• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

SAMU realiza mais de 4.500 atendimentos no primeiro trimestre de 2016

SAMU realiza mais de 4.500 atendimentos no primeiro trimestre de 2016

Foto: Jairo Marques

Foto: Jairo Marques

Número de serviços prestados foi superior ao mesmo período de 2015
13/6/2016 | Pedro Sbravatti, MTB: 35.768

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) 192 de Praia Grande realizou 4.562 atendimentos durante o primeiro quadrimestre de 2016. Os dados foram apresentados pela Secretaria de Saúde Pública (Sesap) da Cidade durante Audiência Pública do setor na Câmara dos Vereadores.

Os números comprovam a evolução nos serviços prestados pelos profissionais do SAMU na Cidade. Nos primeiros quatro meses de 2015, foram 3.348 atendimentos. Comparado com o dado de 2016, no total, são 1.214 chamados atendidas a mais entre janeiro e abril deste ano.

A solicitação de atendimento do SAMU é feita através do telefone gratuito 192. A população conta com um atendimento pré-hospitalar especializado em casos de urgência e emergência. A agilidade e eficiência dos profissionais têm sido fatores determinantes para salvar vidas no Município.

O funcionamento ocorre 24 horas por dia com equipes de profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e socorristas, que atendem urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e de saúde mental da população. O setor tem como meta reduzir o número de óbitos, o tempo de internação em hospitais e as sequelas decorrentes da falta de socorro precoce.

Ao longo dos últimos anos, o Município tem procurado adequar os profissionais para cumprir as exigências estipuladas pelo Ministério da Saúde, no manual de regulação médica das urgências. Constantemente, os socorristas participam de treinamentos. Nas capacitações são abordados temas como: socorro a afogados, vítimas de incêndios, noções básicas, avaliação primária e imobilização e utilização de equipamentos de retirada de vítimas de ferragens.

Agilidade – A disposição das bases operacionais é um dos motivos apontados para a rapidez no atendimento. Denominadas Regionais Descentralizadas, estão localizadas em três áreas da Cidade: Avenida Presidente Kennedy, 1.491 (fundos do Cemas), com entrada pela Rua Jatobá, no Bairro Guilhermina; Avenida Ministro Marcos Freire, s/n (fundos do PS Quietude); Avenida Marginal, altura do Km 292 da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, no Samambaia (acoplada a UPA).

ADM5

Seu comentário é importante!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: