Pacientes com transtornos mentais participam de Festa Junina

Atividade faz parte das oficinas de programação terapêutica
21/6/2018

A manhã dessa quarta-feira (20) foi diferente para os pacientes internados na Ala Psiquiátrica do Hospital Municipal Irmã Dulce. Eles participaram de uma Festa Junina, com comidas típicas e músicas tradicionais. A atividade faz parte das terapias ocupacionais desenvolvidas no setor e envolveu todas equipes, que realizaram a decoração do local e substituíram seus jalecos por trajes característicos.

Iniciativas da Comissão de Humanização do Complexo Hospitalar, sob coordenação da Gerência Geral de Enfermagem, as oficinas terapêuticas proporcionam inúmeros benefícios aos portadores de transtornos psíquicos. Atividades artísticas, musicais e artesanais como pintura, desenho e colagens compõem a programação que ajudam a acalmar e ressocializar os pacientes.

Para a gerente Geral de Enfermagem, Renata Meroti, o trabalho realizado pela equipe de enfermagem complementa o atendimento clínico administrado pela equipe médica e que visa a promoção da saúde mental. “Comemorar datas festivas como estas proporcionam interação e fazem lembrar a convivência familiar. São mecanismos que permitem uma abordagem multidisciplinar, previstos na proposta psicossocial da Política Nacional de Saúde Mental”, disse.

Associadas ao acolhimento ofertado no setor, as terapias também estimulam a autoestima das pessoas atendidas. Para ficarem sintonizados com a atualidade, os pacientes ainda têm à disposição uma tevê, onde podem, inclusive, assistir aos jogos da Copa do Mundo e demais programações televisivas. A Ala Psiquiátrica tem capacidade para 12 pacientes.

Seu destaque é a nossa praia!

Gabriel Jesus na época da escola

Veja uma foto histórica do jogador da Seleção Brasileira, Gabriel Jesus, ainda na sala de aula. São histórias assim que nos incentivam a acreditar que podemos chegar aonde quisermos. Sucesso pra ele!