Praia Grande recebe prêmio por ações contra tuberculose

Foto: Jairo Marques
Foto: Jairo Marques

Tratamento gratuito na Cidade ocorre no CRATH, Usafas e Multiclínicas
17/5/2016 | Pedro Sbravatti, MTB: 35.768

Praia Grande foi um dos destaques da premiação do Governo do Estado de São Paulo pelas ações realizadas para combater a tuberculose. No Município, o tratamento da doença é desenvolvido gratuitamente pelo Centro de Referência de Atendimento à Tuberculose e Hanseníase (CRATH), unidades de Saúde da Família (Usafas) e também nas Multiclínicas.

A Cidade recebeu prêmio por conta do esforço municipal durante a Campanha de Combate à Tuberculose na busca ativa dos sintomáticos respiratório e dos contactantes (pessoas próximas dos portadores de tuberculose). A Cidade superou a meta estipulada pelo Ministério da Saúde para a ação, que ocorreu em março deste ano.

A coordenadora do CRATH e do Programa Municipal de Combate à Tuberculose, Jane Joice Gimenes, destacou que nos últimos anos a Cidade sempre superou os índices propostos para estas campanhas. “Praia Grande é referência na luta contra esta doença. A busca ativa visa encontrar pacientes em situação de doença precoce e oferecer tratamento adequado, interrompendo assim a cadeia de transmissão no Município”.

O CRATH adotou uma estratégia diferente na campanha em março. As Usafas e Multiclínicas receberam uma planilha com a meta definida para o período. Os números comprovaram o sucesso do esquema. Durante a ação, a Cidade totalizou 1.128 exames de baciloscopia.

“A Multiclínica Boqueirão, por exemplo, tinha como meta realizar 60 exames e fez 178, superando em 296% o objetivo inicial. Os profissionais entenderam a necessidade da busca ativa e tiveram papel importante para que o Município alcançasse esse destaque estadual. Vamos seguir este padrão nas próximas campanhas”, afirmou a enfermeira do CRATH, Florisa Maria Coelho Braz.

Além das Campanhas, os trabalhos ocorrem ao longo do ano em todas as regiões da Cidade. Orientações dos sintomas, exames e coleta de material, bem como distribuição de material educativo também foram realizadas em locais específicos como Fundação CASA, Casa de Estar, CDP, Terminais de ônibus e Feiras Livres.

Tratamento – O tratamento da tuberculose pode curar praticamente todos os casos. O abandono do tratamento antes do tempo determinado pelo Ministério da Saúde é fator preponderante para dificultar o corte na cadeia de transmissão. Essa prática pode fazer com que os bacilos que estão no pulmão possam sobreviver. Neste caso, a pessoa muito provavelmente voltará a adoecer.

Sintomas – Os principais sintomas da tuberculose são: dor torácica, tosse por mais de três semanas, febre vespertina e suores noturnos e perdas de peso. Caso uma pessoa apresente um ou mais desses sintomas, deve procurar o posto de saúde mais próximo de sua residência para realizar o exame de BK (escarro).

Seu comentário é importante!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.