Praia Grande conta com sete profissionais do Programa de Residência Médica

43710
Município é o único da Baixada Santista que faz parte da iniciativa do Governo Federal
31/3/2016 | Pedro Sbravatti, MTB: 35.768

Praia Grande conta com um grupo formado por sete profissionais oriundos do Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade (PRMFC). O Município é o único da Baixada Santista que faz parte da iniciativa do Governo Federal e funciona como modelo para as cidades vizinhas na Região.

Com o sucesso nesta primeira etapa, para o próximo ano a Secretaria de Saúde Pública (Sesap) praia-grandense já confirmou que tem como meta ampliar o número de médicos do PRMFC na Cidade. No total, a previsão é de que serão abertas mais 12 vagas para interessados de todo País em participar do processo de seleção pública.

O Programa de Residência Médica tem como característica a fixação dos profissionais, promovendo uma maior integração com a população e, desta forma, a melhoria da qualidade dos serviços prestados nas unidades. A chegada dos residentes terá papel determinante no aumento do número de equipes do Programa Saúde da Família. Outro destaque deste processo diz respeito à redistribuição da área de atuação nos bairros reduzindo, desta forma, o número de pacientes atendidos por equipe e agilizando os procedimentos, aumentando assim a cobertura.

Os médicos Humberto Armando Marques, Sinéia de Oliveira, Antonia Neide da Silva, Ronan Hoffman, Luana Kazue, Paula Zumaeta e Mariana Barbosa Gerbasi atuarão em unidades da Atenção Básica. O setor é considerado porta de entrada do sistema responsável pelos serviços primários que evitam procedimentos mais complexos através de acompanhamento médico com consultas. “Praia Grande está iniciando um novo ciclo na atenção Básica. O médico residente terá como meta um acompanhamento mais próximo do paciente, entendendo o contexto que a pessoa está inserida”, analisou o coordenador do Conselho Municipal de Residência Médica, Carlos Alberto Gomes.

Capacitações – Neste primeiro momento os residentes estão sendo apresentados à estrutura da Sesap e aos protocolos de atendimento desenvolvidos na Cidade. Todos os encontros a atividades contam com a participação dos preceptores do programa, profissionais da Sesap que foram aprovados em curso e habilitados pelo Ministério da Saúde para exercerem a função.

Ao longo dos dois anos em que permanecerem no Município, os residentes passarão por capacitações e treinamentos, aprimorando desta forma o conhecimento em atividades práticas e teóricas. Entre os temas que estarão em debate destaque para a discussão de casos complexos e planejamento familiar, entre outros.

O diferencial do programa na Cidade na parte acadêmica é que a Sesap preparou capacitações voltadas à área da gestão pública ampliando o conhecimento dos participantes. A interface com outros setores como o Hospitalar, de Urgência e Emergência e das Especialidades também está no cronograma.

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS: Acesse também nosso conteúdo através do Facebook e do site da Rádio do Paço. Veja também o Banco de Imagens.

Seu comentário é importante!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.