PG encaminha mais de 500 litros de óleo vegetal para reciclagem

download-10
Material é recolhido nos 10 ecopontos e através dos caminhões da coleta seletiva
14/10/2016 | Jaqueline de Marco, MTB: 52.981

Praia Grande iniciou no mês de junho a coleta de óleo vegetal na Cidade através das unidades ecopontos e dos caminhões da coleta seletiva e até a última terça-feira (11) tinham sido recolhidos 505 litros. O material coletado é disponibilizado para a Ong Trevo e para a Cooperativa de Coletores e Recicladores de Materiais Inorgânicos Nova Vida (Coopervida) e pode ser utilizado na produção de biodiesel.

A ação é uma iniciativa da Administração Municipal através das secretarias de Serviços Urbanos (Sesurb) e de Meio Ambiente (Sema), em parceria com a empresa Cargill, por meio do programa “Ação Renove o Meio Ambiente” e tem apoio da Sabesp e Ecovias.

A população pode ir até uma das 10 unidades ecopontos da Cidade com o óleo vegetal armazenado em garrafas pet fechadas (o produto não deve ser retirado desta embalagem, nem mesmo no momento do descarte), onde foram instalados displays para depósitos dos materiais. Os caminhões da coleta seletiva também recebem os itens, devidamente armazenados.

Os ecopontos contam também com caçambas específicas para o depósito de materiais como plástico, vidro, madeira e pequenas quantidades de entulho (até 2 m³ por descarte) e funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. O Ecoponto do Bairro Aviação é a única unidade que abre também aos sábados.

O diretor da Divisão de Coleta Domiciliar e Seletiva de Praia Grande, Alonso Joel da Silva, afirmou que a intenção é que a quantidade de óleo recolhida aumente ainda mais com o passar do tempo. “Estamos divulgando o serviço e percebemos que cada vez mais tem gente colaborando. Queremos que os munícipes tenham um sentimento de pertencimento com os ecopontos, já que estes locais são deles para que utilizem e conservem. Queremos que as pessoas colaborem com este trabalho tão importante que é o reaproveitamento de materiais recicláveis”.

Endereços – Os Ecopontos ficam nos seguintes endereços: Aviação (esquina das ruas Jorge Alves Maciel e Jorge Hagge), Sítio do Campo (esquina da Avenida do Trabalhador com Rua Saturnino de Brito, loteamento Guaramar), Nova Mirim (Rua Martiniano José das Neves, 1410), Mirim (Avenida Presidente Kennedy, ao lado do nº 8462, entre as Ruas 26 de Janeiro e Aldo Coli), Real (Rua Lilás, 429), Maracanã (esquina da Avenida Dr. Roberto de Almeida Vinhas com Rua Dorivaldo Francisco Loria), Caiçara (Avenida Presidente Kennedy, ao lado do número 13.684, esquina com Rua Maximina Ildefonso Ventura), Boqueirão (Rua Guanabara com Praça 19 de janeiro), Solemar (Avenida Presidente Kennedy, na altura do número 21.074, esquina com a Rua Cassimiro de Abreu) e Ribeirópolis (esquina das Avenidas Diamantino Cruz Ferreira Mourão e Agostinho Ferreira).

Coleta Seletiva – Praia Grande conta com dois tipos de serviço: coleta solidária e coleta domiciliar. No trabalho de coleta solidária, a ação é feita em repartições públicas de Praia Grande, de segunda a quarta-feira. Já o serviço domiciliar acontece em todos os bairros, de segunda a sexta-feira, sempre a partir de dois horários: às 8 e às 14 horas. Neste caso, os caminhões contam com caixas de som, que avisam aos moradores da presença dos veículos.

O serviço tem o seguinte cronograma: Segunda-feira, de manhã, Militar, Canto do Forte e Boqueirão; e de tarde, Guilhermina e Aviação. Terça-feira, de manhã, Tupi, Ocian, Imperador, Princesa e Cidade da Criança; de tarde, Caiçara e Solemar. Na quarta, de manhã, Mirim e Maracanã; de tarde, Real, Flórida e Glória. Quinta-feira, de manhã, Anhanguera, Nova Mirim e Santa Marina; de tarde, Ribeirópolis, Esmeralda, Samambaia e Melvi. E na sexta-feira, de manhã, é a vez dos Bairros Sítio do Campo, Antártica e Quietude; já de tarde, a coleta acontece na Vila Sônia e Tupiri.

Deixe uma resposta