Salão de Artes plásticas está aberto à visitação

Foto: Alexandra Giulietti
Foto: Alexandra Giulietti

Exposição conta com 62 obras e pode ser visitada de terça a sábado
16/11/2016 | João Carlos Miranda, MTB: 25.955

O 23º Salão de Artes Plásticas de Praia Grande foi aberto oficialmente ao público na sexta-feira (11). A mostra artística acontece na Galeria Nilton Zanotti, localizada no Palácio das Artes (Avenida Presidente Costa e Silva, 1600, Bairro Boqueirão), e pode ser visitada de terça-feira a sábado, das 14 às 18 horas.

Como explicou a diretora da Galeria Nilton Zanotti, Lourdes Marszoleck, o Salão de Artes Plásticas de Praia Grande é um espaço livre para o artista se expressar. “Não há um tema ou limite para a criação, assim o artista pode se expressar nas obras livremente, sem censura de ideias. São obras contemporâneas lindas e vibrantes, que quebram com nossa ideia habitual de arte. Com esta postura, o evento traz então uma jovialidade artística muito grande e abre novas possibilidades de criação”, conclui.

Esta edição do Salão de Artes Plásticas conta com 62 obras de 23 artistas selecionados entre os 245 inscritos de todo o País, que apresentaram um total de 730 obras, entre esculturas, desenhos, fotografias, pinturas, gravuras e colagens. A seleção das obras foi feita por Douglas de Freitas (curador do Museu da Cidade de São aulo), Lisbeth Rebollo (Professora Titular da USP) e Manoel Veiga (artista plástico).

Os premiados foram: Luciana Kater, de Santa Catarina, em primeiro lugar pelo conjunto de obras (categoria objeto); Marinalva Roras, de Minas Gerais, em segundo lugar pelo conjunto de obras (categoria pintura) e 3º lugar para Rafael Salim, do Rio de Janeiro, pelo conjunto de obras (categoria escultura). Receberam menção honrosa os artistas André Massena, de Santa Catarina (obra: Disparates, categoria desenho), Aline Moreno (conjunto de obras, categoria escultura) e Miriam Bratfisch Santiago (conjunto de obras, categoria pintura), ambas de São Paulo.

Nas vinte e duas edições do evento, diversos nomes importantes da arte contemporânea brasileira integraram o corpo de jurados. Dentre eles: Celso Fioravante, Fernando Oliva, Denise Grinspum, Ricardo Antonio Trevisan, Lizete Lagnado, Tadeu Chiarelli, Leda Catunda, Renata Mota, Sergio Romagnolo, Cauê Alves, Paula Braga e João Spinelli. Ao longo dos anos, mais de 130 obras premiadas foram acrescidas ao acervo municipal.

A visitação da exposição é gratuita e pode ser agendada. Grupos interessados em monitorias direcionadas de acordo com seu perfil e idade podem entrar em contato com a Galeria Nilton Zanotti, através do telefone 3496-5713.

Deixe uma resposta