• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Praia Grande

Nefro-PG homenageia mulheres durante hemodiálise

Ação celebra o Dia Mundial do Rim, junto com o Dia Internacional da Mulher

Dia 8 de março é duplamente festejado pela Unidade de Alta Complexidade em Cuidados ao Portador de Doença Renal Crônica e Terapia Renal Substitutiva de Praia Grande (Nefro-PG), pois comemora-se o Dia Mundial do Rim e o Dia Internacional da Mulher.

A Sociedade Brasileira de Nefrologia preparou uma programação alusiva aos dois temas com o slogan: “Saúde da Mulher – Cuide de seus rins”. Na Nefro-PG, além de orientações sobre a doença, as pacientes ganharam massagens e bombons. Dos 126 pacientes atendidos atualmente na Nefro-PG com hemodiálise, 58 são mulheres. No ambulatório, 188 passam pessoas estão em tratamento.

De acordo com o gerente administrativo da unidade, Carlos Eduardo Lobo, para conscientizar pacientes e acompanhantes, foram distribuídos folhetos contendo informações sobre prevenção e a importância do diagnóstico precoce da doença renal crônica. “Aproveitamos a oportunidade para homenagear as mulheres presentes na unidade, especialmente as que passam por diálise”, disse.

Desde o início do ano, após habilitação do serviço pelo Ministério da Saúde, a unidade passou a ser referência regional no atendimento especializado voltado à prevenção, diagnóstico, consulta e tratamento de doenças renais. Com isso, o estabelecimento aumentou sua capacidade de atendimento em mais de 600%. Antes, o serviço era todo custeado pelo Governo Municipal.

Nefro-PG – Localizada na Avenida Presidente Costa e Silva, nº 1.397, Bairro Boqueirão, a Nefro-PG possui equipes altamente capacitadas e tituladas, com a formatação de multidisciplina composta por médicos nefrologistas (adulto e pediátrico), enfermeiros, psicólogos, nutricionistas e assistentes sociais.

Segundo o diretor geral do Complexo Hospitalar Irmã Dulce, Dr. Ricardo Carajeleascow, a Nefro-PG, que é uma das quatro unidades mantidas pela Fundação do ABC (FUABC), em Praia Grande, passou a operar com capacidade total de aproximadamente 210 vagas para hemodiálise. “Antes, com o serviço mantido somente pela Prefeitura de Praia Grande, contávamos com 14 equipamentos de hemodiálise. Com o empenho do prefeito Alberto Mourão e da Secretaria de Saúde Pública junto ao Governo Federal, passamos a contar com 35 aparelhos”, destacou.

Mulheres ganham dia especial no Conviver do Bairro Ocian

Ong DCM e parceiros promoveram atividades diversas para o público feminino
O Dia Internacional da Mulher foi festejado de maneira especial na unidade do Programa Conviver, no Bairro Ocian. Durante toda a manhã e início da tarde, as frequentadoras e visitantes do local puderam aproveitar serviços dos parceiros da ONG Defesa e Cidadania da Mulher (DCM) que incluíram aferição de pressão e manicure. Esta é a décima edição do evento realizado em parceria com o Município.

Mais de 300 pessoas aproveitaram as atrações. Teve música, palestra, atendimento de saúde e muitas outras atividades. Algumas das mulheres que atuam em defesa dos direitos femininos foram homenageadas.

A aposentada Olindina Aparecida de Souza, de 63 anos, aluna da Ginástica do Conviver aproveitou para aferir a pressão arterial. “Aqui todo dia já é bom, mas hoje está ainda melhor. Está um pouco diferente da rotina, mas está maravilhoso”.

Já a colega, Maria Abdo, de 70 anos, optou por fazer as unhas. “Estou achando ótima esta oportunidade. Todo dia é dia da mulher, mas hoje é um dia especial aqui no Conviver e estou adorando”.

De acordo com a presidente da Ong DCM, Ana Silvia Passberg de Amorim, além de um momento de lazer e diversão, o evento é também um momento de reflexão sobre as lutas e responsabilidades das mulheres das gerações passadas que conquistaram muitos direitos. “Dia 8 de março é um dia de reflexão, em que a mulher deve se orgulhar daquilo que conquistou mas sem esquecer do quem lutou por esses direitos. Hoje temos mais respeito e queremos ainda mais. Merecemos mais”.

O evento contou com a parceria da Escola de Enfermagem Biotec, do Serviço de Atendimento Especializado (SAE), da Secretaria de Saúde Pública, Xodó Calçados e Sandra Coiffeur.

Serviço – O Programa Conviver é destinado a pessoas maiores de 50 anos, o projeto é resultado de uma parceria entre o Fundo Social de Solidariedade (FSS) e a Secretaria de Assistência Social (Seas). O projeto teve início em 1993, com o objetivo de oferecer atividades esportivas e de lazer para a Melhor Idade.

Para saber mais sobre a ONG DCM basta procurar o perfil da organização no Facebook.
Origem da data – Em 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos de Nova Iorque fizeram uma grande greve. Elas ocuparam a fábrica e pediam melhores condições de trabalho, como redução na carga diária para dez horas (a exigência era de 16), igualdade de salários (algumas recebiam apenas um terço do salário deles, para executar a mesma tarefa) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

A manifestação foi reprimida com total violência em um ato desumano. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas.

Em 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que 8 de março passaria a ser o “Dia Internacional da Mulher”, em homenagem as mulheres que morreram na fábrica. Mas somente no ano de 1975, por meio de um decreto, a data foi oficializada pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Escolas arrecadam 228 litros de óleo de cozinha usado

Quantia foi coletada por escolas que participam do Ação Renove o Meio Ambiente 
As escolas municipais participantes do programa Ação Renove o Meio Ambiente, promovido pela Liza/Cargill, arrecadaram 228 litros de óleo de cozinha usado. A quantia foi coletada desde que a iniciativa foi implantada, no final de novembro. Os números foram divulgados na manhã desta quarta-feira (7), em reunião realizada no Departamento de Educação Ambiental (DEA) entre representantes da Cargill (empresa que comercializa o óleo de cozinha da marca Liza), da Preserva (empresa que coleta e recicla o óleo arrecada pelas escolas) e diretores das escolas participantes do projeto.

De acordo com o analista de sustentabilidade da Cargill, Fernando Janizello, o volume de óleo arrecadado é considerado expressivo, levando-se em conta que a campanha começou pouco antes do período de férias e as aulas só retornaram em fevereiro. “De agora em diante, a expectativa é que a arrecadação aumente exponencialmente, principalmente a partir das ações de conscientização que forem realizadas com alunos e comunidade”, afirmou o especialista em sustentabilidade, que deu orientações aos diretores escolares de como desenvolver estratégias de conscientização ambiental e potencializar a coleta de óleo usado.

Ele explicou ainda que para cada litro de óleo arrecadado, serão repassados 50 centavos à APM da escola. “No entanto, não queremos que este seja o foco da escola, pois o objetivo da campanha é o cuidado com o meio ambiente e a conscientização”, o diretor da Preserva, Leonardo Giardini, também afirmou estar com expectativa alta em relação à campanha em Praia Grande. “Por conhecer o trabalho de educação ambiental desenvolvido aqui e perceber que as escolas municipais de Praia Grande realmente prezam pela questão ambiental, tenho certeza que teremos um ótimo resultado”.

Comissão – O programa Ação Renove o Meio Ambienta está entre as iniciativas adotadas pela Comissão de Desenvolvimento do Projeto de Reciclagem de Óleo de Cozinha, instalada por meio de projeto de lei nº 29.705 de 2014, pelo prefeito Alberto Mourão. A diretora do Departamento de Educação Ambiental (DEA), Eliane Queiroz, que acumula a função de presidente da comissão, destacou que a metodologia da multiplicação fará a diferença para disseminar os conceitos de sustentabilidade. “A ideia é que os diretores que estão aqui multipliquem essas informações junto aos professores de suas escolas para que eles multipliquem entre seus alunos e estes em suas famílias”.

Projeto – O programa Ação Renove o Meio Ambiente foi implantado na cidade graças à parceria entre a Administração Municipal (por meio do DEA) e a empresa Cargill, que comercializa o óleo de cozinha da marca Liza. Vinte escolas da rede municipal servem como pontos de descartes de óleo de cozinha usado. Nas unidades, com o slogan “Lugar de Óleo de Cozinha Usado é na Escola”, o grande foco da ação é conscientizar pais, alunos e responsáveis em evitar que descartem o óleo de cozinha já usado de forma incorreta. Para isso, as unidades de ensino receberam um contentor/display que serve para armazenar o material. Quem quiser participar, deve levar à escola seu óleo usado armazenado numa garrafa PET e colocar no contentor. Periodicamente, a empresa de reciclagem Preserva passará nas escolas recolhendo o material que será reaproveitado para fazer novos produtos, como biodiesel. O projeto conta com apoio da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) e Ecovias.

Garota Eu <3 PG

Talentos da PG – Música com Alma Caiçara

O que seria das nossas vidas sem a música?

Se você já pensou nisso pelo menos uma vez, já sentiu o vazio do silêncio imperando na alma. Então que nunca falte música para nós!

A Praia Grande tem um grande potencial artístico mas quase não temos notícias de bandas ou artistas que constantemente estão lutando em busca do sucesso nessa área artística. Alguns moradores da cidade são músicos formados, mas quem os conhecem? E aquela banda… como é mesmo o nome ? Pois é. É natural acontecer isso quando não articulamos algo. Pensando nisso resolvemos por as mãos na massa e ir atrás de quem faz acontecer e construir essa ponte até o público.

O Portal Eu Amo PG está dando os primeiros passos para trazer à vocês muitas novidades a respeito do mundo da música na Praia Grande. Acredite, há muita coisa bacana por aqui. Reggae, Rap, Rock, MPB e muito mais.

Semanalmente lançaremos novos trabalhos artísticos, eventos que rolam por aí e muita diversão. Acompanhe nossas publicações, envie suas sugestões e compartilhe com os amigos.

Judocas faturam 26 medalhas no Paulista Regional

Time da Cidade obtém 6 ouros, 8 pratas e 12 bronzes 
Competindo em casa, a equipe de Praia Grande (Secretarias de Esporte e Lazer – SEEL e Educação – Seduc) conquistou 26 medalhas (6 ouros, 8 pratas e 12 bronzes) no Campeonato Paulista Regional, categoria especial sub-15, sub-18 e sub-21; e aspirante (atletas que só disputam competições no Estado) sub-11 e sub-13; evento regido pela Federação Estadual (FPJ) com chancela da Confederação Brasileira (CBJ). A disputa, realizada no último sábado (25), ocorreu no Ginásio Falcão (Bairro Mirim).

No total, 17 times e mais de 200 judocas competiram no evento organizado pela 11ª Delegacia Regional da FPJ. Por equipes, a turma da Universidade Metropolitana de Santos (Unimes) foi campeã geral com 10 ouros, 10 pratas e 8 bronzes. Na sequência terminaram os grupos da Associação Budokan de Peruíbe com 10 ouros, 7 pratas e 11 bronzes; Adrearmas com 8 ouros, 3 pratas e 3 bronzes; Praia Grande com 6 ouros, 8 pratas e 12 bronzes; e Clube Internacional de Regatas com 6 ouros, 6 pratas e 7 bronzes.

O time de Praia Grande competiu sob comando dos professores Alberto Bittencourt Silva, Danusa Shira Bittencourt e Rodrigo de Matos. Os medalhistas de cada categoria (peso) e sexo estão classificados para disputar o Campeonato Inter-regional (antigo Estadual do Interior), que ocorre em maio, no Ginásio do Country Club, no município de Valinhos.

Retrospecto – No Paulistão Regional de 2017, a turma de Praia Grande obteve 30 medalhas (13 ouros, 8 pratas e 9 bronzes). Em 2016, conquistou 28 medalhas (11 ouros, 6 pratas e 11 bronzes). Em 2015, levou 33 medalhas (11 ouros, 9 pratas e 13 bronzes). Em 2014, obteve 36 medalhas (14 ouros, 12 pratas e 10 bronzes). Em 2013, faturou 16 medalhas (6 ouros, 6 pratas e 4 bronzes). Em 2012, abocanhou 44 medalhas (21 ouros, 9 pratas e 14 bronzes). Em 2011, garantiu 42 medalhas (17 ouros, 9 pratas e 16 bronzes). Em 2010, vieram outras 48 medalhas (25 ouros, 10 pratas e 13 bronzes). Em 2009, foram 52 medalhas (16 ouros, 21 pratas e 15 bronzes).

Medalhas – Confira os atletas da Cidade que subiram no pódio do Campeonato Paulista Regional 2018:

Ouro (6)
Maria Elisa Thomé Garcia – sub-13 – meio-pesado (47 a 52 kg)
Isabella Victoria Soares de Almeida – sub-13 – superpesado (mais de 60 kg)
Alicia Santos Bonfim – sub-21 – pesado (mais de 78 kg)

Vinicius Pereira Oliveira – sub-13 – meio-pesado (47 a 52 kg)
João Marcelo de Oliveira – sub-18 – superligeiro (até 50 kg)
Gustavo Santos Gomes – sub-18 – leve (60 a 66 kg)

Prata (8)
Camilla Yazaki – sub-13 – meio-médio (38 a 42 kg)
Emilly Chrystina Gonçalves – sub-18 – meio-médio (52 a 57 kg)
Beatriz Nascimento Lopez – sub-21 – ligeiro (44 a 48 kg)
Amanda Silva Souza – sub-21 – pesado (mais de 78 kg)

Sean Ryota Shinzato Onohara – sub-13 – meio-pesado (47 a 52 kg)
Matheus Ferreira de Aquino – sub-18 – superligeiro (até 50 kg)
Alisson Augusto Reis – sub-18 – meio-leve (55 a 60 kg)
Carlos Eduardo Silva Macedo – sub-18 – meio-pesado (81 a 90 kg)

Bronze (12)
Maria Júlia Silvia da Fonseca – sub-11 – ligeiro (28 a 30 kg)
Sabrina Ferraz – sub-13 – médio (42 a 47 kg)
Liriel de Oliveira Santos – sub-18 – leve (48 a 52 kg)
Flávia Marcela da Silva – sub-18 – leve (48 a 52 kg)
Helena Valdger Siqueira – sub-18 – médio (57 a 63 kg)

Carlos Geovane Oliveira Silva – sub-11 – ligeiro (28 a 30 kg)
Miguel Andrade de Pinheiro – sub-13 – ligeiro (28 a 31 kg)
Matheus Victor Silva de Macedo – sub-13 – meio-pesado (47 a 52 kg)
Caio de Carvalho Cucato – sub-13 – pesado (52 a 60 kg)
Kauã de farias Campos Lima – sub-13 – superpesado (mais de 60 kg)
Flávio Henrique dos Santos Bonfim – sub-18 – meio-pesado (81 a 90 kg)
Christian Capelas Jesus – sub-21 – ligeiro (55 a 60 kg).

Feliz dia internacional da mulher 

Dia 8 de março é comemorado como o Dia Internacional da Mulher.

A data lembra 8/3/1857, quando 129 mulheres operárias em uma tecelagem de Nova York, entraram em greve e exigiram melhores condições de trabalho e a redução da jornada de 16 horas diárias para 10. Elas não conseguiram nada com suas reivindicações. Uma guerra, em geral, se vence a longo prazo e não apenas com uma batalha.

Principalmente tendo com causa a mudança de uma cultura milenar, onde a mulher era vista “apenas” como uma “máquina” reprodutora da espécie e cuidadora de suas crias.

Com a Revolução Industrial, a mulher passa a ter um valor econômico, ou seja, mão de obra barata para as fábricas em expansão. Agora, além de ser reprodutora, cuidar da casa e das crias, era explorada pelo novo sistema econômico. Para se ter uma ideia da força e da perseverança das mulheres pela sua causa, apenas em 1910 em um congresso feminista na Dinamarca o dia 08/03 foi escolhido como o Dia Internacional da Mulher e somente em 1975 a data foi oficializada pela ONU. Neste período, milhares de mulheres pelo mundo, pagaram com suas vidas na luta pela melhoria de condições de trabalho, pela igualdade social, pela adoção de creches, entre outras reivindicações sociais que hoje são leis em muitos países.

Dia das Mulheres – Instituto Neymar Jr.

Sweet vs. Lucas Lima | 27ª Batalha do Mundão 

Diferença da Tristeza e a Depressão

Você sabia que existem diferenças significativas entre tristeza e a Depressão?

Certamente, você já se sentiu triste em alguma fase de sua vida. Seja por uma briga, uma perda significativa ou por qualquer outro motivo. Mesmo em situações mais intensas, como o luto (que pode durar mais tempo em algumas pessoas que em outras), a tristeza é uma condição passageira.

