• +55 13 99615 8477
  • vendas@euamopg.com

Lousas digitais: ferramenta de ensino em Praia Grande vira referência no estado de SP

Lousas digitais: ferramenta de ensino em Praia Grande vira referência no estado de SP

Representante da cidade de Cotia esteve no litoral para conhecer tecnologia
7/11/2018
 

Exemplo a ser seguido. Os investimentos em tecnologias voltadas para o ensino nas unidades da rede municipal praia-grandense, cada vez mais, servem como referência para outras cidades do estado de São Paulo. Nesta terça-feira (6), o secretário adjunto de Educação de Cotia, Luciano Correa, esteve na EM Governador Orestes Quércia, Bairro Mirim, para conhecer as lousas digitais. As 774 salas de aulas das 76 escolas de Praia Grande contam com o equipamento. 

Recepcionado pelo diretor do Departamento de Programas de Inclusão Digital da Secretaria de Educação (Seduc), Rafael Turlão, Correa visitou o laboratório de informática da EM Orestes Quércia. Durante o encontro, o representante de Cotia obteve todas as informações relacionadas as lousas digitais. Turlão explicou como foi o início com o projeto piloto até chegar ao patamar de todas as salas de aula da rede contar com o equipamento. 

Além dos equipamentos que substituíram o antigo quadro negro, o secretário adjunto de Educação também conheceu os computadores disponíveis no laboratório de informática e os tablets. De acordo com Correa, em Cotia já conta com cerca de 70 lousas digitais. “No nosso caso é por meio de comodato. Então viemos aprender com Praia Grande qual a melhor forma de adquirir os equipamentos, afinal de contas, a Cidade virou referência no assunto”, enfatizou. 

Correa destacou ainda que vinda dele para conhecer os equipamentos foi a pedido do prefeito de Cotia, Rogério Cardoso Franco. “Ele esteve aqui em Praia Grande e solicitou que a gente entrasse em contato para ver como funciona a estrutura existente aqui. Fico feliz de ver que Praia Grande está bem avançada do que tenho acompanhado no interior de São Paulo sobre tecnologia nas escolas. E o caminho é esse! Aliar o conhecimento dos professores com a questão tecnológica”.

Para o diretor do Departamento de Programas de Inclusão Digital da Secretaria de Educação (Seduc), o fato de outras cidades usarem Praia Grande como referência mostra que a Cidade está no caminho certo. “Isso nos orgulha e incentiva a sempre buscar novas ferramentas de ensino. Até porque a área de tecnologia é muito dinâmica, sempre lança equipamentos mais avançados e precisamos estar atualizados”, destacou. 

Em um toque – Em Praia Grande, cada sala de aula tem um kit composto por uma lousa interativa sensível ao toque (touchscreen), um projetor de imagens e um computador interligado à lousa, possibilitando ao professor criar e apresentar o conteúdo por meio dos equipamentos. Além de chamar a atenção dos alunos, o aparelho amplia os recursos dos docentes com vídeos, músicas, gráficos e jogos didáticos virtuais utilizados como ferramentas para o aprendizado.

Essa nova forma de ensinar teve início em 2012, quando a Secretaria de Educação instalou as lousas digitais em todas as salas de informática das unidades de Ensino Fundamental. Depois, em 2014, a pasta municipal fez a ampliação no número destes equipamentos ao implementá-los em todas as salas de aula de turmas do 1º ao 9º ano e também na Educação de Jovens e Adultos (EJA). Em 2017, a Seduc realizou nova aquisição e levou os aparelhos para as escolas de Educação Infantil.

Praia Grande tem o status de ser uma das poucas cidades no Estado de São Paulo, e até mesmo no País, a trocar todos os antigos quadros negros e gizes por lousas digitais em todas as salas de aula da rede municipal de ensino. “Isso mostra como nosso Município está à frente quando o assunto é educação. Buscamos sempre oferecer as ferramentas ideais para que nossos alunos tenham um ensino de qualidade”, enfatizou a secretária de Educação, Nanci Solano Tavares de Almeida. 

Dados – Com mais de 244 mil habitantes, número de população estimado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para 2018, Cotia conta com 105 escolas municipais e, aproximadamente, 30 mil alunos matriculados. Para atender a essa demanda, a Secretaria de Educação da cidade tem em seu quadro funcional 1800 mil professores e 3 mil educadores de apoio. 

ADM5

Seu comentário é importante!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: