• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Praia Grande

Definidos os vencedores da Copa de Supino e Levantamento Terra

0b;

Competição movimentou Bairro Aviação
7/5/2018

Foram definidos no último sábado (5), os atletas vencedores da Copa Open Hiper Fitness de Supino e Levantamento Terra, evento realizado na frente da loja Hiper Fitness Suplementos (Bairro Aviação), em Praia Grande. A competição reuniu mais de 30 competidores, de sete agremiações da Região Metropolitana da Baixada Santista.

No supino, na sub-junior (13 a 19 anos), primeiro lugar para Jonathan Wayne e Nicole Graziele. Na júnior (20 a 23), Patrick Souza venceu. Na open (24 a 39), Rodrigo Pita e Raquel Rodrigues foram os melhores. Na master (mais de 40), vitórias de Márcio Branco e Daniela Ferreira. No levantamento terra, na sub-júnior, medalhas de ouro para Pedro Barreto e Gabriela Reverte. 

Na júnior, título para Henrique Nunes. Na open, Jaime Reverte e Vânia Lima levantaram os troféus. Na máster, ganharam Márcio Branco e Daniela Ferreira. Tanto no supino, quanto no levantamento, houve a disputa da categoria especial que foi vencida por Alex Bomba. Por equipes, as três primeiras colocadas na classificação geral foram as turmas da Academia Reverte/Praia Grande (Bairro Samambaia), Academia Apollo/Praia Grande (também do Samambaia) e Academia Máximus/Mogi das Cruzes. 

A classificação final dos atletas é formada a partir do coeficiente sinclair, também conhecido como índice técnico. O método desenvolvido nos anos 70 estabelece uma mensuração entre atletas de diferentes pesos, dentro de uma mesma categoria. Assim, é possível definir qual competidor teve melhor rendimento. Por exemplo, se um atleta de 60 quilos levanta 330 kg e outro de 160 kg levanta 460 kg sabemos quem ergueu mais carga, mas só descobrimos quem teve melhor desempenho em função do peso corporal pelo coeficiente. 

Samambaia – A equipe Reverte (Hiper Fitness Suplementos e Orio Gym) do Bairro Samambaia, em Praia Grande, participa de eventos de powerlifting (levantamento de força). No último mês, no Ginásio Doutor Neves, em Jaú, o time da Cidade disputou o Campeonato Paulista nas provas de supino e levantamento terra. Com 14 atletas, terminou como vice-campeão geral com 28 medalhas (19 ouros, 6 pratas e 3 bronzes). O evento regido pela Associação Jauense de Levantamento de Peso, teve chancela da Confederação Brasileira de Powerlifting (Conbrap) e da Global Powerlifting Committee (GPC). 

Individualmente, destaques para Sandro Gonzaga que na categoria master 2 (45 a 49 anos), peso de até 67,5 quilos (kg), estabeleceu novo recorde ao içar 180kg no levantamento terra; Victória Ludmila Figueiredo Silva que ficou com o título da categoria júnior (20 a 23 anos) e Jamie Reverte que na máster 1 (40 a 44 anos), no até 82,5 kg, ergueu 240 kg no supino.

O powerlifting é um esporte de força no qual o objetivo do atleta é levantar o maior peso possível em cada uma das modalidades: agachamento, supino e levantamento terra. Neste tipo de competição existem três chamadas (tentativas). Na primeira delas, o atleta levanta o peso que está habituado, chamado de garantido. Na segunda, ele já arrisca forçar além do normal. Na terceira, vai para o tudo ou nada, içando pesos fora do comum. O movimento tem de ser perfeito. Não basta levantar o peso. Existem várias regras a obedecer, como não mexer a cabeça e não encostar os pés no banco. Há três árbitros que analisam todos os movimentos e validam a levantada.

Mourão e a polêmica reforma dos Quiosques em Praia Grande

Ciclistas podem realizar check-up gratuito de bicicletas em Praia Grande

Ação faz parte do Maio Amarelo e acontecerá entre os dias 8 e 10
7/5/2018

Itens de segurança são muito importantes na hora de conduzir meios de transportes em geral, inclusive um dos mais usuais: a bicicleta. Por isso, dentro das atividades do Maio Amarelo, a Secretaria de Trânsito de Praia Grande (Setran) está oferecendo à população check-ups gratuitos de bicicletas entre os dias 8 e 10, sempre das 9 às 11h30, em bicicletarias parceiras.

Na ocasião será realizada também pesquisas junto aos ciclistas e a entrega de materiais informativos sobre o tema. A atividade acontece com o apoio do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, do Governo do Estado.

Dentre os itens que serão checados durante a revisão gratuita estão a regulagem de freios, ajuste de correntes e lubrificação. Para participar, basta o ciclista procurar uma das bicicletarias participantes dentro do horário e dia estipulado. Nesta terça-feira (8) a ação acontecerá na Ivan Bike (Rua Nicaragua, 759, Bairro Guilhermina), na quarta-feira (9) na Speed Bike (Avenida Presidente Kennedy, 5783, Bairro Tupi) e na quinta-feira (10) na Skill Way (Rua Osmar Antonioli, 642, Bairro Mirim).

Além desta ação, o mês de maio está marcado por diversas atividades de conscientização e fiscalização, visando a segurança viária. Então previstas distribuição de materiais educativas, iluminação temática em vários pontos da Cidade, moto check-up, concurso cultural junto a estudantes da Cidade, entre outras.

Maio Amarelo – O movimento mundial de conscientização Maio Amarelo teve início em 2014 e a cor amarela foi escolhida por simbolizar atenção, em referência à sinalização de advertência no trânsito. O trabalho segue preceitos da Década de Ações para a Segurança no Trânsito, criada em 2011 pela ONU, e da Semana Mundial de Segurança do Pedestre.

A ideia da campanha segue a mesma proposta dos bem sucedidos Outubro Rosa e Novembro Azul, quando toda a sociedade se mobiliza para refletir sobre o câncer de mama e de próstata, respectivamente.

Caminhada da Adoção pretende mobilizar pessoas e informar sobre o tema

Evento será no domingo (27), na praia do Bairro Canto do Forte
7/5/2018

Na manhã do domingo (27), Praia Grande recebe a sexta edição da Caminhada da Adoção. O evento tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre os benefícios da adoção tanto para os pais, quanto para os filhos. O ponto de partida da caminhada será a Praça Duque de Caxias, no Bairro Canto do Forte. Quem quiser ajudar instituições poderá trocar duas embalagens de leite em pó pela camiseta do evento. A concentração está marcada para 9 horas e a partida prevista para às 10h30.

O evento é realizado por meio de uma parceria entre o Grupo de Apoio à Adoção Laços de Amor (Gaala) e a Secretaria de Assistência Social de Praia Grande (Seas).

O percurso para edição 2018 da Caminhada já está definido. Aos participantes sairão da Praça Duque de Caxias seguirão pela Avenida Presidente Castelo Branco até o Conviver do Bairro Boqueirão, localizado no calçadão da praia, em frente à Rua Pernambuco. 

Durante todo o evento serão distribuídos folhetos informativos. Por meio do sistema de som, os participantes e a população receberão ainda informações sobre adoção no Brasil.

O tema deste ano é “Nome e filiação afetiva, uma escolha que deve ser respeitada”. De acordo com a presidente do Gaala, Júlia Leal, quando a criança é adotada ela carrega o nome biológico e tem muita dificuldade de ser chamada pelo nome social. “Esse é o nosso tema deste ano. Queremos que as pessoas se conscientizem da necessidade de respeitar essas crianças e adolescentes”

Segundo a titular da Seas, Gisele Domingues, o Município incentiva a adoção, especialmente de crianças maiores de 7 anos e de adolescentes, faixas etárias pouco consideradas pelos candidatos a pais. “Desde que o programa Apadrinhamento Afetivo foi lançado, em 2012, mais de 30 crianças e adolescentes foram apadrinhados. Em alguns casos, as experiências desses pequenos junto às famílias renderam bons frutos e cerca de um terço ganharam um lar definitivo, por meio da adoção”.

No momento da concentração, os participantes poderão trocar duas embalagens de leite em pó (400g) pela camiseta do evento. Tudo o que for arrecadado será transformado em ajuda para instituições da região.

Para mais informações sobre a Caminhada da Adoção basta acessar o site www.gaala.org ou ligar para 3016-6152.

Dia da Adoção – O dia 25 de maio foi escolhido o Dia Nacional da Adoção pelos quatorze Grupos de Apoio à Adoção que se reuniram em 1996 em Rio Claro, interior de São Paulo, onde foi realizado o I Encontro Nacional de Associações e Grupos de Apoio à Adoção. A lei foi sancionada em 9 de maio de 2002 sob o nº 10.447. Em Praia Grande, desde 2014, a data também foi escolhida para celebrar o Dia Municipal da Adoção.

Paratletas ganham oito medalhas no Meeting Brasileiro de Natação

Time da Cidade fatura 3 ouros, 3 pratas e 2 bronzes
7/5/2018

A equipe de pessoas com deficiência (PcD) de Praia Grande (Secretarias de Esportes e Lazer – SEEL e Educação – Seduc; e Associação Paradesportista do Litoral Paulista – APLP) conquistou oito medalhas (três ouros, três pratas e dois bronzes) no Meeting Brasileiro de Natação. O evento finalizado no último domingo (6), ocorreu na piscina do Centro Paraolímpico Brasileiro, em São Paulo, na Capital.

Na competição regida pela Associação Brasileira de Desportos para Deficientes Intelectuais (ABDEM), com apoio do Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB), sob comando técnico da professora Silvia Schich Rodrigues, com auxílio de Jayne Pereira, representaram a Cidade quatro paratletas na categoria deficiência intelectual (houve ainda, as disputas das classes síndrome de down e master – nadadores com mais de 30 anos).

Murilo Manna Marcondes venceu as provas de 200 metros costas e 400 livres, obteve o quarto lugar nos 50 e 100 costas e o oitavo nos 100 livres. Luiz Henrique Sieiro Lopes Ramirez foi campeão nos 200 peito, vice-campeão nos 100 livres, 50 e 100 peito; quarto colocado nos 50 livres. Marcos Alexandre Nunes dos Santos garantiu o bronze nos 200 livres, a quinta colocação nos 50 costas, 50 e 100 livres. Gabriela Christina Sieiro Lopes Ramirez foi terceira posicionada nos 200 peito, quarta nos 200 livres, 50 e 100 peito, e sexta nos 100 livres.

Retrospecto – Na última temporada, o grupo municipal conquistou 14 medalhas (nove ouros, quatro pratas e um bronze) e o terceiro lugar na classificação geral do Meeting Brasileiro de Natação. Gabriela Christina sagrou-se campeã nos 100 livres e 100 peito; vice-campeã nos 50 peito, 200 livres e 200 medley. Já Luiz Henrique venceu as disputas de 50 e 100 peito, foi segundo colocado nos 50 costas e 200 peito, e garantiu a terceira posição nos 50 livres.

Em 2016, o time municipal obteve nove medalhas (três ouros, duas pratas e quatro bronzes). Em 2015, a turma de Praia Grande não participou do evento nacional. Em 2014, o grupo local obteve oito medalhas (três ouros, duas pratas e três bronzes). Em 2011, Luiz Henrique faturou três medalhas (dois ouros e uma prata) no Campeonato Brasileiro. Por equipes, com apenas um nadador, o time municipal acabou na sétima colocação.

Capacitação Laboratório da Educação

Visitantes no Hotel dos Alemães – decada de 1930

PG disputa últimos torneios da Regional dos Joguinhos

Competem as equipes locais de basquete e xadrez
7/5/2018

Nesta terça-feira (8), às 20 horas, no Ginásio do Bairro Samambaia (Avenida Maria Cavalcante da Silva, 10), em Praia Grande, a equipe masculina de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) enfrenta o time de Itanhaém, na primeira rodada do torneio de basquete da fase regional (envolve equipes da Região Metropolitana da Baixada Santista, Litoral Sul e Vale do Ribeira) dos Jogos Abertos da Juventude, os Joguinhos, evento sub-18 regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ).

No dia 11, em Itanhaém, a turma da casa enfrenta a seleção de Registro. No dia 15, às 19h30, em Registro, é a vez do time de Praia Grande encarar o grupo de Registro. A equipe vencedora deste triangular qualifica-se para disputar a final estadual dos Joguinhos que acontece de 25 de maio a 2 de junho, no município de Franca.

Atuam pela Cidade André Batista dos Santos, André Luiz Lima Conceição, Arthur Antônio Aparecido Gabriel Felicissimo, Daniel Brito de Jesus, Elias Santos de Souza, Gabriel Diocedo de Castro, Gabriel Ribeiro Chagas, Guilherme Bruno, Gustavo Alves Praxedes de Souza, Iury Santos Sena Oliveira, KewinWillys Muniz, Lucas Miranda do Carmo, Pedro Lucas Chaboudet Luna, Rafael Messias Junior, Raul Vieira Jorge Luz, Samuel Guedes Menezes e Vitor de Abreu Silva. Técnico: Osvaldo José de Assis Pinheiro. Auxiliar: Rabio Roberto de Souza Silva e Mariana Azevedo Costa.

Xadrez – No sábado (12), a partir das 9h30, no Ginásio Mario Covas, em Registro, a seleção masculina de Praia Grande disputa o torneio de xadrez da fase regional dos Joguinhos. Sob comando da técnica Rosangela Domingos de Andrade Coelho, competem os atletas Andre Melo, Gabriel Coelho, João Paulo Agrela, Leonardo Oliveira, Gabriel Estevão, Ricardo Lima e Gabriel Pimentel.

Estadual – Por serem as únicas inscritas, as turmas femininas de ginástica artística e rítmica, e masculina de ginástica artística de Praia Grande, classificaram-se diretamente para a final estadual dos Joguinhos (não houve adversários na Sub-regional e Regional). Além destas, para a final estadual, Praia Grande já qualificou competidores do atletismo masculino e feminino, natação feminina, tênis de mesa feminino, handebol masculino, vôlei masculino e vôlei de praia feminino.

Os Joguinhos, na primeira fase (sub-regional), enfrentam-se as turmas das Cidades da Região Metropolitana da Baixada Santista. As equipes jogam todas contra todas, em sede única. A que obtiver mais pontos avança para a fase regional (reúne os vencedores da sub-regional e do Litoral Sul). Os vencedores da regional qualificam-se para a final estadual, que reúne as 12 cidades campeãs regionais mais a delegação do município-sede e a campeã de 2017. A 35ª edição da fase final dos Joguinhos acontece de 25 de maio a 2 de junho, no município de Franca.

Tabela – Confira a tabela (resultados e próximos jogos) da fase sub-regional e regional dos Joguinhos:

Regional
torneio de atletismo (*PG qualifica 10 atletas para a final estadual)
21/4 – feminino: campeões – Thassiany Neves (400 metros) e Eduarda Souza (200 metros)
masculino: campeões – Vinicius Conceição (5.000 metros), João Jesus (100 e 200 metros, revezamentos 4×100 e 4×400), Arthur Souza (arremesso do peso e lançamento do disco), Raphael Guimarães (Lançamento do martelo), Dyorgenes Santos (400 metros, 4×400 e 4×100), Gabryel Silva (4×100 e 4×400), Marcos Gomes (4×100) e Adrian Oliveira (4×400 e 1.500m)

torneio de natação (*PG qualifica quatro atletas para a final estadual)
22/4 – feminino: campeãs – Rafaela Anísio Pessi (400 livres e 100 borboleta, revezamentos 4×100 livres e medley), Ana Beatriz Machado (100 livres e 200 medley, 4×100 livres e medley), Isabela Carvalho (4×100 livres e medley) e Gabrielle Cunha (4×100 livres e medley, 100 peito)
masculino: PG não teve atletas campeões

torneio de handebol masculino (*PG classificado a final estadual)
23/4 – Praia Grande 1 x w.o. Juquiá (desistência)
26/4 – Praia Grande 40 x 13 Itariri

torneio de vôlei feminino (*PG eliminada)
24/4 – Praia Grande 1 x 2 Iguape
27/4 – Praia Grande 0 x 2 Itanhaém

torneio de vôlei masculino (*PG classificado a final estadual)
24/4 – Praia Grande 2 x 0 Iguape
27/4 – Praia Grande 2 x 0 Itanhaém

torneio de vôlei de praia 
feminina
5/5 – Praia Grande 2 x 0 Iguape
campeãs – Aline Nascimento, Lara Castro e Monique Lins (*PG classificada a final estadual)

masculina
5/5 – Praia Grande 2 x 0 Iguape
5/5 – Praia Grande 2 x 0 Itariri
5/5 – Praia Grande 2 x 0 Mongaguá
5/5 – Praia Grande 0 x 2 Iguape (final)
vice-campeões – Felipe Brito, Thiago da Silva e Vinícius Ramos (*PG eliminada)

torneio de tênis de mesa 
5/5 – feminina: campeão – Larissa Maciel, Letícia Sanches, Nicole Santos e Steffany Alves (*PG classificada a final estadual)
masculina: terceiro colocado – Carlos Fuentes, Luiz Nery, Miguel Blanco e Victor Ferreira (*PG eliminada)

torneio de judô feminino e masculino (*Aguardando resultado oficial)
5/5 – Centro de Excelência Professor João Carlos Ribeiro Manso Júnior (localizado na esquina das ruas Arari e Carimbó, Bairro Tupi), em Praia Grande

torneio de basquete masculino
8/5 – Praia Grande x Itanhaém 
15/5 – Praia Grande x Registro 

torneio de xadrez masculino 
12/5 – Ginásio Mario Covas, em Registro

Sub-regional 
basquete masculino (*PG classificado a etapa Regional)
11/4 – Praia Grande 64 x 26 São Vicente
18/4 – Praia Grande 55 x 48 Guarujá
25/4 – Praia Grande 70 x 19 Cubatão

futebol masculino (*PG eliminado)
24/3 – Praia Grande 2 x 0 São Vicente
7/4 – Praia Grande 0 x 2 Guarujá
14/4 – Praia Grande 1 x 0 Cubatão

futsal masculino (*PG eliminado)
2/4 – Praia Grande 4 x 0 Guarujá
9/4 – Praia Grande 3 x 5 Cubatão
16/4 – Praia Grande 6 x 4 São Vicente 

handebol feminino (*PG eliminado)
4/4 – Praia Grande 8 x 19 Guarujá
12/4 – Praia Grande 9 x 10 Guarujá

handebol masculino (*PG classificado a etapa Regional)
4/4 – Praia Grande 24 x 10 Guarujá
12/4 – Praia Grande 20 x 19 Guarujá

vôlei feminino (*PG classificado a etapa Regional)
3/4 – Praia Grande 2 x 0 Guarujá (Guarujá foi eliminado pela inscrição irregular de atletas)
10/4 – Praia Grande 2 x 0 Cubatão

Sensacional 8ª Travessia Praia Grande -São Vicente de Standup Paddle.

Time de PG decide a Copa Aberta de Futsal

Equipe sub-12 do Colégio Recanto enfrenta a do Tumiaru
7/5/2018

Nesta segunda-feira (7), às 21 horas, no Ginásio do Clube de Regatas Tumiaru, em São Vicente, a equipe do Colégio Recanto Educacional de Praia Grande (Bairro Boqueirão) enfrenta o time da casa, na decisão decisão da categoria masculina sub-12 da Copa Aberta de Futsal Masculino Cidade de Santos, evento regido pela Liga Regional de Futsal do Litoral Paulista (LRFSLP).

Para chegar a decisão, o time praia-grandense superou na semifinal a equipe da Sociedade Esportiva Itapema, de Guarujá, por 4 a 1. Na primeira fase, o grupo municipal somou duas vitórias (6 a 1 sobre o I Nove Futebol Arte e 3 x 1 no Itapema) e uma derrota (2 a 1 para o Clube de Regatas Tumiaru). A turma de Praia Grande é comandada pelo professor Conrado de Andrade e Silva Antunes.

Dados – Em 2017, os selecionados masculinos sub-12 e sub-14 do Colégio Recanto Educacional conquistaram os títulos da Copa Aberta de Futsal. Já o time sub-9 ficou com a medalha de prata. Na decisão da sub-14, a turma do Colégio Recanto goleou, por 4 a 0, o time do Guarucar/Mendes Car. Na sub-12, os meninos do Boqueirão ganharam, por 1 a 0, do Gremetal. Na sub-9, no tempo regulamentar, a equipe do Colégio Recanto empatou, em 1 a 1, com a da Unisal/Edu Martins. Nos pênaltis, o grupo do Unisal levou a melhor por 2 a 0.

Em 2016, a turma sub-11 do Ocian Praia Clube/Centro de Treinamento Falcão 12 sagrou-se campeã invicta ao derrotar, por 6 a 4, na final o time do Clube de Regatas Tumiaru, de São Vicente. A equipe da Cidade ainda conquistou o troféu de artilheiro, com Nycolas – seis gols, e o de defesa menos vazada com cinco gols sofridos. O grupo municipal sub-16 terminou com a medalha de bronze, ao perder, por 5 a 3, na semifinal para a do Santos Futebol Clube. Em 2015, as equipes masculinas sub-14 e sub-16 de Praia Grande sagraram-se campeãs. O selecionado masculino sub-10 e o feminino adulto de Praia Grande ficaram com os vice-campeonatos da Copa Aberta. O sub-12 masculino terminou em quarto lugar.

Foto: Nívea Ruiz #euamopg-fotos

Pronunciamento do Eminente irmão Marques Ballouk Filho – sobre impugnação da chapa Novo Rumo

Gente da PG fazendo arte – Poetas da Nova Era – Feat Louis Medeiros (DUCASCO) [Prod.Dubalizer] (Clipe Oficial)

Gente da PG fazendo arte – Davi Campolongo e orquestra de João Carlos Martins

A Prefeitura de Praia Grande informa que o prazo para desocupação dos quiosques permanece 7 de maio.

A Prefeitura de Praia Grande informa que o prazo para desocupação dos quiosques permanece 7 de maio. A Administração Municipal ressalta que não discutiu nada sobre prorrogação de prazos com pessoas que não são permissionários oficiais e que estão se pronunciando sobre o tema através de redes sociais.
A Administração Municipal, em análise aos apontamentos feitos pelo promotor relacionados ao processo de licitação dos quiosques, entendeu que não se tratam de cláusulas que afetam a licitação e irá realizar alteração dos apontamentos. Sendo assim será realizada nova publicação de edital de licitação concedendo a partir da data de publicação o prazo regido pela lei 8.666, de 30 dias para a sessão de abertura dos envelopes.
É valido ressaltar que em nenhum momento o edital teve como objetivo apresentar cláusulas subjetivas ou direcioná-lo. A Administração Municipal agiu de forma transparente com publicações oficiais, divulgações e todos os procedimentos necessários.
A Prefeitura de Praia Grande explica que a realização da licitação, além de ser uma imposição legal, é uma determinação da Justiça que deve ser cumprida, não tendo partido da Prefeitura. A nulidade das permissões dos atuais ocupantes dos quiosques é resultado de uma ação civil pública do Ministério Público, de 2008, que resultou em um termo de acordo judicial determinando a realização de licitação para uso destes espaços.
Ressalta-se ainda que em 2015 foi realizada reunião com quiosqueiros conscientizando-os sobre as exigências. Em 2017, por ocasião da assinatura do Termo de Adesão com a SPU para gestão da orla da praia foi realizada audiência pública com quiosqueiros e ambulantes onde foi mais uma vez ressaltada a necessidade da realização de licitação para os quiosques. A permissão dos quiosques concedida na década de 90 foi válida por 20 anos e já expirou. Portanto, cumpre ressaltar mais uma vez que, mediante a decisão da Justiça todas as permissões se tornaram nulas e para concessão de novas é exigida a realização de licitação.

%d blogueiros gostam disto: