Estudantes esclarecem dúvidas sobre Trânsito no Juventude Legal

Foto: Richard Aldrin
Foto: Richard Aldrin

Cerca de 300 estudantes participaram das palestras
3/11/2016 | Sílvia Carvalho, MTB: 33.552

Como fazer a 1ª Carteira Nacional de Habilitação (CNH), quantos pontos de infração um motorista pode ter na CNH, e o uso do cinto de segurança foram algumas dúvidas tiradas pelos alunos da Escola Estadual Francisco Martins dos Santos, no Bairro Real. Cerca de 300 alunos participaram das palestras do programa Juventude Legal, na terça-feira (01). A palestra sobre Trânsito foi ministrada pelo Agente Cristiano Muniz.

Segunda a vice-diretora, Amedea Barduco, os alunos ficam muito interessados com as palestras oferecidas dentro do Juventude Legal. “Essa é a quarta vez que o projeto vem para a nossa escola e os alunos ficam muito interessados porque é um dia em que eles podem tirar dúvidas, além de serem incentivados tanto na parte física, quanto na social.”

Durante a palestra os alunos colocaram óculos que simulam “embriaguez”, para que pudessem ver como uma pessoa alcoolizada pode causar acidentes de trânsito. O agente de trânsito Muniz explicou aos jovens que ao saírem de casa, devem ter muito cuidado no trânsito tanto como motorista, tanto como passageiro e pedestre. “Ao sair de casa você está exposto a todos os perigos do trânsito e por isso temos que ter atenção de redobrada.”

O estudante, Kleber Luis Matos, de 16 anos, aproveitou a palestra para tirar dúvidas sobre placas e foi um dos alunos que experimentou o óculos que simula embriaguez ao volante. “Nunca fiquei embriagado, é muito difícil caminhar com os óculos. Se já é difícil caminhar imagina uma pessoa dirigindo no trânsito alcoolizada. Fui muito bom usar o óculos, pois, assim temos a dimensão do que um pessoa bêbada pode causar quando está dirigindo.”

A aluna, Larissa Porto Silva, de 17 anos, considerou as palestras excelentes pois pôde tirar várias dúvidas, entre elas com qual idade que se pode tirar a 1ª CNH, e quantos pontos um motorista pode ter na carteira. Para a estudante, as palestras são maravilhosas e podem esclarecer diversas dúvidas que os jovens possuem e que muitas vezes têm vergonha de perguntar.
O Juventude Legal ocorre às terças-feiras e as quintas-feiras. Funcionários de diversas secretarias municipais e entidades, em parceria com a Subjuve, oferecem serviços e palestras em todas as escolas de Ensino Médio da Cidade: públicas estaduais e municipais e também as particulares. O ano de 2015 foi finalizado com 12 mil jovens atendidos pelo projeto.

Temas- Participam das palestras as seguintes secretarias: de Saúde Pública (Sesap), de Esporte e Lazer (Seel), Secretaria de Promoção Social (Sepros), Secretaria de Trânsito (Setran), Secretaria de Assuntos de Segurança Pública (Seasp), Departamento de Defesa Civil) Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Trabalho (Sedettra) e Conselho Tutelar, Centro de Aprendizagem Metódica e Prática Centro de Aprendizagem Metódica e Prática (Camp ) e Secretaria da Fazenda do Estado.

Deixe uma resposta