Vale Alimentação dos servidores públicos de Praia Grande terá reajuste de 16,67%


Além do aumento do valor, faixas de desconto também foram alteradas

O Vale Alimentação dos servidores públicos de Praia Grande terá um reajuste de 16,67%, passando de R$ 300,00 para R$ 350,00. Além disso, a faixa de remuneração para desconto do benefício também foi alterada. Na última semana foi aprovado o reajuste de 5,5% nos vencimentos dos servidores já para o pagamento deste mês. Os valores de reajuste, tanto do vale alimentação como do salário, ficam acima do índice de inflação acumulada nos últimos 12 meses, que foi de 4,94%.

Atualmente, a Prefeitura de Praia Grande conta com cerca de 12 mil servidores ativos, 1.200 aposentados e 400 pensionistas. A faixa de remuneração para isenção e desconto do valor do benefício também foi elevada: servidores com remuneração até R$ 2.500,00 ficarão isentos do pagamento; já funcionários com salário de R$ 2.500,01 a R$ 3.100,00 terão desconto de 50% do valor. Com a mudança de faixa, cerca de 500 funcionários passarão a ter o benefício. No total, serão 10 mil funcionários beneficiados, sendo cerca de 8.800 isentos de pagamento, 700 pagando 50% do valor e 400 integral. Somados, os reajustes do salário e do vale alimentação impactarão em quase R$ 27 milhões nos cofres públicos em 2019.

De acordo com o prefeito, para se chegar ao valor do reajuste é realizado profundo estudo pelos técnicos. Na época da elaboração do orçamento o País estava em período pré-eleitoral com expectativa de inflação menor e no orçamento foi prevista a reposição salarial de 4,50%. “A Prefeitura faz o que pode, não o que quer. Temos que respeitar o limite prudencial estabelecido. Temos um cenário econômico que precisa ser observado e devemos continuar honrando com o compromisso do pagamento em dia dos funcionários, inclusive das verbas rescisórias, e dos fornecedores”.

O chefe do Executivo Municipal explicou ainda que é preciso ter uma visão sistêmica da Administração e, de forma integrada e consciente, realizar medidas que possibilitem melhorias ao funcionalismo municipal.

“Minha responsabilidade é conter despesas para poder manter a capacidade de investimento da Prefeitura, mas ela não se confunde com a capacidade de gastos com folha. Temos que, por exemplo, reduzir o índice de faltas no trabalho sem a devida justificativa, porque isso exige todo um remanejamento de pessoal e orçamento. Quando se tem ações deste tipo não conseguimos fazer outras medidas como implantar planos de carreiras para algumas áreas, que é algo que almejo muito realizar. É preciso reivindicações legítimas, factíveis, visando os funcionários e também dando um retorno à sociedade, que espera que continuemos cumprindo com qualidade a oferta de serviços”.

Sindicato – Na última segunda-feira (20) ocorreu reunião com chefe do Executivo Municipal, responsáveis pelas Subscretarias de Gestão de Pessoas, de Planejamento e Controle Orçamentário, vereador e líder do governo na Câmara Municipal, Eduardo Xavier e o presidente e diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Municipais da Estância Balneária de Praia Grande visando estreitar o relacionamento entre a Administração Municipal e os representantes dos servidores, além de discutir reivindicações.

Para o presidente do Sindicato, Adriano Roberto Lopes da Silva, ’Pixoxó, a reunião foi esclarecedora. “Foi um encontro muito produtivo. O prefeito nos atendeu muito bem e tivemos discussão saudável sobre diversos assuntos. A equipe técnica da Prefeitura foi colocada à disposição para nos atender e dialogar sobre as condições de trabalho de cada secretaria e suas reivindicações”.

Seu comentário é importante!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close