Equipes se capacitam em teste rápido de HIV e sífilis

deteco-hiv
Escrito por Antonio Cassimiro
Ter, 04 de Outubro de 2016 16:38
Buscando descentralizar o serviço de testes rápidos e ampliar a detecção de HIV e sífilis em Praia Grande, foi realizado, no Hospital Municipal Irmã Dulce (HMID), treinamento com profissionais da atenção básica.
Para isso, kits fornecidos pelo Ministério da Saúde estão sendo disponibilizados às equipes e priorizam examinar gestantes e seus parceiros.
Com a ação, espera-se reduzir principalmente os casos de sífilis, que são acentuados no Município e Região Metropolitana.
Além das unidades básicas de saúde, os testes passam a ser realizados em locais como o Centro de Atenção à Saúde da Mulher (CEAS Mulher); Serviço de Assistência Especializada (SAE); Centro de Referência no Atendimento à Tuberculose e Hanseníase (CRATH), da Secretaria de Saúde Pública (Sesap).
Antes, os exames eram concentrados no Centro de Testagem, Aconselhamento e Prevenção (CTAP), que também diagnostica as hepatites B e C.
Profissionais que atuam na maternidade do HMID também estão qualificados para a realização dos testes rápidos.
De acordo com a diretora do Programa Municipal DST/Aids e Hepatites Virais, da Sesap, Simone Correa de Lara, o foco na gestante é crucial para o trabalho de prevenção e tratamento. “Ao passar por atendimento nas unidades básicas de saúde, as futuras mães poderão realizar os testes. Quanto mais cedo a sífilis é detectada em uma gestante, por exemplo, mais eficaz será o tratamento e maiores as chances de evitar que o bebê adquira a sífilis congênita”, salientou.
Pacientes tuberculosos ou que apresentarem sintomas, que possam sinalizar a possibilidade de estarem acometidos por uma das doenças relacionadas, poderão também ser submetidos aos testes rápidos.

Deixe uma resposta