Escolas vencedoras do Ecoviver são premiadas com composteiras

Foto: FELIPE FRANÇA
Foto: FELIPE FRANÇA

Iniciativa de conscientização ambiental premiou cinco escolas municipais
9/11/2016 | Priscila Sellis , MTB: 31.003

Cinco escolas municipais de Praia Grande foram premiadas nesta terça-feira (8) pelo projeto ambiental Ecoviver. Cada unidade ganhou uma composteira (recipiente apropriado para a compostagem de restos orgânicos, que se transformam em adubo natural com o auxílio de minhocas) e um kit pedagógico. As escolas premiadas foram as primeiras colocadas no concurso de apresentação teatral sobre os temas abordados pelo Ecoviver.

Este foi o quarto ano consecutivo que a Secretaria de Educação (Seduc) firma parceria com o projeto Ecoviver, desenvolvido pelo Ministério da Cultura e patrocinado pelo grupo EcoRodovias. No início do ano, professores das escolas participantes passaram por capacitação no Departamento de Educação Ambiental (DEA), onde aprenderam sobre o funcionamento do programa, seu cronograma e de que forma trabalhariam com os alunos assuntos como água, consumo consciente e alimentação saudável. O passo seguinte foi a realização das Oficinas do Futuro nas escolas, onde os professores promoveram debates sobre questões relacionadas à sustentabilidade no entorno das unidades. Depois disso, os alunos foram transformados em multiplicadores de informações e desenvolveram planos de ação para tentar resolver os problemas da comunidade nessa área. O resultado final foi a elaboração de peças teatrais encenadas por alunos das unidades participantes. “Foram escolhidas como vencedoras as escolas que apresentaram as peças teatrais mais completas, no sentido de abordar todos os temas trabalhados”, explicou a coordenadora do Ecoviver, Carla Oliveira, que realizou a entrega das composteiras nas escolas.

A EM Anahy Navarro Trovão foi uma das premiadas e utilizará o adubo produzido pela composteira nas suas duas hortas e no jardim. “A participação no projeto Ecoviver representou muito para a escola e para os alunos, pois além de reforçar o conteúdo ambiental que já abordávamos, ainda promoveu a união e integração das várias turmas e entre os professores e tornou os alunos ainda mais conscientes da importância dos cuidados com o meio ambiente. Eles até começaram a cobrar os seus pais quanto a isso”, comentou a diretora da unidade, Maria Aparecida dos Santos.

“Esse projeto nos ajudou a dar mais importância para os cuidados com a natureza”, destacou o aluno Claudionor Ferreira de Souza.
A secretária de Educação, Cláudia Meirelles, frisou a importância de ações como essa, que partem da iniciativa privada para favorecer a sociedade. “Este é um

Deixe uma resposta