fbpx
  • +55 13 99615 8477
  • vendas@euamopg.com

Arquivo do autor:Administração

Sexta-feira do dia 13 de qualquer mês é considerada popularmente como um dia de azar #medo.

O número 13 é considerado de má sorte. Na numerologia o número 12 é considerado de algo completo, como por exemplo: 12 meses no ano, 12 tribos de Israel, 12 apóstolos de Jesus ou 12 constelações do Zodíaco. Já o 13 é considerado um número irregular, sinal de infortúnio. A sexta-feira foi o dia em que Jesus foi crucificado e também é considerado um dia de azar. Somando o dia da semana de azar (sexta) com o número de azar (13) tem-se pela tradição, o mais azarado dos dias. Triscaidecafobia é um medo irracional e incomum do número 13, o medo específico da sexta-feira 13 (fobia) é chamado de parascavedecatriafobia ou frigatriscaidecafobia.

História
A superstição foi relatada em diversas culturas datadas antes de Cristo. O número 13 tem sido mal interpretado desde há muito tempo. Serviu de inspiração nos filmes do Sexta feira,13. Em algumas culturas ele pode ter sido considerado número de sorte. Não há nenhuma evidência de que o 13 tenha sido considerado um número de azar pelas culturas antigas. Pelo contrário, muitos povos o consideravam um número sagrado. Para os egípcios, a vida era composta por 12 diferentes estágios para que o ser humano alcance o 13º, que era a vida eterna. Dessa forma, o número 13 foi assimilado com a morte, mas não com uma conotação negativa, mas como uma gloriosa transformação. Essa ligação com a morte permaneceu e foi distorcida por outras culturas que nutriam o medo da morte e não a viam como algo presente no destino de qualquer vida.

A evidência de que as culturas primitivas reverenciavam o 13 pode ser constatada por meio de vários vestígios arqueológicos, como a Vênus de Laussel, uma estatueta com mais de 27 mil anos encontrada na França, que carrega em suas mãos um chifre em forma de crescente lunar com 13 chanfros.

Existem histórias remontadas também pela mitologia nórdica. Na primeira delas, conta-se que houve um banquete e 12 deuses foram convidados. Loki, espírito do mal e da discórdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga que terminou com a morte de Balder, o favorito dos deuses. Há também quem acredite que convidar 13 pessoas para um jantar é uma desgraça, simplesmente porque os conjuntos de mesa são constituídos, regra geral, por 12 copos, 12 talheres e 12 pratos.

Segundo outra versão, a deusa do amor e da beleza era Friga (que deu origem a frigadag, sexta-feira). Quando as tribos nórdicas e alemãs se converteram ao cristianismo, Friga foi transformada em bruxa. Como vingança, ela passou a se reunir todas as sextas com outras 11 bruxas e o demônio, os 13 ficavam rogando pragas aos humanos. Da Escandinava a superstição espalhou-se pela Europa.[4]

Com relação à sexta-feira, diversas culturas a consideram como dia de mau agouro:

Na tradição judaica o grande dilúvio aconteceu na sexta-feira[5].
A morte de Cristo aconteceu numa sexta-feira conhecida como Sexta-Feira da Paixão.
Marinheiros ingleses não gostam de zarpar seus navios à sexta-feira.[6]
No cristianismo é relatado um evento de má sorte em 13 de Outubro de 1307, sexta-feira, quando a Ordem dos Templários foi declarada ilegal pelo rei Filipe IV de França. Os seus membros foram presos simultaneamente em todo o país e alguns torturados e, mais tarde, executados por heresia.

Outra possibilidade para esta crença está presente na ideia de que Jesus Cristo foi morto numa sexta-feira 13, embora o dia provavelmente tenha sido 1º de abril. Uma vez que a Páscoa judaica é celebrada no dia 14 do mês de Nissan, este tendo sido o dia da morte de Jesus Cristo de acordo com o calendário hebraico, a morte de Jesus varia de acordo com esse calendário podendo variar de ano e ano sempre estando entre os meses de março ou abril.

Recorde-se ainda que na Santa Ceia sentaram-se à mesa treze pessoas, sendo que duas delas, Jesus e Judas Iscariotes, apesar do último não ter participado de toda a celebração, morreram em seguida, por mortes trágicas. Jesus executado no madeiro e Judas por suicídio. O número 13 costumava ser considerado uma ligação com Deus[8], daí a quantidade de membros presentes na Santa Ceia.

Note-se também que, no Tarô, a carta de número 13 representa a Morte.

Delegado instaura inquérito e identifica autores de agressão em balada de Santos

Festa Country – Instituto Neymar Jr.

Sextou em Praia Grande

Nadadores juvenis disputam o Campeonato Paulista

Time da Cidade compete no interior do Estado
28/6/2018

De sexta-feira a domingo (29 a 1º), a partir das 9 horas, na piscina olímpica (50 metros) da Arena da Associação Bauruense de Desportos Aquáticos (ABDA), em Bauru, o selecionado de Praia Grande (Secretaria de Esportes e Lazer – SEEL –, Natação Praia Grande e Associação de Pais e Amigos – APADELP) compete no Campeonato Paulista de Natação de Inverno, categoria juvenil 1 e 2 (15 e 16 anos) – 6º Troféu João Sazaki, evento regido pela Federação Aquática Paulista (FAP) com chancela da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA). 

Sob comando técnico do professor Régis dos Anjos Aguiar, representam a Cidade na juvenil 1, os nadadores Guilherme Silva Serrano (nas provas de 100 metros livres, 400 medley, 100 e 200 peito), Luan Alves Jekabson (100 e 200 borboleta, 200 e 400 medley) e Gabrielle da Cunha de Souza e Silva (100 borboleta, 200 medley, 100 e 200 peito).

Os atletas de Praia Grande treinam na piscina municipal (Avenida Presidente Castelo Branco s/nº, Bairro Mirim). Na Cidade, o esporte competitivo é conduzido pela Secretaria de Esportes e Lazer (SEEL). Há ainda escolinha municipal através do programa SuperEscola, mantido pela Secretaria de Educação (Seduc). 

Dados – Em 2017, a equipe de Praia Grande não participou do evento estadual. Em 2016, na juvenil 1, Isabela Silva de Carvalho terminou em oitavo lugar nos 200 metros borboleta, em 13º nos 100 borboleta e em 19º nos 200 medley. João Roberto Archiolli Marques foi 12º colocado nos 100 peito e 28º nos 100 livres. Na juvenil 2, João Vitor Xavier Nogueira encerrou na 13ª posição nos 200 medley, 18ª nos 200 livres, 24ª nos 100 livres e 26ª nos 100 borboleta. 

Em 2015, dois nadadores da Cidade foram os melhores da Região da Baixada Santista nas respectivas provas que disputaram no Paulistão de Inverno. Na juvenil 2, Daniela Luís Queiros dos Santos terminou em 11º lugar nos 800 livres; e em 17º lugar nos 400 livres. Na juvenil 1, João Vitor Xavier Nogueira foi 10º colocado nos 200 medley; e 17º nos 400 medley. João disputou ainda outras duas provas nas quais não foi o melhor da Região. Nos 100 costas, ele encerrou na 13ª posição e nos 100 borboleta na 23ª. 

Em 2014, o grupo municipal não participou do evento. Em 2013, na juvenil 1, Roberta Pessoa de Mello terminou em sétimo lugar nos 100 e 200 borboleta. Foi ainda, 15ª colocada nos 200 livres. João Paulo Rinaldi Luna acabou em 16º lugar nos 100 borboleta, 19º nos 200 livres, 23º nos 200 medley e 31º nos 100 livres. Na juvenil 2, Luana Maria Miranda de Oliveira encerrou na 16ª posição nos 100 livres e 18ª nos 50 livres.

Municipal de Futebol da 2ª Divisão tem 10 jogos em nova rodada

Competição reúne 20 agremiações da Cidade
28/6/2018

Neste domingo (1º), a partir das 11 horas, nos Campos da Cidade, ocorre a quarta rodada do Campeonato Municipal de Futebol, série B (segunda divisão), categoria masculina adulta. A competição, que reúne 20 times da Cidade e mais de 350 jogadores, é regida pela Liga de Futebol Amador de Praia Grande (LFAPG) conta com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL).

Confira todos os resultados da terceira rodada: na chave A, Vila Sônia 3 x 2 Parquestão, Nós Por Nós 2 x 1 Veneno, Oriental 1 x 0 Cruz de Malta, Atlético Melvi 1 x 0 Corinthians Vila São Jorge e Brasa 1 x 1 Malaga; na B, Caieiras 4 x 0 Unidos, Botafogo 3 x 0 Bahia Litoral, Fúria 2 x 0 Treze de Maio, Palmeirinhas 3 x 2 Cristal Etanol e Unidos 0 x 0 Jardim Quietude. Na classificação parcial, a turma do Nós por Nós lidera a chave A com nove pontos e a do Caieiras comanda a B com sete. A pontuação completa da competição pode ser obtida no site da Liga: www.lfapg.com.br.

Dados – Na primeira fase, as equipes jogam todas contra todas dentro de cada grupo (A e B), em turno único, qualificando-se as quatro primeiras posicionadas, de cada chave, para a fase quartas de final (oito melhores). A partir daí, os confrontos ocorrem em sistema de eliminatória simples (quem perde está eliminado), no qual duelam o 1º posicionado da chave A x 4ºB, 2ºA x 3ºB, 3ºA x 2ºB, 4ºA x 1ºB. As duas últimas colocadas de cada chave, serão rebaixadas para a série C (terceira divisão).

No grupo A, duelam as equipes do Esporte Clube Oriental (Bairro Forte), Brasa Futebol Clube (Caiçara), Nós Por Nós Futebol Clube (Real), Corinthians Futebol Clube de Vila São Jorge (Ocian), Parquestão Futebol Clube (Samambaia), Esporte Clube Vila Sônia (Vila Sônia), Veneno Esporte Clube (Mirim), Málaga Futebol Clube (Mirim), Esporte Clube Cruz de Malta (Melvi) e Atlético Melvi Futebol Clube (Melvi).

No B, jogam os times do Esporte Clube Cristal Etanol (Samambaia), Grêmio Esportivo Jardim Quietude (Quietude), Unidos Futebol Clube (Tupi), Caieiras Futebol Clube (Caieiras), Fúria Futebol Clube (Canto do Forte), Botafogo Futebol Clube (Antártica), Palmeirinhas Esporte Clube (Antártica), Bahia Litoral Futebol Clube (Caieiras), Treze de Maio Futebol Clube (Sítio do Campo) e Vasquinho Futebol Clube (Mirim). 

Retrospecto – Em, 2017, o selecionado do Ilha do Caieiras Futebol Clube sagrou-se campeão do Municipal de Futebol, série B. Na decisão, a turma do Bairro Caieiras venceu nos pênaltis, por 5 a 4 (após empate de 0 a 0 no tempo regulamentar), a equipe do Clube Atlético Três Cores (Mirim). Em 2016, o SESC Futebol Clube (Sítio do Campo) sagrou-se vencedor. Na final, venceu nos pênaltis, por 5 a 4 (após empate de 1 a 1), o Clube Águia de Ouro (Aviação). 

Na temporada 2014/2015, de forma invicta, a equipe dos Amigos da Vila Futebol Clube (Vila Sônia) ficou com a medalha de ouro. Na decisão, ganhou nos pênaltis, por 3 a 1 (após empate de 0 a 0), do Unidos Futebol Clube (Tupi). Em 2013, o Esporte Clube Centro Social de Ação Comunitária/CESAC sagrou-se campeão. Na decisão, ganhou, por 1 a 0, do Juventus Futebol Clube (Tupi). Em 2012, deu Vasquinho Futebol Clube. Em 2011, a equipe do Esporte Clube Oriental sagrou-se campeã. Em 2010, a turma do Vasquinho ficou com o título. Em 2009, a equipe do Veneno conquistou o ouro. Em 2008, vitória para o grupo do Palmeiras Esporte Clube. 

Programação – Confira as partidas programadas para a quarta rodada:

Campo do Cristal (Avenida das Castanheiras, 266, Bairro Samambaia)
11 horas – Cristal Etanol x Vasquinho

Campo do Palmeirinhas Esporte Clube (Rua João Batista Siqueira, 11.380, Bairro Antártica)
11 horas – Malaga x Parquestão
13 horas – Palmeirinhas x Bahia Litoral

Campo do Unidos Futebol Clube (Rua Orivaldo Augusto Oliveira, 26.466, Bairro Tupi)
13 horas – Oriental x Corinthians Vila São Jorge

Campo do Melvi (Rua Milton de Oliveira, s/n, Bairro Melvi – atrás da caixa d’água da Sabesp)
13 horas – Cruz de Malta x Nós Por Nós 

Campo do Solemar (Rua Adriano dos Santos, s/nº, Bairro Cidade da Criança)
13 horas – Brasa x Vila Sônia

Campo do Galo de Ouro (Rua José Borges Neto, Bairro Mirim)
13 horas – Atlético Melvi x Veneno
15 horas – Jardim Quietude x Botafogo

Campo anexo ao Ginásio Magic Paula (esquina da Avenida dos Trabalhadores com a Rua Leila Maria de Barros Monteiro, s/nº, Bairro Antártica)
15 horas – Fúria x Unidos

Campo do Atlético Clube de Praia Grande (Avenida Irmãos Adorno s/nº, Bairro Sítio do Campo)
15 horas – Treze de Maio x Caieiras.

Santos participa da “maior aula de natação do mundo

Homens ainda resistem a fazer exames preventivos

Carro pega fogo na Aviação, em Praia Grande

Entrega de 28 viaturas para a GCM de Praia Grande

Bóia gigante aparece em Mongaguá

Praia Grande realiza atividades de paratletismo

Evento movimenta pista do Bairro Sítio do Campo
28/6/2018

A equipe de iniciação e treinamento competitivo de atletismo para pessoas com deficiência (PcD) de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) realizou, juntamente com outras entidades da Cidade, atividades esportivas voltadas para a inclusão social, troca de informações e desenvolvimento do paratletismo. A iniciativa ocorreu na última sexta-feira (22), na pista municipal localizada no Bairro Sítio do Campo.

A iniciativa visou ainda, fortalecer o trabalho realizado na Cidade com relação aos PcDs, estimulando atividades multidisciplinares e a prática da atividade física paradesportiva. Participaram atletas que representam a Cidade em competições oficiais, integrantes do Centro Especializado em Reabilitação (CER) – Programa de Desenvolvimento Inclusivo CER-SOL, e da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Praia Grande.

“Nossos paratletas demonstraram as habilidades nas provas de paratletismo com auxílio da técnica Mariam Mian. Conseguimos fazer uma atividade descontraída e que proporcionou uma troca muito grande de conhecimento entre todos os presentes: técnicos pedagógicos desportivos, assistentes sociais, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, psicólogos e fonoaudiólogos”, informou a professora da equipe de competição de Praia Grande Daniela Eiko Itani.

Polo – A Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) de Praia Grande oferta gratuitamente aos munícipes polo para iniciação e treinamento competitivo de atletismo para pessoas com deficiência (PcD). Para participar, basta o interessado comparecer ao local das aulas, com documento de identidade (de preferência com foto), autorização do responsável (se for menor de idade) e comprovante de escolaridade.

Se possível, também apresentar atestado médico que permita a prática de atividade física. Há ainda, ficha cadastral a ser preenchida no local de treino. As aulas ocorrem de segundas as sextas-feiras, das 8 às 17 horas, na Pista Municipal (Rua José Bonifácio, 400, Bairro Sítio do Campo), com orientação das professoras Daniela Eiko Itani e Mariam Mian. Em caso de turmas cheias (quando não houver mais vagas momentâneas), os interessados irão integrar lista de espera.

Equipe de taekwondo disputa Brazil Games

Time da Cidade compete no final de semana (30 e 1º)
28/6/2018

Neste sábado e domingo (30 e 1º), a partir das 9 horas, no Ginásio do Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo, na Capital, a equipe de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) participa do 48º Festival Brasileiro de Taekwondo (Brazilian Festival) – Brazil Games, evento regido pela Confederação Brasileira (CBTKD) com apoio da Federação do Estado de São Paulo (Fetesp), Kukkiwon e Academia Liberdade.

Sob comando do professor Henrique Manaroulas, 16 atletas competem pela Cidade: na infantil (9 a 11 anos), André Luiz Gonçalves Iglesias e Henrique Maestre Cortez; na cadete (12 a 14), Leticia Teixeira da Silva Gaspar, Nicolle Sodario Torquato, Murilo Santos Vieira, Luís Gustavo Teixeira Silva e Washington Santos Romão; na sub-17 (15 a 17), Gustavo Campoi de Souza, Lucas Silva Shaefer, André Luiz Silva dos Santos, Catherine Luiza de Jesus Silva e Giovanna Cunha Freitas; na adulta (18 a 30), Wilson dos Santos Júnior, Marcelo Espírito Santo Filho, Paulo Alexandre Teixeira Araújo e Daniel Lima Ribeiro.

Há torneios de kyorugui (luta) e poom-se (exibição de movimentos no qual avalia-se a perfeição dos golpes). A disputa envolve atletas das categorias mirim (até 8 anos), infantil (9 a 12), júnior (13 a 17), adulto (18 a 30) e sênior (mais de 31). Existe ainda divisão por peso e em gubs (faixas): amarela (8º gub); amarela ponta-verde (7º); verde (6º); verde ponta-azul (5º); azul (4º); azul ponta-vermelha (3º); vermelha (2º); e vermelha ponta-preta (1º). Os atletas faixas pretas são separados por dan (graduação).

Polo – A SEEL oferece gratuitamente aos munícipes polos de iniciação e treinamento competitivo de taekwondo. As atividades ocorrem de segundas as sextas-feiras e atendem meninos e meninas a partir dos 8 anos. Para participar, basta o interessado comparecer ao local das aulas, com documento de identidade (de preferência com foto), autorização do responsável (se for menor de idade) e comprovante de escolaridade. Se possível, também apresentar atestado médico que permita a prática de atividade física. Há ainda, ficha cadastral a ser preenchida no local de treino.

Os treinos de taekowndo ocorrem as segundas, quartas e sextas-feiras, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas, no Ginásio da SEEL (Avenida Ministro Marcos Freire, 33579, Bairro Tupiry – entrada pela Rua João Balbino Corrêa, s/nº). As terças e quintas-feiras, acontecem das 9 às 12 horas, no Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180); e das 14 às 17 horas, na Pista municipal de Atletismo (Rua José Bonifácio, 400, Bairro Sítio do Campo). Os ensinamentos são conduzidos pelo professor Henrique Manaroulas.

Confira todas as informações:

Local 1: Ginásio da SEEL (Avenida Ministro Marcos Freire, 33579, Bairro Tupiry – entrada pela Rua João Balbino Corrêa, s/nº)
Horário: 2ª, 4ª e 6ª feiras – das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas

Local 2: Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180)
Horário: 3ª e 5ª feiras – das 9 às 12 horas 

Local3: Pista municipal de Atletismo (Rua José Bonifácio, 400, Bairro Sítio do Campo)
Horário: 3ª e 5ª feiras – das 14 às 17 horas.

Confira a agenda esportiva do fim de semana

Destaques para jogos de futebol, futsal e vôlei
28/6/2018

A programação esportiva de Praia Grande neste fim de semana (30 e 1º) destaca no sábado, no Campo anexo ao Ginásio Magic Paula, duelos da Copa São Paulo de Futebol; no Ginásio Rodrigão, partidas do Campeonato Estadual de Futsal Masculino Iniciação; no Ginásio Mirins III, jogos do Campeonato Estadual do Sindiclube de Vôlei Feminino.

No domingo, chamam a atenção, nos Campos dos Bairros Antártica, Cidade da Criança, Melvi, Mirim, Samambaia, Sítio do Campo e Tupi, confrontos válidos pela primeira e segunda divisões do Campeonato Praia-Grandense de Futebol Masculino. Entram em ação ainda, atletas das equipes municipais de basquete, canoagem, jiu-jitsu, judô, natação e taekwondo.

Os times locais são frutos de parceria entre as Secretarias de Esportes e Lazer (SEEL) e Educação (Seduc) e contam com apoio das Ligas Municipais sediadas na Fábrica do Esporte Mestre Yoshihide Shinzato (Bairro Boqueirão). A entrada é gratuita nos eventos realizados na Cidade. Confira na íntegra a programação local:

Sábado (30)
4ª rodada da 34ª Copa São Paulo de Futebol Masculino sub-15 e sub-17
Campo anexo ao Ginásio Magic Paula (esquina da Avenida dos Trabalhadores com a Rua Leila Maria de Barros Monteiro, s/nº, Bairro Antártica), em Praia Grande
9 horas – Praia Grande x Grêmio Recreativo Cultural Social Escola de Samba Unidos de Vila Maria de São Paulo

10ª rodada do Campeonato Estadual de Futsal Iniciação, série A-1, Masculino sub-8, sub-9 e sub-10
Ginásio Rodrigão (Avenida Presidente Kennedy, 8169, Bairro Tupi), em Praia Grande
9 horas – Praia Grande x Associação Esportiva e Cultural Incríveis

1ª etapa do Campeonato Paulista de Canoagem Oceânica
9 horas – Praia Deserta, em São Sebastião

48º Festival Brasileiro de Taekwondo
9 horas – Ginásio do Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo, na Capital

Campeonato Paulista de Natação Juvenil de Inverno – 6º Troféu João Sazaki
9 horas – piscina olímpica da Arena da Associação Bauruense de Desportos Aquáticos (ABDA), em Bauru

Campeonato Paulista de Judô Sênior
9 horas – Ginásio Antônio Baldusco, em Itapecerica da Serra

Campeonato Aberto Profissional de Jiu-Jitsu
9 horas – Ginásio José Corrêa, em Barueri

Campeonato Estadual de Vôlei Feminino promovido pela Sindicato dos Clubes do Estado de São Paulo
Ginásio Mirins III (Avenida Maurício José Cardoso, 1340, Bairro Forte), em Praia Grande
11 horas – adulta – Praia Grande x Clube Atlético Aramaçan de Santo André
12h30 – infantil – Praia Grande x Ribeirão Pires Futebol Clube

Campeonato Estadual de Basquete Masculino sub-19 promovido pela Liga Paulista de Basquete
Ginásio Duque de Caxias (Tejereba), em Guarujá
13 horas – Praia Grande x Guarujá

Domingo (1º)
48º Festival Brasileiro de Taekwondo
9 horas – Ginásio do Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo, na Capital

Campeonato Paulista de Natação Juvenil de Inverno – 6º Troféu João Sazaki
9 horas – piscina olímpica da Arena da Associação Bauruense de Desportos Aquáticos (ABDA), em Bauru

4ª rodada do Campeonato Municipal de Futebol Masculino Adulto 1ª e 2ª Divisões 
Campo do Melvi (Rua Milton de Oliveira, s/n, Bairro Melvi – atrás da caixa d’água da Sabesp)
11 horas – 1ª divisão – Galo de Ouro x Folha Verde
13 horas – 2ª divisão – Cruz de Malta x Nós Por Nós 

Campo do Solemar (Rua Adriano dos Santos, s/nº, Bairro Cidade da Criança)
11 horas – 1ª divisão – Solemar x Vila Mirim
13 horas – 2ª divisão – Brasa x Vila Sônia

Campo do Cristal (Avenida das Castanheiras, 266, Bairro Samambaia)
11 horas – 2ª divisão – Cristal Etanol x Vasquinho
13 horas – 1ª divisão – Poty x Águia de Ouro

Campo do Palmeirinhas Esporte Clube (Rua João Batista Siqueira, 11.380, Bairro Antártica)
11 horas – 2ª divisão – Malaga x Parquestão
13 horas – 2ª divisão – Palmeirinhas x Bahia Litoral

Campo do Unidos Futebol Clube (Rua Orivaldo Augusto Oliveira, 26.466, Bairro Tupi)
11 horas – 1ª divisão – Metropolitano x Ilha do Caieiras
13 horas – 2ª divisão – Oriental x Corinthians Vila São Jorge

Campo do Galo de Ouro (Rua José Borges Neto, Bairro Mirim)
11 horas – 1ª divisão – Parma x Três Cores
13 horas – 2ª divisão – Atlético Melvi x Veneno
15 horas – 2ª divisão – Jardim Quietude x Botafogo

Campo do Atlético Clube de Praia Grande (Avenida Irmãos Adorno s/nº, Bairro Sítio do Campo)
11 horas – 1ª divisão – SESC x Estrela do Norte
13 horas – 1ª divisão – América x Caiçara
15 horas – 2ª divisão – Treze de Maio x Caieiras

Campo anexo ao Ginásio Magic Paula (esquina da Avenida dos Trabalhadores com a Rua Leila Maria de Barros Monteiro, s/nº, Bairro Antártica)
11 horas – 1ª divisão – Atlântico x Ajax
13 horas – 1ª divisão – Amigos da Vila Sônia x Liberdade
15 horas – 2ª divisão – Fúria x Unidos.

Preços nos pedágios vão sofrer aumento

%d blogueiros gostam disto: