Área da Saúde em Praia Grande ganha conceito ‘A’ do Tribunal de Contas do Estado

Estudo realizado pelo órgão detalha serviços destinados aos munícipes
4/7/2018

Pelo quarto ano consecutivo, Praia Grande recebeu a nota máxima nas ações desenvolvidas na área da Saúde no Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM), realizado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP). A Cidade é a única da Região Metropolitana da Baixada Santista a ter o conceito ‘A’ do órgão em todas as edições do estudo. 

Praia Grande vem se destacando ao longo dos últimos anos devido ao investimento maciçamente na área da Saúde. O objetivo desta atuação é oferecer serviços com cada vez mais qualidade para os munícipes e turistas e uma melhor estrutura para a atuação dos profissionais. Construção de novas unidades, ampliação e revitalização das já existentes, aquisição de novos e modernos equipamentos, além da contratação de mais médicos estão entre as ações adotadas.

O titular da Secretaria de Saúde Pública de Praia Grande, Cleber Suckuow Nogueira, realizou reunião, na terça-feira (3), na sede da pasta, com parte da equipe para analisar o resultado do IEGM. O dirigente ressaltou a nota alcançada e reforçou o empenho em seguir com a evolução do setor.

“A nota reflete que o Município está cumprindo com suas ações. A Cidade aumentou a acessibilidade da população aos serviços. Temos dificuldades e estamos buscando alternativas para superar. Com recursos próprios o Município tem solucionado algumas carências por conta do subfinanciamento do Sistema Único de Saúde (SUS)”.

O conceito ‘A’ representa na pesquisa a faixa ‘altamente efetivo’. O IEGM avalia o sucesso das políticas e atividades públicas dos gestores das prefeituras paulistas. Apesar de ser divulgado neste ano, o TCE analisou as ações desenvolvidas ao longo de todo ano de 2017.

Na área da Saúde, o IEGM verificou as medidas adotadas pelos municípios na Atenção Básica, equipes do Programa Saúde da Família (PSF), Conselho Municipal de Saúde e atendimento aos munícipes para tratamento de tuberculose, hanseníase, além da cobertura de campanhas de vacinação. Orientações sobre outros serviços do setor também fizeram parte da pesquisa. A aplicação pela Prefeitura de Praia Grande superior a média mínima de investimentos para o setor de 15% do orçamento local estipulada pela emenda constitucional nº 29/2000 também mereceu referência especial no levantamento.

“Quero aproveitar para cumprimentar e agradecer toda a equipe da Sesap, médicos, enfermeiros, recepcionistas, diretores das unidades, corpo administrativo e demais profissionais pelo comprometimento com a área da Saúde em Praia Grande. Seguiremos trabalhando duro para melhorar cada vez mais”, afirmou o secretário.

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close