fbpx
  • +55 13 99615 8477
  • vendas@euamopg.com

Palestra aborda impacto do lixo na praia

Palestra aborda impacto do lixo na praia

Explanação foi realizada no CAMP pela Secretaria de Meio Ambiente
9/3/2018
 

O impacto do lixo na praia foi o assunto principal de uma palestra proferida pela bióloga Marianne Laurentino, da Secretaria do Meio Ambiente (SEMA), para aproximadamente 50 aprendizes do Centro de Aprendizagem Metódica e Prática de Praia Grande (CAMP-PG). A explanação fez parte do módulo de Educação Ambiental, que integra o curso oferecido pelo instituto aos adolescentes.

O objetivo da exposição foi conscientizar os estudantes sobre a importância do descarte correto do lixo no ecossistema marinho. “Os jovens são ótimos multiplicadores de informações entre sua família e amigos, por isso a importância de transmitir conceitos de conscientização ambiental a eles”, ressaltou Marianne, que é chefe da Seção de Programas Ambientais da Prefeitura de Praia Grande. Ela também detalhou como funcionam as iniciativas da Administração na área ambiental, como a Coleta Seletiva que passa pelos bairros recolhendo lixo limpo, os 12 Ecopontos que recebem materiais recicláveis e a Operação Verão no Clima, que conscientiza turistas e moradores sobre o descarte de lixo nas áreas de lazer e nas areias das praias. “É importante divulgar as orientações relacionadas a estes serviços, pois muitos ainda não os utilizam por falta de conhecimento”, disse a bióloga.

Parte da palestra foi ministrada pela oceanógrafa Nathalia de Sousa Motta, do Instituto Biopesca, convidado pela Secretaria do Meio Ambiente para enriquecer o evento com suas informações. O Biopesca é uma das instituições que executam o Projeto de Monitoramento de Praias na Baixada Santista. Diariamente, o Instituto percorre as praias de Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe, recolhendo animais marinhos mortos para análise quanto às causas do óbito. Em 99% dos casos, é constatado lixo no trato intestinal. A oceanógrafa mostrou dados e números impactantes quanto a isso. “A questão do lixo no mar é uma preocupação muito grande, por ser uma das maiores causas de morte dos animais marinhos. Por isso, o trabalho de conscientização é tão importante”, afirmou.

O módulo de Educação Ambiental do CAMP englobou aulas teóricas e práticas sobre a preservação da natureza, incluindo saídas no entorno da sede do instituto e na praia para coleta de lixo descartado incorretamente. “O objetivo foi sensibilizar os jovens, para que comecem a olhar para o meio ambiente de outra forma, atuando como agentes multiplicadores de boas práticas, principalmente quanto ao destino adequado dos resíduos”, destacou a professora responsável pelo módulo, Fernanda Leandro da Sé.

ADM5

Seu comentário é importante!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: