Campanha Lacre Solidário arrecada duas cadeiras de rodas para doação

Iniciativa da EM Newton de Almeida Castro já doou 25 cadeiras

A campanha Lacre Solidário, promovida pela EM Newton de Almeida Castro, adquiriu mais duas cadeiras de rodas para doação, que foram apresentadas à comunidade escolar na última sexta-feira (2). Os equipamentos foram conseguidos com o dinheiro da venda de lacres de latinhas de alumínio, que são arrecadados entre os estudantes da unidade. Cada 110 quilos de lacres correspondem ao valor de uma cadeira de rodas. Em três anos de existência, o projeto já doou 25 cadeiras.

Um dos equipamentos recém-adquiridos será destinado a uma estudante de 12 anos, moradora do Morro da Penha, em Santos, e a outra doação ainda não tem destino definido. “A adolescente que ganhará a cadeira de rodas precisa muito desse equipamento, pois sua mãe a levava à escola no colo, mas agora sua mãe não pode mais carregá-la, pois está grávida. Sendo assim, a menina está faltando às aulas desde o início do ano, mas esta cadeira vai permitir que ela volte a estudar. Vocês não têm ideia do quanto vocês estão ajudando essa jovem, sua família, sua escola. Vocês estão realmente fazendo a diferença!”, afirmou a professora Simone Maria Cantino, que foi quem pediu à escola que ajudasse essa adolescente.
“Não é porque a campanha é realizada numa escola de Praia Grande que não pode ajudar pessoas de outras cidades. A ajuda é para todos!”.

A diretora da unidade, Beatriz dos Reis de Almeida, destacou também o conteúdo pedagógico do projeto. “Além do cunho social, esta ação tem o cunho educativo, pois os professores abordam valores com as crianças, principalmente o conceito de solidariedade e isso é muito importante”, afirmou, enfatizando que a campanha faz parte do Projeto Político Pedagógico da escola.

Presente no evento, a diretora da Divisão de Educação Especial, Márcia Duarte, parabenizou a escola pela ação. “Esse entendimento que é transmitido aos alunos sobre a necessidade de ajudar o outro é essencial. É de pequeno que se aprende a ser solidário”.

Qualquer pessoa pode ajudar na campanha dos lacres de latinhas de alumínio. As doações devem ser entregues na própria unidade escolar (Rua Antonio Cândido da Silva, nº 450, Vila Sônia).

Aprender brincando – A EM Dr. Wilson Guedes (Bairro Samambaia) também realizou campanha para arrecadação de lacres com objetivo de trocar por cadeira de rodas. Uma gincana para ver qual aluno coletaria mais lacres de latinhas foi a ferramenta utilizada pelo professor de educação física, Cláudio Adania. Nomeada “Lacres que Fazem a Diferença”, a ação pedagógica teve como objetivo final trabalhar a solidariedade com os mais de 1050 estudantes do 1º ao 5º ano da unidade. Ao final de um ano de competição, a jovem Evellym Santos Costa, do 4º ano a época, saiu vencedora.

De acordo com a assistente técnica pedagógica (ATP) da escola, Gisele Henrique, e com o diretor, Hélio Antônio do Nascimento, a proposta pedagógica deve continuar nesse ano de 2018. “Foi uma forma de oportunizar aos alunos a vivência com a inclusão ao mesmo tempo em que entendem a importância da reciclagem. Afinal de contas, os lacres que seriam descartados de qualquer forma ganharam uma serventia significativa”, destacou Gisele Henrique.

Essa foi a segunda vez que a equipe técnica da escola realiza a prática pedagógica e troca os lacres por cadeira de rodas. Em 2016, a coleta dos itens dentro do projeto “Lacres que Fazem a Diferença” resultou na aquisição do primeiro equipamento de auxílio ao transporte. “As duas cadeiras de rodas ficam na unidade à disposição dos alunos e da comunidade quando se faz necessário”, enfatizou Nascimento.

Seu comentário é importante!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close