Alunos da EM Orestes Quércia vencem concurso “Sua Ideia Vira Arte”

Foto: FELIPE FRANÇA
Foto: FELIPE FRANÇA

Premiação ocorreu durante evento realizado no Palácio das Artes
29/4/2016 | Daniel Elias, MTB: 59.233

A arte nomeada Mandala, confeccionada por quatro alunos da Escola Municipal Governador Orestes Quércia (Bairro Mirim), foi a grande vencedora do concurso cultural “Sua Ideia Vira Arte”. O anúncio ocorreu nesta quinta-feira (28), no Palácio das Artes (PDA) e foi feito por representantes do Museu da Lâmpada, responsável pela exposição “Do Fogo ao Led”.

O trabalho vencedor foi realizado pelos alunos Beatriz Costa Sanches, Davy Camargos de Negreiros, Glaucia Freitas Rocha da Silva e Thais Milena Aires de Jesus, todos do 9º ano do Ensino Fundamental, com apoio da professora de artes, Ana Maria Chiarioni. Completaram as primeiras colocações, as obras de arte nomeadas “Árvore Genealógica” e “Vida e Energia”, respectivamente, segundo e terceiro lugares, das EMs Isabel Figueroa Bréfere e José Júlio Martins Baptista.

Ao todo, 18 escolas municipais inscreveram 54 trabalhos, sendo que, destes, dez foram selecionados para a grande final. “Para elaborar a peça nos baseamos numa atividade desenvolvida no início do ano. Com objetivo de acolher os alunos que chegavam a nova escola expliquei para eles o significado da Mandala. Quando soubemos da competição, apenas juntamos o útil ao agradável”, destacou Ana Maria.

Representando a Secretaria de Educação, a subsecretária de Gestão Pedagógica, Cida Cubília, ficou satisfeita com o resultado apresentado pelos alunos participantes do concurso. “Houve todo um empenho e engajamento das escolas, professores e estudantes em apresentar belíssimos trabalhos. Fora isso, a criatividade dos meninos e meninas em transformar um objeto tão comum a nós em arte”, afirmou.

Desde o início – O concurso “Sua Ideia Vira Arte” depois que Praia Grande recebeu a mostra itinerante “Do Fogo ao Led” que traz detalhes da evolução do homem em busca da iluminação artificial. Criada pelo Museu da Lâmpada, a exposição explora o fascínio do homem pelo fogo, levando os visitantes pelos caminhos da invenção da lâmpada incandescente, passando pela descoberta da iluminação halógena, fluorescente e a vapor, até chegarmos às modernas lâmpadas de Led.

No final da mostra, os visitantes aprendem ainda sobre os processos de reciclagem das lâmpadas. Para isso, a exposição se utiliza de uma série de recursos interativos, que prometem divertir adultos e crianças. São painéis, vídeos, totens e aparelhos antigos, com importância histórica.

“Trata-se de um espaço minimalista, mas que mostra detalhe da história de um objeto que faz parte da nossa rotina diária e, muitas vezes, passa despercebido”, enfatizou o analista de marketing do Museu da Lâmpada e responsável pela exposição itinerante, Dayvisson Santos Paiva. “Quando os alunos chegam aqui, notamos nos rostos deles, que ficam maravilhados com as descobertas e a possibilidade de interagir com a mostra”.

Ainda dá tempo – Interessados em conhecer de perto a trajetória percorrida pela iluminação devem se apressar. A exposição estará aberta para visitação, em Praia Grande, até o próximo sábado (30 de abril). O Palácio das Artes fica na Avenida Presidente Costa e Silva, 1.600, Bairro Boqueirão, horário de funcionamento das 14 às 17h30. Mais informações pelo telefone 3496-5713.

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS: Acesse também nosso conteúdo através do Facebook e do site da Rádio do Paço. Veja também o Banco de Imagens.

Seu comentário é importante!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.