• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Praia Grande

PG tem novo polo de iniciação e treinamento competitivo de caratê

Aulas são comandadas pelo faixa preta 7º Dan Jorge Yoshimura
19/4/2018

A Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) de Praia Grande oferece gratuitamente aos munícipes (a partir dos 14 anos) novo polo de iniciação e treinamento competitivo de caratê. As aulas são ministradas pelo professor Jorge Yoshimura, 51 anos, que é faixa preta 7º Dan (graduação que chega ao nível 10), de segundas as sextas-feiras, em três bairros: Sítio do Campo, Vila Sônia e Tupi.

De segundas as sextas-feiras, após às 18 horas, os treinos ocorrem no Ginásio Rodrigão (Av. Pres. Kennedy, 8169 – Mirim). As segundas, quartas e sextas-feiras, das 13 às 17 horas, as atividades acontecem no Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180). As terças e quintas-feiras, das 13 às 17 horas, as aulas desenvolvem-se no Centro de Apoio à Família do Educando (CAFE) do Bairro Vila Sônia (Rua João Andrade de Jesus, s/nº).

Para participar de qualquer polo, basta o interessado comparecer ao local das aulas, com documento de identidade (de preferência com foto), autorização do responsável (se for menor de idade) e comprovante de escolaridade. Se possível, também apresentar atestado médico que permita a prática de atividade física. Há ainda, ficha cadastral a ser preenchida no local de treino.

Vale frisar que Yoshimura começou no esporte aos 15 anos, com o falecido e saudoso mestre Yoshinide Shinzato (10º Dan – graduação máxima da modalidade). Aplicado, ele adotou a filosofia do caratê como estilo de vida. Disputou mundiais e torneios internacionais e, atualmente, é referência no caratê da Região Metropolitana da Baixada Santista. É graduado em Ciências e Matemática pela Universidade Católica de Santos, Licenciatura em Química pela Fundação Lusíadas de Santos e Educação Física pela Faculdade de Educação Física de Santo André com Pós Graduação em Educação Física Escolar e Educação Motora. Atualmente, também trabalha na Escola Municipal Governador Franco Montoro (Bairro Maracanã).

Outro Polo – O outro Polo de iniciação e treinamento competitivo de caratê de Praia Grande é comandado pelo professor faixa preta 3º Dan Luiz Fernando de Almeida Antunes. Formado em Educação Física e registrado na Federação Paulista (FPK) e Confederação Brasileira (CBK), ele já treinou as seleções de Praia Grande e Estadual (na década de 90). Foi arbitro da FPK e professor da Associação Arakaki (Bairro Guilhermina). Como comandante da seleção paulista de base (até a categoria juvenil – 16 e 17 anos) foi tricampeão brasileiro. Também conquistou títulos regionais, interestaduais e estaduais

Fernando ministra aulas as segundas, quartas e sextas-feiras, das 9 às 12 horas, no Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180); das 14 às 17 horas, no Espaço Conviver do Bairro Sítio do Campo (Rua José Bonifácio, 400). As terças e quintas-feiras, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas, no Ginásio da SEEL (Avenida Ministro Marcos Freire, 33579, Bairro Tupiry – entrada pela Rua João Balbino Corrêa, s/nº).

#euamopg

Casa de Olaria – Jardim Matilde Boqueirão – Década de 1940

Praia Grande oferece descontos no IPTU para aposentados e pensionistas

Prazo para obtenção ou renovação do benefício vai até 28 de junho
18/4/2018

A Prefeitura de Praia Grande informa que está recebendo os requerimentos de aposentados e pensionistas residentes na Cidade para obtenção da redução de até 60% no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), a partir de 2019. O prazo vai até o dia 28 de junho. No mesmo período os já beneficiados, moradores nos setores 05, 06, 07 e 09 (bairros Ocian, Mirim, Caiçara, Trevo, Flórida e Melvi) devem requerer a renovação do desconto.
Para obtenção do benefício pela primeira vez é necessário ser morador há, pelo menos, dois anos, ter apenas um imóvel no território nacional e ter renda de, no máximo, dez salários mínimos. O direito é extensivo a proprietários e locatários. 

Os documentos necessários são cópias autenticadas ou simples com os respectivos originais do CPF; RG; Título de Eleitor de Praia Grande; conta de Luz e Água em nome do requerente ou cônjuge (último mês);comprovante de Rendimento (holerite) da aposentadoria, pensão e de qualquer outro rendimento do (a) requerente e de seu cônjuge ou companheiro(a); caso seja viúvo(a) pensionista, apresentar certidão de óbito do(a) conjuge ou companheiro(a); espelho de IPTU em exercício; formulário “Resumo da Declaração do Imposto de Renda” do Imposto sobre a renda fornecida a Receita Federal, juntamente com seu comprovante de entrega no exercício em questão, caso for isento, informe de Rendimento.

Também é necessário a escritura ou contrato de compromisso de compra e venda do imóvel com firma reconhecida de todas as assinaturas; caso seja inquilino(a), contrato de locação do imóvel relativo aos dois últimos anos, com firma reconhecida de todas as assinaturas (não será concedida a redução quando o contrato de locação for celebrado entre parentes até terceiro grau); caso seja inquilino(a) recibo de aluguel do último mês e ainda certidão negativa de débito ou levantamento, que conste que não tenha débito com a Prefeitura, ou esteja em dia com seu parcelamento.

Renovação – Para renovação do benefício os documentos necessários são: para obter a renovação: CPF e RG; título de eleitor de Praia Grande; conta de luz ou água em nome do requerente (último mês); último recibo de aluguel (caso seja inquilino); holerite INSS da aposentadoria, pensão e de qualquer rendimento do (a) requerente e do seu cônjuge ou companheiro (a) (último mês); formulário “Resumo da Declaração do Imposto de Renda” do imposto sobre a renda – fornecida a receita federal, juntamente com seu comprovante de entrega no exercício em questão, caso for isento: informe de rendimento; certidão negativa de débito ou levantamento, que conste que não tenha débito com a Prefeitura, ou esteja em dia com seu parcelamento.

Os documentos devem ser protocolados na Secretaria de Finanças (Sefin), que fica no Paço Municipal, Avenida Presidente Kennedy, 9.000, no Bairro Mirim, das 8h30 às 16 horas. Informações adicionais também podem ser obtidas através do telefone 3496-2243 ou ainda pelo e-mail: cadastroimobiliario@praiagrande.sp.gov.br.

Praia Grande terá iluminação especial em pontos referenciais no ‘Maio Amarelo

Lâmpadas tradicionais serão trocadas por equipamentos em tom amarelado
18/4/2018

Durante todo o mês, pontos referenciais de Praia Grande receberão iluminação especial em alusão ao movimento mundial ‘Maio Amarelo – Ação Pela Vida’, iniciativa que faz referência à conscientização para a redução dos acidentes de trânsito. A ideia da campanha segue a mesma proposta dos bem sucedidos Outubro Rosa e Novembro Azul, que mobilizam a sociedade para refletir sobre o câncer de mama e de próstata, respectivamente. 

As luzes temáticas, na cor amarela, serão instaladas nos seguintes endereços: Palácio das Artes, a Praça da Maçonaria, os Viadutos Joaquim Augusto Ferreira Mourão e Waldemar José Mancini, além da Rotatória Parceria. Entre os dias 27 e 28 de abril, a Secretaria de Serviços Urbanos (Sesurb) promoverá a troca das lâmpadas de vapor metálico pelas de vapor de sódio, em tom amarelado.

Ao longo do mês, novos trechos poderão contar também com a iluminação especial. No mesmo período, a Setran distribuirá laços amarelos, especialmente confeccionados para celebrar o mês referencial.

Iniciativas – Ainda em maio, ações de conscientização serão desenvolvidas: na primeira semana do mês, ocorrerão blitze educativas em diversos pontos da Cidade, com entrega de folders sobre as principais normas viárias. As principais abordagens serão em ciclovias, com orientações junto a ciclistas; na segunda semana, o mesmo material será distribuído nas bicicletarias; e na terceira semana será a vez da campanha ‘Bike Check-up’, quando a população poderá fazer gratuitamente uma revisão em suas bicicletas em comércios parceiros da ação, com verificação de itens de segurança como freios e correntes. 
Na última semana, será lançada a segunda edição do Concurso Cultural de Vídeos, que esse ano tem como título “Segurança no trânsito se faz com cada um em seu lugar”.

O concurso é voltado a estudantes do ensino fundamental, que produzirão vídeos inéditos, com duração de 60 a 90 segundos, que deverão abordar a temática da segurança viária do ciclista. A intenção é que os alunos produzam os materiais nos meses seguintes (entre junho e julho). A seleção dos melhores materiais será feita em agosto. Os vídeos vencedores do concurso serão revelados durante a Semana Nacional de Trânsito, em 24 de setembro. 

O regulamento da ação será divulgado nas próximas semanas no site da Prefeitura (www.praiagrande.sp.gov.br).

Maio Amarelo – O movimento mundial de conscientização Maio Amarelo teve início em 2014 e a cor amarela foi escolhida por simbolizar atenção, em referência à sinalização de advertência no trânsito. O trabalho segue preceitos da Década de Ações para a Segurança no Trânsito, criado em 2011 pela ONU, e da Semana Mundial de Segurança do Pedestre (conhecida como Campanha Zenani Mandela, em memória à neta de Nelson Mandela, vítima fatal de acidente de trânsito na África do Sul em 2010, aos 13 anos).

PG Natural leva alunos a novas experiências em contato com natureza

Estudantes da EM Hilda Guedes visitaram Fortaleza de Itaipu, na terça-feira (17)
18/4/2018

A aluna Allana Kimberly Antunes de Souza, 13 anos, da EM Hilda de Carvalho Guedes (Bairro Samambaia), teve uma manhã diferente na última terça-feira (17). Acompanhada de um grupo de, aproximadamente, 35 colegas de escola, a jovem participou do projeto Praia Grande Natural, realizado pelo Departamento de Educação Ambiental (DEA) da Secretaria de Educação (Seduc) da Cidade. Graças à iniciativa, essa foi a primeira vez que a estudante esteve na Fortaleza de Itaipu.

A visita durou em torno de duas horas. Guiados por um soldado do Exército, Allana e os demais alunos puderam conhecer de perto um pouco mais sobre o ecossistema existente em Praia Grande. O grupo caminhou até a ponte de onde puderam ter uma vista privilegiada do Município, no qual, em primeiro plano visualizavam as árvores nativas da Mata Atlântica e, ao fundo, a orla da praia.

Na sequencia, as crianças com idade entre 7 e 14 anos seguiram em direção a praia privativa do comandante. Uma vez no local, tiveram contato com o costão rochoso e puderam observar o ecossistema marinho. “Foi muito bacana a visita, pois pude ver de perto o que aprendemos em sala de aula. Além de ser a primeira vez que venho aqui. Achei tudo muito lindo”, afirmou Allana ao final da aula prática.

Realizado pelo DEA, o Praia Grande Natural ocorrerá ao longo do ano levando alunos das unidades de complementação educacional para atividades na Fortaleza de Itaipu e no Portinho. “Ao ter contato e poder visualizar a mata e o costão rochoso conseguimos entender melhor o que os professores explicam em sala de aula”, destacou Leonardo de Miranda Kill Pereira, 12 anos, concordando com a colega Allana.

De acordo com o professor Leonardo Casadei, a visita à Fortaleza de Itaipu funciona como um complemento da aula aplicada em sala. “Na escola, a gente aborda a questão teórica. Mostramos as aves, a fauna da Mata Atlântica e demais itens existentes em nossa Cidade. Mas essa vivência permite que eles entendam que tudo isso está próximo deles, além de conscientizá-los sobre a necessidade de preservar esses espaços”.

O que é? – O projeto Praia Grande Natural tem como objetivo informar, apresentar e conscientizar sobre os Ecossistemas da Região, o manguezal, mar e Mata Atlântica. A atividade ocorre em duas etapas. A primeira é a parte teórica em sala de aula. A segunda, na Fortaleza, faz com que os alunos vivenciem, na prática, o que aprenderam dentro da classe. Fauna e flora desses locais, assim como questões ambientais, sociais e econômicas dos mesmos também são abordadas nos encontros.

SOLTEI UM BALÃO SOLAR SERA QUE DEU CERTO? – GLEISON DA PG

Conselho da Alimentação Escolar realizará visitas em escolas da Cidade

Ação visa fiscalizar o preparo dos alimentos para os alunos
18/4/2018

Os membros do Conselho Municipal da Alimentação Escolar realizarão visitas nas conzinhas de escolas de Praia Grande. A ação visa analisar e fiscalizar o preparo dos alimentos que são destinados aos alunos. A confirmação ocorreu durante reunião do órgão, na terça-feira (17), na sede da Casa dos Conselhos.

Segundo o presidente do Conselho, Rodrigo Maia, essas visitas também terão papel importante também em outro tema debatido nas reuniões, o desperdício de alimentos. “Nas visitas teremos a certeza que estão seguindo a risca o cardápio das refeições para os alunos e que não está havendo desperdício de alimentos. Vamos analisar também o manuseio e armazenamento dos produtos”. 

Os locais das primeiras visitas já foram definidos pelo Conselho. A partir de 9 de maio, as unidades escolares do Bairro Samambaia receberão os integrantes do órgão municipal. 

As reuniões do Conselho Municipal da Alimentação Escolar são realizadas mensalmente. A próxima está agendada para o dia 15 de maio. A data poder ser alterada de acordo com a necessidade do órgão.

Atendimento – A Casa dos Conselhos está instalada dentro do Vivência Tupi, onde também funcionam a Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve), o Programa SuperEscola e o Programa Conviver. O local tem o objetivo de integrar diversos públicos e promover a cidadania entre os moradores de diferentes faixas etárias. A Casa dos Conselhos fica na Rua Xavantes, n° 51, Bairro Tupi, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30.

Concurso Público de PG: período de inscrição termina nesta quinta-feira (19)

Prazo para pagamento do boleto referente à taxa de inscrição termina no dia 20
18/4/2018

Termina nesta quinta-feira (19) o prazo para os interessados garantirem vaga no Concurso Público 001/2018, da Prefeitura de Praia Grande. A Cidade oferece vagas e cadastro reserva em 40 cargos da Administração. A inscrição deve ser feita apenas pela internet. Os boletos referentes à taxa de inscrição vencem no dia 20. As provas estão previstas para serem aplicadas nos dias 13 e 20 de maio, dependendo do cargo.

Há opções de vagas para os cargos de assistente social, atendente de educação, auxiliar de consultório odontológico, auxiliar de enfermagem, dentista, enfermeiro, farmacêutico, inspetor de alunos, diversas áreas médicas, orientador social, psicólogo, recepcionista, servente – limpeza geral, merendeira, auxiliar de merendeira, técnico de enfermagem, terapeuta ocupacional, topógrafo e trabalhador.

Após realizar a inscrição, o candidato deve imprimir e pagar o boleto referente a taxa, que varia entre R$ 52,00 e R$ 92,00, dependendo do cargo. Os vencimentos podem chegar a R$ 15.000,00, também de acordo com o cargo. O edital de convocação com os nomes e locais onde os candidatos farão a prova deve ser divulgado no dia 4 de maio.

Os editais com todas as informações dos concursos estão disponíveis no botão “Serviços Online” do site do Município (www.praiagrande.sp.gov.br) ou ainda no site do Instituto Brasileiro de Administração Municipal – Ibam (www.ibamsp-concursos.org.br).

Esporte público é diferente de esporte privado

 

 

 

 

 

 

=-

 

Secretaria de Esporte e Lazer foca atividades para a comunidade
18/4/2018

O desenvolvimento de atividades para a comunidade local em todas as faixas etárias, o investimento em tirar jovens e crianças das ruas e afastá-las de problemas como a violências e o tráfico de drogas, a promoção da educação, da saúde, da cultura e da inclusão social por meio do esporte, são algumas das metas do esporte público. Em Praia Grande, a Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) foca e trabalha em cima destas diretrizes.

“Nossa visão de esporte público é prestar serviços para a comunidade, devolver em forma de serviços gratuitos os impostos pagos pelos munícipes”, afirmou o secretário José Carlos de Souza. “Investimentos em infraestrutura, custeamos equipamentos de médio e alto nível, fornecemos bolsas de estudo em escolas particulares e vale transporte para integrantes das equipes de competição, contratamos professores de qualidade por meio de concurso e trabalhamos constantemente na manutenção dessas atividades”. 

Desenvolver atividades para a competição em período integral, investir no esporte de base, fomentar a carreira de atletas custeando a participação em eventos, inclusive internacionais, e pagando salários; foco na vitória, sempre; busca por meios complementares para o crescimento dos competidores como feitura de musculação, acesso a médicos, dentistas e fisioterapeutas, entre outros; são alguns dos objetivos do esporte privado (clubes, equipes, associações, etc). Em Praia Grande, a SEEL tem esta referência e por isso planeja a criação de uma Fundação Esportiva. 

“Prefeitura é diferente de clube. Nossa meta principal é investir na formação de crianças e jovens, tirando-os das ruas, dando-lhes um local específico para treino, com professores qualificados e assim, proporcionando que estes mesmos jovens cresçam e tenham oportunidades no esporte”, informou o diretor do Departamento Esportivo da SEEL, Cláudio Luiz Monteiro de Morais, o Camarão. “Por exemplo, a SEEL não tem uma verba específica para custear a participação de atletas em competições fora do país. Por isso, objetivamos criar uma Fundação Esportiva visando arrecadar dinheiro para este tipo de situação por meio da iniciativa privada”. 

Custos – A Prefeitura de Praia Grande investiu muito no esporte da Cidade e oferece gratuitamente aos munícipes atividades esportivos por meio das Secretarias de Esporte e Lazer (SEEL), Educação (Seduc), Assistência Social (SEAS) e Saúde (Sesap), e ainda pela Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve).

Em 12 anos, o poder público praia-grandense investiu mais de R$ 40 milhões em infraestrutura esportiva, foram construídos e mantidos em excelente estado de conservação ginásios, piscina de 25 metros, pistas de atletismo, skate, motocross e kart; campos de futebol, quadras de bocha e malha, espaço específico para a ginástica artística, espaço para núcleo do Programa Navega São Paulo (para a prática da canoagem, remo e vela), entre outros. 

Investiu-se em material esportivo de qualidade. Por meio de concursos, foram contratados professores de educação física e técnicos pedagógicos desportivos com currículos destacados. Tudo isto é disponibilizado a população local gratuitamente por meio dos polos de iniciação e treinamento competitivo (SEEL), Programa SuperEscola (Seduc), Academias de Saúde (Sesap), esportes para a juventude (Subjuve), Programas de Integração e Cidadania (PIC), Centro de Apoio à Família do Educando (CAFE) e Conviver (SEAS).

Legislação – O Esporte e o Lazer são direitos sociais regulados na Constituição Federal Brasileira. No Capítulo III – da Educação, da Cultura e do Desporto, seção III – do Desporto, o artigo 217 diz: “É dever do Estado fomentar práticas desportivas formais e não-formais, como direito de cada um, observados: I – a autonomia das entidades desportivas dirigentes e associações, quanto a sua organização e funcionamento; II – a destinação de recursos públicos para a promoção prioritária do desporto educacional e, em casos específicos, para a do desporto de alto rendimento; III – o tratamento diferenciado para o desporto profissional e o não- profissional; e § 3º O Poder Público incentivará o lazer, como forma de promoção social.

Há ainda legislação específica na Carta de Brasília – Plano Decenal do Esporte (2010 a 2020) documento elaborado durante a III Conferência Nacional do Esporte realizada em 2010, em Brasília; na Constituição Estadual, no Capítulo III – da Educação, da Cultura e dos Esportes e Lazer, seção III – dos Esportes e Lazer, o artigo 266 relata que “As ações do Poder Público e a destinação e recursos orçamentários para o setor darão prioridade: inciso I, ao esporte educacional, ao esporte comunitário e, na forma da lei, ao esporte de alto rendimento; inciso II, ao lazer popular; inciso III, à construção e manutenção de espaços devidamente equipados para as práticas esportivas e o lazer; inciso IV, à promoção, estímulo e orientação à prática e difusão da Educação Física; inciso V, à adequação dos locais já existentes e previsão de medidas necessárias quando da construção de novos espaços, tendo em vista a prática de esportes e atividades de lazer por parte dos portadores de deficiência, idosos e gestantes, de maneira integrada aos demais cidadãos”. 

Na Lei Orgânica de Praia Grande, na seção VII – do Esporte e Lazer, o artigo 222 determina que “é dever do Município o incentivo e o estímulo às práticas desportivas prioritariamente aos alunos da rede escolar e estimulando a promoção desportiva de associações locais”. No artigo 223 há parágrafo único que determina “o município estimulará e apoiará as entidades e associações da comunidade delicadas às práticas esportivas, dando prioridade às beneficentes, amadoristas e colegiais na utilização de praças desportivas”. 

Na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de Praia Grande para 2015 – Lei Complementar 681/2014 com relação ao esporte estabelece: “Proporcionar espaços esportivos com ampliação do acesso com orientação de profissionais nas várias modalidades utilizando o esporte como complementação na aprendizagem, qualidade de vida, de forma saudável, aumentando assim a auto estima da população; Divulgação de atos institucionais; Manutenção das atividades e dos equipamentos esportivos”. E ainda, na área esportiva, a cidade de Praia Grande possui 64 leis, duas Leis Complementares e 20 Decretos Leis.

Praia Grande joga em casa no Estadual de Futsal Iniciação

Times sub-8, sub-9 e sub-10 competem no domingo (22)
18/4/2018

Neste domingo (22), a partir das 9 horas, no Ginásio Rodrigão (Avenida Presidente Kennedy, 8169, Bairro Mirim), as equipes masculinas sub-8, sub-9 e sub-10 de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL, Sucos Camp, Centro de Treinamento Falcão 12 e Liga Praia-grandense de Futsal – LPFS) jogam contra os times do Ribeirão Pires Futebol Clube, na terceira rodada da chave A do Campeonato Estadual de Futsal Iniciação, série A-1, evento regido pela Federação Paulista (FPFS). 

No último domingo (15), fora de casa, os meninos da Cidade enfrentaram os selecionados do Lausanne Paulista Futebol Clube na segunda rodada do Estadual. A turma praia-grandense sub-10 perdeu por 8 a 1 (gol de Kaíque Pietro). O grupo municipal foi derrotado por sub-9 por 5 a 1 (Álvaro Mendonça). Já a equipe local sub-8 foi superada por 11 a 0. 

Dados – Segundo o regulamento, na etapa inicial as equipes foram divididas em três grupos (ABC), jogam em turno e returno dentro de cada chave. Após o encerramento da primeira fase, todos os times participantes qualificam-se para a segunda etapa. A partir daí, a FPFS estabelece um ranking de eficiência por meio de índice técnico (somatória da pontuação obtida nas três categorias, divididos pelos números de jogos realizados pelas equipes, multiplicados por 10). Aí, são criadas quatro divisões: ouro (reúne os times que ficaram entre os oito primeiros colocados no ranking), prata (9º ao 16º), bronze (17º ao 24º) e cobre (25º ao 30º).

Na fase inicial, os selecionados de Praia Grande disputam o grupo A, ao lado da Sociedade Esportiva Palmeiras, São Paulo Futebol Clube, ADC Inter-Mogi, Lausanne Paulista FC, AEC Incriveis, AD Santo André Futsal, Ribeirão Pires FC, Grêmio Recreativo Gremetal/Stismmmec e FAE/Osasco/Audax. No B, atuam as turmas do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí, CA Juventus, EC Hortolândia, CA Guarulhense, CTC Vila Ema, SAJEA/Omega, AA Portuários de Santos, SE Elite Itaquerense, Santos FC, ASF Magnus Sorocaba e Associação Portuguesa de Desportos. No C, competem os times da AD Mogi das Cruzes, São Caetano FC, Seleção Itapeviense, Suzano FC, São Caetano Futsal, Luso Brasileiro FC, Sport Club Corinthians Paulista, CA Tabuca Júniors, Associação União Mauá e ADC Mercedes Benz.

Retrospecto – No Estadual de Futsal Iniciação de 2017 (primeira vez que Praia Grande participou deste evento), a equipe masculina sub-9 de Praia Grande enfrentou o time do Clube Atlético Juventus, em duelo válido pela fase semifinal, série prata. O jogo terminou empatado em 3 a 3. Por ter realizado melhor campanha ao longo da competição, a turma do Juventus avançou a decisão. Na fase quartas de final, os outros dois times praia-grandenses acabaram sendo eliminados do torneio. Atuando na série bronze, o selecionado municipal sub-10 foi derrotado pela Associação Desportiva Classista Mercedes Benz, de Diadema, por 3 a 1. 

O grupo sub-8 de Praia Grande perdeu para a Academia de Esporte e Recreação Corpo e Cia, de Mogi das Cruzes, por 6 a 0. Na classificação final da primeira fase da competição, chave A, a turma sub-8 de Praia Grande terminou na sexta colocação com nove pontos, três vitórias, seis derrotas, 13 gols feitos e 36 sofridos. Na sub-9, o grupo local foi terceira posicionada, com 18 pontos, seis triunfos, três perdas, 41 gols prós e 35 contras. Na sub-10, o time da Cidade fechou em oitavo lugar, com sete pontos, duas vitórias, um empate, seis derrotas, 17 gols marcados e 41 levados. 

Jogos – Confira as escalações e todos os resultados das equipes de Praia Grande no Campeonato Estadual de Futsal Iniciação de 2018, série A-1:

sub-8 – Competem por Praia Grande Arthur Oliveira Rodrigues, Matheus Henrique Souza Oliveira, Kaynã da Silva Cruz, Yan Araújo Mendes, Matheus Morine Vallejo, Kauan Luiz Azevedo Sagaz, Gustavo Cameron, Henrique Luiz Gonçalves Gomes, Jorge Miguel Correnti Garcia Neto, Leonardo Augusto da Paixão, Zion Araújo Pedrozo Stella, Sérgio Henrique Cesar Nascimento Silva e Kaíque Yuichi Anastácio Tsumura. Técnico: Kleberton Nascimento. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves.

7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 11 Associação Desportiva Indaiatuba
15/4 – Lausanne Paulista FC 11 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube

sub-9 – Atuam por Praia Grande Yan Felipe Carvalho de Souza, Leonardo Marinho dos Santos, Álvaro Mendonça Neme Damasceno, Pedro Henrique de Oliveira Vasconcelos Rodrigues, Mathias da Costa Welter, Natan Souza Tavares, João Pedro Gomes Pita, Bryan Lincoln Alves Pinto, Diogo Nascimento Napolitano Soares, Miguel Barbosa Araújo da Silva, João Pedro Ortega Taveira, Anthony Eduardo Leuzzi Guedes, Kauan Rodrigues Nunes Ferreira Santos, David Sousa Beserra, Cláudio Sini Neto e Breno Marques Rangel da Silva. Técnico: Matheus Cassita Gonçalves. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves. 

7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 6 Associação Desportiva Indaiatuba
15/4 – Lausanne Paulista FC 5 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube

sub-10 – Jogam pela Cidade Gabriel Oliveira Maida, Kaique Pietro Bellini Haikel, Nikollas Dreger do Nascimento, Lucas Fernandes dos Santos, Francesco Pozzo, Guilherme Santana Alves, Lucas de França Silva, Renan Pereira Ribeiro, Richard Batista Cardoso dos Santos, Pedro Henrique Sanged Durante Moreira, David Munhoz Hiath, Luiz Henrique Souza dos Santos, Vinicius Nascimento Rodrigues e Davi Prates Tavares. Técnico: Kleberton Nascimento. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves. 

7/4 – Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 2 Associação Desportiva Indaiatuba
15/4 – Lausanne Paulista FC 8 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube

Caratecas disputam Arnold Classic Brasil

Atletas da Cidade disputam evento internacional
18/4/2018

De sexta-feira a domingo (20 a 22), a partir das 9h30, no Ginásio Poliesportivo Mauro Pinheiro, o Ibirapuera, em São Paulo, na Capital, atletas de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) disputam o torneio de caratê do Campeonato Aberto Internacional Arnold Classic Brasil (Open International Karatê Championship) – Festival Esportivo da América do Sul (Sports Festival South America), evento chancelado pela Confederação Pan-Americana (CPK) e que conta pontos para o ranking nacional da Confederação Brasileira (CBK).

Ocorrem torneios de katá (exibição de movimentos) e kumitê (luta), nas categorias sub-12 (10 e 11), sub-14 (12 e 13), cadete (14 e 15), junior (16 e 17), sênior (18 a 31), master A (32 a 35), B (36 a 39), C (40 a 43), D (44 a 46), E (47 a 49), F (50 a 55) e G (mais de 56); e caratê paraolímpico. Existe também divisão por peso e graduação (kyu). Quanto menor o kyu (faixa), mais evoluído é o atleta: branca (6º kyu), amarela (5º), laranja (4º), verde (3º), azul ou roxo (2º), castanho ou marrom (1º).

Em 2017, a praia-grandense Jéssica Linhares de Paula (Academia Gladiators), categoria sub-21, peso menos de 50 quilos, e Rafaela Beatriz dos Santos Silva (Academia Yamato Dojo), categoria júnior (16 e 17 anos), peso mais de 59 kg, sagraram-se campeãs do Arnold Classic Brasil. Em 2016 e 2014, Jéssica também venceu o evento. Em 2013, Jéssica faturou medalha de bronze e Caroline de Lima ficou em quarto lugar no katá sênior.

Locais – Os caratecas de Praia Grande treinam em cinco academias da Cidade. No Bairro Tupi, a equipe da Academia Gladiators tem comando do sensei Rodrigo Inácio. No Ocian, o grupo da Yamato Dojo é conduzido por Carolina Ramalho. No Samambaia, o time da Kami Dojo possui Ronaldo Rodrigues como mestre. No Boqueirão, o selecionado da Yoshimura Kyokai recebe orientação técnica do mestre Jorge Yoshimura. No Tupi, a turma da Seikan pertence ao técnico Márcio Papi. 

Há ainda, treinamentos públicos (gratuitos) disponibilizados pela Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) de Praia Grande, pelo professor Luiz Fernando de Almeida Antunes, faixa preta 3º Dan. As aulas acontecem no Ginásio da SEEL (Avenida Minsitro Marcos Freire, 33579, Bairro Tupiry), as terças e quintas-feiras, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas; no Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180), as segundas, quartas e sextas-feiras, das 9 às 12 horas; e na Pista municipal de Atletismo (Rua José Bonifácio, 400, Bairro Sítio do Campo), as segundas, quartas e sextas-feiras, das 14 às 17 horas.

Praia Grande joga como visitante no Paulistão de Basquete sub-17

Time da Cidade atua contra Limeira
18/4/2018

Neste sábado (21), às 16 horas, no Ginásio do Nosso Clube, em Limeira, a equipe masculina sub-17 de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL, Centro Educacional Vila Verde e Associação Realizar) joga contra o time da casa, em duelo válido pela quinta rodada da chave A, na primeira fase do Campeonato Estadual regido pela Federação Paulista de Basquete (FPB). 

Atuam pela Cidade os jogadores Guilherme Bruno, Rafael Messias Júnior, João Gustavo, Raul Vieira Jorge Luz, Leonardo Santos, André Luiz Lima Conceição, Pedro Lucas Chaboudet Luna, Gabriel Diocedo de Castro, Samuel Guedes Menezes, Jorge Silva, Elias Santos de Souza, Ruan, Luis Felipe, Felipe, Jefferson, Leonardo e Gabriel Ribeiro Chagas. Técnico: Osvaldo José de Assis Pinheiro. Auxiliar: Fábio Roberto de Souza Silva. 

Dados – Na primeira fase, os selecionados jogam em turno e returno dentro de cada grupo, qualificando-se os quatro primeiros para a segunda fase na chave C e as demais para a chave D. Além de Praia Grande, integram a chave A da competição os times do Tênis Clube de Campinas, Cravinhos, Internacional, SESI-SP/Franca Basquete, Clube Espéria e Nosso Clube Limeira. Na B, atuam os times do Mogi das Cruzes/Helbor, Esporte Clube Pinheiros, Sendi/Bauru Basket e Tenis Clube/Overtime.

Nas partidas já realizadas na primeira fase da competição, o grupo de Praia Grande sofreu quatro derrotas. O time municipal perdeu para o do CAC/APAB Cravinhos por 77 a 34, a equipe do Clube Espéria por 70 a 62, o selecionado do CBC/Tênis Clube Campinas por 95 a 45 e a turma do Clube Internacional de Regatas, de Santos, por 61 a 59.

Retrospecto – No Paulistão de Basquete 2017, a equipe masculina sub-17 de Praia Grande garantiu a quarta colocação na série bronze. Na semifinal do chamado final four, o time de Praia Grande perdeu para a equipe do Clube Internacional de Regatas de Santos por 71 a 36. Na decisão do terceiro lugar, o selecionado municipal foi derrotado por Fernandópolis/AEC por 48 a 39. O título da disputa ficou com o grupo do Santo André/APABA que na decisão superou o Internacional por 64 a 57. Vale frisar que nesta etapa, competiram os times que ficaram do nono ao 12º lugar na primeira fase da competição. A turma de Praia Grande terminou em 11º lugar.

Já a seleção masculina sub-19 de Praia Grande encerrou a participação no Campeonato Paulista de Basquete na segunda fase (série D) da competição. Nas partidas realizadas, venceu o Tênis Clube de Campinas/CBC por 57 a 48, perdeu para o XV de Piracicaba (73 a 48 e 60 a 51), Tênis Clube de Campinas (68 a 51), Time Jundiaí de Basquete (por 72 a 33 e 68 a 37), Esporte Clube Pinheiros (117 a 36 e 132 a 24), Clube Atlético Paulistano (106 a 35 e 109 a 26), Associação Atlética São Caetano do Sul (86 x 57 e 86 a 55), Sociedade Esportiva Palmeiras (120 a 41 e 107 a 49) e Mogi das Cruzes/Helbor (102 a 50 e 100 a 43).

Foto: Maria lizalva Santos

Seleção de PG disputa primeira etapa da Copa Paulista de Biribol

Equipe municipal joga em Valinhos
18/4/2018

Neste sábado (21), a partir das 9 horas, na piscina do Parque de Valinhos, no interior de São Paulo, a seleção masculina adulta (idade livre) de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) disputa a primeira etapa da Copa Paulista de Biribol (espécie de jogo de vôlei dentro da piscina). O time da Cidade encara os de Valinhos, Bauru, Lençóis Paulista, Jundiaí e Americana.

Em 2017, a seleção masculina adulta (idade livre) de biribol de Praia Grande teve uma temporada positiva. Competindo no torneio da primeira divisão dos 61º Jogos Regionais do Estado de São Paulo, o time da Cidade sagrou-se vice-campeão ao vencer os times de Cotia, Itanhaém e São Bernardo do Campo, e perder para o grupo de Santos. 

A medalha conquistada nos Regionais foi um feito inédito para o esporte municipal. Até então, as quartas colocações obtidas em 2012 e 2016 eram as melhores da Cidade na modalidade. No torneio da segunda divisão dos Jogos Abertos do Interior Horácio Baby Barioni, a turma da Cidade encerrou na sétima colocação. O grupo local foi derrotado pelos selecionados das Prefeituras Sorocaba, Marília e Votuporanga. 

Foi apenas a quarta participação (2017, 2016, 2012 e 2009) do time municipal no principal evento regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ). O grupo praia-grandense que treina na piscina da SEEL (Bairro Tupiry) conquistou também uma medalha de bronze no Torneio Festivo da Prefeitura de Bragança Paulista. A competição contou com a participação de nove equipes do Estado.

%d blogueiros gostam disto: