• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Seduc discute planos Nacional e Municipal de Educação durante SAM 2016

Seduc discute planos Nacional e Municipal de Educação durante SAM 2016

44058

Cerca de 200 pessoas participaram da ação nesta quarta-feira (1º)
2/6/2016 | Daniel Elias, MTB: 59.233

Colocar os planos Nacional e Municipal de Educação (PNE e PME) em consonância e fazer cumprir as metas traçadas para o decênio 2014-2024. Este será o trabalho da Secretaria de Educação (Seduc) durante os próximos anos. Para alcançar o objetivo, a Seduc desenvolveu encontro durante a Semana da Ação Mundial (SAM) 2016. Participaram da atividade, realizada nesta quarta-feira (1º), no Auditório Jornalista Roberto Marinho, cerca de 200 integrantes das equipes técnicas que atuam nas escolas municipais.

A SAM ocorre de forma simultânea em mais de cem países e tem a finalidade de envolver a sociedade civil em ações e incidência política em prol do direito à educação. Este ano, a iniciativa trabalha com o tema “O Financiamento da Educação”, tendo como base o Plano Nacional de Educação, sancionado em 25 de junho de 2014. No Brasil, a ação acontece de 30 de maio a 3 de junho.

Em Praia Grande, a Seduc aproveitou o SAM para traçar um paralelo entre as metas estabelecidas pelos planos Nacional e Municipal de Educação. Além dos representantes das escolas municipais, o encontro teve a participação de técnicos das variadas áreas da Secretaria de Educação que contextualizaram o momento atual da pasta, utilizando como base as metas estabelecidas pelo PNE.

As discussões em solo praia-grandense ainda tiveram como pano de fundo o Sistema Nacional de Educação (SNE), o Custo Aluno-Qualidade Inicial (CAQI) e Custo Aluno-Qualidade (CAQ). De acordo com a subsecretária de Gestão Pedagógica, Cida Cubília, o encontro serviu para provocar os gestores das 70 unidades municipais de ensino a cada um fazer a sua parte. “Somos multiplicadores e precisamos ter propriedade do conteúdo para colocar em prática o que determinam as metas estabelecidas”.

Ao traçar um paralelo entre as metas definidas pelo PNE e as iniciativas da Administração Municipal na área da educação ganharam destaque trabalhos já desenvolvidos pela Seduc. Entre eles, o constante investimento em construção de novos equipamentos voltados para o ensino de crianças em idade de educação infantil. Pelo que rege o PNE, até o final de 2016, 100% dos munícipes com idade de 4 e 5 anos devem estar matriculados. Atualmente, Praia Grande já atende essa meta com o auxílio das escolas particulares, em turmas de infantil I e II.

Outras ações já desenvolvidas pelo Município, não previstas pelo PNE, reforçam ainda mais a qualidade de ensino na Cidade. É o caso do programa SuperEscola, que promove o incentivo à prática esportiva e cultural no contraturno da sala de aula, assim como dos investimentos em tecnologias, como a aquisição de lousas digitais e tablets para as unidades de Ensino Fundamental. “É um trabalho de formiguinha, mas acredito que estamos no caminho certo”, definiu Cida Cubília.

Para a diretora da Divisão de Formação e Aperfeiçoamento da Seduc, Marilena Ferreira, o SAM 2016 permitiu à pasta municipal, além de enfatizar que as ações do Município estão de acordo com o estabelecido pelo PNE, reforçar as informações junto a diretores, assistentes de direção e técnicos pedagógicos (ATPs) e supervisores. “Trata-se de mais um momento de divulgação das metas”.

ADM5

Seu comentário é importante!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: