Praça Duque de Caxias ganhará conjunto de obras de arte

Artista plástico Rodolfo Rondon desenvolveu o trabalho sobre pesca de arrasto, prática que faz parte da cultura caiçara da Cidade
28/12/2017
 

A revitalização da Praça Duque de Caxias, no Canto do Forte, contará com um presente a mais para a população praia-grandense. Um conjunto de obras de arte que prestam uma homenagem à pesca de arrasto, prática tradicional na Cidade na década de 50, fará parte do paisagismo do local.

A obra será instalada no calçadão ao lado da praça (deck) em um espaço especial, sobre piso em ladrilhos hidráulicos nas cores verde e azul água (como a água do mar) e estrutura em alvenaria. 

Quem assina a obra é o artista plástico Rodolfo Rondon, natural de Santos e morador de Praia Grande desde a década de 70. “Quando conheci o Canto do Forte, foi amor à primeira vista. Me sinto muito mais praia-grandense do que santista”.

Rondon, de 63 anos, conta como surgiu o convite para a produção da obra. “Um grupo de empresários da Cidade me procurou para desenvolver um trabalho que tivesse como tema a pesca de arrasto com bois, como forma de resgate da cultura caiçara do Município. Desde setembro, tenho me debruçado sobre essa obra conjunta, o que me deixa muito feliz e realizado como artista”. 

Um quadro de 1,5 m por 2,5 m, feito em tinta acrílica sobre tela, e cinco esculturas de concreto compõem a obra, denominada por Rondon de Recanto dos Pescadores. “Sempre gostei de pintar o mar, os pescadores, toda a nossa cultura de raiz. A obra foi idealizada de uma forma muito real. Chego a sentir o cheiro do mar quando trabalho com o tema”, afirma o artista, citando que o pescador é o personagem principal do conjunto, simbolizando a preservação da cultura da Cidade.

Autodidata, Rondon já expôs suas obras no exterior e em diversas Mostras e Salões pelo Brasil. Em seu acervo de trabalho constam produções na Capela Nossa Senhora da Guia (Praia Grande), um painel no Ilha Porchat Clube (São Vicente), Pinacoteca de Araras, e em Casanova, na Espanha. 

A obra “Recanto dos Pescadores” é um presente de um grupo de empresários da Cidade para o aniversário de Praia Grande, que em 19 de janeiro de 2018 completa 51 anos de emancipação político-administrativa.

Pesca de arrasto – Na década de 50, a pesca realizada através de uma rede puxada pelos próprios pescadores até a beira da água, ganhou um reforço importante. Com trações e ilhargas, bois passaram a ajudar no arrasto dos peixes, agilizando o processo da pesca artesanal. 

A prática atraía olhares curiosos de turistas que já frequentavam Praia Grande e acontecia, principalmente, no Canto do Forte. Assim, o arrasto com bois se tornou parte de uma cultura caiçara muito presente em Praia Grande.

Revitalização da Praça Duque de Caxias – A Prefeitura de Praia Grande realiza a revitalização da Praça Duque de Caxias e entorno com recursos da Secretaria de Turismo do Estado (DADETUR). A praça está ganhando novo piso e paisagismo e o monumento ali instalado, homenagem ao Exército, está sendo recuperado e ganhará iluminação especial. A previsão da entrega da obra é janeiro de 2018. 

Seu comentário é importante!