• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Jogos Regionais: Praia Grande é a segunda força da Região há 10 anos

Jogos Regionais: Praia Grande é a segunda força da Região há 10 anos

Delegação municipal é uma força esportiva
4/7/2018

Nos últimos dez anos (2008 a 2017), a delegação de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) terminou como a segunda melhor da Região Metropolitana da Baixada Santista na disputa dos Jogos Regionais do Estado de São Paulo – 1ª Região, evento regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ).

Em 2017, em São Bernardo do Campo, na 61ª edição do evento estadual, o grupo municipal obteve a quinta posição na classificação geral com 205 pontos (entre 31 participantes). Atrás apenas da turma de Santos, que com 254 pontos foi a terceira colocada no geral e a frente de São Vicente com 109 (sétima posicionada), Guarujá com 89 (nona), Cubatão com 65 (11ª), Peruíbe com 60 (12ª), Itanhaém com 40 (15ª), Mongaguá com 21 (17ª) e Bertioga com 19 (18ª).

Naquele ano, além das demais cidades, Praia Grande também superou as novidades do regulamento: as disputas das primeira e segunda divisões – instituídas em 2008 – foram extintas, sendo a competição realizada no sistema “todos contra todos”; o retorno das separações por faixa etária (categorias até sub-21 e idade livre); e a realização inédita dos torneios de badminton e skate.

Retrospecto – No período de disputa da primeira e segunda divisões (2008 a 2016), a delegação de Praia Grande manteve-se como a segunda força esportiva da Baixada Santista, sempre competiu na primeira divisão e jamais foi rebaixada (ficou entre as duas últimas colocadas) para a segunda divisão. Até 2007, os grupos de Cubatão, Guarujá e São Vicente revezavam-se na posição de segunda força esportiva da Região. Com a criação da Secretaria de Esportes, em 2005, Praia Grande mudou o próprio cenário esportivo e, degrau a degrau, foi subindo no desenvolvimento e na evolução dentro da competição estadual.

A cidade de Santos sempre foi a principal força esportiva da Região. Fato justificado não apenas por ser a maior cidade (em território e população) da Baixada Santista, mas também porque possui como diferencial a Fundação Pró-Esporte, entidade com objetivo de arrecadar recursos para o esporte de competição. Praia Grande almeja algo parecido, o desenvolvimento do Fundo do Esporte, para que haja recursos da iniciativa privada investidos na competição.

Administração ∴

%d blogueiros gostam disto: