Mar É Nosso’ encanta alunos da EM Vila Mirim

Ação ocorreu na segunda-feira (16), por meio de parceria com Mantas do Brasil
17/4/2018

Conhecer os detalhes da raia manta, a maior espécie deste tipo de peixe e que corre risco de extinção, foi a grande sensação dos alunos do 5º ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Vila Mirim (Bairro Mirim) que participaram do projeto ‘Mar é Nosso’. A atividade, que ocorreu na segunda-feira (16), foi desenvolvida pelo Departamento de Educação Ambiental (DEA). Ao longo deste ano, o DEA contará com a parceria do projeto Mantas do Brasil, ação do Instituto Laje Viva. 

Divididos em duas turmas, os alunos assistiram primeiro a palestra referente à importância da preservação de rios e mares. As professoras do Departamento de Educação Ambiental explicaram sobre o ecossistema marinho, abordando questões como se forma a faixa de areia das praias, quais animais vivem e necessitam neste ambiente e no oceano e o impacto causado pelo descarte incorreto de lixo.

Logo depois, a equipe do Manta do Brasil fez uma encenação para os estudantes. Vestidos de mergulhador e raia manta, o grupo apresentou detalhes sobre a maior espécie de raia existente e que corre risco de extinção. “Torna-se o momento que mais chama atenção dos alunos por ser lúdico. Eles conseguem visualizar a explicação por meio do teatro”, destacou a professora Cristiane Evaristo Araújo.

Educador Ambiental por meio do Mantas do Brasil, Nauther Andres, destaca a importância de projetos como esse em parceria com as escolas da rede municipal de ensino. “O problema que os oceanos enfrentam hoje é muito maior. Desta forma, faz-se necessário conscientizar as crianças que serão as grandes responsáveis em cuidar do meio ambiente no futuro”, destacou.

Dados – A jamanta ou raia manta é uma espécie de peixes cartilagíneos (Chondrichthyes) pelágicos, oceânicos da família Myliobathidae e a maior espécie atual de raias. Encontra-se nas regiões tropicais e subtropicais de todos os oceanos, tipicamente perto de recifes de coral, também vista na Laje de Santos. Com corpo em forma de losango e uma cauda longa sem espinho e pode atingir sete metros de envergadura e pesar até 1,350kg, chegando até 40 anos de vida. 

Estes peixes não têm verdadeiros dentes e alimentam-se de plâncton e pequenos peixes, sendo, portanto inofensivos. Ocasionalmente, podem aproximar-se de um barco ou de mergulhadores e podem executar curtos “voos” fora da água. Têm a maior taxa de volume de cérebro em relação ao do corpo de todos os tubarões e raias.

Durante as suas migrações, as jamantas efetuam mergulhos frequentes até profundidades de quase dois quilômetros (entre os maiores alguma vez medidos para um animal marinho), onde as temperaturas da água atingem os três graus centígrados.

O Mar É Nosso –O projeto consiste em conscientizar os alunos sobre a necessidade de preservar o ecossistema marinho por meio de palestras e atividades práticas realizadas na unidade escolar. De início, os educadores ambientais aplicam uma sondagem inicial sobre o tema a ser estudado a uma amostragem de alunos escolhidos pelo professor da turma. Ao término das ações, os estudantes selecionados respondem a sondagem final para verificação dos conhecimentos assimilados.

Seu comentário é importante!