fbpx
  • +55 13 99615 8477
  • vendas@euamopg.com

Jogos Regionais: Praia Grande busca vagas para os Jogos Abertos

Jogos Regionais: Praia Grande busca vagas para os Jogos Abertos

Delegação local compete na 1ª Região
4/7/2018

A partir desta quarta-feira (21), em Santo André, tem início os torneios dos 62º Jogos Regionais (JR) do Estado de São Paulo – 1ª Região. Nesta disputa, atletas e equipes de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) competem para conquistar vagas visando à participação nos 82º Jogos Abertos do Interior (JAI) Horácio Baby Barioni, que ocorrem de 17 a 29 de setembro, no município de Rio Claro.

Apesar de terem sido extintas as disputas das primeira e segunda divisões nos Regionais, estas continuam valendo para os Jogos Abertos. Então, nos Abertos, competem times na primeira divisão (são os primeiros e segundos colocados dos JAI de 2017, nas 1ª e 2ª divisões, mais os campeões dos Regionais de 2018, por modalidade), na segunda divisão (segundos e terceiros colocados dos Jogos Regionais de 2018) e ainda na divisão especial (equipes profissionais, semiprofissionais e convidadas).

Regras – Nos Jogos Regionais, as cidades são separadas em oitos regiões esportivas no Estado criadas pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ). As equipes da Baixada Santista ficam na região mais disputada, ao lado dos times do Grande ABCD. A cidade campeã geral dos Regionais 2018 garante a delegação completa (em todas as modalidades) nos Jogos Abertos. O município sede dos JAI (neste ano, Rio Claro) também está assegurado em todas as disputas.

No atletismo e natação, qualificam-se para os JAI os primeiros colocados (por prova e sexo) nos JR, mais os atletas que obtiverem os índices (marcas estabelecidas pelas respectivas Federações Estaduais). No atletismo e natação para pessoas com deficiência (PcD), classificam-se os dois primeiros posicionados, mais os que alcançarem os índices. No caratê, capoeira, ciclismo, judô e taekwondo vão para os Jogos Abertos os campeões dos Regionais, por peso e sexo. No caso de dupla classificação (equipe já qualificada mais o atleta campeão), o atleta subsequente na colocação dos JR do ano vigente garante a vaga. 

Nos JR disputam-se vagas (femininas e masculinas) nas modalidades de atletismo e natação para pessoas com deficiência (PcD); atletismo, badminton, basquete, capoeira, caratê, ciclismo, ginástica artística, futebol, futsal, handebol, judô, natação, skate, taekwondo, tênis, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia e xadrez. Só para os homens: biribol, bocha e malha. Só para as mulheres: ginástica rítmica desportiva (GRD). Misto: jogo de damas.

Os torneios de boxe, kickboxing e a luta olímpica não acontecem nos JR. Assim, todos os municípios podem participar da disputa nos JAI. Isso ocorre devido ao baixo número de praticantes nesses esportes. Os confrontos envolvem as categorias sub-20 e adulta (idade livre). Existem também classes diferenciadas na ginástica artística: sub-14 (até 14 anos) para as mulheres e sub-16 (até 16 anos) para os homens; e na ginástica rítmica: sub-14 e livre. 

Administração ∴

%d blogueiros gostam disto: