Região da Baixada Santista tem redução de homicídios e latrocínios em abril

No mês, também houve queda de estupros, roubos em geral e de veículos

A região da Baixada Santista fechou o mês de abril deste ano com reduções nos casos e vítimas de homicídios e latrocínios, além de diminuição nas ocorrências de roubos em geral e de veículo, estupros e furtos de veículo.

O total de homicídios caiu 43,8% no mês, passando de 16 para nove – sete casos a menos em relação a abril de 2018. É o menor número da série histórica, iniciada em 2001.

As vítimas de homicídio recuaram 50% no mês, com nove ocorrências a menos. O número passou de 18 para nove. É também o menor número da série histórica.

Os casos e vítimas de latrocínios tiveram redução de 33,3% em abril (de três para dois).

Os estupros caíram 30% no mês. Em abril de 2018, foram contabilizados 50 casos, ante 35 em igual mês deste ano.

Roubos e furtos

Os roubos em geral diminuíram 15,1%. Foram 1.427 em abril do ano passado e 1.211 em igual mês deste ano – 216 casos a menos.  

É o menor número desde 2008.

Os casos de roubos de veículos apresentaram redução de 37% – de 165 para 104 – 61 a menos no quarto mês deste ano. É o menor número desde 2003.

Os roubos a banco permaneceram zerados em abril. Os roubos de carga tiveram alta de 6,7% no mês. O total passou de 45 para 48 – três casos a mais.

Os furtos de veículos caíram 31%, passando de 339 para 234, ou seja, 105 a menos em abril. É o menor número da série histórica.

Os furtos em geral aumentaram 17,5% no quarto mês de 2019 (de 2.150 para 2.526) ante o mesmo período em 2018.

As extorsões mediante sequestro permaneceram zeradas em abril, assim como em igual período do ano passado.

Produtividade policial

O trabalho realizado pelas três polícias resultou em 956 prisões realizadas ao longo do mês. No mesmo período, 95 armas de fogos foram retiradas das ruas e 184 flagrantes de tráfico de drogas foram registrados.

Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública

Seu comentário é importante!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close