SPDM vai abandonar o barco em Praia Grande?

SPDM vai abandonar o barco?

Desde o início, observou-se uma estranha simpatia do prefeito Alberto Mourão por esta SPDM.
Mais tarde, descobriu-se o motivo: a Organização Social era a queridinha de João Dória desde que ele se tornou prefeito de São Paulo.
Mesmo com um histórico altamente comprometedor e ter proposto um valor quase dois milhões acima das demais candidatas para a administração do hospital Irmã Dulce, a OS foi a escolhida na seleção pública, tendo inclusive se utilizado de um expediente evidentemente fraudulento, reduzindo o valor proposto ao mesmo patamar das concorrentes – ato este contestado na justiça pela Fundação do ABC, que se sentiu prejudicada pela manobra, no certame.
Agora, após atrasar o pagamento dos funcionários, apurou-se que a OS estaria querendo abandonar o barco, ou seja, desistir da gestão do hospital devido ao volume de problemas que parece não ter se dado conta na ocasião em que o afã era gerenciar o Complexo Hospitalar a todo custo.
Caso isso realmente ocorra, o prefeito estará em muito maus lençóis, uma vez que terá que manter o atendimento à população já muito comprometido pela falta de medicamentos, materiais como lençóis e demais insumos, além de se deparar com trabalhadores bastante fragilizados e oprimidos, tratados como escravos e enfrentando todo tipo de adversidade e condições precárias de trabalho.
Vou explorar este assunto à exaustão até que o prefeito Mourão se dê conta desta realidade e enxergue a importância que é oferecer uma assistência médica digna à população e não o que se vê, lamentavelmente, no Hospital Municipal Irmã Dulce.

Antonio Cassimiro
Jornalista

Seu comentário é importante!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close