Praia Grande é selecionada para utilizar Cartão Reforma

Moradores do Caieiras terão crédito Federal para reforma de residências

Praia Grande foi um dos 95 municípios brasileiros, o único da região, selecionados pelo programa Cartão Reforma que contarão com recursos da União para beneficiar famílias moradoras nos locais, para reformar, ampliar ou concluir suas casas. O Loteamento Caieiras, Bairro Tupiry, no qual a Prefeitura realizou recentemente um trabalho de regularização fundiária e onde há cerca de 300 residências, será o beneficiado.

Como explicou o titular da Secretaria de Habitação (Sehab), Antonio Eduardo Serrano, o Cartão Reforma irá fornecer auxílio em dinheiro em forma de crédito em cartão físico para famílias que tem necessidade de realizar melhorias nas residências. “Em média, serão R$ 5 mil que deverão ser destinados a compra de materiais de construção em estabelecimentos cadastrados, para que sejam feitas reformas, ampliações ou término de obras. Porém, ainda precisamos de determinações e liberação por parte do Ministério para então iniciarmos as ações”.

O Programa possibilita que famílias com renda mensal de até R$ 2.811 comprem materiais de construção destinados a melhorias em suas unidades habitacionais, desde que as moradias estejam localizadas em área regular ou passível de regularização. O benefício do cartão reforma irá destinar um valor de até R$ 9.646,07 em forma de pagamento para o cidadão, não será empréstimo ou financiamento, ou seja, o beneficiário não precisa devolver o dinheiro posteriormente.

O cartão reforma atenderá famílias com renda de até três salário mínimos atuais (equivalente a R$2,8 mil). O solicitante deve ser maior de 18 anos e possuir somente um imóvel residencial e deve morar no imóvel a ser reformado. “É importante ressaltar que os custos com mão de obra, aluguel de equipamentos e ferramentas são de responsabilidade da família beneficiada, não será permitido o uso do crédito para cobrir estes valores”, alertou Serrano.

Terão preferência na liberação dos recursos do cartão reforma as famílias que possuem mulheres como responsável pela subsistência, ou que possua entre seus dependentes idosos ou portadores de necessidade especiais. Para ter direito a esta vantagem, será necessária a apresentação de documentos que comprovem a situação da família.

Não terá direito ao cartão reforma os proprietários de imóveis que se enquadrarem nas seguintes situações: que estejam alugados ou cedidos no momento; que são utilizados exclusivamente para fins comerciais no Município; que não estão em boas condições de uso, com estado precário, casas de madeira velha; que estejam com conflito fundiário; que estejam em áreas de risco ou que não podem ser regulamentadas.

“O valor entregue pelo Governo Federal só poderá ser utilizado em lojas de materiais de construção que estiverem cadastradas e aprovadas pela Caixa Econômica Federal, através do programa Construcard. O mais importante é que assim que liberados os recursos, esse beneficio possibilitará aos nossos munícipes do Caieiras melhorarem suas residências, trazendo mais qualidade de vida para as famílias”, finalizou o titular da Sehab.

Seu comentário é importante!