É muito comum confundir tristeza com depressão. Com certeza você já ouviu alguém falar: “Acho que estou depressiva.” Sendo que possivelmente essa pessoa esteja apenas triste. A palavra depressão está sendo banalizada. Por isso, é muito importante que aprendamos a diferenciar uma da outra para evitar rótulos e tratamentos inadequados.

Em primeiro lugar, devemos entender que a tristeza é um SENTIMENTO como qualquer outro, que pode acontecer a qualquer pessoa e em qualquer momento da vida. Além disso, a tristeza sempre vai ter um motivo e a pessoa vai passar grande parte do tempo pensando repetidamente na razão de sua tristeza. A pessoa triste pode ter sintomas físicos no corpo, como: aperto no peito, coração acelerado e choro. Mas se algo de muito bom acontecer em sua vida, ela conseguirá esquecer esse motivo e vivenciar a alegria.

Já a depressão trata-se de uma doença como qualquer outra, que causa intenso sofrimento tanto para a pessoa acometida por esse transtorno, quanto para os que convivem com ela. Além disso, pode ocorrer em qualquer idade, a qualquer pessoa e necessita de tratamento! A depressão não precisa ter um motivo aparente para ocorrer como a tristeza precisa. Dessa forma, se acontecer algo muito bom na vida de uma pessoa que está com depressão, como ganhar na loteria ou passar no vestibular, a pessoa continuará triste e não conseguirá aproveitar o momento e se divertir.

Muitas pessoas acreditam que depressão significa tristeza e que esse sentimento é o principal sintoma da depressão, mas não é. O principal sintoma da depressão é a queda de energia. É a energia vital da pessoa que está deprimida.

É evidente que um dos sintomas da depressão é sim a tristeza profunda, que deve ocorrer na maior parte do dia e na maioria dos dias. Mas é importante ressaltar que existem outros sintomas, sendo que a tristeza é apenas uma parte do conjunto. Nesse sentido, a depressão causa diversas alterações capazes de afetar o funcionamento do indivíduo nas mais diversas áreas de sua vida.

Para uma pessoa ser diagnosticada com depressão, deve ter pelo menos 5 dos sintomas listados a seguir (além da tristeza profunda ou diminuição de prazer em realizar atividades que antes eram prazerosas) pelo período mínimo de duas semanas consecutivas, na maior parte dos dias.

Confira os sintomas mais comuns da doença:

  • Humor deprimido na maior parte do dia, na maioria dos dias. Em crianças e adolescentes pode aparecer o humor irritável;
  • Diminuição de prazer em realizar a maioria das atividades que no passado eram realizadas com prazer;
  • Perda ou ganho significativo de peso (não intencional).
  • Diminuição ou aumento do apetite e do sono;
  • Agitação ou retardo psicomotor;
  • Perda de energia ou fadiga;
  • Sentimento de culpa ou inutilidade;
  • Dificuldade de pensar e de se concentrar, ou indecisão;
  • Diminuição da libido;
  • Baixa autoestima;
  • Pensamentos de morte (não somente medo de morrer), ideação suicida (sem um plano específico), uma tentativa de suicídio ou um plano específico com o intuito de tirar a própria vida.
  • Padrão de pensamentos negativos sobre si mesmo, o mundo e o futuro.

É importante destacar que esses não são os únicos sintomas da depressão e podem variar de acordo com cada pessoa.

Todos passam por momentos de tristeza em alguma etapa de suas vidas. O problema surge quando a tristeza se torna intensa e prolongada, prejudicando a vida pessoal, social, profissional e familiar. Não espere o problema alcançar essas proporções! Busque ajuda de profissionais capacitados, como psicólogos, logo no inicio dos sintomas para que seja realizada uma avaliação criteriosa e para que os sintomas sejam tratados, evitando sua intensificação.

PG disponibiliza polos de futebol

Meninos de 8 a 16 anos podem participar
A Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) de Praia Grande disponibiliza gratuitamente para meninos e meninas da Cidade, de 8 a 16 anos, polos de iniciação e treinamento competitivo de futebol. Os ensinamentos ocorrem em cinco campos da Cidade (Bairros Antártica, Melvi, Mirim, Real e Sítio do Campo), de segundas as sextas-feiras.

Qualquer jovem nessa faixa etária da Cidade pode participar dos treinamentos e aprender um pouco mais sobre a rotina do futebol. Para isso, o interessado deve comparecer ao local com chuteira, calção e meião. É necessário preencher ficha cadastral, ter autorização dos pais, apresentar comprovante de escolaridade e apresentar exame médico (exigência legal). E também, reprodução (cópia) do Registro Geral (RG).

Os treinamentos acontecem nos campos do Bairro Melvi, anexo ao Ginásio Magic Paula (Antártica), Real Esporte Clube (Real), Atlético Clube Praia Grande (Sítio do Campo) e Esporte Clube Galo de Ouro (Mirim). Os meninos podem jogar nos espaços localizados nos Bairros Antártica, Melvi, Mirim, Real e Sítio do Campo. Para as meninas, as atividades ocorrem no Bairro Antártica. As aulas são coordenadas pelo diretor Camarão e têm como professores André Luiz Silva de Oliveira, David Pedro dos Santos, Marcos Jardim, Fábio Luigi Meneghelo e Willian Ginghini da Silva.

Parceria – A SEEL possui parceria com a Liga de Futebol Amador de Praia Grande (LFAPG) visando o desenvolvimento do futebol competitivo para jovens com mais de 16 anos. A união faz com que as seleções municipais que representam a Cidade em competições regionais e estaduais estejam sob responsabilidade da LFAPG com supervisão da SEEL. Esta, por sua vez, intensificará as ações nos polos de iniciação e treinamento competitivo.

Polos – Confira todos os locais e horários das Academias de Iniciação de Futebol:

Campo do Real Esporte Clube (Rua Antonio Luis Prates Maia, s/nº, Real)
Segundas, quartas e sextas-feiras – das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas

Campo do Atlético Clube Praia Grande (Avenida Irmãos Adorno, s/nº, Sítio do Campo)
Segundas, quartas e sextas-feiras – das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas

Campo anexo ao Ginásio Magic Paula (Avenida do Trabalhador, 4111, Bairro Antártica)
Segundas, quartas e sextas-feiras – das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas
Terças e quintas-feiras – das 13 às 17 horas (feminino)

Campo do Bairro Melvi (Esquina das ruas Heleni Rosa e Doutora Antônio Silvio Cunha Bueno)
Terças e quintas-feiras – das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas

Campo do Esporte Clube Galo de Ouro (Rua José Borges Neto, s/nº, Mirim)
Terças e quintas-feiras – das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas.

Praia Grande sedia disputas da fase classificatória dos Jogos Regionais do Idoso

Três modalidades ocorrem em espaços locais

De quarta-feira a domingo (7 a 11), em São Vicente, ocorre a fase classificatória dos Jogos Regionais do Idoso (JORI) – 1ª Região e Capital. Contudo, ainda nesta etapa, as disputas de atletismo, bocha e malha serão realizadas em Praia Grande. Além disso, no final do mês Praia Grande também sediará a fase final do evento (onde participarão equipes e competidores que qualificaram-se nas fases classificatórias/oito regiões esportivas, de todas as regiões).

O torneio de atletismo movimenta a pista municipal localizada na Rua José Bonifácio, 400, no Bairro Sítio do Campo. A competição de malha acontece na Casa de Portugal (Avenida Paris, 1500, Boqueirão). A disputa de bocha ocorre em dois locais: no Clube da Guilhermina (Rua Itapoan, 52, Guilhermina) e na Associação Amigos do Balneário Marambaia (Rua Santo Agostinho, 195, Caiçara).

Nesta fase classificatória, disputam-se 14 modalidades, com divisão por faixa etária: atletismo e natação, categorias A (60 a 64 anos), B (65 a 69), C (70 a 74), D (75 a 79), E (80 a 84) e F (mais de 85); tênis, tênis de mesa e vôlei, classes A (60 a 69) e B (mais de 70); bocha, coreografia, dança de salão, malha, truco, buraco, damas, dominó e xadrez, categoria única (mais de 60 anos).

Segundo o regulamento do evento regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ) em parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP), artigo 9º, qualificam-se para o JAI os times primeiro e segundo colocados em cada modalidade, categoria e sexo no JORI (nas oito regiões existentes). Na natação e no atletismo, classificam-se os dois atletas primeiros posicionados por prova, categoria e sexo.

Praia Grande – Na disputa classificatória do JORI, a delegação de Praia Grande terá 137 componentes (116 atletas e 21 membros da comissão técnica). Por ser sede da fase final da competição, todos os atletas e equipes da Cidade que participarem da etapa classificatória estarão qualificados para a fase final, independente da posição obtida.

Em 2017, o grupo municipal sagrou-se campeão ao somar 161 pontos – recorde local – e 21 medalhas (10 ouros, 4 pratas e 7 bronzes) – recordes municipais no número total e de primeiros lugares. Em 2016, a turma de Praia Grande terminou em quinto lugar com 93 pontos. Em 2015, quando Praia Grande sediou o evento, sagrou-se campeã geral com 117 pontos e 15 medalhas (quatro ouros, três pratas e oito bronzes). Em 2014, conquistou quatro medalhas (duas pratas e dois bronzes). Em 2013, obteve seis medalhas (quatro pratas e dois bronzes).

Em 2012, a seleção praia-grandense de malha sagrou-se campeã. Em 2011, o time municipal não subiu ao pódio. Em 2010, as turmas locais de atletismo masculino e dança de salão A garantiram a terceira colocação. Em 2009, o grupo de Praia Grande faturou cinco medalhas (um ouro, uma prata e três bronzes). Os rapazes do dominó foram campeões. Os do vôlei, vice-campeões. Os do atletismo e xadrez terminaram nos terceiros lugares. Assim como as moças da natação.

Programação do Dia Internacional da Mulher 

Praia Grande disponibiliza polos de futebol

    Meninos de 8 a 16 anos podem participar 
A Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) de Praia Grande disponibiliza   gratuitamente para meninos e meninas da Cidade, de 8 a 16 anos, polos de   iniciação e treinamento competitivo de futebol. Os ensinamentos ocorrem em cinco  campos da Cidade (Bairros Antártica, Melvi, Mirim, Real e Sítio do Campo),   de segundas as sextas-feiras.

Qualquer jovem nessa faixa etária da Cidade pode participar dos treinamentos e aprender um pouco mais sobre a rotina do futebol. Para isso, o interessado deve comparecer ao local com chuteira, calção e meião. É necessário preencher ficha cadastral, ter autorização dos pais, apresentar comprovante de escolaridade e apresentar exame médico (exigência legal). E também, reprodução (cópia) do Registro Geral (RG).

Os treinamentos acontecem nos campos do Bairro Melvi, anexo ao Ginásio Magic Paula (Antártica), Real Esporte Clube (Real), Atlético Clube Praia Grande (Sítio do Campo) e Esporte Clube Galo de Ouro (Mirim). Os meninos podem jogar nos espaços localizados nos Bairros Antártica, Melvi, Mirim, Real e Sítio do Campo. Para as meninas, as atividades ocorrem no Bairro Antártica. As aulas são coordenadas pelo diretor Camarão e têm como professores André Luiz Silva de Oliveira, David Pedro dos Santos, Marcos Jardim, Fábio Luigi Meneghelo e Willian Ginghini da Silva.

Parceria – A SEEL possui parceria com a Liga de Futebol Amador de Praia Grande (LFAPG) visando o desenvolvimento do futebol competitivo para jovens com mais de 16 anos. A união faz com que as seleções municipais que representam a Cidade em competições regionais e estaduais estejam sob responsabilidade da LFAPG com supervisão da SEEL. Esta, por sua vez, intensificará as ações nos polos de iniciação e treinamento competitivo.

Polos – Confira todos os locais e horários das Academias de Iniciação de Futebol:

Campo do Real Esporte Clube (Rua Antonio Luis Prates Maia, s/nº, Real)
Segundas, quartas e sextas-feiras – das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas

Campo do Atlético Clube Praia Grande (Avenida Irmãos Adorno, s/nº, Sítio do Campo)
Segundas, quartas e sextas-feiras – das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas

Campo anexo ao Ginásio Magic Paula (Avenida do Trabalhador, 4111, Bairro Antártica)
Segundas, quartas e sextas-feiras – das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas
Terças e quintas-feiras – das 13 às 17 horas (feminino)

Campo do Bairro Melvi (Esquina das ruas Heleni Rosa e Doutora Antônio Silvio Cunha Bueno)
Terças e quintas-feiras – das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas

Campo do Esporte Clube Galo de Ouro (Rua José Borges Neto, s/nº, Mirim)
Terças e quintas-feiras – das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas.

Big Creed vs. Lendinha | 27ª Batalha do Mundão | Praia Grande – SP

%d blogueiros gostam disto: