• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Praia Grande

Obras na 2ª Gleba no Bairro Flórida – década de 1950-3

Mutirão de limpeza atua no Samambaia com diversos serviços pelo bairro

Esmeralda será o próximo Bairro contemplado pela iniciativa
27/4/2018

O mutirão de limpeza e manutenção realizado pela Secretaria de Serviços Urbanos (Sesurb) de Praia Grande em todas as regiões da Cidade está atualmente no Bairro Samambaia. A iniciativa contempla os serviços de raspagem, capinação, roçagem, remoção de entulho, rapa treco, pintura e limpeza de bocas de lobo. Ao todo, são utilizados aproximadamente 200 funcionários nessas atividades, que contam com apoio de caminhões e tratores do setor. O mutirão é realizado uma vez por ano, sempre após a temporada de Verão, com início entre os meses de março ou abril.

Depois de percorrer todos os bairros de Praia Grande no último ano, o projeto foi reiniciado em 2018 no Sítio do Campo, Glória e Melvi. Após o término dos trabalhos no Samambaia, o Mutirão parte para o Esmeralda, Ribeirópolis, Curva do S, Jardim Princesa, Solemar e Solemar 2. A intenção é que até o final do ano toda a Cidade seja atendida.

Paralelamente ao Mutirão, a Sesurb continua atendendo as demandas solicitadas pela população através da Ouvidoria, realizando a limpeza corriqueira em todo Município, além de manter os outros projetos do setor, como a Coleta Seletiva, Rapa Treco e Ecopontos.

Solicitações – Solicitações de serviços e manutenções urbanas em Praia Grande podem ser feitas através da Ouvidoria Municipal, que atende pelos números 162 (para telefones fixos dentro do município) e 3495-1527 (para celulares e fixos fora de Praia Grande) ou também pelo formulário online disponível no site ouvidoria.praiagrande.sp.gov.br. O horário de funcionamento é das 8h30 às 17h30, de segunda a sexta-feira.

Foto: Tercio Mauri # Grupo euamopg fotos 

Curso de skate gratuito tem 120 vagas disponíveis

Podem participar crianças e jovens residentes em Praia Grande
27/4/2018

Estão abertas inscrições para 120 vagas gratuitas no curso de iniciação de skate, realizado pela Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve) de Praia Grande. As aulas serão na pista de Esportes Radicais Xitão, no Bairro Quietude, e ministradas pelo professor de Educação Física, Marcos de Rossi. 

Para participar das aulas basta comparecer na sede da Subjuve, localizada na Rua Xavantes, 51, no Bairro Tupi, com o documento de identificação, comprovante de residência, autorização dos responsáveis (no caso de pessoas com menos de 18 anos) e atestado médico (ou comprovante de consulta). O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 9 às 12 e das 13 às 16 horas.

O curso terá conteúdos teóricos e práticos com duração de 1h30min, e será realizado durante a semana em quatro períodos: das 8h30 às 10 horas; das 10 horas às 11h30; das 13h30 às 15 horas e das 15 horas às 16h30. Quem não possuir equipamento próprio poderá utilizar ao longo das aulas os cedidos pela Administração Municipal. Informações devem ser obtidas pelo telefone 3496-5684.

Modalidade – O skate começou a tomar forma na década de 60, quando os surfistas dos Estados Unidos queriam fazer das pranchas um divertimento também nas ruas, em época de marés baixas e das regiões secas. A nova maneira de surfar foi chamada de sidewalk surf. Os primeiros campeonatos surgiram em 1965, mas o Skate só ficou reconhecido uma década depois. Em 2017, o Comitê Olímpico Internacional (COI) confirmou que o esporte fará parte do programa olímpico, nas próximas Olimpíadas que ocorrerão em Tóquio, no Japão, em 2020.

Foto: Sueli Coelho

Fênix music em novo endereço na Praia Grande

Rolê de Biz 100cc #116 | Motoca013

PG recebe curso de Caratê

Evento ocorre no Ginásio Mirins III
27/4/2018

Neste sábado (28), a partir das 8 horas, no Ginásio Mirins III (Avenida Maurício José Cardoso, 1340, Bairro Forte), em Praia Grande, a União Internacional de Karatê Shorin-Ryu (IUSKF) e a União Karatê Shorin-Ryu do Brasil (UKSB) realizam curso de Kobu-dô (utilização de armas típicas da tradição japonesa), formação de faixa preta e exame de graduação. O evento conta com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) da Cidade.

A programação do evento estabelece que às 8 horas, ocorre a inscrição para o curso de formação de faixa preta. Às 9 horas, há treinamento para primeiros socorros em aulas e competições. Na sequência, acontecem aulas de legislação para professores, conduta e ética de um faixa preta, técnicas de oratória e comunicação. Outras informações podem ser obtidas no site http://shinshukan.com.br.

Brasileiro – Nos dias 10 e 11 de novembro, no Ginásio Falcão (Avenida Presidente Kennedy, 8169, Bairro Mirim), em Praia Grande, ocorre o Campeonato Brasileiro de Caratê e Kobu-dô, estilo shorin-ryu shinshukan, disputa regida pela IUSKF e UKSB. Desde 2012, esta competição ocorre na Cidade sob supervisão do professor da SEEL Jorge Yoshimura, faixa preta 8º Dan (graduação que chega no máximo ao nível 10).

No Brasileirão, disputam-se as categorias de katá (luta imaginária na qual se avalia a perfeição dos golpes), kumitê (embate entre dois caratecas) e Kobu-dô em cinco aparelhos: BO (bastão), Nunchaku (matracas – dois pedaços de madeira unidos por uma corrente de ferro), Tunqua (bastão de defesa pessoal), Sai (punhal de metal) e Kama (foice). Os atletas são divididos por peso, idade e kyu (faixa). Por idade: mirim A (até 5 anos), mirim B (6 e 7), mirim C (8 e 9), infantil A (10 e 11), infantil B (12 e 13), infanto-juvenil (14 e 15), juvenil (16 e 17), adulto (18 a 35), master A (36 a 43), master B (44 a 50), master C (mais de 51 anos). Por kyu: branca (6º kyu), amarela (5º), laranja (4º), verde (3º), azul ou roxo (2º), castanho ou marrom (1º).

Em 2017, caratecas de Praia Grande conquistaram 10 medalhas (quatro ouros, dois pratas e quatro bronzes) no Campeonato Brasileiro. Em 2016, obtiveram 16 medalhas (cinco ouros, quatro pratas e sete bronzes). Em 2015, faturaram 33 medalhas (10 ouros, 12 pratas e 11 bronzes). Em 2014, vieram 45 medalhas (15 ouros, 15 pratas e 15 bronzes). Em 2013, trouxeram 31 medalhas (9 ouros, 7 pratas e 15 bronzes). Em 2012, ganharam dois ouro e uma prata.

Ateliê Bar

Dani Russo – Jeito Malicioso (KondZilla)

Semana Hip Hop ocorre em junho

Representantes se reúnem no dia 17, para definir os detalhes do evento
27/4/2018

Representantes e artistas do movimento Hip Hop de Praia Grande se reunirão no próximo dia 17 de maio, às 18 horas, para tratar dos detalhes da Semana Hip Hop 2018. O evento este ano será de 4 a 9 de junho. O encontro, aberto a toda população, ocorrerá na sede da Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve), na Rua Xavantes, n°51, Bairro Tupi. 

A Semana do Hip Hop já faz parte do calendário oficial da Cidade e a lei n° 1.614 de 2012, institui o dia 11 de maio como o “Dia da Cultura Hip Hop de Praia Grande”. Ao longo dos anos os cada vez mais adeptos do Hip Hop na Cidade, da baixada Santista e também outras regiões do Estado de São Paulo tem participado da programação de eventos da Semana do Hip Hop praia-grandense.

Histórico – O Hip Hop é um manifesto cultural que emergiu na década de 70 nas comunidades jamaicanas, latinas e afro-americanas de Nova York, Estados Unidos. O movimento cultural tem como princípio a arte como forma de protesto social, misturando o novo e antigo, o popular e erudito, a poesia e paródia.

A cidade de São Paulo é considerada a origem do movimento cultural no Brasil e os adeptos destacam como pilares da manifestação elementos como o Rap, DJ, escrita, breakdance, grafite e a moda e gírias características de quem vivencia esta cena.

Grupo de Operários e engenheiros no serviço de aterro

Foto: Fátima fernandes

Nome Ténéré #115 | Motoca013

Festival Gastronômico Sabor de São Paulo recebe inscrições até o dia 2 de maio

Inscrições devem ser feitas no site do Festival (www.sabordesaopaulo.com)
27/4/2018

Os estabelecimentos comerciais e munícipes de Praia Grande ou região têm até esta quarta-feira (2) para se inscreverem no Festival Gastronômico Sabor de São Paulo. A competição busca premiar pratos típicos que valorizam a parte histórica e cultural do Estado de São Paulo. As inscrições devem ser feitas no site do Festival (www.sabordesaopaulo.com), que conta com todas as informações sobre o regulamento.

O projeto dará aos ganhadores a possibilidade de vender seu produto no próprio festival, realizado em um fim de semana de novembro na capital. Os vencedores farão ainda parte do Guia de Turismo Gastronômico oficial da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo.
Segundo o secretário de Cultura e Turismo de Praia Grande, Esmeraldo Vicente dos Santos, o Dinho, a participação em eventos como o Festival Gastronômico fortalece a estrutura da própria Cidade.

“Buscamos que os estabelecimentos e os munícipes participem de iniciativas como essas para trazerem um novo olhar aos produtos apresentados em nossos próprios comércios. Valorizar aquilo que nossa Cidade já tem é importantíssimo para termos uma identidade gastronômica”, salienta Dinho.

Realizado pela Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo em parceria com a Revista Prazeres da Mesa, os pratos inscritos no Festival precisam ser reconhecidos e considerados um atrativo turístico da região por ter sabor único, que mobiliza pessoas a irem até a cidade experimentá-los, além de uma relação histórico-cultural com o local. 


%d blogueiros gostam disto: