º lugar

vôlei de praia feminino livre = 3º lugar (1 bronze)

vôlei de praia masculino livre = 2º lugar (1 prata)

Xadrez feminino sub-20 = 3º lugar (1 bronze)

xadrez masculino sub-20 = 2º lugar (1 prata)

Pódios – Confira as medalhas conquistadas pela Cidade nos Jogos Regionais de 2018: 

Ouro (56)
– (3) Rodrigo Santos Pessoa – natação PcD – S5 – 50, 100 e 200 livres
– (3) Gabriel Melone de Oliveira – natação PcD – S6 – 50 borboleta, 100 livres e 100 costas
– (3) Amauri Matias Braga – natação PcD – S11 – 100 costas, 50 e 100 livres
– (3) Murilo Manna Marcondes – natação PcD – S14 – 100 costas, 100 e 200 livres
– (3) Luiz Henrique Sieiro Lopes Ramirez – natação PcD – S14 – 50 livres, 100 borboleta e 100 peito
– (3) Gabriela Christina Sieiro Lopez Ramirez – natação PcD – S14 – 100 costas, 100 peito e 200 livres
– (3) Vinicius Canas Gonçalves – atletismo PcD – 100 metros, lançamento do dardo e arremesso do peso – F/T35
– (3) Gottlieb Ricardo Gonser – atletismo PcD – 100, 200 e 400 metros – T12
– (3) Marcelo Sousa dos Santos – atletismo PcD – salto em distância, 100 e 200 metros – T38
– (3) Gabriela Mendonça ferreira – atletismo PcD – 100, 200 e 400 metros – T12
– (2) Maria Cecília Tenreiro – atletismo PcD – disco e lançamento do dardo – T37
– (2) Cibele Cristina Oliveira Cavalcante – atletismo PcD – 100 e 200 metros – T20
– (2) Franklin Roberto dos Santos Alves – atletismo PcD – dardo e peso – F37
– (2) Rafael Alexandre de Oliveira – atletismo PcD – 100 e 200 metros – T34
– (2) Mariane Silva Ribeiro – natação PcD – S3 – 50 peito e 50 livres
– Alexandre Barbosa Lima – atletismo PcD – lançamento do disco – F37
– Adrian Oliveira Conceição – atletismo PcD – 100 metros – T20
– Renan Santos Romão – atletismo PcD – 400 metros – T38
– Rosana Cardoso da Silva – atletismo PcD – lançamento do disco – F34
– Glória Poliana Platner do Amaral – atletismo PcD – 100 metros – T54
– Laísa Cícera Macedo – atletismo PcD – arremesso do peso – T35
– Queila Bruna Assis de Senna Ribeiro – atletismo PcD – peso – T37
– Débora de Almeida Simões Moreira – atletismo – arremesso do peso
– Thaís Alves de Aguiar – atletismo – lançamento do dardo
– Vinicius Canas Gonçalves – natação PcD – S7 – 100 livres
– Waltemir Francisco da Cruz – natação PcD – S6 – 400 livres
– Gabriel Melone de Oliveira, Rodrigo Santos Pessoa, Waltemir Francisco da Cruz e Lucas Felipe Freire Ramos – natação PcD – revezamento 4×50 medley
– Alex Francisco Lopes da Costa, Amauri Matias Braga, Luiz Henrique Sieiro Lopes Ramirez e Rodrigo Santos Pessoa – natação PcD – revezamento 4×50 livres
– Neusa Ferreira Oliveira – natação PcD – S7 – 50 borboleta
– Pietra Vicktoria Hipólito de Abreu – natação PcD – S10 – 100 peito
– Wesley Freitas Monteiro da Silva, Erick Gonçalves da Silva Andrade, Gabriel Trindade da Paixão, Henrique de Paula da Silva, Yuri Morbeck Silva, João Pedro Oliveira Goes Di Giorge, Lucas Antonio Carlos, Maicon Bruno Troni, Matheus de Lima Caparroz, Bruno Queiroz Leal de Azevedo, Derik William dos Santos Batista, Henrique Pietro Pereira de Almeida, Kaique Ortolani Lusvarghi, Matheus Nascimento Silva, Miguel Ferreira da Costa e Victor Brasil Santos Nogueira – equipe handebol

Prata (54)
– (3) Janaína Oliveira Nascimento – atletismo PcD – 100, 200 e 400 metros – T37
– (3) Lucas Felipe Freire Ramos – natação PcD – S6 – 400 livres, 100 borboleta e 100 peito
– (3) Marcos Alexandre de Souza – natação PcD – S14 – 100 costas, 100 e 200 livres
– (3) Sara Neves Macedo – natação PcD – S8 – 100 costas, 50 e 100 livres 
– (2) Neusa Ferreira Oliveira – natação PcD – S7 – 50 e 100 livres
– (2) Vinicius Canas Gonçalves – natação PcD – S7 – 50 borboleta e 100 costas
– (2) Rogério Aparecido Ramos – natação PcD – S7 – 50 e 100 livres
– (2) Rosana Cardoso da Silva – atletismo PcD – peso e dardo – F34
– (2) Laísa Cícera Macedo – atletismo PcD – 100 e 200 metros – T35
– (2) Renan Santos Romão – atletismo PcD – 100 e 200 metros – T38
– (2) Tarciso Silva Barra Santos – atletismo PcD – 200 e 800 metros – T37
– (2) Adrian Oliveira Conceição – atletismo PcD – 400 e 1.500 metros – T20
– (2) Alexandre Barbosa Lima – atletismo PcD – dardo e peso – F37
– Franklin Roberto dos Santos Alves – atletismo PcD – disco – F37
– Murilo Nascimento Oliveira – atletismo PcD – 5km – T20
– Rafael Alexandre de Oliveira – atletismo PcD – peso – F34
– Marcela Beatriz dos Santos – atletismo PcD – 100 metros – T20
– Queila Bruna Assis de Senna Ribeiro – atletismo PcD – dardo – F37
– Glória Poliana Platner do Amaral – atletismo PcD – 200 metros – T54
– Flávio Barbosa da Cruz – atletismo – lançamento do disco
– Débora de Almeida Simões Moreira – atletismo – lançamento do disco
– André Duarte da Silva, Fábio Luigi Meneghelo, Roberto Batista da Silva, Gabriel Curci Tavares, Marcello Bacci Ramos, Felipe Luigi Vicente e Thiago Soares de Oliveira – equipe biribol
– Leandro Gimenes de Aguiar – capoeira – leve (até 68 kg)
– Caroline de Lima – caratê – katá individual
– Rafael Bichara, Luiz Gustavo Serrambana Melo, Caio de Toledo Soares, Vinicius André Soares, Amilson Arthur Pedroso, Gustavo Bermudez Santiago, Renan Santiago Estriga, Lucas Jun Kusano, Maurício Anjos Tanaami, Flávio Ferraz Fernandes, Victor Curiel Passeri, Otavio Luis Lourenço e Silva, Waldir Linhares Neto, Alexander Hoffman Nakashima e Giovanni Darelli – equipe futsal
– Kailane Araújo Fontes, Nicole Piacentini de Freitas Pereira, Ranya Jamilli Pavezi Gonzales e Isadora Paulinia de Oliveira – equipe ginástica artística
– William Domingos dos Santos Filho, Jedson Ferreira Santos, Cássio Eduardo Menezes do Nascimento, Vitor Silva Mendes Vieira, Gustavo Henrique Ramos Rezende de Moraes e Daniel Santana Vieira – equipe de ginástica artística sub-16
– Alex Francisco Lopes da Costa – natação PcD – S8 – 100 peito
– Cristina Maria da Silva – natação PcD – S10 – 100 costas
– Rute dos Santos da Cruz– natação PcD – S14 – 50 livres
– Mariane Silva Ribeiro, Neusa Ferreira Oliveira, Pietra Vicktoria Hipólito de Abreu e Sara Neves Macedo – natação PcD – revezamento 4×50 medley
– Patricia Pedroso Neumann – natação – 100 costas
– Gustavo Gomes Monteiro – taekwondo – luta – meio-pesado (69 a 80 kg)
– Steffany Kauany Souza Alves e Larissa Maciel de Godói – dupla tênis de mesa
– Larissa Maciel de Godói, Letícia Sanches Dias, Nicole de Jesus Santos e Steffany Kauany Souza Alves – equipe tênis de mesa
– André Duarte da Silva, Rodrigo Santana e Roberto Batista da Silva – equipe vôlei de praia
– Ricardo de Lima Primo, André Nascimento de Melo, Gabriel de Andrade Coelho, João Paulo Amorim Agrela, Gabriel Estevão Rodrigues, Leonardo da Silva Oliveira, Gabriel Pimentel Garcia e Klauz Oliveira da Silva – equipe xadrez

Bronze (31)
– (2) João Vitor de Jesus Assenção – atletismo – 100 e 200 metros
– (2) Waltemir Francisco da Cruz – natação PcD – S6 – 100 costas e 50 livres
– (2) Alex Francisco Lopes da Costa – natação PcD – S8 – 50 e 100 livres
– (2) Pietra Vicktoria Hipólito de Abreu – natação PcD – S10 – 50 e 100 livres
– Tarciso Silva Barra Santos – atletismo PcD – 400 metros – T37
– Raphael Ribeiro da Silva – atletismo PcD – 5km – T20
– Murilo Nascimento Oliveira – atletismo PcD – 200 metros – T20
– Maria Cecília Tenreiro – atletismo PcD – peso – T37
– Cibele Cristina Oliveira Cavalcante – atletismo PcD – peso – T20
– Queila Bruna Assis de Senna Ribeiro – atletismo PcD – disco – T37
– Glória Poliana Platner do Amaral – atletismo PcD – 400 metros – T54 
– Daniela Bitencourt Ennes – atletismo – lançamento do disco
– Ana Caroline Aguiar da Silva – atletismo – lançamento do martelo
– Dyogenes Gleyson Farias dos Santos – atletismo – 400 metros
– Dyogenes Gleyson Farias dos Santos, João Vitor de Jesus Assenção, Gabriel Costa Santana Silva e Alexandre Alves Moura – atletismo – revezamento 4×100
– Ygor Gabriel Almeida do Nascimento, Matheus Soares de Araújo Castro, Victor Augusto Baptista, Caio Henrique dos Reis, André Batista dos Santos, Arthur Antônio Aparecido Gabriel Felicissimo, Daniel Brito de Jesus, Enzo Cavalcanti Gregório, Gabriel Ribeiro Chagas, Daniel dos Santos Silva Oliveira, Kewin Willys Muniz e Vitor de Abreu Silva – equipe de basquete sub-20
– Charles Cabral dos Santos, Adriano Augusto da Silva, André Urzetta de Lima, Sérgio Ricardo Cabral, Sidnei Alves Campos, Luciano Perez, José Joaquim Duarte Peixoto, Antero Gomes Moreira e Francisco Tonetti – equipe bocha
– Alice Pereira Rosa Martin, Carolina Regina Boranga Reis Dourado, Maria Candida Rajanauski, Denizard Rivail Velloso, Sebastião Lucas da Silva, Edson Claudinei Arantes Cardozo, Djair Quintanilha, Fabiano Cristino Costa, Robinson Ferreira da Silva e Juliano Barangello – equipe de damas mistas livre
– Jedson Ferreira Santos – ginástica artística masculina – salto sobre o cavalo
– José Maria Branquinho, Roberto Gomes Florêncio, Luiz Arnaldo Sertorio Milanez, José Ribamar de Barros Pires, Silvio Borges da Silva e José Humberto Montini – equipe de malha
– Anna Beatriz Costa Machado – natação – 400 medley
– Patricia Pedroso Neumann – natação – 50 costas
– Fátima Cristina Gomes Pinto – tênis – individual
– Cristina Bestilleiro Magarinos e Fátima Cristina Gomes Pinto – tênis – dupla
– Larissa Maciel de Godói – individual tênis de mesa
– Iris Costa Batista, Joyce da Silva Lima, Roberta Carlos da Silva e Aline Rocha do Nascimento – equipe vôlei de praia
– Fabiana do Nascimento Melo, Amanda Rosa Lima, Vitoria Pereira Reis, Ranya Jamilli Pavezi Gonzales, Camilly Dantas Silva, Rayra Firmino dos Santos e Catharina dos Santos Ribeiro Nascimento da Silva – equipe xad




Ginástica artística de Praia Grande se consolida como potência dos Jogos Regionais

Equipes municipais competiram em Santo André
16/7/2018

Os resultados obtidos na 62ª edição dos Jogos Regionais do Estado de São Paulo pelas equipes feminina e masculina de ginástica artística de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) consolidaram o esporte municipal como uma das potências na disputa da competição regida pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ).

Competindo na categoria sub-16, a turma de Praia Grande foi campeã geral do evento em 2012; vice-campeã em 2018, 2017, 2016, 2015, 2014 e 2013; terceira colocada em 2011, 2010 e 2008; e quarta posicionada em 2009. São 44 medalhas (5 ouros, 20 pratas e 19 bronzes) obtidos neste período, nas provas de solo, salto sobre o cavalo, trave de equilíbrio, barras paralelas assimétricas, individual geral (somatória de pontos obtidas por cada competidor em todos os aparelhos) e torneio por equipes. 

Já a seleção feminina de Praia Grande competiu em duas categorias. Na sub-14, foi vice-campeã em 2011, terceira colocada em 2013, 2012 e 2010, quarta posicionada em 2014 e 2009, e quinta em 2008. Na idade livre, garantiu o segundo lugar em 2018, 2017, 2016 e 2015. São 18 medalhas (11 pratas e 7 bronzes) conquistadas neste período nas disputas de e solo, salto sobre o cavalo, trave de equilíbrio, barras paralelas assimétricas, individual geral e torneio por equipes.

O crescimento da ginástica artística de Praia Grande deu-se a partir de 2008. Naquele ano, o município inaugurou o Ginásio Boqueirão, espaço específico para a prática da modalidade. 

Com capacidade para receber 500 espectadores, com telhas autoportantes. O ginásio, com 1,3 mil metros de área construída, é equipado com cama elástica sobre fosso, três barras fixas, argolas, cavalo com alças, paralela feminina e masculina, trampolim acrobático, local para saltos e área de 20×40 metros para competições de solo. O prédio conta também com estrutura para administração, além de vestiários, sanitários (inclusive adaptados para portadores de necessidades especiais), sala para treinamento e de múltiplo uso.

Paratletas de Praia Grande ganham 106 medalhas conquistadas nos Regionais

Marca reúne equipes de atletismo e natação
16/7/2018

Um resultado histórico. As equipes esportivas para pessoas com deficiência (PcD) de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) conquistaram 106 medalhas (53 ouros, 40 pratas e 13 bronzes) na 62ª edição dos Jogos Regionais do Estado de São Paulo, realizados pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ), de 4 a 14 deste mês, em Santo André.

Quarto colocado na classificação geral, o time masculino de atletismo PcD faturou 30 medalhas (16 ouros, 11 pratas e 3 bronzes). Vice-campeã, a turma de atletismo feminino PcD ganhou 25 medalhas (11 ouros, 10 pratas e 4 bronzes). São 55 pódios só no atletismo. Segundas colocadas no geral, a equipe de natação masculina PcD conquistou 34 medalhas (19 ouros, 11 pratas e 4 bronzes) e a feminina outras 17 medalhas (7 ouros, 8 pratas e 2 bronzes). São mais 51 pódios na natação. 

No total, a delegação de Praia Grande obteve 141 medalhas (56 ouros, 54 pratas e 31 bronzes) nos Jogos Regionais de Santo André. Logo, em termos percentuais, os pódios conquistados pelos paratletas corresponderam a aproximadamente 75% do total e a 94% dos primeiros lugares. São números marcantes e expressivos.

Dados – Nos Jogos Regionais de 2017, os grupos PcDs da Cidade conquistaram 95 lugares no pódio (46 ouros, 31 pratas e 18 bronzes). No atletismo feminino foram 7 ouros, 13 pratas e 4 bronzes, no masculino mais 16 ouros, 4 pratas e 7 bronzes. Ou seja, um total de 23 ouros, 17 pratas e 11 bronzes (51 pódios). Na natação masculina vieram 17 ouros, 10 pratas e 5 bronzes e na feminina mais 6 ouros, 4 pratas e 2 bronzes. No total, foram mais 44 medalhas. Em termos percentuais, os paratletas obtiveram 71,5% do total obtido pela Cidade (133). Em termos de medalhas de ouro, corresponderam a 92% do total faturado pelo Município (50). 

Em 2016, os paratletas da Cidade faturaram 54 medalhas nos Regionais. Foram 30 no atletismo (feminino: 4 ouros, 6 pratas e 2 bronzes; masculino: 12 ouros, 5 pratas e 1 bronze) e mais 24 na natação (feminino: 1 ouro, 2 pratas e 3 bronzes; masculino: 9 ouros, 7 pratas e 2 bronzes). Aproximadamente 80,5% do total de pódios obtidos por Praia Grande (67 medalhas – 27 ouros, 25 pratas e 15 bronzes).

Nos Jogos Regionais, Praia Grande é a segunda força da Baixada

Cidade destaca-se pelo 11º ano seguido
16/7/2018

Pelo décimo primeiro ano seguido (2008 a 2018), a delegação de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) terminou como a segunda melhor da Região Metropolitana da Baixada Santista na disputa dos Jogos Regionais do Estado de São Paulo – 1ª Região, evento regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ).

Na 62ª edição do evento, encerrada na última sexta-feira (13), em Santo André, o grupo municipal obteve a quinta posição na classificação geral com 182 pontos (entre 25 participantes). Atrás apenas da turma de Santos, que com 231 pontos foi a vice-campeã geral e a frente de Guarujá com 121 (sexta colocada na classificação geral), São Vicente com 84,83 (oitava posicionada), Itanhaém com 27 (15ª), Peruíbe com 27,5 (16ª), Cubatão com 25 (17ª), Mongaguá com 13,33 (19ª) e Bertioga com 8 (21ª).

Retrospecto – Em 2017, o grupo municipal obteve a quinta posição na classificação geral com 205 pontos (entre 31 participantes). Atrás apenas da turma de Santos, que com 254 pontos foi a terceira colocada no geral. Naquele ano, além das demais cidades, Praia Grande também superou as novidades do regulamento: as disputas das primeira e segunda divisões – instituídas em 2008 – foram extintas, sendo a competição realizada no sistema “todos contra todos”; o retorno das separações por faixa etária (categorias até sub-20 e idade livre); e a realização inédita dos torneios de badminton e skate.

No período de disputa da primeira e segunda divisões (2008 a 2016), a delegação de Praia Grande manteve-se como a segunda força esportiva da Baixada Santista, sempre competiu na primeira divisão e jamais foi rebaixada (ficou entre as duas últimas colocadas) para a segunda divisão. Até 2007, os grupos de Cubatão, Guarujá e São Vicente revezavam-se na posição de segunda força esportiva da Região. Com a criação da Secretaria de Esportes, em 2005, Praia Grande mudou o próprio cenário esportivo e, degrau a degrau, foi subindo no desenvolvimento e na evolução dentro da competição estadual.

Eu amo praia grande!!! 

Confira a campanha de Praia Grande nos Jogos Regionais

Delegação municipal competiu em Santo André
16/7/2018

Durante dez dias (de 04 a 14 de julho), em Santo André, a delegação de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) participou das disputas dos 62º Jogos Regionais (JR) do Estado de São Paulo – 1ª Região, evento regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ). No total, competiram mais de dois mil atletas, de 25 municípios.

Mais de 400 pessoas (entre atletas, técnicos e dirigentes) representaram Praia Grande em 23 modalidades: atletismo masculino (M), feminino (F) e para pessoas com deficiência (PcD); basquete M, biribol M, bocha M, capoeira M/F, caratê M/F, damas mista, futsal M, futebol M, ginástica rítmica F sub-14, ginástica artística M sub-16/F, handebol M/F, judô M/F, malha M, natação M/F/PcD, taekwondo M/F, tênis M/F, tênis de mesa M/F, vôlei M/F, vôlei de praia M/F e xadrez M/F. Apenas no basquete, futebol e futsal femininos; badminton, ciclismo e skate não houve representantes locais.

O grupo local terminou a disputa em quinto lugar com 182 pontos e 141 medalhas (56 ouros, 54 pratas e 31 bronzes). Pelo sexto ano consecutivo (2013 a 2018), o título geral ficou com a delegação de São Bernardo do Campo que dessa vez somou 281 pontos. Depois, terminaram as turmas de Santos com 231, São Caetano do Sul com 221,5 e Osasco com 183.

Confira a campanha completa de Praia Grande:

Atletismo feminino livre – terminou em 6º lugar (2 ouros, 1 prata e 2 bronzes)
1ª Débora de Almeida Simões Moreira – arremesso do peso
1ª Thaís Alves de Aguiar – lançamento do dardo
2ª Débora – lançamento do disco
3ª Daniela Bitencourt Ennes – disco
3ª Ana Caroline Aguiar da Silva – lançamento do martelo
4ª Daniela – peso
5ª Thassany Cristine de Oliveira Neves – 400 metros
6ª Adiely Augusto Ribeiro – martelo
10ª Thassany – 200 metros
13ª Brenda Marcelly Costa de Lima Alves – 200 metros

atletismo masculino livre – terminou em 6º lugar (1 prata e 4 bronzes)
2º Flávio Barbosa da Cruz – lançamento do disco
3º (2) João Vitor de Jesus Assenção – 100 e 200 metros
3º Dyogenes Gleyson Farias dos Santos – 400 metros
3º Dyogenes, João Vitor, Gabriel Costa Santana Silva e Alexandre Alves Moura – revezamento 4×100
4º Marcos Roberto Santos Gomes – salto em distância
5º Jonathan Jesus dos Santos – lançamento do dardo
7º Gustavo Henrique Ribeiro Cunha – dardo
7º Marcos – salto triplo
7º Alexandre, Dyogenes, Gabriel Costa e João Vitor – revezamento 4×400 metros
8º Lucas Goulart Moreschi – disco
9º Marcos – salto em altura
9º Elias Batista de Oliveira – 10km
10º Elias – 1500 metros
10º Júlio Cesar Batista dos Santos – 10km
11º Lucas Goulart – arremesso do peso
13º Elias – 5km
13º Gabryel dos Santos Silva – 200m
14º Júlio Santos – 5km
14º Gabriel Costa Santana Silva – 400 metros
16º Julio Cesar Muniz Marques – 800 metros
19º Vinicius Conceição Rolt – 1500 metros

atletismo PcD feminino livre – terminou em 2º lugar (11 ouros, 10 pratas e 3 bronzes)
1ª (3) Gabriela Mendonça ferreira – 100, 200 e 400 metros – T12
1ª (2) Maria Cecília Tenreiro – disco e lançamento do dardo – T37
1ª (2) Cibele Cristina Oliveira Cavalcante – 100 e 200 metros – T20
1ª Rosana Cardoso da Silva – lançamento do disco – F34
1ª Glória Poliana Platner do Amaral – 100 metros – T54
1ª Laísa Cícera Macedo – arremesso do peso – T35
1ª Queila Bruna Assis de Senna Ribeiro – peso – T37
2ª (3) Janaína Oliveira Nascimento – 100, 200 e 400 metros – T37
2ª (2) Rosana – peso e dardo – F34
2ª (2) Laísa – 100 e 200 metros – T35
2ª Marcela Beatriz dos Santos – 100 metros – T20
2ª Queila – dardo – F37
2ª Glória – 200 metros – T54
3ª Maria Cecília – peso – T37
3ª Cibele – peso – T20
3ª Queila – disco – T37
3ª Glória – 400 metros – T54
5ª Marcela – arremesso do peso – T20

atletismo PcD masculino livre – terminou em 4º lugar (16 ouros, 11 pratas e 3 bronzes)
1º (3) Vinicius Canas Gonçalves – 100 metros, lançamento do dardo e arremesso do peso – F/T35
1º (3) Gottlieb Ricardo Gonser – 100, 200 e 400 metros – T12
1º (3) Marcelo Sousa dos Santos – salto em distância, 100 e 200 metros – T38
1º (2) Franklin Roberto dos Santos Alves – dardo e peso – F37
1º (2) Rafael Alexandre de Oliveira – 100 e 200 metros – T34
1º Alexandre Barbosa Lima – lançamento do disco – F37
1º Adrian Oliveira Conceição – 100 metros – T20
1º Renan Santos Romão – 400 metros – T38
2º (2) Renan – 100 e 200 metros – T38
2º (2) Tarciso Silva Barra Santos – 200 e 800 metros – T37
2º (2) Adrian – 400 e 1.500 metros – T20
2º (2) Alexandre – dardo e peso – F37
2º Franklin – disco – F37
2º Murilo Nascimento Oliveira – 5km – T20
2º Rafael Alexandre – peso – F34
3º Tarciso – 400 metros – T37
3º Raphael Ribeiro da Silva – 5km – T20
3º Murilo – 200 metros – T20
4º Murilo – salto em distância – T20
4º Raphael Ribeiro – 1.500 – T20
6º Raphael Ribeiro – 400 metros – T20

basquete masculino sub-20 – terminou em 3º lugar (1 bronze)
1ª rodada chave A – Praia Grande 32 x 57 Mauá
2ª rodada – Praia Grande 70 x 42 São Vicente
3ª rodada – Praia Grande 69 x 63 Santo André
semifinal – Praia Grande 45 x 83 São Caetano do Sul
decisão do 3º lugar – Praia Grande 80 x 65 Guarujá

biribol masculino livre – terminou em 2º lugar (1 prata)
1ª rodada – Praia Grande 2 x 0 Guarujá
2ª rodada – Praia Grande 2 x 0 Itapevi
3ª rodada – Praia Grande 2 x 0 Cotia
semifinal – Praia Grande 2 x 0 Itanhaém
decisão do 1º lugar – Praia Grande 1 x 2 Santos

bocha masculina livre – terminou em 3º lugar (1 bronze)
1ª rodada – Praia Grande 2 x 0 São Vicente
2ª rodada – Praia Grande 0 x 2 Peruíbe
semifinal – Praia Grande 0 x 2 São Caetano do Sul
decisão do 3º lugar – Praia Grande 2 x 0 São Vicente

Capoeira feminina livre – terminou em 6º lugar
5ª Rosemary Rocha de Oliveira – meio-pesado (59 a 66 kg)
6ª Marina Batista Costa – médio (53 a 59 kg)
6ª Luciene Caires de Aguiar – pesado (mais de 66 kg)

Capoeira masculina livre – terminou em 5º lugar (1 prata)
2º Leandro Gimenes de Aguiar – leve (até 68 kg)
4º Fernando Ribeiro da Silva – meio-pesado (77,5 a 87 kg)
5º Thiago Oliveira dos Santos – pesado (mais de 87 kg)
7º Bruno de Souza José – médio (68 a 77,5 kg)

caratê feminino livre – terminou em 8º lugar (1 prata)
2ª Caroline de Lima – katá individual
5ª Mariam Mian Bouchnak – 53 a 60 kg
7ª Mariana Vieira Rocha de Freitas, Mariana Ciasca Lopes e Fernanda Nascimento Pereira
– katá equipe

caratê masculino livre – terminou em 8º lugar
4º David Willy Silva dos Passos, Matheus Nascimento Pereira e Nathan Pinto de Almeida – katá equipe 
5º Hevandro da Assenção Ribeiro – 65 a 70 kg
5º Douglas Vinicius de Araújo – 70 a 75 kg
6º Allan Jozala de Souza – katá individual
7º Oswaldo Luis Rodrigues de Oliveira – 60 a 65 kg

damas mistas livre – terminou em 3º lugar (1 bronze)
1ª rodada – Praia Grande 4 x 6 Itapevi
2ª rodada – Praia Grande 1 x 9 São Bernardo do Campo

futebol masculino sub-20 – terminou em 12º lugar
1ª rodada – Praia Grande 1 x 0 Jandira
2ª rodada – Praia Grande 0 x 0 Peruíbe
3ª rodada – Praia Grande 0 x 0 Santos
2ª fase (12 melhores) – Praia Grande 0 x 0 Juquitiba (5 x 6 nos pênaltis) 

futsal masculino livre – terminou em 2º lugar (1 prata)
1ª rodada chave B – Praia Grande 5 x 4 Guarujá
2ª rodada – Praia Grande 2 x 1 Diadema
Semifinal – Praia Grande 1 x 1 Jandira (3 x 1 nos pênaltis)
final – Praia Grande 2 x 4 Osasco

Ginástica artística feminina livre – terminou em 2º lugar (1 prata)
2ª equipe
4ª Kailane Araújo Fontes – trave
4ª Nicole Piacentini de Freitas Pereira – solo e individual geral
5ª Kailane – salto e individual geral
6ª Nicole – paralelas
6ª Ranya Jamilli Pavezi Gonzales – trave e individual geral
7ª Isadora Paulinia de Oliveira – paralelas e individual geral
7ª Ranya – paralelas
7ª Nicole – trave
7ª Kailane – solo
8ª Isadora – trave
8ª Ranya – solo
9ª Isadora – solo
9ª Kailane – paralelas

Ginástica artística masculina sub-16 – terminou em 2º lugar (1 prata e 1bronze)
2º equipe
3º Jedson Ferreira Santos – salto
4º Cássio Eduardo Menezes do Nascimento – argolas
5º William Domingos dos Santos Filho – solo e paralelas
5º Cássio – cavalo e individual geral
5º Jedson – barra fixa
6º William – cavalo e individual geral
6º Jedson – solo
6º Vitor Silva Mendes Vieira – argolas
6º Cássio – barra fixa
7º William – argolas
7º Cássio – solo
7º Gustavo Henrique Ramos Rezende de Moraes – individual geral, cavalo e barra fixa
7º Vitor – paralelas
8º Cássio – paralelas
8º Daniel Santana Vieira – cavalo e argolas
9º Daniel – solo
9º Vitor – cavalo e barra fixa
9º Gustavo – argolas e paralelas
10º William – barra fixa
10º Daniel – paralelas
11º Gustavo – solo
11º Vitor – individual geral
12º Daniel – individual geral
14º Jedson – individual geral

ginástica rítmica feminina sub-14 – terminou em 4º lugar
5ª Sabrina Barros da Costa Barreto – aparelho bola
5ª Karen Utino Sartori – maças
5ª Isabella Correia Aguiar – fita
5ª Gabryela Stephanie Raimundo de Mendonça – mãos livres
5º individual geral
5º conjunto cinco arcos (Sabrina, Karen, Isabella, Gabryela, Isabela Puliti Pinto, Maria Eduarda Goulart de Oliveira, Larissa Gonçalves Conceição e Bruna Ribeiro Alves dos Santos)

handebol feminino sub-20 – terminou em 4º lugar
1ª rodada – Praia Grande 3 x 29 Santos
2ª rodada– Praia Grande 5 x 18 São Caetano do Sul
3ª rodada – Praia Grande 11 x 20 Guarujá
4ª rodada – Praia Grande 18 x 17 Diadema

handebol masculino sub-20 – terminou em 1º lugar (1 ouro)
1ª rodada – Praia Grande 33 x 17 Guarujá
2ª rodada – Praia Grande 26 x 25 Santos

Judô feminino livre – terminou em 7º lugar
5ª Ingrid Beatriz Lopes da Silva – peso meio-pesado (70 a 78 kg)
5ª Amanda Silva Souza – pesado (mais de 78 kg)
5ª Larissa Vieira Coutinho – absoluto (sem limite de peso)
6ª Tawany Gianelo da Silva – leve (52 a 57 kg)
7ª Vitória Noellen Alexandre – meio-médio (57 a 63 kg)
7ª Jéssica Rita Carvalho – médio (63 a 70 kg)

Judô masculino livre – terminou em 12º lugar 
4º Fabio Lescreck dos Santos – ligeiro (55 a 60 kg)
6º Antonio Duarte Contente da Silva e Lucas Felipe Ventania Manzoni – nague no kata
7º Lucas Felipe Ventania Manzoni – superligeiro (até 55 kg)
8º Diego Billy Arruda da Silva – pesado (mais de 100 kg)

Malha masculina livre – terminou em 3º lugar (1 bronze)
1ª rodada chave B – Praia Grande 38 x 0 Jandira
2ª rodada – Praia Grande 126 x 114 Mauá
semifinal – Praia Grande 128 x 168 São Bernardo do Campo
decisão do 3º lugar – Praia Grande 136 x 134 São Vicente

Natação feminina livre – terminou em 4º lugar (1 prata e 2 bronzes)
2ª Patricia Pedroso Neumann – 100 costas
3ª Patrícia – 50 costas
3ª Anna Beatriz Costa Machado – 400 medley
4ª Patricia – 200 costas
4ª Anna – 400 e 800 livres
4ª Anna, Patrícia, Rafaella e Gabrieli da Cunha de Souza e Silva – revezamento 4×100 livres
4ª Anna, Patrícia, Rafaella e Gabrieli da Cunha de Souza e Silva – revezamento 4×100 medley
5ª Anna, Patrícia, Rafaella e Gabrieli – 4×200 livres
5ª Patricia – 200 medley
5ª Rafaella Anisio Pessi – 200 borboleta
7ª Anna – 200 livres
7ª Rafaella – 800 livres 
7ª Gabrieli – 100 e 200 peito
8ª Michelle Kaylane Bastos de Alencar – 200 borboleta
8ª Gabrieli – 100 peito e 100 borboleta
9ª Maria Eduarda de Oliveira Rodrigues – 200 livres
10ª Rafaella – 200 medley e 400 livres
11ª Maria – 100 e 200 costas
12ª Michelle – 100 livres, 50 e 100 borboleta

Natação masculina livre – terminou em 5º lugar
4º João Vitor Xavier Nogueira – 200 medley, 50 e 100 costas 
5º João – 200 costas
6º João, Luan Alves Jekabson, Guilherme Silva Serrano e Gustavo Xavier Nogueira – revezamento 4×100 livres
7º João, Evandro Lopes Bueno, Thiago Gazoni e Vinicius Victorio Souza Vitta –4×200 livres
8º Guilherme, João, Luan e Carlos Alexandre do Nascimento Barrada – 4×100 medley
8º Luan – 200 borboleta
9º Guilherme – 200 peito
9º Italo Bressane da Costa – 1.500 livres
10º Gustavo – 200 borboleta
10º Luan – 100 borboleta
11º Luan – 200 medley
12º Italo – 400 livres
12º Gustavo – 200 costas e 100 borboleta
12º Carlos – 200 peito
13º Guilherme – 100 peito e 50 livres
13ª Italo – 400 medley
14º Italo – 200 livres
14º Carlos – 50 livres
15º Carlos – 100 peito
16º Guilherme – 100 livres
17º Carlos – 100 livres

natação PcD feminina livre – terminou em 2º lugar (7 ouros, 8 pratas e 2 bronzes)
1ª (3) Gabriela Christina Sieiro Lopez Ramirez – S14 – 100 costas, 100 peito e 200 livres
1ª (2) Mariane Silva Ribeiro – S3 – 50 peito e 50 livres
1ª Neusa Ferreira Oliveira – S7 – 50 borboleta
1ª Pietra Vicktoria Hipólito de Abreu – S10 – 100 peito
2ª (3) Sara Neves Macedo – S8 – 100 costas, 50 e 100 livres 
2ª (2) Neusa – S7 – 50 e 100 livres
2º Cristina Maria da Silva – S10 – 100 costas
2ª Rute dos Santos da Cruz– S14 – 50 livres
2ª Mariane, Neusa, Pietra e Sara – revezamento 4×50 medley
3ª (2) Pietra – S10 – 50 e 100 livres
4ª Cristina – S10 – 50 e 100 livres

natação PcD masculina livre – terminou em 2º lugar (19 ouros, 11 pratas e 4 bronzes)
1º (3) Rodrigo Santos Pessoa – S5 – 50, 100 e 200 livres
1º (3) Gabriel Melone de Oliveira – S6 – 50 borboleta, 100 livres e 100 costas
1º (3) Amauri Matias Braga – S11 – 100 costas, 50 e 100 livres
1º (3) Murilo Manna Marcondes – S14 – 100 costas, 100 e 200 livres
1º (3) Luiz Henrique Sieiro Lopes Ramirez – S14 – 50 livres, 100 borboleta e 100 peito
1º Vinicius Canas Gonçalves – S7 – 100 livres
1º Waltemir Francisco da Cruz – S6 – 400 livres
1º Gabriel, Rodrigo, Waltemir e Lucas Felipe Freire Ramos – revezamento 4×50 medley
1º Alex Francisco Lopes da Costa, Amauri, Luiz e Rodrigo – revezamento 4×50 livres
2º (3) Lucas – S6 – 400 livres, 100 borboleta e 100 peito
2º (3) Marcos – S14 – 100 costas, 100 e 200 livres
2º (2) Vinicius – S7 – 50 borboleta e 100 costas
2º (2) Rogério Aparecido Ramos – S7 – 50 e 100 livres
2º Alex – S8 – 100 peito
3º (2) Waltemir – S6 – 100 costas e 50 livres
3º (2) Alex – S8 – 50 e 100 livres
4º Renato Luiz de Araújo – S9 – 50 livres
6º Renato – S9 – 100 livres

taekwondo feminino livre – terminou em 8º lugar
8ª Giovanna Cunha Freitas – luta – médio (50 a 57 kg)

taekwondo masculino livre – terminou em 6º lugar (1 prata)
2º Gustavo Gomes Monteiro – meio-pesado (69 a 80 kg)
4º Wilson Candido dos Santos Júnior – médio (59 a 68 kg)
6º Paulo Alexandre Teixeira Araújo – leve (até 58 kg)
7º Andre Luiz Silva dos Santos – pesado (mais de 80 kg)

tênis feminino livre – terminou em 3º lugar (2 bronzes)
Praia Grande 0 x 2 Embu das Artes

tênis masculino livre – terminou em 5º lugar
1ª rodada – Praia Grande 0 x 2 Osasco

Tênis de mesa feminino sub-20 – terminou em 2º lugar (2 pratas e 1 bronze)
2ª Praia Grande 0 x 3 Santo André – equipe
2ª Steffany Kauany Souza Alves e Larissa Maciel de Godói – dupla
3ª Larissa Maciel – individual 
4ª Nicole de Jesus Santos – individual

tênis de mesa masculino livre – terminou em 6º lugar
4º Sergio Costa Tomceac e Gabriel Pereira da Cruz – dupla
6º Praia Grande 0 x 3 Santo André – equipe
6º Praia Grande 1 x 3 São Bernardo do Campo – equipe

vôlei feminino livre – terminou em 5º lugar
1ª rodada – Praia Grande 0 x 2 São Caetano do Sul
2ª rodada – Praia Grande 0 x 2 Santo André
3ª rodada – Praia Grande 2 x 0 Cotia

vôlei masculino sub-20 – terminou em 4º lugar
1ª rodada – Praia Grande 2 x 0 Rio Grande da Serra (desistência)
2ª rodada – Praia Grande 2 x 0 São Caetano do Sul
semifinal – Praia Grande 1 x 3 São Bernardo do Campo (25/22, 19/25, 22/25 e 24/26)
decisão do 3º lugar – Praia Grande 1 x 3 São Caetano do Sul (25/14, 18/25, 22/25 e 22/25)

vôlei de praia feminino livre – terminou em 3º lugar (1 bronze)
1ª rodada – Praia Grande 2 x 0 Diadema
2ª rodada– Praia Grande 2 x 0 São Caetano do Sul
semifinal – Praia Grande 0 x 2 Santos
decisão do 3º lugar – Praia Grande 2 x 0 Diadema

vôlei de praia masculino livre – terminou em 2º lugar (1 prata)
1ª rodada – Praia Grande 2 x 0 São Vicente
2ª rodada – Praia Grande 2 x 0 Peruíbe
3ª rodada – Praia Grande 2 x 1 Bertioga
semifinal – Praia Grande 2 x 1 Mongaguá 
final – Praia Grande 0 x 2 São Bernardo do Campo

Xadrez feminino sub-20 – terminou em 3º lugar (1 bronze)
1ª rodada – Praia Grande 3 x 1 Itapevi 
2ª rodada – Praia Grande 0 x 4 Cubatão
3ª rodada – Praia Grande 0 x 4 Osasco
4ª rodada – Praia Grande 4 x 0 São Vicente
5ª rodada – Praia Grande 2,5 x 1,5 Diadema

xadrez masculino sub-20 – terminou em 2º lugar (1 prata)
1ª rodada – Praia Grande 0,5 x 3,5 São Vicente
2ª rodada – Praia Grande 2,5 x 1,5 Diadema.

Praia Grande classifica 25 equipes para os Jogos Abertos

Atletas da Cidade competem na 82ª edição do evento estadual
16/7/2018

Um total de 25 equipes de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) classificou-se para a disputa dos 82º Jogos Abertos do Interior (JAI) Horácio Baby Barioni, que ocorre em novembro, na cidade de São Carlos. As vagas foram conquistadas com os resultados obtidos na disputa dos 62º Jogos Regionais (JR) do Estado de São Paulo – 1ª Região, encerrada na última sexta-feira (13), em Santo André.

Qualificaram-se para a principal competição do Estado as equipes e atletas municipais de atletismo feminino (F), atletismo masculino (M), atletismo F para pessoas com deficiência (PcD), atletismo M PcD, biribol M, bocha M, caratê F, damas mistas, futsal M, ginástica artística F, malha M, natação F, natação M, natação F PcD, natação M PcD, tênis F, vôlei de praia F, vôlei de praia M – todos na categoria idade livre -; basquete M, handebol M, tênis de mesa F, xadrez F, xadrez M – na sub-20 -; ginástica rítmica feminina sub-14 e ginástica artística M sub-16.

Dados – Nos Jogos Regionais, as cidades são separadas em oitos regiões esportivas no Estado criadas pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ). As equipes da Baixada Santista ficam na região mais disputada, ao lado dos times do Grande ABCD. A cidade campeã geral dos Regionais 2018 garante a delegação completa (em todas as modalidades) nos Jogos Abertos. O município sede dos JAI (neste ano, Rio Claro) também está assegurado em todas as disputas.

No atletismo e natação, qualificam-se para os JAI os primeiros colocados (por prova e sexo) nos JR, mais os atletas que obtiverem os índices (marcas estabelecidas pelas respectivas Federações Estaduais). No atletismo e natação para pessoas com deficiência (PcD), classificam-se os dois primeiros posicionados, mais os que alcançarem os índices. No caratê, capoeira, ciclismo, judô e taekwondo vão para os Jogos Abertos os campeões dos Regionais, por peso e sexo. No caso de dupla classificação (equipe já qualificada mais o atleta campeão), o atleta subsequente na colocação dos JR do ano vigente garante a vaga. 

Apesar de terem sido extintas as disputas das primeira e segunda divisões nos Regionais, estas continuam valendo para os Jogos Abertos. Então, nos Abertos, competem times na primeira divisão (são os primeiros e segundos colocados dos JAI de 2017, nas 1ª e 2ª divisões, mais os campeões dos Regionais de 2018, por modalidade), na segunda divisão (segundos e terceiros colocados dos Jogos Regionais de 2018) e ainda na divisão especial (equipes profissionais, semiprofissionais e convidadas).

Nos JR disputam-se vagas (femininas e masculinas) nas modalidades de atletismo e natação para pessoas com deficiência (PcD); atletismo, badminton, basquete, capoeira, caratê, ciclismo, ginástica artística, futebol, futsal, handebol, judô, natação, skate, taekwondo, tênis, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia e xadrez. Só para os homens: biribol, bocha e malha. Só para as mulheres: ginástica rítmica desportiva (GRD). Misto: jogo de damas.

Os torneios de boxe, kickboxing e a luta olímpica não acontecem nos JR. Assim, todos os municípios podem participar da disputa nos JAI. Isso ocorre devido ao baixo número de praticantes nesses esportes. Os confrontos envolvem as categorias sub-20 e adulta (idade livre). Existem também classes diferenciadas na ginástica artística: sub-14 (até 14 anos) para as mulheres e sub-16 (até 16 anos) para os homens; e na ginástica rítmica: sub-14 e livre.

%d blogueiros gostam disto: