• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Praia Grande

Conviver Tupi promove ação ambiental

Frequentadores participaram de palestra e foram à praia recolher resíduos
9/5/2018

Na semana do Dia das Mães, os frequentadores do Conviver Tupi participaram de uma ação voltada à conservação do meio ambiente. Uma palestra foi realizada na quarta-feira (9), com informações sobre os perigos do lixo descartado na praia. Em seguida, os participantes foram para a praia, onde aprenderam na prática.

A palestra foi ministrada pela educadora ambiental da Secretaria de Educação, Vera Giacometti. Ela explicou aos participantes que o lixo descartado na praia é um perigo especialmente para os animais marinhos. “Precisamos difundir este conhecimento para que todos possam ter a consciência do mal que ações irresponsáveis podem produzir. Os animais comem esse lixo, pois se confundem achando que é comida”.

Na areia da praia do Bairro Tupi, os idosos que participaram da palestra coletaram microlixos que foram descartados de forma irregular. Bitucas de cigarro, canudos, plásticos e muitos outros itens foram encontrados.

De acordo com a diretora do Conviver Tupi, Walkíria Frassini, a ideia é aproveitar a influência que estes idosos têm com netos e familiares e transmitir conhecimento. “Eles podem ser multiplicadores de boas práticas. Assim podem passar para filhos e netos, junto com os tradicionais valores familiares”.

Uma das participantes, a aposentada Etelvina Maria da Conceição, de 65 anos, que normalmente frequenta o Conviver para fazer aulas de ginástica e crochê, mas que desta vez se engajou na questão ambiental. “Aprendi muita coisa nesta palestra. A gente vê muita coisa errada na praia. Às vezes até cato o lixo e jogo fora, mas não sabia que tem tanta coisa errada”.

Atendimento – Ao longo de todo o ano, as nove unidades do Programa Conviver oferecem atividades esportivas, culturais e de lazer aos maiores de 50 anos. Entre as atrações, aulas de diversos tipos de dança, ginástica, bordados, jogos de mesa, canto coral e muito mais. 
Homens e mulheres podem aproveitar. Tem Conviver nos Bairros Boqueirão, Guilhermina, Sítio do Campo, Antártica, Tupi, Ocian, Samambaia, Caiçara e Solemar. Para mais informações basta comparecer na unidade mais próxima ou ligar para 3496-5015.

Quando o assunto é a Melhor Idade, Praia Grande é uma das cidades referência no assunto. Desde 2009, entre todos os municípios do Estado de São Paulo com mais de 200 mil habitantes, Praia Grande está em primeiro lugar no Índice Futuridade, que mede a qualidade de vida e a atenção ao idoso nos municípios.

Mais de 700 alunos da E.E. Magali Alonso são atendidos pelo programa Juventude Legal

Iniciativa é intermediada pela Subjuve
9/5/2018

O desenvolvimento de habilidades críticas e a oportunidade de ampliar os horizontes são alguns dos objetivos do programa Juventude Legal, que na última terça-feira (8) atendeu mais de 700 alunos da Escola Estadual Magali Alonso, localizada no Bairro Tupiry.

A iniciativa é intermediada pela Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve) em parcerias com diversas pastas municipais, secretarias do Estado e Ongs. Os estudantes do Ensino Médio recebem diversas oficinas sobre: empreendedorismo e emprego; meio ambiente; cultura, turismo e lazer; segurança; saúde; trânsito; defesa civil e direitos das crianças e adolescentes. 

O coordenador pedagógico João Luiz de Oliveira considera o programa de suma relevância para os alunos. “O Juventude Legal ajuda os nossos alunos a trilharem novos caminhos e terem novas oportunidades. Quando a equipe veio aqui no ano passado muitos alunos foram atrás dos serviços oferecidos dentro da Cidade e é sinal de que eles se sentem parte da sociedade. É muito bom que nossos alunos possam participar desse programa”.

As escolas interessadas em receber o programa devem entrar em contato com a Subjuve pelo telefone 3496-5684 ou ainda através do e-mail: juventudelegal@paiagrande.sp.gov.br.

Confira o calendário do mês de maio do programa:
15/05- Escola Estadual Deputado Rubens Paiva- das 10 às 12 e das 19 às 22h30
22/05- Escola Estadual Alfredo Reis Viegas- das 8 às 11h30 e das 13 às 15horas
29/05- Escola Estadual Antonio Nunes Lopes da Silva- das 8 às 12h, das 14 h às 16h e das 19 às 22h30. 

Idosos do Lar São Francisco recebem doação de itens de inverno

Meias e cachecóis foram entregues por moradores da Cidade
9/5/2018

Os idosos que moram no Lar São Francisco de Assis receberam nesta quarta-feira (9) a doação de dezenas de itens de inverno, que prometem amenizar a sensação de frio nos próximos meses. Alunas do PIC Vila Sônia doaram meias e uma associação do Município entregou cachecóis. Os produtos serão utilizados pelos moradores do abrigo.

As alunas de K-Pop, ritmo de dança famosa entre os jovens da Coréia do Sul, resolveram se juntar e fazer doações inspiradas na Campanha do Agasalho. Dessa forma, 60 pares foram entregues diretamente aos moradores do Lar. Além da doação, eles ainda assistiram a apresentação de dana das alunas.

Segundo a professora voluntária das alunas de K-Pop, Evelyn Hermínio Silva, as alunas ficaram bastante empolgadas com a ideia de se apresentar no abrigo e gostaram muito da experiência. “Temos poucos meses de aula e para nós é muito bom se apresentar. Quando soubemos dessa oportunidade ficamos muito felizes. Eles nos receberam bem, ficaram felizes. Acho que eles gostaram muito”.

De acordo com a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Maria Del Carmen Padin Mourão, a Maruca, a integração dos jovens com os idosos sempre foi um objetivo da administração, tanto que foi criado um polo do Programa Super Escola junto com uma unidade do Conviver, no Bairro Tupi. “Faz bem para os idosos e para os jovens, que conhecem a realidade, valorizam a experiência dos mais velhos e aprendem muito com eles. Além de tudo isso, os moradores do Lar adoram receber visitas”.

Cachecóis – Os membros da Associação Corrente do Bem – Praia Grande + Forte entregaram cachecóis decorados para os idosos. As peças foram confeccionadas por voluntários, especialmente para os moradores do Lar.

PAT está com vagas para vendedora balconista e açougueiro

Para concorrer aos cargos é necessário comprovar experiência
8/5/2018

O Posto de Atendimento ao Trabalhador de Praia Grande (PAT) está com novas vagas disponíveis, duas para vendedora balconista e outras quatro para açougueiro. O PAT fica ao lado do Poupatempo, dentro do Litoral Plaza Shopping, na Avenida Ayrton Senna da Silva, 1.511, Bairro Xixová.

Interessados nas vagas de vendedora balconista devem ter experiência comprovada no segmento de confecção. As vagas para açougueiro também contam com a necessidade de comprovar experiência, porém, estão abertas para ambos os sexos, com salário de R$ 1.800,00, mais benefícios.

As candidatas para vendedora balconista devem procurar a unidade do PAT até quinta-feira (10), ou enquanto as vagas estiverem disponíveis para retirar a carta de encaminhamento. 
Já os interessados nos postos de açougueiro têm até sexta-feira (11), na parte da manhã, ou enquanto as vagas estiverem disponíveis para retirar o encaminhamento.

Atendimento – O horário de atendimento para pessoas já cadastradas no PAT é das 8 às 16 horas. Quem não tem cadastro ainda e tem interesse nas vagas oferecidas pode comparecer a partir das 8 horas, fazer o registro e, em seguida, retirar o encaminhamento.
Telefone – Informações podem ser obtidas através do número: 3496-5

Câmara de Praia Grande aprova aumento de até 7 mil para assessores, salário chegará a R$ 16.400,00

São 19 vereadores, cada um com três assessores chegando a ganhar R$ 16.400,00/mês,sendo assim a prefeitura tem um gasto mensal de R$ 934.800,00 só com assessores.

 

Confira como uma lei é aprovada sem o eleitor saber o que estão aprovando!!!!

 

Cobre o se vereador(a) porque votou a favor do aumento! O Vereador Alexandre Comin foi o único vereador que votou contra. O Leandro do Avelino se absteve e o Reco foi o mediador.

Semana do Hip Hop é tema de encontro

Evento ocorre de 4 a 9 de junho em diversos locais do Município
8/5/2018

Na noite de segunda-feira (07), representantes e interessados na cultura Hip Hop praia-grandense participaram de um encontro para acertar os detalhes finais da ‘Semana do Hip Hop’, que este ano ocorrerá de 4 a 9 de junho em diversos locais da Cidade. A reunião aconteceu na sede da Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve), localizada no Bairro Tupi. 

De acordo com o titular da pasta, Augusto Schell, o objetivo da Semana é valorizar a cultura Hip Hop, rompendo barreiras e ideias estereotipadas em relação à manifestação artística e cultural. A ‘Semana do Hip Hop’ já faz parte do calendário oficial de eventos da Cidade. “A reunião é uma forma de organizar, de maneira coletiva e democrática, a Semana do Hip Hop. Todos os anos os representantes do movimento e o Poder Público se unem para preparar este evento de maneira colaborativa”.

No dia 14 ocorre mais uma reunião pública para definir a programação da ‘Semana do Hip Hop’. Podem participar artistas e moradores da Cidade interessados no movimento Hip Hop e, o encontro será realizado na sede da Subjuve, localizada na Rua Xavantes, 51, no Bairro Tupi, às 18 horas.

A divida que não existia tirou o frentista do sério (Bmenezes013)

Exposição “Por favor, toque” permite inclusão para pessoas com deficiências visuais

Trabalho de Hélio Schonmann segue até sábado (12) no Palácio das Artes
8/5/2018

A estudante Fernanda, de 12 anos, teve no último sábado o mesmo sentimento de todos aqueles que gostam de apreciar uma obra de arte: poder ‘enxergá-las’. Com uma má formação congênita na retina que afeta completamente sua visão, a jovem visitou a exposição “Por favor, toque” que permite, por meio do tato, uma interação entre a mostra e os visitantes. 

Segundo a mãe de Fernanda, Elisabete Martins das Neves Lopes, sua filha achou extremamente divertido o contato com as obras e fica muito feliz quando tem a possibilidade de participar de atividades culturais de caráter inclusivo. Elisabete conta ainda que existe muita dificuldade de conseguir levá-la em muitos locais. “É muito difícil ter exposições adaptadas. Quando vamos a algum museu, são poucas as coisas que ela pode tatear para ‘ver’, mas sempre que aparecem eventos inclusivos, procuramos levá-la”, completou. 

A exposição “Por favor, toque” tem obras de autorretrato feitas em oficinas ministradas em 10 cidades diferentes. O coautor e coordenador da exposição, Hélio Schonmann, afirma que a mostra de alto relevo não busca apenas a inclusão das pessoas, mas também traz um conceito de integração: “A minha ideia na mostra é abrir as portas e trabalhar com todo mundo. Não importa se a pessoa é um grande artista ou um simples colaborador, todos os participantes são importantes dentro do processo”. De acordo com Schonmann, a exposição também traz o trabalho de pessoas que passavam por tratamentos psiquiátricos e integrantes da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Tatuí. 

Para o secretário-adjunto de Cultura, Renato Paes, a mostra contribui com o desenvolvimento do tema na Cidade: “Nós tivemos a oportunidade de vivenciar situações bem legais como o caso da Fernanda. Além disso, nesta terça os integrantes do Centro Sócio terapêutico Antônio Tavares (alunos com deficiência intelectual) estiveram visitando a mostra, integrando positivamente tanto os aspectos sociais como os culturais”.

A exposição “Por favor, toque” segue em cartaz até sábado (12), das 14 às 17h30. A Galeria Nilton Zanotti fica dentro do complexo cultural Palácio das Artes, localizado na Avenida Presidente Costa e Silva, nº 1600, bairro Boqueirão.

MCs Nenem e Magrão – Hoje Ela Acordou Mais Cedo (KondZilla)

Bar Ateliê Maurício Capelli

Bom dia meus queridos. Amanhã é dia! !!

A tribo do asfalto MC

Gente da PG fazendo arte – CD Foco na Eternidade – Vol. II

Aniversário Forró do Mato Grosso do em Praia Grande

Gente da PG fazendo arte – Davi Campolongo e seu pai

Gente da PG fazendo arte – Veja como foi a apresentação da nova novela do SBT onde tem participação do Davi Campolongo

%d blogueiros gostam disto: