fbpx
  • +55 13 99615 8477
  • vendas@euamopg.com

Técnicos da Agem apresentam ferramenta para acompanhar as políticas públicas da Região em Praia Grande

Técnicos da Agem apresentam ferramenta para acompanhar as políticas públicas da Região em Praia Grande

Trata-se do Sistema de Monitoramento e Avaliação da Baixada Santista
29/8/2018
 

Técnicos da Agência Metropolitana da Baixada Santista (Agem) apresentaram na Prefeitura de Praia Grande os detalhes do Sistema de Monitoramento e Avaliação (Sima). A ferramenta, que, de acordo com a Agem, consolida em um único ambiente informações municipais, estaduais e federais, permite aos seus usuários o acompanhamento das políticas públicas regionais, foi exibida essa semana (27).

O sistema está previsto no Plano Metropolitano de Desenvolvimento Estratégico da Agem, elaborado entre 2011 e 2013, como instrumento para monitoramento dos indicadores da RMBS. Sua criação está em consonância com o Art. 7 da Lei 13089/15 (Estatuto da Metrópole). 

O Sima traz a situação da Baixada Santista dentro de eixos estruturantes (Habitação, Mobilidade, Desenvolvimento Econômico, Saneamento e Políticas Sociais). “Este é um sistema que permitirá monitorar o cumprimento das metas estipuladas nos cinco eixos temáticos. Desta forma, toda revisão de planejamento será feita com base nesses dados e será transparente para a população”, explica a diretora do Departamento de Planejamento e Gestão da Secretaria de Planejamento (Seplan), Eliana Ferreira.

O cronograma de trabalho do Sima consiste nas seguintes etapas: primeiro contato com entidades municipais, estaduais e outras; envio de ofício e
apresentação das necessidades; formalização das parcerias; reunião
No Condesb; nomeação do gestor da informação em cada entidade treinamento
para uso do Sima; definição da forma e períodos de repasse da informação.

“Estamos na fase de visitar os municípios da Baixada Santista para apresentarmos o programa e o processo a ser desenvolvido. Em seguida, teremos encontros com as secretarias estaduais e as concessionárias, depois com as câmaras temáticas e, por fim, as capacitações. A ideia é seguirmos esse cronograma até o meio do ano que vem”, explica a diretora técnica da Agem, Fernanda Meneghelo.

ADM5

Seu comentário é importante!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: