Praia Grande realiza campanha contra câncer de boca

Ação tem início no dia 23 de abril e se estende até 31 de maio
13/4/2018

A Secretaria de Saúde Pública (Sesap) de Praia Grande inicia a Campanha de Prevenção ao Câncer de Boca no próximo dia 23. Os exames e orientações aos pacientes serão realizados nas 27 Unidades Saúde da Família (Usafas) da Cidade. A ação se estenderá até dia 31 de maio.

As causas clássicas do paciente que desenvolve câncer de boca são o cigarro e álcool, mas existem outros fatores e cofatores de risco, como, por exemplo, o HPV, que pode levar uma pessoa que nunca fumou e/ou bebeu a desenvolver um câncer de boca. Outros exemplos de cofatores são a má higiene oral, próteses mal adaptadas e uma dieta pobre em nutrientes.

Os sintomas do câncer de boca são feridas (semelhantes a aftas) na boca com mais de 15 dias de evolução e que não cicatrizam e caroços no pescoço endurecidos. Normalmente, as lesões inicias de câncer são indolores. O diagnóstico é feito por meio de uma biópsia. Então é removido um pequeno fragmento da lesão e enviado ao laboratório, onde passa por análise em microscópio e é estabelecido o diagnóstico.

O cirurgião dentista responsável pelos atendimentos de Estomatologia de Praia Grande, Yuri Kalinin, ressaltou a importância da campanha para os munícipes da Cidade. “É fundamental ter um espaço específico para falar sobre o câncer de boca, que é pouco comentado na mídia em geral. O que podemos esperar da campanha é diagnosticar casos o mais precocemente possível, pois quanto mais precoce o diagnóstico do paciente melhor é a resposta ao tratamento, e mais simples será a cirurgia para a remoção do câncer. Afinal o rosto e a boca são partes da identidade do paciente”. 

Uma ação de divulgação da campanha ocorre na próxima semana, de 16 a 20, no PoupaTempo da de Praia Grande. Os profissionais da Residência Multiprofissional de odontologia da Praia Grande orientam a população que estiver utilizando os serviços no local. Na semana seguinte, do dia 23 ao dia 27, eles estarão no Centro de Especialidades Médicas do Município (CEMAS), junto de um especialista em estomatologia realizando também orientação e exames.

Seu comentário é importante!