Praia Grande é única cidade da região incluída nas boas práticas sustentáveis da União e da ONU


Resultado foi divulgado durante reunião do Condema, na Casa dos Conselhos, no Bairro Tupi

Praia Grande foi a única cidade da região incluída pelo Ministério do Meio Ambiente e pela Organizações das Nações Unidas (ONU) no Programa Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P). Isto significa que a Cidade tem boas práticas sustentáveis em relação ao meio ambiente.

O resultado foi divulgado pela bióloga e especialista em Gestão Ambiental dos Munícipios, da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) de Praia Grande, Elaine dos Santos Rovatti, durante a reunião do Conselho de Defesa do Meio Ambiente (Condema), no quarta-feira (27), na Casa dos Conselhos, no Bairro Tupi.

O Programa A3P tem como meta apresentar as boas práticas realizadas pelos municípios brasileiros e está incluso nas ações afirmativas da ONU denominada Agenda 2030, que visa o desenvolvimento sustentável para transformar o mundo e o Brasil é um dos países que faz parte do projeto.

A A3P é um programa do Ministério do Meio Ambiente que tem por objetivo estimular os órgãos públicos a implementarem as práticas de sustentabilidade. A adesão do programa demonstra a preocupação do órgão em obter eficiência na atividade pública enquanto promove preservação do meio ambiente. A adesão da A3P demonstra a preocupação do órgão em obter eficiência na Segundo as diretrizes instituídas pelo programa, o órgão público protege a natureza e, em consequência, consegue reduzir seus gastos.

Elaine Rovati explicou que devido ao curto espaço de tempo só foram enviados sete programas e desses cinco foram escolhidos para serem apresentados no site da Programa Agenda Ambiental na Administração Pública (http://a3p.eco.br). “Praia Grande tem mais de 100 ações de sustentabilidade que deverão ser transformadas em programa nos próximos meses, a fim de promover os projetos para que outros municípios conheçam e possam se inspirar”.

O presidente do Condema, Israel Lucas Evangelista, conversou com os participantes da reunião e explicou a importância da Cidade está incluída no programa de boas práticas, que promove tanto a visibilidade nacional como internacional.

“Na Baixada Santista, Praia Grande, é a cidade que está fazendo a lição de casa devido as iniciativas desenvolvidas nos últimos anos pela Administração como a implementação de ecopontos, gestão de resíduos sólidos da construção civil, entre outros programas implantados”, ressalta Evangelista.

Dentre os escolhidos para representar Praia Grande A3P estão:

1- O uso racional da água: reutilização de águas pluviais por cisternas;
2- O uso racional da energia e eficiência energética: substituição das lâmpadas fluorescentes pelas lâmpadas de LED nas escolas municipais;
3- Gestão de resíduos sólidos: boas práticas sobre resíduos da construção civil;
4- A qualidade de vida dos servidores: Bicicleta amiga;
5- Mobilidade e transporte: substituição de combustíveis fósseis por renováveis ou o incentive à locomoção coletiva ou não motorizada.

Sede – A Casa dos Conselhos tem como objetivo integrar diversos públicos e promover a cidadania entre os moradores de diferentes faixas etárias. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30. O equipamento municipal está instalado dentro do Vivência Tupi, onde também funcionam a Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve), e os programas SuperEscola e o Conviver.

O que é A3P?


A Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) é um programa do Ministério do Meio Ambiente que objetiva estimular os órgãos públicos do país a implementarem práticas de sustentabilidade. A adoção da A3P demonstra a preocupação do órgão em obter eficiência na atividade pública enquanto promove a preservação do meio ambiente. Ao seguir as diretrizes estabelecidas pela Agenda, o órgão público protege a natureza e, em consequência, consegue reduzir seus gastos.

O Programa A3P se destina aos órgãos públicos das três instâncias: federal, estadual e municipal; e aos três poderes da República: executivo, legislativo e judiciário. É uma agenda voluntária – não existe norma impondo e tampouco sanção para quem não segue as suas diretrizes. Mas a adesão ao Programa é cada vez maior por dois motivos:

  1. Adotar uma agenda ambiental no órgão é uma exigência dos tempos modernos, quando a população do planeta se vê diante de uma crise provocada pelas mudanças climáticas e o aquecimento global. O que fazer para evitar que a catástrofe anunciada seja maior ainda? Usar de forma racional os recursos naturais.
  2. A sociedade exige da administração pública a implementação de práticas que tenham como princípio a sustentabilidade do planeta, que são as diretrizes da A3P.

A maior parte dos órgãos públicos já adota procedimentos considerados sustentáveis. Em diversas instituições, a coleta seletiva, por exemplo, é uma prática comum; em algumas foi adotado sistema para evitar o desperdício de água; outras estabeleceram que toda licitação será dentro de critérios de sustentabilidade. O que o Programa A3P fez foi sistematizar em eixos temáticos aquilo que é fundamental para um projeto de sustentabilidade, hoje disperso em diversos órgãos. São seis eixos: Uso dos recursos naturais; Qualidade de vida no ambiente de trabalho; Sensibilização dos servidores para a sustentabilidade; Compras sustentáveis; Construções sustentáveis; e Gestão de resíduos sólidos.

A A3P fornece assistência técnica aos seus parceiros de sustentabilidade, os órgãos públicos que implantaram a Agenda. A formalização da parceria entre o MMA e o órgão público se dá pela assinatura de documento intitulado Termo de Adesão – a burocracia é mínima e o processo dura em média dois meses.

O Programa A3P integra o Departamento de Produção e Consumo Sustentáveis (DPCS), que, por sua vez, faz parte da Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental (SAIC) do Ministério do Meio Ambiente. Para saber mais, você também pode consultar nossa lista de respostas para perguntas frequentes.

Seu comentário é importante!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close