Praia Grande recolhe mais de 740 toneladas de materiais durante a limpeza da orla no Réveillon

Quantidade deste ano foi aproximadamente 20% maior que a do evento passado
2/1/2019
 

A Secretaria de Serviços Urbanos (Sesurb) de Praia Grande realizou esquema especial de limpeza da orla durante a virada do ano 2018/2019. Equipes do setor iniciaram os trabalhos a partir das 2 horas de terça-feira (1º), finalizando a limpeza completa dos 24 km de praia por volta das 10 horas. No total, 740,8 toneladas de materiais foram recolhidas no trecho de faixa de areia e calçadão. No último réveillon, durante a virada de 2017 e 2018, a Sesurb recolheu na limpeza da madrugada 595,9 toneladas. Com isso, a quantidade deste ano foi aproximadamente 20% maior que a do evento passado.

O número deste ano se torna ainda mais expressivo quando comparado aos quatro dias de serviço tradicional, realizado sempre a partir das 19 horas: entre os dias 29 de dezembro e 1º de janeiro (sem contar o trabalho realizado no Réveillon) foram 828,8 toneladas. Ou seja, somente na virada do ano, a quantidade representou 89% do recolhido ao longo de todo feriado prolongado. No total, foram 1.569 toneladas de itens retirados da orla durante o período.

Além da ação na madrugada de 1º de janeiro, o trabalho diário acontece diariamente por equipe de cerca de 300 funcionários e aproximadamente 15 máquinas e 20 caminhões, atuando exclusivamente na limpeza da praia sempre a partir das 19 horas. Pelo menos 80 servidores fazem a limpeza do calçadão, divididos por equipes. Além disso, foram instaladas na orla caçambas de 1.000 litros, com uma distância aproximada de 100 metros entre elas.

Para realizar o trabalho de forma ágil, a manutenção é setorizada e é feita pela Divisão de Limpeza da Orla (Regional 2) no trecho Canto do Forte/Mirim, e pela Divisão de Manutenção de Vias (Regional 4) no restante da praia, no trecho Maracanã/Solemar. As equipes são divididas em três: a de limpeza do calçadão, a que realiza o serviço na faixa de areia e funcionários que trabalham no apoio do serviço (entre setores administrativos, motoristas, ajudantes de caminhão e coletores de lixo recolhidos na orla).

O secretário de Serviços Urbanos, Katsu Yonamine, lembrou que a Cidade costuma receber muitos turistas no verão e a praia é, sem dúvida, um dos destinos mais procurados, por isso a necessidade da intensificação da limpeza. “A Prefeitura faz a parte dela, mas é preciso que as pessoas se conscientizem e que não descartem o lixo fora das lixeiras. Uma garrafa quebrada, por exemplo, tem seus cacos misturados à areia e torna-se uma armadilha quase invisível para todos, principalmente crianças”.

Seu comentário é importante!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close