• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Praia Games 2018: sucesso de público e atrações em Praia Grande

Praia Games 2018: sucesso de público e atrações em Praia Grande

Estimativa é de quase 30 mil pessoas estiveram nos três dias de evento

24/7/2018

Investindo cada vez mais para trazer o público amantes dos games e do mundo ’geek’ para um local repleto de atrações, mais uma vez o Praia Games teve seu sucesso comprovado ao longo dos três dias de evento. A estimativa da Secretaria de Cultura e Turismo é que quase 30 mil pessoas estiveram nas mais de 30 horas de evento com competições, concursos, artistas e muita diversão gratuita à população.

Segundo o idealizador do Praia Games, Everton Santos Mendes, nesta edição, além das consagradas competições de futebol, luta e de corrida, os concursos de K-Pop e Cosplays tiveram grande destaque. “Podemos acompanhar uma melhora nas fantasias e apresentações dos cosplayers. O K-Pop, tanto solo como em grupo, foi um sucesso para 2018 e extremamente positivo, sempre com nosso Teatro lotado para as apresentações dessa febre do momento”.

O evento contou com diversas estações livres para os presentes jogarem partidas de futebol, por exemplo, enquanto as competições não começavam. “As estações free to play é algo bem legal que proporciona o acesso às novas realidades para todos os públicos do Praia Games”, complementa Everton.

As artes exclusivas dos artistas Joel Jr. Fragoso, Eduardo Vetillo e Flávio Luiz Nogueira contribuíram para que o público tivesse uma recordação inesquecível da edição atual, assim como o estudante Nycolas de Souza Silva, de 14 anos, que teve no Praia Games a companhia de seu pai. Ele teve a oportunidade de divertir-se e ainda participar de uma exposição de desenhos feita no piso superior do Palácio das Artes. Com apenas um ano de estudo, o jovem desenhou o personagem Aquaman, utilizando o lápis de cor como ferramenta para sua arte, que fez parte do concurso com mais 15 participantes de uma escola de artes.

Os desenhos em caricaturas foram bem procurados pelos visitantes desta edição que poderiam levar uma bela imagem feita pela equipe de profissionais participante do evento. Outra atração adorada foi a possibilidade de encontrar artistas do meio expondo suas artes ou batendo um papo ao longo dos painéis de debates dos mais variados temas do mundo nerd com tatuadores, quadrinistas, ilustradores e desenhistas.

Além de proporcionar entretenimento e interação com as novas tecnologias, o Praia Games também tem seu caráter social: mais de 300 kits de higiene pessoal foram arrecadados no ato das inscrições para as competições e serão entregues futuramente ao Fundo Social de Solidariedade do Município.

Homenagem – O Praia Games realizou nesta edição uma novidade e premiou o publicitário Alexandre Valença Alves Barbosa, o Bar, no último painel com o troféu “Honra ao Mestre 2018”. Nos próximos anos, ele deve ser oferecido a personalidades que contribuem com este universo geek na região. Bar foi professor de universidades na Baixada Santista e realizou diversos trabalhos no fomento cultural, principalmente ligado as histórias em quadrinhos e ilustrações, como o desenvolvimento da saga de Martim Afonso de Souza até o Brasil em quadrinhos.

Vencedores – As disputas nas competições e concursos foram muito acirradas. O Pro Evolution Soccer 2018 teve sua final indo para a prorrogação, com Matheus de Souza Santana sendo o vencedor contra Marcelo de Souza Gomes e levou para casa um videogame de última geração, troféu, camiseta do Praia Games e uma bolsa de estudos.

Na tomada de tempo do Forza Motorsport 7, Eduardo Henrique fez o tempo mais rápido durante os 3 dias de evento e garantiu o prêmio da competição. Murillo Furtado, de 21 anos, ganhou a competição de Just Dance e artigos de informática e tecnologia, além de duas bolsas parciais de patrocinadores do evento. Saulo Pinheiro, de 32 anos, faturou a competição de Dragon Ball FighterZ e recebeu o mesmo que o campeão do PES.

Will Nygma imitando Lumière, do filme A Bela e a Fera, faturou o prêmio em dinheiro de melhor cosplay tradicional. O artista veio de Guarulhos para participar pela primeira vez do Praia Games e disse que gostou da competição realizada. “Achei bem planejada, regras bem desafiadoras e um bom tempo de palco para podermos preparar um numero legal. A maioria dos eventos nos dão apenas 1 minuto e meio (Praia Games ofereceu 3min30 de apresentação) para nos apresentarmos, o que limita, e muito, aos cortes que precisamos fazer e ainda dar sentido para o público na mensagem a ser passada”.

Ele conta que participa de concursos desde 2014, inclusive venceu a Comic Con Experience, por 4 anos consecutivos, e fala um pouco mais dos preparativos da sua fantasia que venceu o Praia Games 2018. “Depois que roupa já se encontra pronta, os acessórios e fios elétricos conectados a ele estão a postos, para me vestir e me maquiar eu levo cerca de 1h30 e às vezes o mesmo tempo para me descaracterizar, afinal minha pele precisa estar toda pintada da mesma cor da vestimenta para dar a ideia de um candelabro feito de ouro por inteiro”, completou.

Na categoria desfile de cosplays, Monique Andrade ganhou como a personagem Erza Scarlet do anime Fairy Tail. Já no K-Pop solo quem venceu foi Nathan na sexta e na apresentação extra do domingo Juan acabou levando a melhor. Na categoria grupo, o TXG ficou com o primeiro lugar do concurso.

Expectativa de público – O idealizador do Praia Games, Everton Santos Mendes, conta que o número de presentes superou a expectativa de 20% de crescimento nos números dos presentes. No ano passado, 20 mil pessoas compareceram durante os dois dias. Em 2018, o número foi de, aproximadamente, 30 mil pessoas: “O nosso público cresce a cada ano e mais uma vez tivemos um ambiente familiar, com encontro de gerações e sem qualquer problema ao longo desses 3 dias. Gostaria de agradecer a cada pessoa que esteve no evento, seja prestigiando ou trabalhando”.

Agora, Everton diz que será feita uma análise dos pontos positivos e negativos a fim de buscar novidades e melhoras para a edição de 2019 em que o Praia Games completará 10 anos. “Sempre quando acaba um Praia Games já começamos a nos preparar. Certamente, o público pode esperar a 10ª edição ainda melhor que a deste ano”, completou.

Administração ∴

Seu comentário é importante!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: